Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Diego Barbosa"

Em tom de despedida, Diego Barbosa busca o cinturão do Noxii

10 de março de 2017 0

diego_barbosa_mma
Com sete vitórias e duas derrotas no cartel, o lutador Diego Barbosa vai em busca do cinturão dos pesos-pena (66kg) do Noxii Combat 2 neste domingo, em Joinville. Atleta da casa, ele encara Felipe Cruz, a quem já venceu em 2014. Porém, Diego não encara esse reencontro como “ganhar de quem já ganhei antes”.

Fotos do treino aberto do Noxii Combat 2, em Joinville

— Eu nunca encarei como uma revanche, como já ganhei e vai ser algo fácil. Pra mim eu tô lutando contra um outro Felipe, três anos atrás era um Felipe e outro Diego. Melhorei muito a minha parte de grappling, que na época eu era roxa de jiu-jitsu e não tinha conhecimento de wrestling, hoje sou faixa preta. Passei muito tempo em São Paulo treinando com o Ramon Lemos, viajei pro Rio também na Team Nogueira. Pra mim não quer dizer nada ter ganho a outra luta, era outra situação, outro momento e agora eu encaro como se tivesse encarando um outro adversário — disse o atleta da Team Nogueira.

Noxii Combat 2: Felipe Cruz vai em busca do quinto cinturão

A carreira do lutador de MMA no Brasil é difícil, com poucos eventos e bolsas nem um pouco astronômicas ou rentáveis que dê para se bancar. Soma-se a isso a dificuldade de manter patrocínios bons, que ajudam a custear o treinamento e a carreira. Por isso Diego pensa em pegar um avião e partir para lutar pelo mundo.

Diego Barbosa e Felipe Cruz disputam o cinturão do Noxii Combat 2

— Essa provavelmente será a minha última luta aqui no Brasil. Eu não vou mais esperar os eventos internacionais me chamar, se eles não em chamam eu vou. Vou pegar a minha mala aqui e tô vazando. O mercado brasileiro está muito ruim, a gente tem que ficar esperando pelo UFC. Não sei se razões ecônimicas e eles não estão contratando, se o marketing não é mais no Brasil. Os eventos brasileiros também estão bem fracos e quero buscar uma coisa diferente pra mim.

Na conversa com Diego Barbosa, por telefone, ele comentou também sobre o tempo inativo, já que o último combate foi em julho do ano passado, no Jungle Fight, quando foi surpreendido por Lucas Almeida.

— Ano passado tive algumas escolhas pessoais que tive que deixar a carreira de atleta meio de lado no segundo semestre, continuei treinando mas não como deveria. Acabei fazendo uma luta e até perdi, e até por isso tive uma performance ruim naquela luta. Eu decidi voltar só quando pudesse estar treinando, como agora que foquei na minha carreira.

Para buscar o cinturão do Noxii, Diego fez a preparação no Rio de Janeiro, matrix da equipe Team Nogueira. Essa mudança, segundo ele, foi fundamental.

— Lá na Team Nogueira eu acabei tendo material humano melhor do que em Joinville. Tive a baixa de alguns amigos que acabaram saindo daqui e essa foi uma das rações que acabei optando em fazer a preparação no Rio de Janeiro. Lá tem 20 atletas do meu peso e tive um nível de treino muito alto. A minha parte em pé está muito boa, fiz muito muay thai com o mestre Vander (Valverde), e fiquei totalmente focado na luta também e esquecer tudo aqui em Joinville.

Card do Noxii Combat 2
Domingo, 12 de março de 2017, no Joinville Square Garden

Card oficial (sujeito a mudança):
84 Kg: Daniel “Deivid” Bull x Fabiano Adams – Superluta

Disputas de cinturão:
66 Kg: Diego Oliveira x Felipe Cruz
61 Kg: Junior Preto x Rafael Dias
57 Kg: Taila Santos x Rosy Duarte

Card principal:
66 Kg: John David x Nathan Batista
77 Kg: Anderson Gonçalves “Big Bones” x Edmilson “Cavalo”
57 Kg: Edilceu “Para-Raio” x Janailson Kevin

Card preliminar:
52 Kg: Eglaudio Tavares x Fábio “Gigante”
70 Kg: Denis Silva x Ruan Machado
70 Kg: Yuri França x Igor Waiantt

