Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "Thiago Tavares"

Thiago Tavares integra a equipe de judô da Unisul

25 de julho de 2017 0

JUDÔ UNISUL- FOTO ARQUIVO PESSOAL THIAGO TAVARES
A carreira de Thiago Tavares foi construída no MMA, tanto que por mais de sete anos lutou no UFC e hoje é contratado do evento russo ACB. Porém, o início da carreira dele foi no judô, modalidade que ele retomou os treinamentos recentemente. Agora como Sensei e integrante da comissão técnica da equipe de atletas de Judô da Unisul, que participa nesta semana nos Jogos Universitários Catarinenses, Thiago estará ao lado de Julio César de Oliveira Araújo e Sandro Borges orientando
os atletas.

Ao todo, 17 acadêmicos da Unisul vão disputar a competição, que acontece em Chapecó. A equipe conta com atletas de alto nível, como João Gonçalves (campeão Brasileiro júnior), Anny Ribeiro (3ª colocada no Pan-Americano em Cancun) e Koudi Kaminari (vice-campeão Sul-Brasileiro), todos os títulos conquistados em 2017.

Thiago Tavares tem luta confirmada na Rússia

30 de março de 2017 0

thiago_tavares_acb
A segunda luta de Thiago Tavares desde a sua saída do UFC está confirmada. Após nocautear Maurício Bad Boy de forma rápida em fevereiro, o manezinho agora irá encarar o invicto Arman Ospanov, do Kazaquistão, na sua estreia pelo Absolute Championship Berkut (ACB), evento russo que vem contratando grandes nomes, dia 20 de maio.

Tavares, que tem 21 vitórias e sete derrotas na carreira, assinou recentemente com o ACB para ser uma das estrelas do evento. Porém, o lutador está tendo que conciliar os treinos com a faculdade, retomou os estudos, e também com o cargo de Diretor de Esportes na Secretaria de Esporte e Cultura de Florianópolis.

— Estou feliz por estar com esse Cargo na Secretaria de Esportes, poder fazer parte de algo maior me deixa muito feliz. Tenho estudado bastante leis e projetos a respeito do assunto. Na última terça-feira fiz um curso de 10 horas que tratava sobre o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade civil, que retrata exatamente as possíveis parcerias pública/Prefeitura com a iniciativa privada. Em relação ao meu treinamento, está bem puxado, estou treinando antes do meu expediente (durante a manhã) e normalmente após o mesmo. E assim, vou me dividindo e cumprindo com minhas obrigações e responsabilidades — comentou o lutador.

Leia mais
Vídeo: Thiago Tavares nocauteia Maurício Bad Boy no Aspera FC 49

Vídeo: Thiago Tavares nocauteia Maurício Bad Boy no Aspera FC 49

19 de fevereiro de 2017 0

 

Foto: Janaina Moreira/Na Guarda

Foto: Janaina Moreira/Na Guarda

Thiago Tavares nocauteou Maurício Bad Boy no primeiro round, como esperado. Bad Boy ainda deu um susto ao tentar uma guilhotina, mas Tavares mostrou o seu amplo favoritismo escapando e batendo forte no ground and pound até praticamente apagar com os socos. E dia 18 de março Thiago Tavares volta a lutar no Aspera FC 50, em São José.


Resultados do Aspera FC 49

Glaico Nego França finalizou Júlio César Bilik com um mata-leão no primeiro round.
Thiago Tavares nocauteou Maurício Bad Boy no primeiro round
Gustavo Efrom venceu Dioginis Overeem por decisão dividida dos juízes
Leonardo Cabeção venceu Alan Bispo por decisão unânime (triplo 30 a 26)
Alberto Uda venceu Huinderton Barbosa por decisão unânime (triplo 30
a 27)
Cleiton Foguete finalizou Rani Rex com um triângulo de mão no primeiro round
Pedro Júnior nocauteou Olaelcio Maia no primeiro round
Jackson Tortora venceu Luciano Lula por decisão unânime (Triplo 29 a 28)
Paulo Sergio venceu Bruno Ademir por nocaute técnico (interrupção médica) após o fim do primeiro round
Ricardo Sasseman finalizou Nahuel Gandolfi com um mata-leão no primeiro round
Fabio Japa nocauteou Jaison Terremoto por nocaute no primeiro

