Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Felipe Cruz fatura o cinturão do Fighten e sonha com o UFC

12 de setembro de 2016 0
Foto: Jason Silva/Divulgação

Foto: Jason Silva/Divulgação

Aos 24 anos e com quatro cinturões no currículo, o último conquistado no domingo, o lutador Felipe Cruz, de Florianópolis, passa a ser um nome forte para em breve estar lutando no UFC. No Fighten 3, em Londrina, o atleta da Team Tavares venceu Filipe Mineiro por interrupção médica, no quinto round, e alcançou o quarto título de uma carreira de 18 vitórias e apenas três derrotas.

Felipe Cruz conquista o cinturão e Renato Pezinho vence o GP do Aspera FC
Felipe Cruz e Eduardo Garvon conquistam o cinturão do Nitrix

– Daqui pra frente se não vier o contrato do UFC deve vir de outo grande evento internacional. Acredito que o Giovani Decker (presidente do Ultimate no Brasil) vai me dar a oportunidade de lutar no UFC, que é o meu plano de carreira. Não tem porque eu ficar lutando no Brasil, tendo conquistado quatro cinturões, para os outros fazerem o nome em cima de mim – disparou.

E Felipe Cruz, que aos 12 anos teve que cuidar do irmão e da irmã após ser abandonado pela mãe – hoje eles se tão bem –, é o exemplo de que o lutador não pode baixar a guarda nunca. Ele conta com patrocínios pontuais, inclusive do Avaí, onde fez sua recuperação após a última cirurgia do joelho, e dá aulas de boxe para ajudar a se manter.

Foto: Jason Silva/Divulgação

Foto: Jason Silva/Divulgação

– Vou continuar dando minhas aulas até quando eu conseguir me organizar. Mas quero fazer um período de treinos na Tailândia e passar pela Inglaterra para aperfeiçoar a minha trocação. Não adianta eu ir lá para o UFC e bater e voltar, quero ir e ficar até o fim da minha carreira – comentou.

Ter conquistado os cinturões do Fighten, Aspera FC, Nitrix e Tavares Combat são credencias que podem levá-lo ao Ultimate. Mas antes disso ele espera poder aproveitar um pouco com a namorada e amigos.

– Agora vou tomar uma geladinha pra comemorar, mas quero logo voltar aos treinos.

Fighten MMA 3 – Resultados Oficiais

Felipe Cruz venceu Filipe Mineiro por nocaute técnico no quinto round (2 min e 30 seg)
Gustavo Gabriel venceu Marcelo Hulk por finalização (guilhotina) no primeiro round (3 min e 02 seg)
Juliano Kuririn venceu Christian Tide por nocaute técnico no terceiro round (4 min e 59 seg)
Flavio Magon venceu Rafael Atílio por nocaute no segundo round (2 min e 38 seg)
Alessandro Da Lua venceu Isaac Moura por desqualificação no primeiro round (2 min e 41 seg)
Willian Lima venceu Diogo Hannibal por nocaute técnico no primeiro round (4 min e 26 seg)
Luiz Cado venceu Rafael Teixeira por finalização (guilhotina) no primeiro round (2 min e 28 seg)
Daniel Willycat venceu Cleverson Carrilho por nocaute técnico no primeiro round (3 min e 10 seg)
Dehan Sato venceu André Bugre por decisão unânime dos juízes laterais

Envie seu Comentário