*A cobertura conta com o apoio da Bad Boy Floripa

Diego Barbosa e Felipe Cruz disputam o cinturão do Noxii Combat 2

01 de fevereiro de 2017 0
Diego (E) e Felipe (D) com os organizadores do evento

Diego (E) e Felipe (D) com os organizadores do evento

O Noxii Combat ressurge em Joinville, no dia 12 de março, após mais de um ano da sua primeira edição, com uma revanche valendo o cinturão peso-pena (66kg) do evento. Felipe Cruz, da Team Tavares, vai encarar o algoz Diego Barbosa, que o venceu anos atrás no Nitrix (clique aqui para relembrar a luta), e tentar faturar o quinto cinturão da sua carreira — ele possui quatro títulos de quatro eventos diferentes no momento.

Ex-UFC Glaico França e Alberto Uda lideram o card do Aspera FC 49

O evento tem feito uma promoção diferenciada, com os principais atletas participando de coletivas e ações promocionais, algo que é difícil de ver por aqui ainda. A luta principal seria entre Maurício Facção, dono do cinturão, e Diego Barbosa, mas a organização não chegou a um acordo sobre o valor da bolsa de Facção e Felipe Cruz foi chamado.

O Noxii ainda terá outras duas disputas de cinturão, entre Junior Preto e Fabiano Jacarezinho e Taila Santos e Rosy Duarte. Os ingressos já estão à venda (clique aqui) com preços que variam de R$ 50 a R$ 1200.

Card do Noxii Combat 2
Domingo, dia 12 de março, 16h30min, no Joinville Square Garde

Super Luta
84 kgs – Deivid “Bull” (Joinville/SC) x Fabiano Adams (Joinville/SC)

Disputas de Cinturão
66 kgs – Diego Barbosa (Joinville/SC) x Felipe Cruz (Florianópolis/SC)
61 kgs – Junior Preto (Curitiba/PR) x Fabiano “Jacarezinho” (Rio de Janeiro/RJ)
57 kgs – Taila Santos (Balneário Camboriú/SC) x Rosy Duarte (Fortaleza/CE)

Lutas Principais
66 kgs – John David (São Paulo/SP) x Nathan Batista (S.J do Rio Preto/SP)
77 kgs – Anderson “Big Bones” (Joinville/SC) x Edmilson “Cavalo” (Porto Alegre/RS)
57 kgs – Edilceu “Para-Raio” (Curitiba/PR) x Janailson Kevin (Capão da Canoa/RS)
66 kgs – Luis Rafael “Japa” (Balneário Camboriú/SC) x Ronildo Braga (Brasília/DF)

Lutas Preliminares
52 kgs – Eglaudio Tavares (Curitiba/PR) x Fábio “Gigante” (S.J do Rio Preto/SP)
70 kgs – Denis Silva (Blumenau/SC) x Ruan Machado (Rio de Janeiro/RJ)
70 kgs – Yuri França (Joinville/SC) x Igor Waiantt (Foz do Iguaçu/PR)

Diego Barbosa estreia com vitória no Jungle Fight

14 de abril de 2015 0
Minotauro foi córner de Diego Barbosa (D) no Jungle Fight. Foto: Arquivo Pessoal

Minotauro foi córner de Diego Barbosa (D) no Jungle Fight. Foto: Arquivo Pessoal

O catarinense Diego Barbosa fez a sua estreia no Jungle Fight no evento número 76, no último sábado — o primeiro com transmissão da Band. E o resultado do atleta da Team Nogueira foi a vitória por decisão dividida sobre Bruno Beirute, em uma combate muito disputado.

No Facebook, Diego Barbosa explicou o motivo de ter caído de rendimento no terceiro round — após ter garantido os dois primeiros. Ele teve no córner, além do amigo Rodrigo Praxedes, a presença de Rodrigo Minotauro, mentor da Team Nogueira.

— O Bruno (Beirute) é um dos melhores atletas pena do Brasil e top contender do Jungle. Também me lesionei já faz um tempo e lutei com o braço quebrado, consequentemente senti muita dor. Infelizmente não tive rendimento algum no terceiro round, não é desculpa, mas graças a Deus vencemos os dois primeiros.

