Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Thiago Tavares chega à sua 18ª luta no UFC

07 de julho de 2016 0

thiagotavares
A maioridade, no Brasil, é quando se atinge os 18 anos. Já no MMA se ganha maturidade a cada combate, e hoje, em Las Vegas, o catarinense Thiago Tavares fará a sua 18ª luta dentro do UFC, um número significativo para quem está dentro da maior organização da modalidade desde 2007, data da estreia com vitória sobre Naoyuki Kotani.

Jon Jones está fora do UFC 200
Confira informações sobre o UFC 200

Da primeira luta até hoje, contra o perigoso invicto sul-coreano Doo Ho Choi, Tavares conquistou 10 vitórias, teve seis derrotas e um empate. O manezinho, nestes 9 anos de Ultimate, também faturou seis bônus de 50 mil dólares por performance, finalização ou luta da noite, num total de 300 mil dólares em premiação. E estar no principal palco do MMA mundial é algo que ele sempre buscou.

– Desde o começo da minha carreira eu sonhava em lutar no UFC, mesmo quando ele não era o maior evento do mundo, antigamente era o Pride. Eu sempre tive de lutar dentro do cage (octógono), que mostra um pouco do gladiador, onde dois homens entram e um sai (com a vitória) – explica.

Thiago começou no Ultimate na categoria peso-leve (70kg), e sempre mostrou que o seu jiu-jitsu era o ponto forte. A alternância de resultados, com boas sequências de vitória mesclado com derrotas, fizeram-no descer para a categoria dos penas (66kg), onde espera poder ir longe.

– Eu achava que ia chegar até mais longe, sempre sonhei em ser campeão do mundo. Talvez um dia eu vá ser, talvez não, mas a minha história eu conquistei, está escrita.

Vencer hoje faz Thiago emplacar a segunda vitória seguida e dá moral para aparecer no ranking dos 15 melhores da categoria. E num exercício de futurologia, ele consegue se ver
longe do Ultimate um dia, mas não é o que ele quer, é claro.

– Eu consigo me imaginar lutando fora do UFC, o importante é estar trabalhando com saúde. Agora, não pretendo ser demitido tão cedo, tenho 18 lutas na organização, sou um veterano, mas o importante é trabalhar, ganhar meu dinheiro honestamente. Só peço a Deus que me dê saúde, porque daí eu posso trabalhar, bater nos outros e ganhar o meu dinheiro (risos) – brinca.

Jedrzejczyk x Gadelha

Hoje tem o TUF Finale 23, evento que o Thiago Tavares vai lutar, e terá a disputa pelo cinturão peso-palha feminino como duelo principal. A campeã Joanna Jedrzejczyk e a potiguar Cláudia Gadelha. Será uma revanche entre elas, que se enfrentaram em 2014 e, uma decisão duvidosa, a polonesa venceu a brasileira por devisão dividida dos juízes.

Card TUF Finale 23

Peso-palha: Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha
Peso-meio-pesado: Final do TUF 23
Peso-palha: Final do TUF 23
Peso-leve: Ross Pearson x Will Brooks
Peso-pena: Doo Ho Choi x Thiago Tavares
Peso-leve: Joaquim Netto BJJ x Andrew Holbrook
Peso-pena: Gray Maynard x Fernando Açougueiro
Peso-médio: Cezar Mutante x Anthony Smith
Peso-leve: Jake Matthews x Kevin Lee
Peso-meio-médio: Li Jingliang x Anton Zafir
Peso-mosca: John Moraga x Matheus Nicolau

Envie seu Comentário