Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "José Aldo"

É do Brasil! José Aldo e Renan Barão continuam como campeões do uFC

02 de fevereiro de 2014 0
A festa de Barão pelo cinturão. Foto: UFC/Divulgação

A festa de Barão pelo cinturão. Foto: UFC/Divulgação

O UFC 169 vai ficar marcado para os brasileiros. A dupla da Nova União, José Aldo e Renan Barão, mostrou que que está imbatível para continuar com os cinturões do Ultimate.

Pauladas do Aldo

José Aldo fez um duelo de cinco rounds com Ricardo Lamas e foi soberano no combate, tomando uma pressão apenas no minuto final. Mas até ali o brasileiro já havia garantido a vitória, já que dominou o combate e, para alegria da torcida, voltou a minar o adversário com os seus potentes chutes.

Reinado de Barão

O potiguar Renan Barão mostrou o porque é hoje um dos melhores lutadores do mundo. Muito concentrado, esquivou-se bem das investidas de Urijah Faber, até que acertou um direto de direita e o adversário foi pro chão. Tentou bater, mas Faber levantou de novo e tomou mais uma.

No chão, Barão martelou, martelou e olhou para o árbitro, já que Faber se defendia passivamente. Aí, precipitadamente, Herb Dean encerrou o combate e o garoto do Bairro das Quintas, em Natal, fez a sua dancinha da vitória.

Pesadelo para Mir

No duelo dos pesos-pesados, Alistair Overeem, o homem-bomba, mostrou um preparo físico incomum no seu histórico e deu uma surra em Frank Mir, que perdeu a quarta seguida.

Lineker perde duas vezes

Depois de não ter batido o peso na primeira tentativa, o brasileiro John Lineker acabou anulado pelo russo Bagautinov e perdeu na decisão unânime dos juízes. O mão de pedra fez um grande segundo round, mas o russo soube explorar as quedas no terceiro, até brincou, e levou a luta.

Resultados do UFC 169
Renan Barão derrotou Urijah Faber por nocaute técnico no 1R
José Aldo derrotou Ricardo Lamas por decisão unânime dos jurados
Alistair Overeem derrotou Frank Mir por decisão unânime dos jurados
Ali Bagautinov derrotou John Lineker por decisão unânime dos jurados
Abel Trujillo nocauteou Jamie Varner no 2R

Card preliminar
Alan Nuguette derrotou John Makdessi por decisão unânime dos jurados
Chris Cariaso derrotou Danny Martinez por decisão unânime dos jurados
Nick Catone derrotou Tom Watson por decisão dividida dos jurados
Al Iaquinta derrotou Kevin Lee por decisão unânime dos jurados
Clint Hester derrotou Andy Enz por decisão unânime dos jurados
Rashid Magomedov derrotou Tony Martin por decisão unânime dos jurados
Neil Magny derrotou Gasan Umalatov por decisão unânime dos jurados

José Aldo e Renan Barão colocam em jogo o cinturão no UFC 169

01 de fevereiro de 2014 0
Aldo e Barão, com Dedé, estão prontos. Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Aldo e Barão, com Dedé, estão prontos. Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Os dois cinturões brasileiros do UFC estarão em jogo na madrugada deste domingo, no UFC 169. José Aldo e Renan Barão, membros da equipe Nova União, serão desafiados pelos norte-americanos Ricardo Lamas e Urijah Faber. Favoritos eles são, mas tem a pressão de serem os únicos lutadores do Brasil que seguem com a cinta dourada.

jose_aldo_ricardo_lamas

Aldo tem Lamas pela frente. Foto: UFC/Divulgação

Aldo aposta nos chutes

José Aldo tem uma pedreira pela frente. Ricardo Lamas vem de quatro vitórias e tem real chances de vencer o brasileiro, já que possui bons golpes e tem resistência. Já o brasileiro vai com tudo nos seus potentes chutes baixos. E nem a lesão de Anderson Silva vai fazer Aldo aliviar nas caneladas.

— Vou chegar lá dentro e vou chutar de qualquer jeito. Já quebrei o pé e continuo chutando. Para mim, isso não importa, vou partir para dentro e dar o meu melhor, não importa se seja sem uma perna ou com duas — disse ao Combate.com.