Segundo Diego, ele deve fazer uma ressonância nos próximos dias para então fazer a cirurgia no braço. Com a vitória no Jungle Fight, o atleta da Team Nogueira agora tem seis vitórias e uma derrota na carreira.

Resultados do Jungle Fight 76

Bruno Lopes venceu José Diaz Suavecito por decisão unânime (triplo 30-27)
Ericka Almeida venceu Jennifer Gonzalez por finalização a 1m52s do R1
Jonas Bilharinho venceu Fabiano Soldado por nocaute a 1m26s do R1
Álvaro Correa venceu Arthur Ribas por nocaute a 1m48s do R1
CARD PRELIMINAR
Diego Barbosa venceu Bruno Beirute por decisão dividida (28-29, 29-28 e 29-28)
Amanda Ribas venceu Aline Sattelmayer por decisão unânime (triplo 30-27)
Herbeth Reis venceu Diego Paiva por finalização aos 38s do R3
Israel Ottoni venceu Leandro Apagão por finalização aos 4m09s do R2
Ariston França venceu Carlos Eduardo Carlim por nocaute técnico a 1m02s do R3
Danilo Adreani venceu Danilo Alves por finalização a 1m54s do R2
Willian Kuraça venceu Junior Pica Pau por nocaute técnico aos 3m45s do R3

Diego Barbosa conquista o cinturão do Nitrix

14 de abril de 2014 1
Diego (D) venceu por decisão unânime. Foto: Nitrix/Divulgação

Diego (D) venceu por decisão unânime. Foto: Nitrix/Divulgação

O cinturão dos pesos-pena (66kg) do Nitrix tem um novo dono. Em duelo de três rounds, o joinvilense Diego Barbosa (Team Nogueira) venceu Felipe Cruz (Team Tavares) por decisão unânime e faturou o título do maior evento de MMA do Estado, sábado, em Blumenau.

Diego conseguiu evitar o jogo de Felipe e foi pontuando bem round a round. No Facebook, o dono do cinturão comentou como foi o combate.

— Não foi a luta que eu gostaria que tivesse sido, mas estou honrado em ter feito uma luta com um cara tão duro como o Felipe Cruz.

Resultados do Nitrix 20

::: 93 Kg: Reginaldo Silva “Naldo” (Team Tavares) venceu Luis Fernando Erbes “Xuxa” (Nova União/Thai Gaspar) por nocaute técnico (socos) no 1º round
::: 61,2 Kg: Ary Farias (Corinthias MMA) venceu Maurício Alves Reis (Team Nogueira/Joinville) por finalização (mata-leão) no 1º round
::: 57 Kg: Rafael Dias (SD System/Checkmat) venceu Rafael Silva “Mancha” (Nova União/Thai Gaspar) por finalização (triangulo de mão) no 2º round
::: 66 Kg: Marcos Schmitt “Alemão” (Team Tavares) venceu Geraldo Passos “Cocão” (Gardenal Boxe/X-treme Fight/Alliance) por decisão unânime dos juízes
::: 70,2 Kg: Gian Siqueira (Nova União/Thai Gaspar) venceu Silas Robson (Astra Fight) por nocaute técnico (socos) no 2º round
::: 61,2 Kg: Sheymon Moraes (Team Nogueira/RJ) venceu Felipe Alves (Arena Fight) por nocaute (cotovelada) no 1º round
::: 70 Kg: Alex Sandro Alves “Canguru” (Corinthians MMA) venceu Marfio Canoletti (Open One) por decisão unânime dos juízes
::: 66 Kg: Diego Barbosa (Team Nogueira) venceu Felipe Cruz (Team Tavares) por decisão unânime dos juízes

Felipe Cruz e Diego Barbosa disputam o cinturão do Nitrix neste sábado

12 de abril de 2014 0
Felipe e Diego lutam pelo peso-pena. Foto: Arquivo Pessoal

Felipe e Diego lutam pelo peso-pena. Foto: Arquivo Pessoal

A 10 ª edição do Nitrix Champion Fight, o maior evento de MMA do Sul do Brasil, colocará em jogo o cinturão dos pesos-pena ( 66kg) entre os atletas Felipe Cruz, da Team Tavares, e Diego Barbosa, da Team Nogueira, neste sábado, a partir das 19h, no Ginásio Galegão, em Blumenau. Os dois são da nova safra de atletas catarinenses com potencial de ir longe.