Maurício Bad Boy comemora luta contra Thiago Tavares no Aspera FC 49

14 de fevereiro de 2017 0
16665026_1857427471146555_6802498515411034184_o

Murilo Ninja e Bad Boy na Shogun Team, em Curitiba

O lutador Maurício Bad Boy tem uma grande história de superação, e neste sábado, no Aspera FC 49, em Balneário Camboriú, ele tem mais uma pela frente: enfrentar o agora ex-UFC Thiago Tavares em uma das lutas principais. Aluno de Murilo Ninja e treinando chão na GFTeam Floripa, Bad Boy comentou porque aceitou o combate, já que tem outra luta marcada pra 4 de março em Moscou, na Rússia, no OFS. {

– Eu sigo ordens do meu mestre. Eu tenho uma filha pra criar, e eu vou lutar com o Thiago Tavares, um grande nome do MMA. Eu não escolho adversário, ninguém paga as minhas contas, botar gasolina no meu carro, comprar leite pra minha filha. Sou igual ao meu mestre, que na época dele não escolhia adversário – disse.

Leia também
Ex-UFC Glaico França e Alberto Uda lideram o card do Aspera FC 49
Agora ex-UFC, Thiago Tavares assina com o Aspera FC

Aspera FC 49

18 de Fevereiro – Balneário Camboriú, a partir das 18h
Ingressos no site Loopticket e na hora O Canal Esporte Interativo transmitirá o evento

Até 77kg – Glaico Nego França (Astra Fight Team) x a confirmar

Até 70kg – Thiago Tavares (Team Tavares) x Maurício Bad Boy (Shogun Team)
Disputa de Cinturão até 93kg – Leonardo Cabeção (China Team) x Alan Bispo (Team New Corpore)
Até 84kg – Alberto Uda (Nova União/Thai Gaspar) x Huinderton Barbosa (Open One)
Até 66kg – Cleiton Foguete (Astra Fight Team) x Rani Rex (Zenidim)
Até 120kg – Willian Hoffmann (Astra Fight Team) x Roggers Souza (Nova União)
Até 70kg – Gustavo Efron (Chute Boxe) x Dioginis Overeem (Power Lotus Team)
Até 66kg – Ricardo Sassemann (Nova União/Thai Gaspar / Brasil) x Nahuel Gandolfi (Astra Fight Team / Argentina)
Até 70kg – Ivan Cegatta (Open One Team) x Zeca Saremba (Nova União)
Até 66kg – Jackson Tortora (Chute Boxe) x Luciano Lula (Nova União)
Até 77kg – Pedro Júnior (Astra Fight Team) x Olaelcio Maia (Shogun Team)
Até 70kg – Guilherme Trindade (Astra Fight Team) x Lucas Japa (Shogun Team)
Até 70kg – Jaison Terremoto (Open One) x Fábio Japa (Pioneiros Fight Team)
Até 84kg – Anderson Clayton (Impacto Team) x Bruno Ademir (Shogun Team)

Agora ex-UFC, Thiago Tavares assina com o Aspera FC

02 de fevereiro de 2017 0

16388375_1223032791144146_6816019217138517355_n
A passagem do manezinho Thiago Tavares, 32 anos, no UFC durou nove anos, faria 10 no próximo mês de abril. Ele fez 18 lutas na maior organização de MMA do mundo e o seu contrato não foi renovado após o fim do mesmo — a luta contra o sul-coreno Doo Ho Choi, em julho, segundo o site MMAFighting.com e confirmado pelo atleta.

Ex-UFC Glaico França e Alberto Uda lideram o card do Aspera FC 49
Diego Barbosa e Felipe Cruz disputam o cinturão do Noxii Combat 2

Isso abriu brecha para que o Aspera FC, evento que nasceu em Santa Catarina e já teve edições em outros países, anunciasse na noite de ontem que Tavares está escalado para lutar no próximo dia 18 de fevereiro, em Balneário Camboriú, contra um adversário que ainda será definido.

Histórico de Thiago Tavares nas suas 18 lutas no UFC

10 Vitórias
Naoyuki Kotani – decisão unânime
Jason Black – finalização com triângulo
Michihiro Omigawa – decisão unânime
Manny Gamburyan – decisão unânime
Pat Audinwood – finalização com guilhotina
Spencher Fisher – nocaute
Sam Stout – decisão unânime
Justin Salas – finalização com mata-leão
Robbie Peralta – finalização com mata-leão
Clay Guida – finalização com guilhotina

1 Empate
Nik Lentz – empate majoritário

7 Derrotas
Tyson Griffin – decisão unânime
Matt Wiman – nocaute
Kurt Pellegrino – decisão unânime
Shane Rolleer – nocaute
Khabib Nurmagomedov – nocaute
Brian Ortega – nocaute
Doo Ho Choi – nocaute

Joanna Jedrzejczyk mantém o cinturão e sul-coreano vence Thiago Tavares

10 de julho de 2016 0
Foto: Reprodução/Twitter.com/ufc_brasil

Foto: Reprodução/Twitter.com/ufc_brasil

O sonho de ser campeã vai demorar mais um pouco para a brasileira Cláudia Gadelha. Depois de dois rounds bons, sendo superior, ela não aguentou a pressão física e técnica de Joanna Jedrzejczyk e foi derrotada por decisão unânime.