E esses chutes baixos (low kicks) costumam minar uma das pernas do adversário até que ele tenha que trocar de base, facilitando aí a entrada de socos mais potentes. E a estatística também está a favor de Aldo, já que ele não perde desde 2005 — a única derrota dele na carreira —, enquanto Lamas foi derrotado em 2010.

E o manauara irá lutar primeiro que o amigo Renan Barão, fazendo com que o técnico dos dois, Dedé Pederneiras, tenha que se virar para acompanhá-los.

Barão e Faber se encararam pesado. Foto: UFC/Divulgação

Barão e Faber se encararam pesado. Foto: UFC/Divulgação

Barão vai na “paraibagem”

O potiguar Renan Barão tem tudo para manter-se como campeão dos galos. E o adversário é um velho conhecido, o “Califórnia Kid” Urijah Faber, que o brasileiro venceu por decisão unânime em julho de 2012, em combate onde o americano pouco acertou Barão. E para esta luta, mais uma vez, Barão promete ir na “paraibagem”, como gosta de dizer: vai com tudo para vencer.

— Ele (Faber) está com muita força de vontade, mas lá em cima o cinturão é meu. Não tem outro pensamento. O cinturão é meu e ninguém vai tirar de mim — disse Barão, que até hoje perdeu apenas uma luta na carreira, na estreia.

O cinturão do UFC está em definitivo com o brasileiro, já que ele possuía o título interino dos pesos-galo (até 61kg) porque o antigo campeão Domick Cruz estava machucado. A luta deste domingo seria entre eles, mas Cruz lesionou-se de novo e Barão assumiu de vez a cinta.

— Estou indo para dar o meu melhor, assim como todas as vezes em que me apresentei. Estou bem tranquilo, bem treinado.

UFC 169
1º de fevereiro de 2014, em Newark (EUA)
Às 21h30min (horário de Brasília)

CARD PRINCIPAL
Peso-galo: Renan Barão x Urijah Faber
Peso-pena: José Aldo x Ricardo Lamas
Peso-pesado: Frank Mir x Alistair Overeem
Peso-mosca: John Lineker x Ali Bagautinov
Peso-leve: Jamie Varner x  Abel Trujillo

CARD PRELIMINAR
Peso-leve: John Makdessi x Alan Nuguette
Peso-mosca: Chris Cariaso x Danny Martinez
Peso-médio: Nick Catone x Tom Watson
Peso-leve: Al Iaquinta x Kevin Lee
Peso-médio: Clint Hester x Andy Enz
Peso-leve: Tony Martin x Rashid Magomedov
Peso-meio-médio: Neil Magny x Gasan Umalatov

Canal Combate terá programação especial para o UFC 169

01 de fevereiro de 2014 2

Para assistir o UFC 169 no Canal Combate, único local para acompanhar o evento ao vivo no Brasil, fique ligado nos horários. Neste sábado, o Combate terá uma programação toda especial para o evento, que terá os brasileiros José Aldo e Renan Barão colocando em jogo os cinturões contra Ricardo Lamas e Urijah Faber.
Confira:

Dia do UFC 169, sábado, 1 de fevereiro

 9h – Especial José Aldo e Renan Barão

11h30 – Pesagem Oficial UFC 169 (reprise)

12h – Countdown UFC 169

13h – Sensei Sportv – Especial 20 anos de UFC

13h30 – Ultimate Insider

14h– UFC Series (Lutas de Renan Barão, José Aldo, Ricardo Lamas e Urijah Faber)

17h – Especial José Aldo e Renan Barão

19h30 – Pesagem Oficial UFC 169 (reprise)

20h – Countdown UFC 169

21h – Pré-hora UFC 169 (entrevistas e reportagens exclusivas), AO VIVO

21h30 – UFC 169 (card preliminar), AO VIVO

1h – UFC 169 (card preliminar), AO VIVO

5h – Previsão de término do evento

 

José Aldo se emociona ao lembrar o início da carreira

31 de janeiro de 2014 0

O campeão dos pesos-pena do UFC, José Aldo, relembra a trajetória, ainda na adolescência, de sair de Manaus e ir para o Rio de Janeiro. O campeão fala dos perrengues da chegada e do sofrimento até levar o título do Ultimate. Assista!

