Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "Team Nogueira"

Três cinturões em disputa no Jungle Fight 87, ao vivo no BandSports

21 de maio de 2016 0
Bruno Cappelozza x Klidson fazem a luta principal. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

Bruno Cappelozza x Klidson fazem a luta principal. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

Bruno Cappelozza e Klidson de Abreu irão disputar a luta principal do Jungle Fight 87, neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Os dois vão se enfrentar valendo o título dos meio-pesado, a partir das 21h, com transmissão ao vivo do BandSports.

— Sempre lutei nos 93kg, me adapto melhor nela. Com a derrota você aprende mais do que com a vitória, estou bem mais focado e mais treinado. Klidson é muito bom no jiu-jitsu, mas treinei forte em Curitiba, onde tem as melhores academias de muay thai — disse Cappelozza.

Após período de treinos nos EUA, Natan Schulte está pronto para o Max Fight 18

A pesagem trouxe uma importante mudança no card da organização. Com 1,6 kg acima da categoria dos médios (até 84kg), Quemuel Ottoni está fora da disputa pelo cinturão interino. O atleta foi substituído pelo experiente paraibano Rodrigo Buga, de 35 anos.

Vídeo: Maurício Bad Boy é nocauteado em 5 segundos no ACB 38

Borrachinha falou sobre a mudança de adversário e, segundo ele, seu cartel expressivo e o estilo de luta agressivo acabam intimidando muitos adversários.

— Venho falando exaustivamente que está difícil encontrar um atleta que aceite lutar comigo. Eu entendo e acredito que meu cartel e meu estilo de lutar assusta vários lutadores. Estou pronto para enfrentar qualquer um no mundo. Vou lutar com o próximo adversário, vou para cima e vou nocautear de novo. Esse cinturão é meu — disse.

A bela Débora Dias teve trabalho para bater os 52kg. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

A bela Débora Dias teve trabalho para bater os 52kg. Foto: Leonardo Fabri/Divulgação

Pelo cinturão peso-palha feminino, Debora Dias teve dificuldades em atingir o limite de 52 quilos da categoria e acabou ficando 350 gramas acima do permitido. Entretanto, a paranaense conseguiu bater o limite após as duas horas que lhe foram dadas como prazo e a disputa do título está confirmada.

Card do Jungle Fight 87

16. Klidson Abreu (L.A. Sports/AM) x Bruno Cappelozza (Corinthians Team/SP) 93kg Cinturão Meio-Pesado
15. Debora ‘Máquina de Guerra’ (SST e Dias Team/PR) x Polyana Viana (Sombra Top Team/PA) 52kg Cinturão Peso-Palha
14. Paulo Borrachinha (Borracha Team e Rubens Dorea Tem/MG) x Rodrigo Buga (Eduardo Machado Team/PB) 84kg Cinturão Interino Peso-Médio
13. Samara Santos (Marajó Brothers/PA) x Simone Duarte (Boxe Mania/SP) 52kg
12. Adilson Silva (XGym/PA) x Alisson Barbosa (Herman Gutierrez Team /CE) 66kg
11. Monique Bastos (Granola e Bronx’s GT/SP) x Aline Sattelmayer (STT/SP) 52kg
10. Alex ‘Poatan’ Pereira (Peso Pesado/SP) x Marcus ‘Tatu’ (Luis Brito MMA/RS) 84kg
9. Bruno Assis (BH Rhinos/Minas Gerais) x Eduardo ‘Camelo’ (Hard Fight e CM Fight/PA) 84kg

Card Social Furnas

8. Rafael Souza (Peso Pesado/SP) x Israel Ottoni (Famila Komodo/SP) 61kg
7. Danilo Adreani (Colisao MMA/SP) x Joel ‘Aranha’ Silva (Corinthians Team/SP) 57kg
6. Lukas Campos ‘Togun’ (Togun Team e Kyokushinkaikan/SP) x João Paulo ‘Fortaleza’ (Herman Gutierrez Team/CE) 70kg
5. Diogo Silva (XGym/SP) x Lucas Almeida (Herman Gutierrez Team /SP) 66kg
4. Deiveson Alcântara Figueiredo (Marajó Brothers/PA) x Henrique Santos (Arena Fight Team/Ponta Grossa-PA) 57kg
3. Kaynan Kruschewsky (Ricardo Pereira Team/SP) x Gabriel Gregorio(Team Nogueira/SJRP-SP) 70kg
2. Paulo Pizzo (Peso Pesado/SP) x Zé Reborn (Reborn Team/SP) 57kg
1. Paulo ‘PH’ (Team4life/PA) x Josias Nascimento (Eduardo Machado Team/Pernambuco) 70kg

