Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "McGregor"

Vídeo: treino de McGregor para luta com Floyd Mayweather

15 de agosto de 2017 0

No dia 26 de agosto, em Las Vegas, Conor McGregor irá tentar chocar o mundo e vencer o invicto Floyd Mayweather no boxe. Os dois lutadores estão treinando duro para o combate, e em um trabalho aberto ao público McGregor mostrou um pouco do que pretende fazer em cima do ringue. Assista:

Mayweather x McGregor será ao vivo no Canal Combate

11 de agosto de 2017 0
Primeira encara no tour de divulgação da luta. Foto: Gene Blevins/AFP

Encarada no tour de divulgação da luta. Foto: Gene Blevins/AFP

O Canal Combate vai transmitir, ao vivo e com exclusividade, a luta de boxe entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, no dia 26 dd agosto. O Combate Play também transmite o confronto ao vivo, simultaneamente, e o público poderá assinar o canal pelo sistema a la carte ou comprar o evento avulso para assistir apenas a luta principal.

Quem não conseguir assistir à disputa no sábado, poderá conferir os combates no NOW, já no domingo, e ainda comprar o desafio Mayweather x McGregor pela plataforma de VOD das operadoras.

— O Combate é o principal player de lutas do Brasil e estamos sempre atentos ao aos nossos consumidores para entregar a melhor e mais completa experiência desse universo em todas as plataformas. Sendo assim, o desafio May x Mac não poderia ficar fora da nossa programação. Baseado na nossa última transmissão de boxe, em 2015, entre Mayweather e Manny Pacquiao, esperamos sucesso de público — afirma Marcos Botelho, Gerente de Produto de Lutas e Futebol.

Mayweather tem um cartel perfeito no boxe, com 49 vitórias em 49 combates, enquanto McGregor fará a sua primeira atuação no esporte, após ganhar cinturões de duas categorias no UFC (penas e leves).

Leia também
Vídeo: primeira encarada entre Mayweather e McGregor
Ingressos para Mayweather x McGregor chegam a R$ 32 mil

Ingressos para Mayweather x McGregor chegam a R$ 32 mil

13 de julho de 2017 0
Primeira encara no tour de divulgação da luta. Foto: Gene Blevins/AFP

Primeira encara no tour de divulgação da luta. Foto: Gene Blevins/AFP

Estar na arena para acompanhar uma luta é uma emoção que todo fã do esporte deveria vivenciar uma vez na vida, mas acompanhar de perto o duelo entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, no dia 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), não será das coisas mais baratas.

A entrada mais baixa será de U$ 500 (cerca de R$ R$ 1.600), com a mais cara, bem perto do ringue, custando U$ 10 mil (cerca de R$ 32 mil). As entradas devem ser colocadas à venda no próximo dia 24 de julho e, a julgar pela procura para acompanhar as coletivas de imprensa, devem acabar rapidamente.

Vídeo: primeira encarada entre Mayweather e McGregor

Primeira encarada de Floyd Mayweather x Conor McGregor

11 de julho de 2017 0

Vai acontecer mesmo, no dia 26 de agosto, em Las Vegas, a luta entre o invicto campeão de boxe e o maior nome do MMA mundial. Floyd Mayweather Jr e Conor McGregor se encararam hoje, em Los Angeles, dando início à turnê de promoção do combate.

E os dois não foram para o combate, mas se espetaram muito com as palavras.

— Ninguém fez isso que eu estou fazendo agora. Poucas vezes um lutador de boxe enfrentou um lutador de MMA. Muhammad Ali enfrentou Antonio Inoki nas regras do Vale Tudo. James Toney tentou, mas não foi muito bem. Floyd tem um problema. Ele não quis vir ao meu lado para lutar, então eu vou ao lado dele — disparou McGregor.

— – Vou mostrar do que um lutador de verdade é feito. Ainda tenho US$ 100 milhões e eles não tocaram em nada. Imposto de Renda, estou aqui. Ele se veste bem para um cara de sete ou oito dígitos, mas eu sou um lutador de nove dígitos. Esse otário ganhou US$ 3 milhões em sua última luta. Isso é dinheiro de treino para mim. Quero agradecer o MGM, a ShowTime, aos fãs de MMA e a Conor McGregor, sua equipe e Dana White. É preciso trazer dois guerreiros e os dois maiores nomes dos esportes de combate para fazer um evento assim — disse Mayweather.

Análise do UFC 202: McGregor x Diaz

16 de agosto de 2016 0

Joe Silva e Sean Shelby, matchmakers do UFC, se reúnem com Jon Anik para analisar uma das revanches mais esperados da história, no UFC 202. Os especialistas falam sobre Conor McGregor x Nate Diaz,além dos duelos envolvendo os lutadores Anthony Johnson, Glover Teixeira, Cody Garbrandt e muito mais.

