Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Resultados da pesquisa por "cleiton foguete"

Ex-UFC Glaico França e Alberto Uda lideram o card do Aspera FC 49

31 de janeiro de 2017 0
uda_glaico

Uda e Glaico fazem as lutas principais do evento

O Aspera FC 49 será realizado no próximo dia 18 de fevereiro, no Ginásio Sérgio Lorenzato, em Balneário Camboriú, e terá dois ex-lutadores do UFC estrelando as lutas principais da noite, que terá transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo canal Esporte Interativo.

Campeão do TUF Brasil 4, Glaico “Nego” França (13-5) vai estrear nos meio-médios contra Ludy Goulart (7-1) na luta principal do evento. Outro ex-UFC, Alberto Uda vai bater de frente com Huinderton Cavadeira, que é um adversário duríssimo e sempre dá show.

Os ingressos já estão à venda com os lutadores, pontos de venda e também no site Loopticket (clique aqui). O valor vai de R$ 30 a R$ 300.

Card do Aspera FC 49
Dia 18 de fevereiro, no Ginásio Sérgio Lorenzato

77kg – Glaico França x Ludy Goulart
84kg – Alberto Uda x Huinderton Barbosa
93kg – Leonardo Cabeção x Alan Bispo
120kg – William Hoffman x Roggers Souza
66kg – Cleiton Foguete x Rani Rex
70kg – Gustavo Efron x Dioginis Overeen
66kg – Nahuel Gandolfi x Ricardo Sasseme
70kg – Ivan Cegatta x Zeca Saremba
66kg – Jackson Tortora x Luciano Lula
77kg – Pedro Júnior x Olaelcio Maia
70kg – Guilherme Trindade x Lucas Japa
70kg – Jaison Terremoto x Fabio Japa
77kg – Paulo Sergio x Bruno Ademir

Desafio Rhael de Grappling
89kg – Franklin Jensen x Henrique Moicano
70kg – Rafael Morcego x Dilmar Tartaruga
80kg – Erick Indio Brabo x Marcio Forlim
100kg – Gilberto Galvão x Jonata Teixeira
74kg – Gustavo Telles x Josimar Sirino
70kg – Walter Telles x Julio Guadinini
94kg – Marcio Couto x Thiago Hilgemberg
74kg – Eduardo Cordeiro x Eduardo Cruz
85kg – Carlos Domato x a definir
94kg – Diogo Nascimento x a definir
94kg – Leonardo Santos x a definir
75kg – Luis Rafael Japa x a definir
80kg – Juliano Ninja x a definir

Vídeo da luta: Giba Galvão fatura o cinturão do Aspera FC

20 de junho de 2016 0

Morceguinho vence na volta aos cages e Giba Galvão fatura o cinturão do Aspera FC


Aspera FC 40: Gilberto Giba abusa das quedas e… por EI_Nocaute_Brasil

Resultados do Aspera FC 40

Luta principal – Disputa do cinturão até 84kgGilberto Giba venceu Rodrigo Buga por decisão unânime dos juízes laterais e se tornou campeão da divisão dos médios
Até 66kg – Júlio César Morceguinho venceu Rani Rex por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Gian Siqueira venceu Silmar Sombra por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Tim Ruberg venceu Cleiton Caetano por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 70kg – Gustavo Lost venceu Alan Francis por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 66kg – Cleiton Foguete venceu Paulo Sérgio Kuka por nocaute aos 1min e 56seg do segundo round
Até 70kg – Carlos Thaíde venceu Lucas Farias por nocaute aos 56seg do primeiro round

Card Preliminar
Até 70kg – Guilherme Trindade venceu Ricardo Pedroso por nocaute aos 18seg do primeiro round.
Até 84kg – Huinderton Cavadeira venceu Bruno Oliveira por finalização armlock aos 4min e 3seg do primeiro round
Até 57kg – Danimar Pastusak venceu Rodrigo Azevedo por finalização triângulo aos 3min e 27seg do segundo round
Até 61kg – Wagner Lima venceu Pedro Henrique por decisão unânime dos juizes laterais
Até 61kg – Sidnei Schimitt venceu William Dudinha por decisão unânime dos juízes laterais