A polonesa mostrou que é uma campeã de fato ao conseguir se superar e dominar os últimos rounds com ampla vantagem e sobrando fisicamente, frustrando as tentativas da brasileira.

Amanda Nunes conquista o cinturão do UFC

Nocaute sul-coreano

Doo Ho Choi, é bom guardar este nome. O sul-coreano, em sua terceira luta no UFC, venceu por nocaute. Na sexta, ele enfrentou o manezinho Thiago Tavares e acabou vencendo no primeiro round.

Tavares, especialista em jiu-jitsu, tentou logo de início derrubar o sul-coreano, mas Doo Ho choi conseguiu aguentar a pressão até que os dois se afastaram. Ao tomar distância, acertou um direto certeiro no queixo, que derrubou Tavares, que vinha de vitória em cima de Clay Guida.

Resultados do TUF Finale 23

Joanna Jedrzejczyk venceu Cláudia Gadelha por decisão unânime (48-46, 48-45, 48-46)
Andrew Sanchez venceu Khalil Rountree por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-26)
Tatiana Suarez venceu Amanda Cooper por finalização aos 3m43s do primeiro round
Will Brooks venceu Ross Pearson por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)
Doo Ho Choi venceu Thiago Tavares por nocaute técnico aos 2m42s do primeiro round
Joaquim Netto BJJ venceu Andrew Holbrook por nocaute técnico aos 34s do primeiro round

Card preliminar
Gray Maynard venceu Fernando Açougueiro por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27)
Matheus Nicolau venceu John Moraga por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Joshua Stansbury venceu Cory Hendricks por decisão majoritária (29-27, 29-27, 28-28)
Cezar Mutante venceu Anthony Smith por decisão unânime (triplo 29-28)
Kevin Lee venceu Jake Matthews por nocaute técnico aos 4m06s do primeiro round
Li Jingliang venceu Anton Zafir por nocaute técnico aos 2m46s do primeiro round

Thiago Tavares chega à sua 18ª luta no UFC

07 de julho de 2016 0

thiagotavares
A maioridade, no Brasil, é quando se atinge os 18 anos. Já no MMA se ganha maturidade a cada combate, e hoje, em Las Vegas, o catarinense Thiago Tavares fará a sua 18ª luta dentro do UFC, um número significativo para quem está dentro da maior organização da modalidade desde 2007, data da estreia com vitória sobre Naoyuki Kotani.

Jon Jones está fora do UFC 200
Confira informações sobre o UFC 200

Da primeira luta até hoje, contra o perigoso invicto sul-coreano Doo Ho Choi, Tavares conquistou 10 vitórias, teve seis derrotas e um empate. O manezinho, nestes 9 anos de Ultimate, também faturou seis bônus de 50 mil dólares por performance, finalização ou luta da noite, num total de 300 mil dólares em premiação. E estar no principal palco do MMA mundial é algo que ele sempre buscou.

– Desde o começo da minha carreira eu sonhava em lutar no UFC, mesmo quando ele não era o maior evento do mundo, antigamente era o Pride. Eu sempre tive de lutar dentro do cage (octógono), que mostra um pouco do gladiador, onde dois homens entram e um sai (com a vitória) – explica.

Thiago começou no Ultimate na categoria peso-leve (70kg), e sempre mostrou que o seu jiu-jitsu era o ponto forte. A alternância de resultados, com boas sequências de vitória mesclado com derrotas, fizeram-no descer para a categoria dos penas (66kg), onde espera poder ir longe.

– Eu achava que ia chegar até mais longe, sempre sonhei em ser campeão do mundo. Talvez um dia eu vá ser, talvez não, mas a minha história eu conquistei, está escrita.

Vencer hoje faz Thiago emplacar a segunda vitória seguida e dá moral para aparecer no ranking dos 15 melhores da categoria. E num exercício de futurologia, ele consegue se ver
longe do Ultimate um dia, mas não é o que ele quer, é claro.