De Florianópolis, Felipe Cruz é um atleta com excelente Boxe e faixa- preta de Jiu- Jitsu, que já fez uma luta no Jungle Fight, vencendo David Tata, e busca chegar logo ao UFC.  Com 13 vitórias e duas derrotas, o Nitrix é mais um passo para chegar ao Ultimate.

— Eu acredito que o cinturão pode abrir os olhos de muita gente. Acredito muito nas minhas qualidade de luta — contou Felipe.

Já Diego Barbosa, de Joinville, concilia o lado empresário, é sócio da Team Nogueira, com o de lutador, e está pronto para sair com o título do Nitrix.

—Espero fazer uma grande luta – disse.

Na telinha
O Nitrix 20 terá transmissão ao vivo do Canal Combate.

Nitrix Champion Fight 20
Sábado, 12 de abril de 2014
Arena Galegão – Blumenau/SC

93 Kg: Reginaldo Silva “Naldo” (Team  Tavares) vs. Luis Fernando Erbes “Xuxa” (Nova União/Thai Gaspar)
61,2 Kg: Ary Farias (Corinthias MMA) vs. Maurício Alves Reis (Team Nogueira/Joinville)
57 Kg: Rafael Dias (SD System/Checkmat) vs. Rafael Silva “Mancha” (Nova União/Thai Gaspar)
66 Kg: Marcos Schmitt “Alemão” (Team Tavares) vs. Geraldo Passos “Cocão” (Gardenal Boxe/X-treme Fight/Alliance)
70,2 Kg: Silas Robson (Astra Fight) vs. Gian Siqueira (Nova União/Thai Gaspar)
61,2 Kg: Felipe Alves (Arena Fight) vs. Sheymon Moraes (Team Nogueira/RJ)
70 Kg: Alex Sandro Alves “Canguru” (Corinthians MMA) vs. Marfio Canoletti  (Open One)
66 Kg: Felipe Cruz (Team Tavares) vs. Diego Barbosa (Team Nogueira)

Felipe Cruz conquista o cinturão do Noxii, o quinto da carreira

13 de março de 2017 1

Felipe Cruz
O lutador Felipe Cruz vai fazendo história no MMA nacional. Neste domingo, em Joinville, ele conquistou o quinto cinturão da sua carreira, e é detentor ainda de todos eles, ao nocauteou Diego Barbosa no terceiro round no Noxii Combat 2.

Esta foi a revanche para Cruz, que em 2014 havia perdido para Diego Barbosa por pontos na disputa pelo cinturão do Nitrix. Com essa vitória, Felipe Cruz ostenta os títulos do Nitrix, Tavares Combat, Aspera FC, Fighten e Noxii. No Facebook, Felipe disse que agora espera que seu empresário corra atrás de uma chance no UFC, já que o cartel atual é de 19 vitórias e três derrotas.

Leia também
Nazareno Malegarie conquista o cinturão do Pancrase

Vídeo: Vitor Belfort é nocauteado por Gastelum no UFC Fortaleza

Na luta principal, um duelo que fez a galera explodir no Joinville Square Garden, Deivid Bull venceu Fabiano Adams por nocaute no segundo round.

Resultados do Noxii Combat 2 (via Mais MMA)

Deivid Bull venceu Fabiano Adams por nocaute no segundo round
Felipe Cruz venceu Diego Barbosa por nocaute no terceiro round
Junior Preto venceu Rafael Dias e conquistou o cinturão peso-galo
Edilceu Para-Raio venceu Janailson Kevin por decisão unânime
Nathan Batista venceu John David por nocaute no segundo round
Yuri França finalizou Igor Uainti no primeiro round
Ruan Machado finalizou Denis Capoeira com um mata-leão no primeiro round
Fábio Gigante venceu Deglaudio Tavares por decisão unânime
Wagner Lima venceu Bruno Oliveira por nocaute no primeiro round

*A cobertura do Noxii conta com o apoio da Bad Boy Floripa

Fotos do treino aberto do Noxii Combat 2, em Joinville

10 de março de 2017 0

ae2ce2a4-2471-4c45-8575-f70604fe1f3e
As estrelas do Noxii Combat 2 realizaram um treino aberto nesta sexta-feira no Garten Shopping, em Joinville. Neste sábado tem a pesagem oficial e no domingo, no Joinville Square Garden acontece o grande show. Confira as imagens do parceiro Valmir Silva, do site Mais MMA, e o card do evento.

