Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "Vitor Miranda"

Vitor Miranda é derrotado por Marvin Vettori no UFC

25 de junho de 2017 0

O número de vitórias do catarinense Vitor Miranda no UFC agora é igual ao de derrotas: três. Ontem à noite, em Oklahoma (EUA), o lutador de Joinville foi derrotado pelo italiano Marvin Vettori por decisão unânime dos juízes após três rounds (30/27, 30/27 e 29/28).

Vettori começou melhor no combate, aplicando golpes mais significados e abrindo um pequeno corte no rosto do catarinense, que conseguiu ser mais efetivo no segundo round. No terceiro, com os dois mostrando cansaço, Vitor até conseguiu bons golpes, mas Marvin Vettori levou a luta para o chão e dominou os minutos finais.

Agora, Vitor Miranda, 38 anos, tem 12 vitórias e seis derrotas no cartel. Vale a pena conferir o vídeo feito pelo catarinense sobre o corte de peso, mostrando a dificuldade que foi para chegar aos 84kg e confirmar a luta.

Vitor Miranda está de volta e luta no UFC neste domingo

24 de junho de 2017 1

Vitor Miranda tratada
Após um ano da última luta, Vitor Miranda está de volta ao UFC. Neste domingo, em Oklahoma, nos EUA, o catarinense de Joinville irá encarar o italiano Marvin Vettori pela categorias dos médios (84kg), no card preliminar.

Recuperado de cirurgia no ombro e louco para se recuperar da última derrota, por decisão para Chris Camozzi em maio de 2016, Vitor espera fazer uma boa luta para voltar a subir posições no ranking.

— Estou muito feliz e empolgado com essa luta, pois poderei mostrar que estou de volta no páreo ao top 10 da categoria — disse.

Confira o horário do UFC

o evento ainda contará com outros grandes nomes, como BJ Penn, Johnny Hendricks e com Michael Chiesa e Kevin Lee na luta principal, prometendo um duelo eletrizante.

Card do UFC Fight Night
Domingo, dia 25 de junho, em Oklahoma City (EUA)

Peso-leve: Michael Chiesa x Kevin Lee
Peso-médio: Tim Boetsch x Johny Hendricks
Peso-palha: Felice Herrig x Justine Kish
Peso-meio-pesado: Joachim Christensen x Dominick Reyes
Peso-meio-médio: Tim Means x Alex Garcia
Peso-pena: BJ Penn x Dennis Siver

Card preliminar
Peso-leve: Clay Guida x Erik Koch
Peso-médio: Vitor Miranda x Marvin Vettori
Peso-palha: Carla Esparza x Maryna Moroz
Peso-leve: Devin Powell x Darrell Horcher
Peso-pena: Jared Gordon x Michel Quiñones
Peso-leve: Tony Martin x Johnny Case
Peso-meio-pesado: Josh Stansbury x Jeremy Kimball

Alberto Uda e Vitor Miranda são derrotados no UFC

29 de maio de 2016 0
Os dois se encontraram nos bastidores. Foto: @ufc

Os dois se encontraram nos bastidores. Foto: @ufc

O UFC Fight Night 88, neste domingo em Las Vegas, foi ruim para os lutadores catarinenses Alberto Uda, de Blumenau, e Vitor Miranda, de Joinville, já que os dois acabaram sendo derrotados por norte-americanos.

Vídeo: Thomas Almeida é nocauteado por Cody Garbrandt
Catarinenses Vitor Miranda e Alberto Uda lutam no UFC neste domingo

No card preliminar, o estreante Alberto Uda fez um bom primeiro round contra Jake Collier, machucando bastante o rosto do adversário e tendo até chance de acabar com a luta se aplicasse mais pressão. Mas no segundo round, após sofrer um chute rodado na linha de cintura, o atleta da Nova União/Thai Gaspar sentiu e passou a ser alvo de Collier. Um novo chute na barriga fez o catarinense dobrar e sofrer o nocaute técnico no segundo assalto.

camozzi_vitor_miranda

Camozzi vence Vitor Miranda por decisão unânime

Já no card principal, Vitor Miranda era até favorito, mas o jogo de canhoto de Chris Camozzi dificultou a vida do lutador de Joinville, que ainda acabou indo para o chão e tendo o supercílio cortado. No segundo round foi igual, com Camozzi dominando e aplicando bons golpes. No terceiro, na hora do tudo ou nada, Vitor acabou virando as costas para o adversário, que o derrubou. No fim, ainda tentou ir pra cima, mas o americano venceu por decisão unânime (30 a 27 dos três juízes).