O UFC 202 é neste sábado, dia 20 de agosto, em Las Vegas.

Card do UFC 202
20 de agosto, em Las Vegas (EUA)

Peso-meio-médio: Conor McGregor x Nate Diaz
Peso-meio-pesado: Anthony Johnson x Glover Teixeira
Peso-meio-médio: Rick Story x Donald Cerrone
Peso-meio-médio: Neil Magny x Lorenz Larkin
Peso-meio-médio: Tim Means x Sabah Homasi
Card preliminar
Peso-galo: Cody Garbrandt x Takeya Mizugaki
Peso-meio-médio: Hyun Gyu Lim x Mike Perry
Peso-galo: Raquel Pennington x Elizabeth Phillips
Peso-médio: Alberto Uda x Marvin Vettori
Peso-pena: Artem Lobov x Chris Avila
Peso-meio-médio: Colby Covington x Max Griffin
Peso-palha: Cortney Casey x Randa Markos

UFC 197: encarada de Rafael dos Anjos e Conor McGregor

20 de janeiro de 2016 0

rafael_mcgregor

Os astros do UFC 197 participaram de uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira, em Las Vegas, e fizeram a primeira encarada oficial do evento. Holly Holm e Miesha Tate, que vão disputar o cinturão peso-galo, ficaram de coadjuvantes para Rafael dos Anjos e Conor McGregor, que farão o combate principal valendo o título dos pesos-leves.

Leia mais notícias sobre o UFC 197
Ronaldo Jacaré e Vitor Belfort vão se enfrentar em maio no UFC, no Brasil

McGregor mais uma vez deu um show particular na entrevista, tentando tirar o brasileiro do sério (não conseguiu). Disse coisas engraçadas, como Rafael ter que ficar em hotel ao vir para o Brasil e chegou a chamá-lo de “gringo”, além de afirmar que José Aldo é um legítimo campeão brasileiro. Já Rafael foi menos presepeiro e respondeu que a divisão dos leves é dele e que vai bater muito em McGregor. No fim, eles se encararam.

Confira:

Rafael dos Anjos x Conor McGregor é confirmado no UFC 197

12 de janeiro de 2016 1

ufc197
A informação já havia sido dada, e o Ultimate confirmou na noite desta terça-feira as lutas principais do UFC 197, dia 5 de março, em Las Vegas. A luta principal será a defesa de cinturão de Rafael dos Anjos contra Conor McGregor, valendo o título dos pesos-leves. Outra luta que valerá título é entre a campeã Holly Holm contra a desafiante Miesha Tate.

Rafael Morcego vence luta em evento na África
UFC 197: luta principal será entre Rafael dos Anjos e Conor McGregor

Para este duelo Conor McGregor não deve sair perdendo, já que o seu cinturão peso-pena continuará intacto mesmo perdendo para dos Anjos. Além disso, ele pode somar mais uma cinta e fazer história dentro do UFC, mostrando que além de grande “publicitário” também tem qualidade dentro do octógono.

UFC 197: luta principal será entre Rafael dos Anjos e Conor McGregor

08 de janeiro de 2016 0

image

O UFC 197 não será mesmo no Brasil, ele irá acontecer em Las Vegas no dia 5 de março. Mas o Ultimate escalou um card quase galático para o evento. O brasileiro Rafael dos Anjos, dono do cinturão peso-leve, irá defender seu título contra Conor McGregor, que sobe dos pesos-pena, onde detém o título, para tentar faturar mais uma cinta.

Cancelado o UFC 197, que seria no Brasil

Já o co-main event ficará com a espetacular Holly Holm, dono do cinturão peso-galo feminino do UFC, contra a eterna desafiante ao título Miesha Tate. Por enquanto não existem outras lutas confirmadas para o evento.

Brasileiros concorrem ao Oscar do MMA

Porém, Dana White e Shean Shelby mentiram ao dizer que o UFC 197 no Rio de Janeiro iria acontecer mesmo após Anderson Silva afirmar que a falta de grana tirou o evento do país. Como diz o slogam: Spider Knows!

Nocaute de McGregor abala José Aldo

14 de dezembro de 2015 0
Irlandês tirou o título de Aldo. Foto: Steve Marcus/Getty Images/AFP

Irlandês tirou o título de Aldo. Foto: Steve Marcus/Getty Images/AFP

A derrota doeu muito em José Aldo, que se mostrou abalado ainda no octógono e depois dela. O brasileiro chorou após o fim do duelo com Conor McGregor, já que acabou com uma invencibilidade de 10 anos e também porque ele era, até hoje, o único campeão peso-pena da história do UFC. Em entrevista ao Fantástico, Aldo voltou a pedir a revanche e disse estar com vontade de treinar para retomar o cinturão.