Noxii Combat 2: Felipe Cruz vai em busca do quinto cinturão
Em tom de despedida, Diego Barbosa busca o cinturão do Noxii

Card do Noxii Combat 2
Domingo, 12 de março de 2017, no Joinville Square Garden

Card oficial (sujeito a mudança):

84 Kg: Daniel “Deivid” Bull x Fabiano Adams – Superluta

Disputas de cinturão:

66 Kg: Diego Oliveira x Felipe Cruz
61 Kg: Junior Preto x Rafael Dias
57 Kg: Taila Santos x Rosy Duarte

Card principal:

66 Kg: John David x Nathan Batista
77 Kg: Anderson Gonçalves “Big Bones” x Edmilson “Cavalo”
57 Kg: Edilceu “Para-Raio” x Janailson Kevin

Card preliminar:

52 Kg: Eglaudio Tavares x Fábio “Gigante”
70 Kg: Denis Silva x Ruan Machado
70 Kg: Yuri França x Igor Waiantt

 

*A cobertura conta com o apoio da Bad Boy Floripa

Noxii Combat 2: Felipe Cruz vai em busca do quinto cinturão

07 de março de 2017 0
Foto: Jorge Jr./Na Guarda

Foto: Jorge Jr./Na Guarda

Carregar um cinturão não pesa mais para o lutador Felipe Cruz. O atleta da Team Tavares encara no próximo domingo Diego Barbosa no Noxii Combat 2, em Joinville, para ver quem fica com o título da categoria peso-pena (66kg).

Na semana da luta, Felipe, que representa também o Avaí, diz estar bem para colocar o quinto cinturão consecutivo na sua estante: ele já possui os títulos do Aspera FC, Nitrix, Tavares Combat e Fighten.

– Tô preparado, 100% fisicamente e mentalmente, e não tem nada que possa me atrapalhar rumo a vitória.

Felipe Cruz e Diego Barbosa já se enfrentaram, com Diego levando a vitória, mas a expectativa de Felipe é ir pra cima e tentar fazer uma grande luta com o adversário.

– Como ele é da trocação e eu também, a gente vai sair na porrada ali os três rounds – conta.

Dono de um cartel com 18 vitórias e três derrotas – sem perder desde 2014 –, Felipe Cruz diz não projetar muito futuro, que tem tudo para ser o UFC ou outro evento internacional caso vença.

Card do Noxii Combat 2
Domingo, 12 de março de 2017, no Joinville Square Garden

Card oficial (sujeito a mudança):

84 Kg: Daniel “Deivid” Bull x Fabiano Adams – Superluta

Disputas de cinturão:

66 Kg: Diego Oliveira x Felipe Cruz
61 Kg: Junior Preto x Rafael Dias
57 Kg: Taila Santos x Rosy Duarte

Card principal:

66 Kg: John David x Nathan Batista
77 Kg: Anderson Gonçalves “Big Bones” x Edmilson “Cavalo”
57 Kg: Edilceu “Para-Raio” x Janailson Kevin

Card preliminar:

52 Kg: Eglaudio Tavares x Fábio “Gigante”
70 Kg: Denis Silva x Ruan Machado
70 Kg: Yuri França x Igor Waiantt

Leia mais
Diego Barbosa e Felipe Cruz disputam o cinturão do Noxii Combat 2
Marcel Adur, Kinberly Novaes e Maurício Facção conquistam o cinturão do Noxii Combat

Agora ex-UFC, Thiago Tavares assina com o Aspera FC

02 de fevereiro de 2017 0

16388375_1223032791144146_6816019217138517355_n
A passagem do manezinho Thiago Tavares, 32 anos, no UFC durou nove anos, faria 10 no próximo mês de abril. Ele fez 18 lutas na maior organização de MMA do mundo e o seu contrato não foi renovado após o fim do mesmo — a luta contra o sul-coreno Doo Ho Choi, em julho, segundo o site MMAFighting.com e confirmado pelo atleta.