Vídeo da luta: Júlio Cesar Morceguinho x Rani Rex

20 de junho de 2016 0

Confira o vídeo da vitória de Júlio César Morceguinho em cima de Rani Rex


Aspera FC 40: Dominando completamente, Julio… por EI_Nocaute_Brasil


Resultados do Aspera FC 40

Gilberto Giba venceu Rodrigo Buga por decisão unânime dos juízes laterais e se tornou campeão da divisão dos médios
Até 66kg – Júlio César Morceguinho venceu Rani Rex por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Gian Siqueira venceu Silmar Sombra por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Tim Ruberg venceu Cleiton Caetano por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 70kg – Gustavo Lost venceu Alan Francis por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 66kg – Cleiton Foguete venceu Paulo Sérgio Kuka por nocaute aos 1min e 56seg do segundo round
Até 70kg – Carlos Thaíde venceu Lucas Farias por nocaute aos 56seg do primeiro round

Card Preliminar

Até 70kg – Guilherme Trindade venceu Ricardo Pedroso por nocaute aos 18seg do primeiro round.
Até 84kg – Huinderton Cavadeira venceu Bruno Oliveira por finalização armlock aos 4min e 3seg do primeiro round
Até 57kg – Danimar Pastusak venceu Rodrigo Azevedo por finalização triângulo aos 3min e 27seg do segundo round
Até 61kg – Wagner Lima venceu Pedro Henrique por decisão unânime dos juizes laterais
Até 61kg – Sidnei Schimitt venceu William Dudinha por decisão unânime dos juízes laterais

 

Morceguinho vence na volta aos cages e Giba Galvão fatura o cinturão do Aspera FC

20 de junho de 2016 0
Morceguinho dominou a luta no AFC. Foto: Vica Bueno/Divulgação

Morceguinho dominou a luta no AFC. Foto: Vica Bueno/Divulgação

O Aspera FC 40, realizado em Balneário Camboriú, no sábado, contou com a volta de Julio César Morceguinho aos ringues. Depois de 14 meses da primeira derrota na carreira, o atleta da Astra Fight Team conseguiu ser dominante os três rounds e vencer Rani Rex por decisão unânime. Morceguinho tem um cartel invejável de 31 vitórias e potencial para brilhar nos grandes eventos do mundo.

– Não foi como planejado, não me soltei muito e não consegui aplicar um nocaute, mas o importante foi sair com essa vitória. Depois de ficar 14 meses parado sem lutar, nada melhor que voltar e pegar um adversário duro e fazer três rounds, pegar um cara bom, com uma bagagem boa, pra somar – disse Morceguinho.

Giba Galvão faturou o cinturão dos médios. Foto: Vica Bueno/Divulgação

Quem também comemorou foi o experiente Giba Galvão, que conquistou o cinturão dos pesos-médios (84kg) ao vencer Rodrigo Buga por decisão unânime, dando um show de quedas e controlando o combate do início ao fim. Gian Siqueira mostrou controle e venceu sua luta, assim como Tim Ruberg e Cleiton Foguete, que venceram por conta de interrupção médica, já que abriram cortes nos seus adversários.

E pra ficar ligado, o Aspera FC 41 será no dia 9 de julho, na Arena Multiuso, em São José, e os ingressos já estão à venda.

Resultados do Aspera FC 40

Gilberto Giba venceu Rodrigo Buga por decisão unânime dos juízes laterais e se tornou campeão da divisão dos médios
Até 66kg – Júlio César Morceguinho venceu Rani Rex por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Gian Siqueira venceu Silmar Sombra por decisão unânime dos juízes laterais
Até 77kg – Tim Ruberg venceu Cleiton Caetano por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 70kg – Gustavo Lost venceu Alan Francis por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do segundo round
Até 66kg – Cleiton Foguete venceu Paulo Sérgio Kuka por nocaute aos 1min e 56seg do segundo round
Até 70kg – Carlos Thaíde venceu Lucas Farias por nocaute aos 56seg do primeiro round