Após período de treinos nos EUA, Natan Schulte está pronto para o Max Fight 18

20 de maio de 2016 0
Natan Schulte com Parrumpinha, na American Top Team. Foto: Arquivo Pessoal

Natan Schulte com Parrumpinha, na American Top Team. Foto: Arquivo Pessoal

O catarinense Natan Schulte está de volta aos combates neste sábado. Ele está confirmado no card do Max Fight 18, com transmissão ao vivo do Canal Combate, direto de Varginha (MG). O lutador, que é natural de Joinville e representa a Team Nogueira, passou um mês treinando nos Estados Unidos e garante ter voltado melhor para encarar Henerson Neném.

Vídeo: Maurício Bad Boy é nocauteado em 5 segundos no ACB 38

— A minha ida para os Estados Unidos foi muito boa, tanto pelo intercâmbio como os treinos. A American Top Team tem o maior número de atletas no UFC. Eu já tinha o interesse de treinar lá e acabei indo. Vi uma evolução muito boa na luta agarrada, que é uma característica minha, e isso deu uma melhorada boa — comenta.

Alexandre Cidade faz sua estreia internacional em evento na Chechênia

Campeão do GP peso-leve do XFC em 2014, Natan está há um ano sem lutar. Ele chegou a ter combate marcado, mas o XFC acabou não realizando o evento. Agora, ele está pronto para mostrar que conseguiu evoluir, ainda mais com os treinos na American Top Team.

— Vai fazer um ano que estou sem lutar e foi bom eu ter treinado lá. Esse período não sem lutar não me atrapalha e vou fazer uma grande luta neste sábado — conta.

Vídeo da encarada entre Natan Schulte e Neném

A luta principal do Max Fight 18 será a brasileira Amanda Ribas e a chilena Jennifer Gonzales, no peso até 57kg. No outro duelo mais aguardado do torneio, o amazonense Francisco De Assis enfrenta Júnior Maranhão, valendo o cinturão dos pesos-galos (até 61kg).

Card do Max Fight 18

Amanda Ribas x Jennifer Gonzales
Francisco de Assis X Júnior Maranhão
Dil Furacão x Diego Gaúcho
Cassiano Tyschyo x Rodrigo Cavalheiro
Henerson Neném x Natan Shulte
Felipe Nilo x Elder Bebê Monstro
Vinícius Salvador x Diogo Hannibal
Arthur Vieira x Cassio Arduini
Armando Polêmico x Flávio Merrão
Hermison Oliveira x Fábio Pacheco
Gustavo “José Aldo” x Betinho Santos
Stefano Colossus x Ewerton Ferreira

Jungle Fight 80 terá duas disputas de cinturão

21 de agosto de 2015 0

jungle_fight80
O Jungle Fight 80 será realizado neste sábado, dia 22 de agosto, no Ginásio do Morumbi, em São Paulo, e terá duas disputas de cinturão. Campeão peso-mosca, Bruno “Talent” Menezes coloca em jogo o seu título contra Zé Reborn, e Alexandre Hoffmann e André Lobato vão disputar o cinturão dos pesos-médios do evento.

Confira as ring girls do Jungle Fight 80

— O objetivo é manter o cinturão. Vais ser porrada o tempo inteiro, vou explorar meu boxe e quero dar um verdadeiro show para o público — disse Bruno “Talent”.

Ex-TUF Alexandre Cidade luta no Jungle Fight 80

O catarinense Alexandre Cidade, de São José, faz uma das lutas do card principal contra Arlen “Banks” Ribeiro. Os dois disputaram a seletiva para o TUF Brasil 4, mas acabaram perdendo os duelos para entrar no reality show do UFC.