— Isso faz parte, é um esporte. A gente perdeu hoje, mas perdeu a batalha e não a guerra. Se Deus quiser, vou voltar mais forte e vou reconquistar (o cinturão) para vocês. Muito obrigado pela torcida.

UFC 194: Conor McGregor dá show e nocauteia José Aldo em 13 segundos

O técnico do brasileiro, Dedé Pederneiras, comentou ao Combate.com qual era o sentimento de Aldo no vestiário após o nocaute.

– Aldo está muito p… Muito triste. Esperando a chance de ter a revanche imediata. Está muito cedo para poder falar alguma coisa. Mas já combinei com o Dana de ligar para ele e conversar – afirmou.

UFC 194: Conor McGregor dá show e nocauteia José Aldo em 13 segundos

13 de dezembro de 2015 0
E o irlandês é o campeão de fato! Foto: Steve Marcus/Getty Images/AFP

E o irlandês é o campeão de fato! Foto: Steve Marcus/Getty Images/AFP

Impressionante e chocante são dois adjetivos que podem ser utilizados para descrever a vitória por nocaute de Conor McGregor em cima de José Aldo, colocando fim a uma invencibilidade de 10 anos do brasileiro. Um cruzado de esquerda na ponta do queixo fez Aldo cair, e dois socos mais fecharam o combate que consagrou o irlandês como campeão dos pesos-pena no UFC 194, em Las Vegas.

Toda a expectativa do combate, que era para ter acontecido em julho, foi por água abaixo de forma muito rápida, já que McGregor mostrou que teve precisão ao invés de força, aproveitando um erro de estratégia de Aldo. Após a luta, o brasileiro chorou ainda dentro octógono e disse se lembrar de todo o duelo, além de fazer um pedido:

- Acho que a gente tem que partir para uma revanche, a coisa não acabou por aí – disse Aldo. Porém, o UFC já havia confirmado Frankie Edgar como próximo desafiante ao título da categoria.

Já o novo campeão da categoria, sempre polêmico, exaltou o quando pode o seu triunfo diante de um adversário que até então vinha sendo imbatível dentro do UFC.

- Ninguém aguenta aquele golpe de esquerda. Ele é poderoso e rápido, mas precisão bate poder, e timing bate velocidade. Eu sinto pelo José, ele foi um grande campeão, ele merecia durar mais tempo, mas precisão bate o poder, e timing bate a velocidade. É só isso que é preciso. Ninguém aguenta essa mão esquerda – disse McGregor.

Rockhold acaba com Weidman

Na outra luta que valia cinturão no UFC 194, Chris Weidman foi destituído do seu trono, conquistado sobre Anderson Silva, ao ser severamente castigado e nocauteado pelo desafiante Luke Rockhold no quarto round.

O início do combate até parecia que seria de Weidman, que foi dominando, mas a partir do fim do primeiro round o jogo virou e Rockhold foi mais perigoso. No fim do terceiro round, Weidman já estava nocauteado, só que o árbitro não encerrou o combate. No assalto seguinte, após um chute mal dado, Rockhold partiu para as costas de Weidman e montou para aplicar uma sequência arrasadora e faturar o cinturão.

- Achei que ele ia parar no finalzinho, mas tivemos que ir para o outro round. Tudo o que eu tenho que fazer é levar o cinturão para casa. É uma sensação indescritível. Está brincando comigo? Não acredito que isso seja real.

Resultados do UFC 194

Conor McGregor venceu José Aldo por nocaute aos 13s do primeiro round
Luke Rockhold venceu Chris Weidman por nocaute técnico aos 3m12s do quarto round
Yoel Romero venceu Ronaldo Jacaré por decisão dividida (29-27, 29-28, 29-28).
Demian Maia venceu Gunnar Nelson por decisão unânime (30-26, 30-25, 30-25).
Max Holloway venceu Jeremy Stephens por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28).

Card preliminar
Urijah Faber venceu Frankie Saenz por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Tecia Torres venceu Jocelyn Jones-Lybarger por decisão unânime (triplo 30-27)
Warlley Alves venceu Colby Covington com uma guilhotina aos 1m26s do primeiro round
Léo Santos venceu Kevin Lee por nocaute técnico aos 3m26s do primeiro round
Magomed Mustafaev venceu Joe Proctor por nocaute técnico aos 1m54s do segundo round
Yancy Medeiros venceu John Makdessi por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Court McGee venceu Márcio Lyoto por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)