Bom momento de Uda na luta

Catarinenses Vitor Miranda e Alberto Uda lutam no UFC neste domingo

27 de maio de 2016 0

 

Uda e Vitor vão encarar norte-americanos no evento

Uda e Vitor vão encarar norte-americanos no evento


Santa Catarina volta a ter dois representantes lutando no mesmo evento do 
UFC após 17 meses. Um deles estava lá na última vez que isso aconteceu, em dezembro de 2014, enquanto o outro estreia pela organização neste domingo, em Las VegasVitor Miranda, de Joinville, vai para a sua quinta luta no Ultimate, já Alberto Uda, de Blumenau, debuta no evento, ambos são pesos-médios (84kg).

Leia mais notícia sobre MMA no blog Na Guarda

Aos 37 anos, Vitor Miranda vive uma grande fase, vindo de três vitórias por nocaute, e vai enfrentar Chris Camozzi no card principal. O catarinense, que treina na Team Nogueira do Rio de Janeiro, está preparado para qualquer situação da luta.

– O Camozzi é um cara mais experiente, com mais nome e essa é a ideia, ir crescendo dentro da categoria e pegando desafios maiores. Eu tô confiante é tenho mais armas que ele para vencer essa luta – conta Vitor, que tem 12 vitórias e 4 derrotas.

A estreia de Alberto Uda, 31, que vai encarar Jakie Collier — que já foi derrotado por Vitor — no card preliminar, não mexe com a cabeça do blumenauense. Ele conquistou o título do Mundial de Muay Thai na Tailândia neste ano – e diz que continua pagando as prestações da viagem –, e vinha em um ritmo forte de treinos até ser oferecida a luta. Contratado em março pelo UFC, vai encarar o octógono com suas nove lutas de invencibilidade na carreira.

– Eu tô bem tranquilo, é mais uma luta. Claro que é o maior evento do mundo, uma estreia, mas independente do que for eu tô feliz por ter conseguido o que eu queria, que era entrar lá. Agora é fazer um bom combate pra se manter – explica o atleta da Nova União/Thai Gaspar.

Vitor Miranda tem como sua principal arma o muay thai, tanto que suas três vitórias dentro do Ultimate foram por nocautes, um deles rendeu até o bônus de 50 mil dólares. E ele aposta justamente nessa característica para vencer Camozzi, que também gosta de “sair na mão”. Outro fator que contribui para a boa fase de Vitor é o fato de ter patrocínios fixos.

– Isso é fantástico e primordial, porque você consegue focar no trabalho e só treinar.

Por outro lado, Alberto Uda tem apenas uma empresa, também de Blumenau, que o apoia mensalmente. Ele recebe ajuda de algumas marcas, mas pontuais. Por isso, para se manter ele dá aulas de muay thai em academias da região – e se desloca de moto entre Blumenau, Timbó e Gaspar.

– Se eu não der aula eu não sobrevivo (risos). Dou aula das 6h até as 23h, e nesse tempo eu tiro uma hora de manhã, de tarde e à noite para poder treinar – detalha.

Com Vitor Miranda e Alberto Uda, Santa Catarina passa a ter cinco lutadores no UFC. Os outros são Glaico FrançaJunior Cigano e Thiago Tavares.

Card do UFC Almeida x Garbrandt

 

Thomas Almeida x Cody Garbrandt
Renan Barão x Jeremy Stephens
Rick Story x Tarec Saffiedine
Chris Camozzi x Vitor Miranda
Jorge Masvidal x Lorenz Larkin
Josh Burkman x Paul Felder

 

Card preliminar

 

Sara McMann x Jessica Eye
Abel Trujillo x Jordan Rinaldi
Jake Collier x Alberto Uda
Erik Koch x Shane Campbell
Aljamain Sterling x Bryan Caraway
Chris de la Rocha x Adam Milstead

 

::: O card preliminar começa Às 19h deste domingo, e as lutas principais às 23h.
::: O evento terá transmissão ao vivo co Canal Combate, via pay-per-view.

 

Vitor Miranda vence com belo nocaute no UFC

21 de dezembro de 2014 1
Chute alto de Vitor abriu a vitória. Foto: Gaspar Nobrega/Inovafoto

Chute alto de Vitor abriu a vitória. Foto: Gaspar Nobrega/Inovafoto

A primeira luta do catarinense Vitor Miranda foi uma verdadeira gangorra de emoções. Por um momento ela esteve quase perdida, mas conseguiu uma brilhante virada no último segundo da luta, literalmente, em cima de Jake Collier.