Jungle ao vivo
O Jungle Fight terá transmissão ao vivo do canais BandSports e Band, a partir das 21h de sábado.

Card do Jungle Fight 80

Bruno Menezes (Champion Team) x José “Zé Reborn” Alexandre (Reborn Team)
Alexandre Hoffmann (Fabiano Boxer) x André Lobato (Marajó Brothers)
Quemuel Ottoni (Família Komodo) x Jackson Mora (Team FFC _ Peru)
Alexandre Cidade (Team Tavares) x Arlen “Banks” Ribeiro (V8 MMA)
Adriano Balby (Balby Team) x Douglas Rakchal (Gordin Team)
Alisson Barbosa (Herman Gutierres Team) x Thiago Passos (Peso Pesado Team)
Debora Dias (Foz do Iguaçu) x Natasha Frazão “Viúva Negra” (Bronx’s Gold Team)
Wellington “Negão” (Família Furacão) x João Paulo de Carvalho (Team Nogueira- Bauru)
Jhonatan Bombeiro (Vem Viver Team) x Francisco Neves “Chicão” (Ryan Gracie/Tiger FTT)
Dioginis “Overeen” Souza (Power Lotus Team) x Renan Romes da Silva (Dragões Kickboxing/Higen Team)

Card Social Furnas

Danilo Andreani (Colisão Jiu-jitsu) x Hermison Oliveira (Bronx’s Gold Team)
Daniel “Monstrão” Nery (Nigue Team) x Gledson Brandão de Carvalho (Raptor Khan)
Otavio Sagás (Bronx’s Gold Team) x Caio Gregorio (Gordin Team)
Thiago Santos (Família Furacão) x Antonio “Frankestein” Ricelli (Union of Monster/Furnas)
Eduardo “Bombeiro” Pedrosa (Colisão MMA) x Anderson “Buzika” de Souza (Inside/Munil Adriano Team)
Carlos Alberto Silva (Chute Boxe Piraju) x Lucas Campos (Arenna Academy/Higen Team)
Jeferson”jerry”de Oliveira (Union of Monster/Furnas) x Rafael Costa (Bronx’s Gold Team)

K-1 Rules – Categoria até 85Kg

Fernando Chakal (Goes Team) vs Rodolfo Cavalo (Brazilian Alves MMA/SPFC/Rocha Fight)

William Coelho supera graves problemas de saúde e luta no Fighten 2, neste sábado

21 de agosto de 2015 1
William encara a pesagem nesta sexta. Foto: Betina Humeres/Set 12/Ag. RBS

William encara a pesagem nesta sexta. Foto: Betina Humeres/Ag. RBS

Do risco de ter um AVC para a luta deste sábado, 22, em Londrina, a vida de William Coelho, 26 anos, ganhou a presença do filho Ricardo, hoje com um ano e oito meses. O nascimento do filho coincide com a descoberta de uma estenose da carótida, doença que torna estreita as artérias que dão fluxo de sangue ao cérebro e é a terceira maior causa de acidentes vasculares cerebrais.

Fighten MMA 2 fecha card e terá transmissão ao vivo

Curado e liberado pelos médicos, e também após superar uma anemia, tratada ao longo do ano no Hemosc, William está de volta aos ringues para enfrentar Fernando Sagati no evento Fighten 2, organização que já é referência pela produção e tratamento aos atletas.

Ex-TUF Alexandre Cidade luta no Jungle Fight 80

William Coelho

Trabalhando como vigilante nesse tempo todo sem lutar, William sentiu a pressão de ter que dar um conforto ao filho e de não poder se dedicar exclusivamente ao MMA.

– Eu treinava, mas não de forma competitiva. Só quem está na ponta pode se dar ao luxo de sobreviver com patrocínios, para quem está mais embaixo o caminho é mais difícil – conta.

William Coelho nocauteia Giovani Diniz no Web Fight

O lutador de 26 anos, que treina na equipe Rangel Farias, no Campeche, está mais do que pronto para melhorar ainda o seu cartel, que é de 11 vitórias e cinco derrotas.

– Estava esperando esse momento para poder voltar. Comecei aos 16 anos e isso é bem mais que um sonho, é a minha vida – revela.