Card Preliminar
Até 70kg – Guilherme Trindade venceu Ricardo Pedroso por nocaute aos 18seg do primeiro round.
Até 84kg – Huinderton Cavadeira venceu Bruno Oliveira por finalização armlock aos 4min e 3seg do primeiro round
Até 57kg – Danimar Pastusak venceu Rodrigo Azevedo por finalização triângulo aos 3min e 27seg do segundo round
Até 61kg – Wagner Lima venceu Pedro Henrique por decisão unânime dos juizes laterais
Até 61kg – Sidnei Schimitt venceu William Dudinha por decisão unânime dos juízes laterais

Vídeo: Rafael Morcego finaliza Naldo Guerra na luta principal do AFC 24

14 de setembro de 2015 0
Morcego em entrevista após a vitória. Foto: AFC

Morcego em entrevista após a vitória. Foto: AFC

Na luta principal do AFC 24, Rafael Morcego conseguiu provar o seu favoritismo, principalmente depois de levar alguns chutes baixos, e finalizar o experiente Naldo Guerra no fim do primeiro round. Esta foi a primeira vitória de Morcego após a sua inesperada saída do Bellator.

Vídeo: Luis Rafael “Japa” bate recorde de vitórias no MMA

— Graças a Deus mais uma vitória pra conta. Quero agradecer o carinho e a torcida de todos e também minha equipe e família. Estou no jogo! — disse.

O AFC 24 teve um nocaute avassalador em apenas 15 segundos. Léo Vitorino foi com tudo pra cima de Mark “Bad Boy” e acabou com vencendo de forma muito rápida.

Resultados do AFC 24

Rafael Morcego finalizou Naldo Guerra com um katagatame no primeiro round
Erick “Índio Brabo” finalizou Bruno Cro Crop com uma chave de braço no primeiro round
Luis Rafael “Japa” finalizou Paulo Kuka com um mata-leão no primeiro round
Fernando Vieira finalizou Bruno Viana com um triângulo no primeiro round
Thiago Bel venceu Juscilino Pará por decisão unânime
Renato Pezinho venceu Daniel Acácio por decisão unânime
Cleiton Foguete venceu Deivid Fernandes por decisão unânime
Carlos Thaíde venceu Daniel Andrade por decisão unânime
Igor Soares venceu Kiko Vidoto por decisão unânime
Pedro Keller finalizou Juliano Hinckel no primeiro round
Marina Rodriguez venceu Caroline Silva por decisão unânime
Léo Vitorino nocauteou Mark “Bad Boy” aos 15 segundos de luta

 

AFC 24: Luis Rafael Japa bate recorde de vitórias no MMA

14 de setembro de 2015 0
Japa venceu a 31ª na carreira. Foto: Janaina Moreira/Na Guarda

Japa venceu a 31ª na carreira. Foto: Janaina Moreira/Na Guarda

Aos 23 anos, o lutador Luis Rafael “Japa”, da Astra Fight Team, de Balneário Camboriú, alcançou o recorde de vitórias no MMA mundial. Ele finalizou Paulo Kuka, sábado, no AFC 24, em São José, e chegou a sua 31ª vitória em 31 lutas.

— Eu treino pra vencer, já estou acostumado. O que vier pela frente está nas mãos do Marcelo Brigadeiro (empresário), estou sempre pronto — contou Japa.

E ele superou o seu colega de equipe, Júlio Cesar Morceguinho, que tinha 30 vitórias quando foi derrotado pela primeira vez. Japa mostrou versatilidade ao acertar um chute no rosto de Kuka, que sentiu o golpe, e derrubar o adversário para finalizá-lo com um estrangulamento.