::: Leia mais notícias sobre o UFC
::: Confira promoções de suplementos na Ready Nutri

Vitor quase foi finalizado, ficou por baixo enquanto o adversário trabalhava, mas quando a luta ficou em pé tudo mudou. Especialista no Muay Thai, o lutador de Joinville conseguiu acertar um belo chute na cabeça de Collier, após uma saraivada de socos, e venceu o combate.

O catarinense, agora peso-médio, já se credencia para encarar um adversário mais qualificado para em breve figurar no ranking do UFC.

Vitor Miranda se diz tranquilo para estreia entre os pesos-médios no UFC Barueri

20 de dezembro de 2014 0
Vitor Miranda bateu o peso com tranquilidade. Foto: William Lucas/Inovafoto

Vitor Miranda bateu o peso com tranquilidade. Foto: William Lucas/Inovafoto

O catarinense Vitor Miranda é quem abre a última edição do UFC do ano, neste sábado. Em Barueri, o atleta de Joiville irá encarar Jake Collier na prmeira luta do evento. Com toda a carreira feita entre os meio-pesados, inclusive sendo finalista do TUF Brasil 3, agora Vitor se testa, aos 35 anos, entre os médios.

—  Dessa vez eu vou entrar um pouco mais solto pra dar 100% na luta.

Assista ao bate-papo com o atleta:

::: Leia mais notícias sobre o UFC
::: Confira promoções de suplementos na Ready Nutri

Card do UFC Barueri
Sábado, dia 20, a partir das 22h
Assista ao vivo no Sportv, Canal Combate e Globo (1h10min)

Peso-médio: Lyoto Machida x CB Dollaway
Peso-galo: Renan Barão x Mitch Gagnon
Peso-meio-pesado: Antônio Cara de Sapato x Patrick Cummins
Peso-leve: Elias Silvério x Rashid Magomedov
Peso-meio-médio: Erick Silva x Mike Rhodes
Peso-médio: Daniel Sarafian x Junior Alpha
CARD PRELIMINAR
Peso-meio-pesado: Marcos Pezão x Igor Pokrajac
Peso-pena: Renato Moicano x Tom Niinimaki
Peso-pena: Darren Elkins x Hacran Dias
Peso-galo: Leandro Issa x Ulka Sasaki
Peso-meio-médio: Marcio Lyoto x Tim Means
Peso-médio: Vitor Miranda x Jake Collier

Vitor Miranda comenta preparação de Pezão para o UFC Brasília

13 de setembro de 2014 0
Vitor (E) participou da preparação de Pezão na ATT. Foto: Divulgação

Vitor (E) participou da preparação de Pezão na ATT. Foto: Divulgação

A luta principal do UFC Brasília é entre os pesos-pesados Antônio Pezão e o bielorrusso Andrei Arlovski, mas o catarinense Vitor Miranda, peso-médio, tem muito a ver com esse combate. Isso porque Vitor, especialista em Muay Thai, foi para os Estados Unidos ajudar na preparação de Pezão.

— A preparação foi muito intensa, igual todas as oportunidades que treinamos juntos. O Pezão está muito bem e acho que se o Arlovski não estiver bem preparado vai ficar para trás. O Pezão está disposto a fazer uma luta semelhante a que foi contra o Hunt, então prevejo um grande duelo. Ele evoluiu muito em todos os aspectos, principalmente na parte em pé, graças ao trabalho que o Katel Kubis vem desenvolvendo ao lado dele. Tem ficado cada vez mais complicado de treinar com ele, porque ele é muito pesado e tem a técnica muito bem apurada. Quem vê ele fazendo sparring e lutando não diz que ele tem cerca de 130kg — comentou Vitor.

Apesar do excelente histórico de Arlovski na luta em pé, conquistou 15 de suas 22 vitórias por nocaute, o ex-participante da terceira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil acredita que Pezão está treinado para suplantar as qualidades do oponente. Miranda acha que o fato de lutar com a torcida ao lado será uma grande vantagem para o peso-pesado brasileiro.