José Aldo e Renan Barão falam sobre a estratégia para manter o cinturão do UFC

30 de janeiro de 2014 0

Os amigos José Aldo e Renan Barão falam sobre a estratégia para suas lutas. O técnico Dedé Pederneiras também explica como trabalha com os lutadores para anular o jogo dos adversários. Assista:

UFC 169
1º de fevereiro de 2014, em Newark (EUA)

CARD PRINCIPAL
Peso-galo: Renan Barão x Urijah Faber
Peso-pena: José Aldo x Ricardo Lamas
Peso-pesado: Frank Mir x Alistair Overeem
Peso-mosca: John Lineker x Ali Bagautinov
Peso-leve: Jamie Varner x  Abel Trujillo

CARD PRELIMINAR
Peso-leve: John Makdessi x Alan Nuguette
Peso-mosca: Chris Cariaso x Danny Martinez
Peso-médio: Nick Catone x Tom Watson
Peso-leve: Al Iaquinta x Kevin Lee
Peso-médio: Clint Hester x Andy Enz
Peso-leve: Tony Martin x Rashid Magomedov
Peso-meio-médio: Neil Magny x Gasan Umalatov

Renan Barão e José Aldo viajam juntos para lutar no UFC 169

27 de janeiro de 2014 0
Barão, Dedé, Popó e Aldo em treino na Nova União. Foto: Arquivo Pessoal

Barão, Dedé, Popó e Aldo em treino na Nova União. Foto: Arquivo Pessoal

A primeira disputa de cinturão do UFC na temporada é no próximo sábado, dia 1º de fevereiro, e irá contar com os brasileiros Renan Barão e José Aldo defendendo os seus títulos contra Urijah Faber e Ricardo Lamas, respectivamente.
Barão e Aldo, que são atletas da Nova União e treinam juntos, embarcaram nesta segunda-feira para Newark, palco da luta do final de semana. O treinador da dupla, Dedé Pederneiras, confirmou que os dois estão prontos para manterem os cinturões.

— Aqui (Nova União) é treino duro sempre e não tem moleza. O pior já está passando. Agora, é bater o peso e entrar lá pra fazer o que eu gosto e o que sei fazer bem — explica o potiguar Renan Barão.

— Fico muito feliz de poder contar com o melhor treinador e com a melhor equipe do mundo. O Dedé sabe lidar com os atletas e na Nova União não tem egoísmo ou vaidade. Somos todos iguais, ninguém é diferente de ninguém — conta José Aldo.

Campeão de fato

Renan Barão estava se preparando para a tão esperada luta contra Dominick Cruz, que unificaria os títulos da categoria (o brasileiro era o campeão interino e o americano, o campeão linear), quando uma nova lesão do adversário foi confirmada na primeira semana do ano. Em virtude da longa ausência nos octógonos (Dominick não lutava desde outubro de 2011), o atleta decidiu renunciar ao título e Barão passou a ser o novo campeão linear peso galo e o colocará em jogo contra Urijah Faber, adversário que ele já venceu.

Pronto para ser recordista

Com apenas uma derrota na carreira e em uma sequência de 16 lutas sem perder, José Aldo vai para a sexta defesa de cinturão no UFC. Aldo enfrentará o americano Ricardo Lamas, que vem de quatro vitórias. Quando olha para trás, o manauara sabe das dificuldades que passou e o quanto batalhou para manter esse cinturão e os números.

— Estar ainda no topo e disputando mais uma vez o cinturão representa poder entrar no octógono e fazer mais uma vez o que eu gosto de fazer. É poder mostrar meu trabalho e ser cada vez mais feliz. Dessa forma, vou conseguir realizar todos os meus objetivos.

UFC 169
1º de fevereiro de 2014, em Newark (EUA)

CARD PRINCIPAL
Peso-galo: Renan Barão x Urijah Faber
Peso-pena: José Aldo x Ricardo Lamas
Peso-pesado: Frank Mir x Alistair Overeem
Peso-mosca: John Lineker x Ali Bagautinov
Peso-leve: Jamie Varner x  Abel Trujillo

CARD PRELIMINAR
Peso-leve: John Makdessi x Alan Nuguette
Peso-mosca: Chris Cariaso x Danny Martinez
Peso-médio: Nick Catone x Tom Watson
Peso-leve: Al Iaquinta x Kevin Lee
Peso-médio: Clint Hester x Andy Enz
Peso-leve: Tony Martin x Rashid Magomedov
Peso-meio-médio: Neil Magny x Gasan Umalatov

José Aldo e outras feras do MMA estarão em Itajaí para inaugurar academia Open One