Fighten MMA 2
Transmissão ao vivo a partir das 20h de sábado, 22aovivo.fighten.com.br

 

Card de Lutas

66kg – Alessandro “Da Lua” Alves (Fighten Training Center) x Felipe “Mineiro” Jesus (Nova União)
61kg – Samura Vieira (Team Nogueira Londrina) x Daniel Willycat (Chute Boxe/Team Cyborg)
77kg – Rony Vargas (Spartan Bronx Gold Team) x Luiz Cado “Golden Boy” (CM System)
84kg – Rafael Atílio (Esparta Fight Club) x Daniel Pereira “Gaúcho” (CM System)
70kg – Gabriel “Fly” Miranda (CM System) x William Lima (Rangel Farias/Zeferino Team)
66kg - Marcos “Alemão” Schmitz (Team Tavares) x Irwing “King Kong” Machado (Checkmat/CFT)
61kg – Rafael de Abreu “Black” (Chute Boxe Apucarana) x Marcelo “Hulk” Dias (Rangel Farias/Zeferino Team)
70kg – Fernando Sagati (COVS Team) x William Coelho (Rangel Farias/Zeferino Team)
66kg – Dehan Sato (Team Nogueira Londrina) x Bruno Sá Coelho (Rangel Farias/Zeferino Team)
70kg - Daniel “Ratinho” Hoffmann (Mancilla Fight Team/NFT) x Rafael Teixeira (Chute Boxe Apucarana)
66 kg – Arlindo Contato “Nunes” (Junior Vidal Team) x Fabio Chaves (Clube Feijão/Ponto 1)

Fighten MMA 2 fecha card e terá transmissão ao vivo

20 de agosto de 2015 0
Da Lua (E) e Filipe na coletiva do evento. Foto: Fighten/Divulgação

Da Lua (E) e Filipe na coletiva do evento. Foto: Fighten/Divulgação

O Fighten 2 será realizado neste sábado, dia 22, no Ginásio Moringão, em Londrina (PR), com uma verdadeira legião catarinense lutando no evento. Seis atletas de SC estão escalados para o show, que terá transmissão ao vivo e gratuita pelo site aovivo.fighten.com.br. A partir das 20h de sábado, o narrador Rafael Luna terá a companhia de Cristiano Marcello nos comentários.

— Esse tipo de ação visa dar maior alcance ao nosso show e aos atletas que nele competem. Muitos vêm de fora do Paraná, nem todos podem ter seus amigos, companheiros de treinos e familiares prestigiando sua luta, mas no Fighten o lutador pode ter isso. A transmissão por internet fica acessível a todos. Damos ao atleta a melhor estrutura possível com acompanhamento médico, reidratação, hotel, translado, alimentação, e agora transmissão. Todos os detalhes para que possam dar um grande show aos fãs — explica José Henrique Ferrareto, CEO do Fighten.

Na luta principal, Filipe Jesus, pupilo de José Aldo na Nova União, encara Alessandro “Da Lua” Alves pela categoria até 66kg. Pisar no decágono do Fighten MMA não será novidade para Filipe Jesus. O mineiro esteve presente no card inaugural do evento, em maio de 2014, em uma luta especial para ele. Na ocasião, o atleta da Nova União mediu forças com Cleber Junior e a vitória foi conquistada no terceiro round da disputa.

Fighten MMA 2
Transmissão ao vivo: aovivo.fighten.com.br

Card de Lutas

66kg – Alessandro “Da Lua” Alves (Fighten Training Center) x Felipe “Mineiro” Jesus (Nova União)
61kg – Samura Vieira (Team Nogueira Londrina) x Daniel Willycat (Chute Boxe/Team Cyborg)
77kg – Rony Vargas (Spartan Bronx Gold Team) x Luiz Cado “Golden Boy” (CM System)
84kg – Rafael Atílio (Esparta Fight Club) x Daniel Pereira “Gaúcho” (CM System)
70kg – Gabriel “Fly” Miranda (CM System) x William Lima (Rangel Farias/Zeferino Team)
66kg – Marcos “Alemão” Schmitz (Team Tavares) x Irwing “King Kong” Machado (Checkmat/CFT)
61kg – Rafael de Abreu “Black” (Chute Boxe Apucarana) x Marcelo “Hulk” Dias (Rangel Farias/Zeferino Team)
70kg – Fernando Sagati (COVS Team) x William Coelho (Rangel Farias/Zeferino Team)
66kg – Dehan Sato (Team Nogueira Londrina) x Bruno Sá Coelho (Rangel Farias/Zeferino Team)
70kg – Daniel “Ratinho” Hoffmann (Mancilla Fight Team/NFT) x Rafael Teixeira (Chute Boxe Apucarana)
66 kg – Arlindo Contato “Nunes” (Junior Vidal Team) x Fabio Chaves (Clube Feijão/Ponto 1)