— O Arlovski é um grande lutador, chuta muito bem e tem um ótimo boxe. É necessário bastante atenção com as mãos dele e seguir a estratégia montada. O fato de lutar com a torcida a seu lado, ainda mais em sua cidade natal, vai ser mais uma fator de motivação para o Pezão. A atmosfera positiva com certeza vai ajudá-lo. Lutar dentro do Brasil profissionalmente sempre foi um sonho dele, assim como o dos grandes nomes do MMA que tiveram sucesso antes mesmo do esporte ter reconhecimento em nosso país.

UFC Fight Night 51 – Brasília
Sábado, 19h – transmissão ao vivo do Canal Combate

Antônio Pezão x Andrei Arlovski
Gleison Tibau x Piotr Hallmann
Léo Santos x Efrain Escudero
Santiago Ponzinibbio x Wendell Oliveira Marques
Iuri Marajó x Russell Doane
Jéssica Bate-Estaca x Larissa Moreira

Card preliminar
Godofredo Pepey x Dashon Johnson
Igor Araújo x George Sullivan
Francisco Massaranduba x Leandro Buscapé
Paulo Thiago x Sean Spencer
Rani Yahya x Johnny Bedford

Catarinense Vitor Miranda revela gratidão para ajudar Antônio Pezão a se preparar para o UFC Brasília

30 de julho de 2014 0
Vitor irá para os EUA ajudar Pezão. Foto: Arquivo Pessoal

Vitor irá para os EUA ajudar Pezão. Foto: Arquivo Pessoal

Famoso por seu refinado Muay Thai, Vitor Miranda vai se incorporar à equipe de Antônio “Bigfoot” Silva, o Pezão, nos Estados Unidos, para o camp do peso pesado do UFC visando ao combate do dia 13 de setembro, em Brasília, contra o bielorrusso Andrei Arlovski.  Finalista do TUF 3 Brasil, Vitor tem viagemá marcada para 12 de agosto e seu retorno será no dia 7 de setembro.

Antes mesmo de integrar a Team Nogueira, Vitor Miranda vinha se notabilizando como sparring dos principais lutadores do MMA nacional. O início foi com Pedro Rizzo, que costumava treinar a luta em pé na Holanda, com Peter Aerts, tricampeão do extinto K1. Rizzo percebeu que as qualidades de Vitor seriam suficientes para que não houvesse necessidade de sair do país.

— Eles me chamam porque aguento pancada, bato duro nos bichos, mas sem machucar. Por isso sempre me chama — conta Vitor.

Mas sua relação com Pezão vai além da profissional. Foi o amigo quem lhe deu abrigo na fase mais delicada de sua vida. Há três anos, durante o período em que morou nos Estados Unidos, Vitor perdeu o filho, Igor, de 4 anos, afogado na piscina. Foi na casa de Pezão que ele e a mulher, Paula, ficaram por um bom tempo até que o casal voltasse para o Brasil.

— Não suportaríamos viver mais naquela casa. Daí o Pezão nos levou para morar com ele e a família dele um tempo. Eu posso até estar cansado, mas quando ele me pede ajuda, vou na hora. Não posso dizer não pra ele.

Confira vídeo do seminário de Vitor Miranda em Gaspar

12 de julho de 2014 0

Finalista do TUF Brasil 3 e atleta contratado pelo UFC, o catarinense Vitor Miranda ministrou um seminário de Muay Thai na cidade de Gaspar nesta semana. No vídeo, confira imagens do trabalho do joinvilense na aula e um relato do lutador sobre ter participado do evento em um lugar familiar para Vitor.

Vitor Miranda fecha contrato com o UFC

21 de junho de 2014 0
Vitor vai mudar de categoria. Foto: Rodrigo Philipps/Ag. RBS

Vitor vai mudar de categoria. Foto: Rodrigo Philipps/Ag. RBS

O catarinense Vitor Miranda é mais um dos participantes do TUF Brasil 3 que assinou contrato com o UFC. O ex-meio-pesado agora irá lutar entre os médios (84kg). Aos 35 anos, Vitor também já pediu para fazer a estreia com o novo peso no UFC Rio 5, programado para o dia 25 de outubro.

Atualmente pesando 102 kg, ele foi inscrito entre os médios (até 84 kg). Para isso, dará início na próxima semana a um trabalho de perda de peso sob a supervisão do fisiologista e também preparador físico Cláudio Pavanelli e do médico Rodrigo Mauro.

— Era um sonho poder estar dentro maior evento de artes marciais mistas do mundo. Agora que estou confirmado, vou trabalhar bastante como sempre faço para fazer meu nome dentro do UFC e dentro da categoria — disse Vitor.