23 de novembro de 2013 0
Aldo irá marcar presença em Itajaí. Foto: UFC/Divulgação

Aldo irá marcar presença em Itajaí. Foto: UFC/Divulgação

A Academia Open One abre as portas na próxima quarta-feira, dia 27, em Itajaí, com uma estrutura construída em 1.800m² na Rodovia Osvaldo Reis, 678, Fazenda. Para a festa de lançamento, na terça-feira, o grupo vai contar com a presença de uma constelação de figuras do mundo das lutas, como o campeão dos pesos-pena do UFC, José Aldo, os empresário Jorge Guimarães, o Joinha, e Alex Davis, o ex-lutador e hoje deputado Acelino Popó e o mestre Rocian Gracie, além da presença das famosas Aline Riscado, bailarina do Domingão do Faustão, Mari Silvestre, do Caldeirão do Huck, Talula Pascoli e Marien Catarraro, ex-Big Brothers.

Entre todas as modalidades, as artes marciais terão um espaço especial, com um tatame de 200 metros quadrados, onde serão ministradas aulas diárias de boxe, boxe chinês, jiu jitsu, judô infantil, karatê infantil, jiu-jitsu infantil, MMA, muay thai, submission e taekwondo. O espaço conta ainda com mais um ringue de boxe e um octógono com medidas oficiais, equipado com iluminação e telões para treinamento e eventos.

A estrutura também tem uma área exclusiva e completa para hospedagem de atletas, uma loja de confecções e artigos esportivos e suplementos alimentares e lanchonete com alimentos naturais.

A Open One é um projeto idealizado pelos empresários Paulo José Ferreira Fonseca, Carlos José Ferreira Martins e Fernando Neri Fernandes, sócios do Grupo Open Trade, e pelo Professor Wesley Santos. O Grupo Open Trade é uma empresa voltada ao seguimento de logística em comércio exterior com 14 anos de experiência, líder de mercado, com sede em Itajaí e filiais no Brasil e no exterior.

Wesley Santos é um renomado professor de jiu jitsu, competidor e formador de vários alunos e atletas. É o primeiro Faixa Preta 2º Grau formado pelo Mestre Rocian Gracie Jr.

Mais informações no site www.academiaopenone.com.br.

José Aldo nocauteia Zumbi Coreano e segue com o cinturão dos pesos-pena do UFC

04 de agosto de 2013 0

Chutes potentes derrubaram o Zumbi. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC/Divulgação

Após quatro rounds e um adversário duro, José Aldo Júnior manteve pela quinta vez o cinturão dospesos-pena do UFC. A batalha contra Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, foi dura, com períodos de turbulência, mas o manauara conseguiu vencer a luta.

Em um primeiro round de estudo, Aldo viu que os jabs entravam com mais facilidade e ficou nessa, para depois derrubar o sul-coreano e não passar sufoco para vencer o round, dando até chute rodada e joelhada voadora no final.

No segundo, novamente domínio de Aldo, com o sufoco na hora que o Zumbi quase  encaixou uma perigosa guilhotina, bem defendida por Aldo. O terceiro foi mais tenso, novamente com o Zumbi botando perigo, mas José Aldo conseguia golper com potência e faturando todos os rounds.

No quarto, Aldo ainda mostrava-se inteiro, mas o sul-coreano, ao tentar um overhand, machucou o braço e virou alvo para uma sequência de três chutes de José Aldo e, após ir para o chão, ser castigado até o fim.

Na coletiva, José Aldo afirmou que está com suspeita de lesão no pé, sentida ainda no primeiro round, o que explica o baixo número de chutes do campeão. Já o Zumbi Coreano teve o ombro deslocado, virando presa fácil para aldo.

Prêmios de R$ 110 mil

Nocaute da noite: Anthony Perosh sobre Vinny Magalhães
Finalização da noite: Serginho Moraes sobre Neil Magny
Luta da Noite: Ian McCall x Iliarde Santos (ganham os dois)

Confira como foram os resultados do UFC 163

::: Phil Davis venceu Lyoto Machida na decisão unânime dos juízes. Duelo de muito estudo para cada um aplicar golpe. Se for por contundência, Phil Davis conseguiu duas quedas e alguns socos, enquanto Lyoto foi mais contundente nos socos, chegando a tontear o adversário. Ficou claro que não havia um vencedor claro, mas os juradores deram para o norte-americano.