Card completo e ring girls do Jungle Fight 80

19 de agosto de 2015 0
Naiara, Vanessa e Syllvia. Foto: Caio Duran/Divulgação

Naiara, Vanessa e Syllvia. Foto: Caio Duran/Divulgação

O time de ring girls para o Jungle Fight 80, neste sábado, dia 22, em São Paulo, está completo. A ex-BBB Vanessa Mesquita terá a companhia de Syllvia Andrade e Naiara Almeida para levantar as plaquinhas no evento. O show terá a disputa pelos cinturão peso-mosca entre Bruno “Talent” Menezes e Zé Reborn, além de Alexandre Hoffmann e André Lobato disputando o título dos médios.

Serão 18 lutas no Jungle Fight 80, com transmissão ao vivo do BandSports e da TV Band, que também terá a presença do catarinense Alexandre Cidade, da Team Tavares, no card principal.

Naiara, Vanessa e Syllvia. Foto: Caio Duran/Divulgação

Naiara, Vanessa e Syllvia. Foto: Caio Duran/Divulgação

Card principal Jungle Fight 80

Bruno Menezes (Champion Team) x José “Zé Reborn” Alexandre (Reborn Team)
Alexandre Hoffmann (Fabiano Boxer) x André Lobato (Marajó Brothers)
Quemuel Ottoni (Família Komodo) x Jackson Mora (Team FFC – Peru) 84 kg
Alexandre Cidade (Team Tavares) x Arlen “Banks” Ribeiro (V8 MMA) 70 kg
Adriano Balby (Balby Team) x Douglas Rakchal (Gordin Team) 84 kg
Alisson Barbosa (Herman Gutierres Team) x Thiago Passos (Peso Pesado Team) 66 kg
Debora Dias (Foz do Iguaçu) x Natasha Frazão “Viúva Negra” (Bronx’s Gold Team) 52 kg
Wellington “Negão” (Família Furacão) x João Paulo de Carvalho (Team Nogueira- Bauru) 84 kg
Jhonatan Bombeiro (Vem Viver Team) x Francisco Neves “Chicão” (Ryan Gracie/Tiger FTT) 70 kg
Dioginis “Overeen” Souza (Power Lotus Team) x Renan Romes da Silva (Dragões Kickboxing/Higen Team) 66 kg

Card Social Furnas

Danilo Andreani (Colisão Jiu-jitsu) x Hermison Oliveira (Bronx’s Gold Team) 57 kg
Daniel “Monstrão” Nery (Nigue Team) x Gledson Brandão de Carvalho (Raptor Khan) 77 kg
Otavio Sagás (Bronx’s Gold Team) x Caio Gregorio (Gordin Team) 77 kg
Thiago Santos (Família Furacão) x Antonio “Frankestein” Ricelli (Union of Monster/Furnas) 77 kg
Eduardo “Bombeiro” Pedrosa (Colisão MMA) x Anderson “Buzika” de Souza (Inside/Munil Adriano Team) 66 kg
Carlos Alberto Silva (Chute Boxe Piraju) x Lucas Campos (Arenna Academy/Higen Team) 77 kg
Jeferson”jerry”de Oliveira (Union of Monster/Furnas) x Rafael Costa (Bronx’s Gold Team) 57 Kg

K-1 Rules — Categoria até 85Kg

Fernando Chakal (Goes Team) vs Rodolfo Cavalo (Brazilian Alves MMA/SPFC/Rocha Fight)

De Joinville, Everton Borges busca a vitória no Max Fight 15

03 de julho de 2015 0
Everton Borges (D) busca mais uma vitória. Foto: Henrique Pelé/Divulgação

Everton Borges (D) busca mais uma vitória. Foto: Henrique Pelé/Divulgação

O card do Max Fight 15, que será realizado neste sábado em Ilha Comprida (SP), terá a presença do lutador catarinense Everton Borges, atleta da Nova União de Joinville. Ele, que está invicto com três vitórias no MMA profissional, irá encarar Daniel Ogro no evento, que terá transmissão ao vivo do Canal Combate.