Resultados do AFC 24

Rafael Morcego finalizou Naldo Guerra com um katagatame no primeiro round
Erick “Índio Brabo” finalizou Bruno Cro Crop com uma chave de braço no primeiro round
Luis Rafael “Japa” finalizou Paulo Kuka com um mata-leão no primeiro round
Fernando Vieira finalizou Bruno Viana com um triângulo no primeiro round
Thiago Bel venceu Juscilino Pará por decisão unânime
Renato Pezinho venceu Daniel Acácio por decisão unânime
Cleiton Foguete venceu Deivid Fernandes por decisão unânime
Carlos Thaíde venceu Daniel Andrade por decisão unânime
Igor Soares venceu Kiko Vidoto por decisão unânime
Pedro Keller finalizou Juliano Hinckel no primeiro round
Marina Rodriguez venceu Caroline Silva por decisão unânime
Léo Vitorino nocauteou Mark “Bad Boy” aos 15 segundos de luta

Após últimas substituições, card do AFC 24 está definido com Rafael Morcego na luta principal

09 de setembro de 2015 0
Lutador  pode ser o primeiro catarinense a conquistar o título do GP. Foto: Marcos Porto/AG. RBS

Morcego faz a luta principal do AFC 24 Foto: Marcos Porto/AG. RBS

Após as últimas substituições, como a saída de Marcel Adur do card, o AFC 24 está com todos os combates definidos para este sábado, dia 12, no Ginásio Carlos Varela, em São José. A luta principal segue sendo o duelo entre o ex-Bellator Rafael Morcego contra Naldo Guerra, dono de um cartel de 17 vitórias e três derrotas.

AFC 24 monta supercard para evento em São José

O local da pesagem do AFC 24 também já está definido. Será no Cuper Hotel, na Marginal da BR-101, km 200. Quem quiser conferir as encaradas pode ir, a entrada é franca, e começaram às 14h de sexta-feira, dia 11, com apresentação de Junior Furtuoso.

Ingressos antecipados
R$ 25 (arquibancada)
R$ 35 (octagon premium)
Mini Kalzone (Forquilhinha) e Ciclo Vil Bike (Kobrasol)
Informações: 8819-9119

AFC 24
Ginásio Carlos Varela, no Centro Histórico de São José
Sábado, dia 12, às 19h

Everton Monteiro x Roberto Souza
Bruno Blindado x Rodrigo Buga
Igor Soares x Kiko vidoto
Marina Rodriguez x Caroline Silva
Pedro Keller x Juliano Hinckel
Cleiton Foguete x Luiz Alves
Léo Vitorino x Junior Baby
Bruno Viana x Fernando Vieira
Daniel Acácio x Renato Pezinho
Luis Rafael Japa x Gelson Magalhães
Juscelino Pará x Thiago Bel
Erick Índio Brabo Silva x Bruno Crocop
Rafael Morcego x Naldo Guerra

AFC 24 monta supercard para evento em São José

27 de agosto de 2015 0

AFC 24
A 24ª edição do Aspera Fighting Championship, dia 12 de setembro no Ginásio Carlos Varela, em São José, tem o melhor card dos últimos anos no MMA catarinense. O AFC 24 terá a disputa de dois cinturões e o combate principal será com Rafael Morcego, que faz a sua primeira luta desde a saída do Bellator, contra Naldo Guerra, pelo título até 61kg.

Marcel Adur, que iniciou a carreira internacional com vitória, vai disputar o cinturão até 57kg contra Roberto Souza. O evento ainda terá outros nomes fortes, com Erick “Índio Brabo”, Thiago Bel e Cleiton Foguete, todos ex-TUF Brasil. Os ingressos já estão à venda ao preço de R$ 15 até o dia 1º de setembro, depois aumenta para R$ 25. O evento terá transmissão ao vivo do canal Esporte Interativo.

Card AFC 24

Santa Catarina revela talentos no TUF Brasil

25 de junho de 2015 0

tufbrasil
Santa Catarina já se confirmou como um celeiro de atletas de MMA, e essa constatação pode ser medida pelo número de lutadores daqui que ingressaram no The Ultimate Fighter Brasil (TUF), o reality show do UFC que dá ao campeão, e também para quem se destaca, um contrato com a maior organização de artes marciais mistas do mundo.

Das quatro edições do programa até agora, nove lutadores representando equipes do Estado conseguiram entrar na casa, que é uma espécie de Big Brother em que a prova não é da comida, mas sim uma luta de verdade.