::: Cezar Mutante venceu Thiago Marreta por finalização no primeiro round. O campeão do primeiro TUF Brasil não deu nem chance para Marreta. Após acertar um overhand, foi pra cima e encaixou uma justa guilhotina, que precisou de dois giros para finalizar o combate.

::: Thales Leites venceu Tom Watson na decisão unânime dos juízes. Foi um combate muito bom para o brasileiro, que retornou ao UFC e fez uma das melhores lutas da noite. Tom Watson aguentou muitos socos e conseguiu fugir bem das finalizações, colocando Thales em perigo com o seu bom Boxe. Mas Thales Leites foi dominante e conseguiu mais uma vitória na carreira.

::: John Lineker venceu José Maria “Sem Chance” por nocaute no segundo round. Após um primeiro round muito bom, com Sem Chance quase nocauteando Lineker, mas na volta John Lineker aproveitou bem a sua mão pesadíssima e, após uma bambeada de Sem Chance, finalizou no ground and pound.

Card preliminar

::: Anthony Perosh venceu Vinny Magalhães por nocaute aos 14 segundos do primeiro round. O australiano, de 40 anos, não deu a menor chance para o brasileiro ao conseguir colocar um cruzado que derrubou Vinny, que até tentou reagir, mas outros golpes finalizaram o combate.

::: Amanda Nunes venceu Sheila Gaff por nocaute no primeiro round. A alemã começou bem, indo para o chão e quase pegando as costas de Amanda, que conseguiu virar o jogo e deu duas quedas. Na segunda, acertou uma cotovelada no ground and pound que tonteu Sheila Gaff e socou até Herb Dean interromper o combate. Amanda Nunes, da Bahia, é a primeira brasileira a vencer no UFC.

::: Serginho Moraes venceu Neil Magny com um triângulo no primeiro round. O ex-integrante do TUF deu um show de Jiu-Jitsu, tanto para montar quanto para encaixar um triângulo justo e que precisou de uma raspagem para finalizar o combate. Na comemoração, Serginho mandou um “Quadradinho de oito”. Na entrevista ele disse: “Eu sou um atleta de MMA, mas se cair no chão eu fiz isso a minha vida toda”.

::: Ian McCall venceu o brasileiro Iliarde Santos na decisão unânime dos juízes. Foi um duelo de lá e cá, onde o americano conseguiu impressionar mais. Iliarde acertou bons golpes no segundo e terceiro round, mas não o bastante para faturar o combate.

::: Rani Yahya venceu Josh Clopton na decisão unânime dos juízes. O brasileiro Rani dominou completamente os dois primeiros rounds e cansou no terceiro, mas foi soberano.

::: Francimar Bodão, estreante, venceu Ednaldo Lula na decisão unânime dos juízes. A luta foi morna, com poucas brechas dos dois lados, e Bodão foi melhor no primeiro e no terceiro round, com um segundo round mais parelho, levando a luta.

::: Viscardi Andrade, ex-TUF Brasil 2, nocauteou Bristol Marunde no primeiro round. Viscardi conseguiu dois knockdowns e castigou o americano com potentes socos no chão.

Acompanhe em tempo real os resultados do UFC 163: José Aldo x Zumbi Coreano

03 de agosto de 2013 0

Aldo vai pegar o Zumbi Coreano sábado. Foto: Inovafoto/UFC

O brasileiro José Aldo coloca em jogo o cinturão dos pesos-pena do Ultimate Fighting Championship contra Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, na noite deste sábado, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro.

::: Mestres catarinenses ajudaram no treino de José Aldo

O UFC 163 terá acompanhamento dos resultados em tempo real pelo blog Na Guarda. As lutas começam às 19h30min e assim que elas terminarem terão seu resultado colocado no blog, basta que o leitor aperte F5 para atualizar a página.

UFC 163 (Rio 4)
3 de agosto de 2013, no Rio de Janeiro

::: José Aldo venceu Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, por nocaute no quarto round.

::: Phil Davis venceu Lyoto Machida na decisão unânime dos juízes. Duelo de muito estudo para cada um aplicar golpe. Se for por contundência, Phil Davis conseguiu duas quedas e alguns socos, enquanto Lyoto foi mais contundente nos socos, chegando a tontear o adversário. Ficou claro que não havia um vencedor claro, mas os juradores deram para o norte-americano.