José Aldo está fora do UFC 189 e Chad Mendes disputa cinturão com McGregor

O evento também terá a disputa do cinturão peso-pena entre Vitor Toffanelli e Bruno Beirute. O presidente do evento, Ricardo Saldanha, comentou sobre o card. Antes, Gian Siqueira e Anderson Big Bones lutariam, mas tiveram que se ausentar.

Jungle Fight 79 terá duas disputas de cinturão

— Trouxemos atletas muito importantes e tenho certeza que o evento será um sucesso. Nossa meta é repetir mais edições do Max Fight na região daqui para frente. O público local pode ficar ciente de que amanhã teremos um grandes espetáculo nas areias da Praia do Boqueirão — afirmou..

Card do Max Fight 15
Sábado, 4 de julho, a partir das 20h de 2015

Vitor Toffanelli (Nakahara Fight Team) x Bruno “Beirute” Tavares (Bronx’s GT) – cinturão dos pesos-penas (66kg)
Luan Chagas (Gile Ribeiro Team/Noguchi Team) x Julio Cesar “Merenda” (TFT) – até 77kg
Oton Jasse (TFT) x Alisson Barbosa (Herman Gutierrez) – até 70kg
Everton Borges (Nova União Joinville) x Daniel Ogro (Forja V2) – até 66kg
Felipe Cabocão (Team Nogueira) x Clésio Caveirinha (Blaster) – até 61kg
Diogo Hannibal (Homem de Pedra) x Wellington Rocha (Guego JJ) – até 61kg
Emerson Rios (Team Nogueira) x Anderson Gava (Spartanos/ São Carlos) – até 66kg
Hermison “Do Bronx’s” Oliveira (Bronx’s GT) X Carlos Eduardo Bahia (Relma) – até 57kg
Cassinho Arduini (Team Nogueira/ Campinas) x Valzinho Santos (Nynico) – até 57kg

Jungle Fight 79 terá duas disputas de cinturão

03 de julho de 2015 0
Lutadores confirmados para o Jungle 79. Foto: JFC/Divulgação

Lutadores confirmados para o Jungle 79. Foto: JFC/Divulgação

O Jungle Fight 79 será realizado neste sábado, dia 4 de julho, no Centro Esportivo Miécimo da Silva, no Rio de Janeiro, e terá duas disputas de cinturão, mas com uma peculiaridade. No duelo peso-palha feminino, Amanda Ribas não conseguiu bater os 52kg e, mesmo que vença, não ficará com o cinturão no duelo com a mexicana Tania Pereda, que se vencer fica com a cinta.

De Joinville, Everton Borges busca a vitória no Max Fight 15

Segundo o pai e treinador da brasileira, Marcelo Ribas, Amanda subiu de peso para ajudar o camping de Bethe Correia, desafiante da campeã Ronda Rousey no UFC 190, o que teria dificultado o objetivo. Assim, Amanda entra na Arena Jungle com dois pontos a menos e perderá 20% da bolsa.

José Aldo está fora do UFC 189 e Chad Mendes disputa cinturão com McGregor

Otto Rodrigues e Luiz Japeri duelam pelo título dos penas (até 66 kg). A Band Sports transmite o evento a partir das 21h, bem como o portal Band.com.br, enquanto a Band aberta mostra os combates, ao vivo, a partir de 1h.