A quarta edição foi encerrada no domingo e confirmou Glaico “Nego” França, de Curitibanos, como finalista. A disputa pelo título do programa será no UFC 190, dia 1º de agosto, no Rio de Janeiro, contra Fernando Açougueiro. Glaico era um ilustre desconhecido nacionalmente até vencer a seletiva e entrar no TUF, mas agora já tem status de favorito.

– O programa, pra minha carreira, significou muito porque primeiro era um sonho estar no TUF, e além disso era um objetivo para chegar bem no UFC – disse Glaico.

A edição do ano passado teve dois finalistas de SC, Márcio Lyoto e Vitor Miranda, mas que perderam o título, porém ainda seguem no UFC e com lutas marcadas. Outra curiosidade é que a academia Astra Fight Team, de Balneário Camboriú, conseguiu ter quatro atletas no show, e a Team Tavares, de Florianópolis, colocou três dentro do programa desde a primeira edição.

Outros nomes no programa

Márcio Lyoto, Vitor Miranda, Santiago Ponzinibbio continuam no UFC após o reality show, já Leonardo Macarrão, que perdeu para Thiago Bodão assim que acabou o TUF Brasil 1, teve que fazer todo um caminho para retornar ao Ultimate por outra porta sem ser a do programa.

Juliano Ninja e Cleiton Foguete, da segunda edição do reality, não tiveram sequência dentro do UFC. Ninja, aliás, foi o personagem principal da edição que teve Fabrício Werdum e Rodrigo Minotauro como técnicos, já que ele foi expulso da
equipe Werdum durante o programa.

– Dependendo da forma da edição, ele pode prejudicar e ajudar. No meu caso fui prejudicado por um lado e ajudado por outro. Esse lance de desafeto do Werdum foi bobeira, fizemos as pazes dentro do programa mesmo e desejo todo o sucesso do mundo pra ele – contou o lutador, que hoje completa 38 anos e está há um sem lutar profissionalmente.

catarinenses_tufbrasil

Júlio César Morceguinho vence com nocaute incrível no WOCS 28

11 de agosto de 2013 0

O catarinense Júlio César Morceguinho mostrou porque não é mais uma promessa ao encarar Dener Chuleta no WOCS 28, neste sábado, em Gramado. O atleta de Balneário Camboriú venceu com um nocaute incrível no primeiro round. Agora, Morceguinho está com impressionantes 26 vitórias em 26 lutas.

O atleta da RFT/Company dominou a luta desde e o começo, até pela envergadura bem maior que o adversário e mais agilidade nos golpes. Os socos entravam e um chute, que dá pra descrever como um voleio no futebol, acertou a cabeça de Dener Chuleta, que caiu apagado. Rhoodes Lima, narrador do Combate, disse que o golpe pegou “na tampa do coco”.

Derrota de Cleiton Foguete

Na sua segunda luta pela categoria dos leves (70kg), o ex-TUF Cleiton Foguete mostrou um excelente jogo de pernas e uma queda muito boa, mas acabou derrotado por Claudiere Freitas por finalização nos últimos segundos do terceiro round.

Resultados do WOCS 28

::: Claudiere Freitas venceu Cleiton Foguete por finalização (guilhotina) no round 3
::: Guilherme Viana venceu Ricardo Silva por nocaute técnico no round 1
::: Rogério “Paraíba” Silva venceu Luis Antonio Pajé por finalização (triângulo de mão) no round 1
::: Julio Cesar Morceguinho venceu Chuleta por nocaute no round 1
::: Leandro Frois venceu Nelson Velasques por finalização (mata-leão) no round 1
::: Cristiano Psicopata venceu Junior Andrade por nocaute técnico no round 2
::: Mauro Chaulet venceu Peterson Pujol por nocaute técnico no round 1
::: Luan Chagas venceu Silas Robson por nocaute técnico no round 3
::: Mauri Moura venceu Cristiano Brow por nocaute técnico no round 1
::: José Luiz Vieira venceu Diego Pereira por finalização (katagatame) no round 2
::: Alex Kaspary venceu Luiz Fernando Correa por decisão unânime dos jurados