– Eu consigo me imaginar lutando fora do UFC, o importante é estar trabalhando com saúde. Agora, não pretendo ser demitido tão cedo, tenho 18 lutas na organização, sou um veterano, mas o importante é trabalhar, ganhar meu dinheiro honestamente. Só peço a Deus que me dê saúde, porque daí eu posso trabalhar, bater nos outros e ganhar o meu dinheiro (risos) – brinca.

Jedrzejczyk x Gadelha

Hoje tem o TUF Finale 23, evento que o Thiago Tavares vai lutar, e terá a disputa pelo cinturão peso-palha feminino como duelo principal. A campeã Joanna Jedrzejczyk e a potiguar Cláudia Gadelha. Será uma revanche entre elas, que se enfrentaram em 2014 e, uma decisão duvidosa, a polonesa venceu a brasileira por devisão dividida dos juízes.

Card TUF Finale 23

Peso-palha: Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha
Peso-meio-pesado: Final do TUF 23
Peso-palha: Final do TUF 23
Peso-leve: Ross Pearson x Will Brooks
Peso-pena: Doo Ho Choi x Thiago Tavares
Peso-leve: Joaquim Netto BJJ x Andrew Holbrook
Peso-pena: Gray Maynard x Fernando Açougueiro
Peso-médio: Cezar Mutante x Anthony Smith
Peso-leve: Jake Matthews x Kevin Lee
Peso-meio-médio: Li Jingliang x Anton Zafir
Peso-mosca: John Moraga x Matheus Nicolau

Vídeos da preparação de Thiago Tavares para o UFC

05 de julho de 2016 0
Thiago Tavares lesionou a coxa. Foto: Felipe Carneiro/Ag. RBS

Foto: Felipe Carneiro/Ag. RBS

O catarinense Thiago Tavares luta com Doo Ho Choi nesta sexta no TUF Finale 23 , evento do UFC que terá como duelo principal Joanna Jedrjzcyck contra Cláudia Gadelha. O manezinho, que chegou sexta-feira em Las Vegas, já fez a filmagem da apresentação da luta e está cortando o peso para bater os 66,2kg da categoria peso-pena.

Confira nos vídeos um pouco da rotina que Thiago Tavares coloca no Instagram.

Card do TUF 23 Finale – Jedrzejczyk x Gadelha
8 de julho, em Las Vegas (EUA)

Joanna Jedrzejczyk x Cláudia Gadelha
Peso-meio-pesado: Final do TUF 23
Peso-palha: Final do TUF 23
Ross Pearson x Will Brooks
Doo Ho Choi x Thiago Tavares
Joaquim Netto BJJ x Andrew Holbrook
Gray Maynard x Fernando Açougueiro
Cezar Mutante x Anthony Smith
Jake Matthews x Kevin Lee
Li Jingliang x Anton Zafir
John Moraga x Matheus Nicolau

Thiago Tavares encara sul-coreano no UFC

02 de maio de 2016 0
Festa dupla de Thiago Tavares. foto: @ufc_brasil

Thiago Tavares vai para mais uma luta. foto: @ufc_brasil

O manezinho Thiago Tavares já tem definido o seu próximo adversário no UFC. Em seu primeiro combate no ano, o catarinense irá encarar o sul-coreano Doo Ho Choi pelos pesos-pena no TUF 23 Finale, dia 8 de julho, em Las Vegas.

Mais experiente, Thiago tem uma trajetória de mais de nove anos no UFC, mas decidiu se reinventar em 2014, quando desceu da divisão dos leves para a dos penas. Na nova categoria, são três lutas: vitórias por finalização sobre Robbie Peralta e Clay Guida, e derrota por nocaute para Brian Ortega.

Invicto há 12 lutas, Choi só foi derrotado uma vez em sua carreira, há mais de seis anos. O atleta de 25 anos chegou ao UFC em 2014 e fez apenas duas lutas no octógono, mas impressionou, anotando nocautes sobre Juan Puig e Sam Sicilia.

Vídeo: Thiago Tavares finaliza Clay Guida no UFC

08 de novembro de 2015 0
Festa dupla de Thiago Tavares. foto: @ufc_brasil

Festa dupla de Thiago Tavares. foto: @ufc_brasil

Na noite em que comemorou 31 anos, o manezinho Thiago Tavares também festejou uma das mais expressivas vitórias na carreira. No primeiro round, e mostrando que não é faixa-preta de Jiu-Jitsu há 11 anos à toa, finalizou o favorito Clay Guida com uma justa guilhotina.

Esta foi a segunda vitória de Thiago na categoria peso-pena. Guida partiu pra cima de Tavares e, com o pescoço exposto, o catarinense logo abraçou e aguentou firme até sentir os tapinhas do norte-americano.