Jungle Fight 79
Centro Esportivo Miécimo da Silva, no Rio de Janeiro

Amanda Ribas (Marcelo Ribas/NU) x Tania Pereda (?Bujutsu/Union Mat)
Otto Rodrigues (Xgym) x Luiz Carlos “Japeri” Silva (Casquinha Jiu jitsu)
Ary Santos (Arena Champs/NU) x Handerson Martins (TFT)
Eduardo Fidelis (ATS Team) x Javiero Orlando (Giudici Team Argentina)
Rodrigo Praia (Team Nogueira) x Hugo Rocha (Luiz Muai thay Team)
Paulo Cesar “Indio” (Team Nogueira) x Murilo Filho (Team Mangueira)
Cristiano Ribeiro Lopes (Xgym) x Adriano Capitulino (Rio Fighters)
Claudio Cezário (Team Nogueira) x Alex Pavão (ATS/TFT)
Diogo “Pink” Silva (Xgym) x Jose Claudio Vieira (Relma Team)

CARD SOCIAL FURNAS

Cleberson “Menor” Rodrigues (Equipe Pejor) x Wellington “Nenem” Lopes (Rio Fighters)
Paulo Cesar “Nenem” (Team Crezio) x Elifrank Cariolano (Fit Power Recreio)
Wanderson “Psicopata” Targino (Equipe Pejor) x Matheus “Queimados” Gomes (Fx Preta de Jesus)
Elioenai Bras (Team Crezio) x Jorge Evangelista Filho (War Machine/Libra CT)
Wagner “Pezinho” Maia (Carlson Gracie Team) x Fernando Batista “Negão” (Underson Brito Fight Team)
Jose Edécio (XFight Team) x Denilson de Oliveira (Relma Team)

Kickboxing

Dennys Ferreira x Jorge Coutinho (AFKB)

Diego Barbosa estreia com vitória no Jungle Fight

14 de abril de 2015 0
Minotauro foi córner de Diego Barbosa (D) no Jungle Fight. Foto: Arquivo Pessoal

Minotauro foi córner de Diego Barbosa (D) no Jungle Fight. Foto: Arquivo Pessoal

O catarinense Diego Barbosa fez a sua estreia no Jungle Fight no evento número 76, no último sábado — o primeiro com transmissão da Band. E o resultado do atleta da Team Nogueira foi a vitória por decisão dividida sobre Bruno Beirute, em uma combate muito disputado.

No Facebook, Diego Barbosa explicou o motivo de ter caído de rendimento no terceiro round — após ter garantido os dois primeiros. Ele teve no córner, além do amigo Rodrigo Praxedes, a presença de Rodrigo Minotauro, mentor da Team Nogueira.

— O Bruno (Beirute) é um dos melhores atletas pena do Brasil e top contender do Jungle. Também me lesionei já faz um tempo e lutei com o braço quebrado, consequentemente senti muita dor. Infelizmente não tive rendimento algum no terceiro round, não é desculpa, mas graças a Deus vencemos os dois primeiros.

Segundo Diego, ele deve fazer uma ressonância nos próximos dias para então fazer a cirurgia no braço. Com a vitória no Jungle Fight, o atleta da Team Nogueira agora tem seis vitórias e uma derrota na carreira.

Resultados do Jungle Fight 76

Bruno Lopes venceu José Diaz Suavecito por decisão unânime (triplo 30-27)
Ericka Almeida venceu Jennifer Gonzalez por finalização a 1m52s do R1
Jonas Bilharinho venceu Fabiano Soldado por nocaute a 1m26s do R1
Álvaro Correa venceu Arthur Ribas por nocaute a 1m48s do R1
CARD PRELIMINAR
Diego Barbosa venceu Bruno Beirute por decisão dividida (28-29, 29-28 e 29-28)
Amanda Ribas venceu Aline Sattelmayer por decisão unânime (triplo 30-27)
Herbeth Reis venceu Diego Paiva por finalização aos 38s do R3
Israel Ottoni venceu Leandro Apagão por finalização aos 4m09s do R2
Ariston França venceu Carlos Eduardo Carlim por nocaute técnico a 1m02s do R3
Danilo Adreani venceu Danilo Alves por finalização a 1m54s do R2
Willian Kuraça venceu Junior Pica Pau por nocaute técnico aos 3m45s do R3

Trio de SC garante vaga no TUF Brasil 4

06 de abril de 2015 0
Erick (E), Nazareno (embaixo) e Glaico estão no TUF. Foto: UFC/Divulgação

Erick (E), Nazareno (embaixo) e Glaico estão no TUF. Foto: UFC/Divulgação

No primeiro episódio da quarta temporada do reality show The Ultimate Fighter Brasil, três representantes de Santa Catarina participaram da seletiva e conseguiram carimbar a vaga dentro da casa – todos pela categoria peso-leve (70kg), sob os olhos dos técnicos Anderson Silva e Maurício Shogun. Erick “Índio Brabo” Silva, Glaico “Nego” França e Nazareno Malegarie estão confirmados para brigar pelo título do programa, com a final no dia 27 de junho.