Ex-UFC Glaico França e Alberto Uda lideram o card do Aspera FC 49
Diego Barbosa e Felipe Cruz disputam o cinturão do Noxii Combat 2

Isso abriu brecha para que o Aspera FC, evento que nasceu em Santa Catarina e já teve edições em outros países, anunciasse na noite de ontem que Tavares está escalado para lutar no próximo dia 18 de fevereiro, em Balneário Camboriú, contra um adversário que ainda será definido.

Histórico de Thiago Tavares nas suas 18 lutas no UFC

10 Vitórias
Naoyuki Kotani – decisão unânime
Jason Black – finalização com triângulo
Michihiro Omigawa – decisão unânime
Manny Gamburyan – decisão unânime
Pat Audinwood – finalização com guilhotina
Spencher Fisher – nocaute
Sam Stout – decisão unânime
Justin Salas – finalização com mata-leão
Robbie Peralta – finalização com mata-leão
Clay Guida – finalização com guilhotina

1 Empate
Nik Lentz – empate majoritário

7 Derrotas
Tyson Griffin – decisão unânime
Matt Wiman – nocaute
Kurt Pellegrino – decisão unânime
Shane Rolleer – nocaute
Khabib Nurmagomedov – nocaute
Brian Ortega – nocaute
Doo Ho Choi – nocaute

Simone Duarte vence Bianca Daimoni e fatura o cinturão do Jungle Fight

01 de agosto de 2016 0
Bianca (E) perdeu para Simone. Foto: Leonardo Fabri/JF

Bianca (E) perdeu para Simone. Foto: Leonardo Fabri/JF

A atleta Bianca Daimoni, de Imbituba, bem que tentou, quase encaixou uma finalização, mas acabou perdendo para Simone Duarte, por decisão dividida (28-29, 28-29, 29-28) o cinturão peso-mosca do Jungle Fight, sábado, em São Paulo. O Jungle Fight 89 também consagrou Paulinho Capoeira como campeão interino dos moscas, vencendo por decisão unânime Heberth Índio.

Já o outro catarinense no evento, Diego Barbosa, que voltava a lutar após um longo período, não conseguiu encaixar bem o seu jogo e acabou perdendo para Lucas Almeida por nocaute técnico no segundo round, dando um passo atrás na luta para se credenciar como desafiante ao cinturão peso-pena do Jungle.

Resultados Jungle Fight 89

Simone Duarte venceu Bianca Daimoni por decisão dividida 28-29 28-29 29-28
Paulinho Capoeira venceu Herbeth Índio por decisão unânime 29-28 30-28 29-28
Quemuel Ottoni venceu Sidnei de Souza com mata leão aos 4m32s do 2R
Augusto Sparta venceu Rafael Bak por nocaute técnico aos 57s do 1R
Heinrich Coorssen venceu Lucas Togun por nocaute técnico aos 56s do 1R
Anderson Buzika venceu Nathan Batista por nocaute técnica aos 50s do 1R
Rodrigo Praia venceu Denis Alagoas por decisão unânime 28-28 30-26 30-26
Leandro Soares venceu Paulo Henrique com mata leão aos 2m34s do 2R
Dennys a Máquina venceu Guilherme Soares com katagatame aos 3m23s do 3R
Lucas Almeida venceu Diego Barbosa por nocaute técnico aos 3m58s do 2R
Jackson Naco venceu Natalício Filho por decisão unânime 30-27 30-27 29-28
Carlos Soares venceu Carlos Henrique Sousa com katagatame aos 1m04s do 2R
Isaias Simões venceu Rhalber Bernardo por decisão dividida 28-29 30-28 29-28
Lucas Viana venceu Thiago Santos por nocaute aos 39s do 1R
Bruce Souto venceu Fernando Kioshi por decisão unânime 30-27 30-26 30-27
Edgar de Oliveira venceu Wesley dos Santos com armlock aos 2m14s do 2R
Marcos Vinicius venceu Welington Lemes por decisão unânime 28-29 29-28 30-27
José Filho venceu Paulo César índio por decisão unânime 28-26 29-27 28-26