Veja também
::: Confira no vídeo como foram as seletivas para o TUF Brasil 4
::: Veja como é a academia do reality show do UFC

O programa mostrou a chegada dos atletas em Las Vegas, onde foram realizadas as gravações, e Dana White deu de presente a oportunidade de todos eles assistirem ao duelo entre Anderson Silva e Nick Diaz – as gravações começaram de fato após o combate. Pela programação, por conta do caso de doping, Anderson deve deixar no TUF no quarto episódio, quando Rodrigo Minotauro assume a equipe.

::: Cinco atletas de SC vão tentar entrar no TUF Brasil 4 a partir deste domingo

Nocaute espetacular

A primeira luta do TUF Brasil 4 teve um golpe plástico, que resultou no brilhante nocaute de Bruno Korea em cima de Franklyn Arrocha. Korea ficou passivo os primeiros minutos, mas aí armou um spinning back kick (ele é do taekwondo e esse golpe deve ter outro nome) e acertou a cabeça de Arrocha, que caiu apagado.

Mais um “xente boa” na casa

Nazareno Malegarie é um dos atletas que já merecia estar no UFC por mérito, mas tentou a vaga no TUF e conseguiu. Ele encarou Edson “PC” Pereira e fez uma luta de dois rounds. No primeiro, os dois partiram mais para a trocação e Nazareno conseguiu evitar as quedas, virando bem em cima de PC.

No segundo round, Nazareno aplicou um belíssimo suplê (suspendendo PC do chão e atirando-o “lá de cima”) e conseguiu dominar ainda mais a luta, vencendo por decisão unânime. O lutador da Team Tavares, que é originalmente um peso-galo (61kg), vai disputar o título dos pesos-leves (70kg).

De Curitibanos para o mundo

Glaico “Nego” França encarou Raush Manfio, atleta da Team Nogueira e que tinha a clara torcida e apoio de Anderson Silva por serem companheiros de treinos. O primeiro round foi mais equilibrado, com Glaico sendo derrubado em uma tentativa de chute, mas no segundo foi a vez do lutador de Curitibanos ficar por cima e trabalhar muito bem os golpes, até que Raush deu as costas e Glaico aplicou um mata-leão justíssimo.

No comentário pós-luta, Anderson mostrou a sua tristeza com a derrota de Raush Manfio e parabenizou Glaicon, enquanto Maurício Shogun gostou muito do catarinense da Astra Fight Team e já ficou de olho para colocá-lo no seu time.

Conexão Manaus – Balneário Camboriú

Erick Carlos “Índio Brabo” Silva encarou Gabriel Macário, uma das grandes promessas do MMA brasileiro. Os dois ficaram na parte em pé no primeiro round, com Macário mostrando um bom nível de boxe, mas no segundo round Erick conseguiu levar a luta para o chão e mostrou um pontente ground and pound, acertando uma cotovelada que abriu o rosto de Gabriel Macário. Com o sangue jorrando, o árbitro interrompeu o combate e deu a vitória para o lutador da Astra Fight Team, de Balnéario Camboriú.

Confira quem já garantiu sua vaga no TUF Brasil 4

Peso-galo

Bruno Gustavo “Bulldog”
Bruno Korea
Dileno Lopes
Matheus Nicolau

Peso-leve

Erick Silva “Índio Brabo”
Glaico França “Nego”
Nazareno Malegarie
Joaquim “Neto”

Próximo programa

Será a vez do peso-galo Peter Montibeller e do leve Alexandre Cidade buscarem seus lugares na casa. Os dois atletas da Team Tavares fazem parte dos 16 que vão lutar no segundo episódio do reality show.