::: Cezar Mutante venceu Thiago Marreta por finalização no primeiro round. O campeão do primeiro TUF Brasil não deu nem chance para Marreta. Após acertar um overhand, foi pra cima e encaixou uma justa guilhotina, que precisou de dois giros para finalizar o combate.

::: Thales Leites venceu Tom Watson na decisão unânime dos juízes. Foi um combate muito bom para o brasileiro, que retornou ao UFC e fez uma das melhores lutas da noite. Tom Watson aguentou muitos socos e conseguiu fugir bem das finalizações, colocando Thales em perigo com o seu bom Boxe. Mas Thales Leites foi dominante e conseguiu mais uma vitória na carreira.

::: John Lineker venceu José Maria “Sem Chance” por nocaute no segundo round. Após um primeiro round muito bom, com Sem Chance quase nocauteando Lineker, mas na volta John Lineker aproveitou bem a sua mão pesadíssima e, após uma bambeada de Sem Chance, finalizou no ground and pound.

Card preliminar

::: Anthony Perosh venceu Vinny Magalhães por nocaute aos 14 segundos do primeiro round. O australiano, de 40 anos, não deu a menor chance para o brasileiro ao conseguir colocar um cruzado que derrubou Vinny, que até tentou reagir, mas outros golpes finalizaram o combate.

::: Amanda Nunes venceu Sheila Gaff por nocaute no primeiro round. A alemã começou bem, indo para o chão e quase pegando as costas de Amanda, que conseguiu virar o jogo e deu duas quedas. Na segunda, acertou uma cotovelada no ground and pound que tonteu Sheila Gaff e socou até Herb Dean interromper o combate. Amanda Nunes, da Bahia, é a primeira brasileira a vencer no UFC.

::: Serginho Moraes venceu Neil Magny com um triângulo no primeiro round. O ex-integrante do TUF deu um show de Jiu-Jitsu, tanto para montar quanto para encaixar um triângulo justo e que precisou de uma raspagem para finalizar o combate. Na comemoração, Serginho mandou um “Quadradinho de oito”. Na entrevista ele disse: “Eu sou um atleta de MMA, mas se cair no chão eu fiz isso a minha vida toda”.

::: Ian McCall venceu o brasileiro Iliarde Santos na decisão unânime dos juízes. Foi um duelo de lá e cá, onde o americano conseguiu impressionar mais. Iliarde acertou bons golpes no segundo e terceiro round, mas não o bastante para faturar o combate.

::: Rani Yahya venceu Josh Clopton na decisão unânime dos juízes. O brasileiro Rani dominou completamente os dois primeiros rounds e cansou no terceiro, mas foi soberano.

::: Francimar Bodão, estreante, venceu Ednaldo Lula na decisão unânime dos juízes. A luta foi morna, com poucas brechas dos dois lados, e Bodão foi melhor no primeiro e no terceiro round, com um segundo round mais parelho, levando a luta.

::: Viscardi Andrade, ex-TUF Brasil 2, nocauteou Bristol Marunde no primeiro round. Viscardi conseguiu dois knockdowns e castigou o americano com potentes socos no chão.

Mestres de Santa Catarina ajudaram na preparação de José Aldo para o UFC 163

03 de agosto de 2013 0

Peu e Marcus Luz ajudaram o campeão. Foto: Arquivo Pessoal

José Aldo coloca em jogo neste sábado, dia 3, o cinturão dos pesos-pena (66kg) do UFC contra Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano. E as habilidades do brasileiro, além de coordenadas pelo treinador Dedé Pederneiras, também passaram pelo apuro das mãos e canelas de dois profissionais reconhecidos no Estado e, agora no Brasil.

Pedro Paulo Peu, mestre de Muay Thai, e Marcus Luz, do Boxe, ajudaram na preparação do campeão, cada um em um tempo diferente. Peu desde maio já estava na academia Nova União auxiliando Jussier Formiga, Ronny Markes e Léo Santos, campeão do TUF, além de trabalhar também com Aldo.
Já em julho, Marcus Luz esteve afiando o Boxe dos atletas da equipe e também participou da reta final de preparação de José Aldo.

Também por isso, se o cinturão for mantido com Aldo, sabemos que vai ter mais gente comemorando em Santa Catarina, e Aldo mostrou confiança de sobra para o combate.

— Estou sempre confiante, com o apoio da torcida não tem como não ficar e vou para cima o tempo todo. Não estou preocupado com o que ele vai apresentar, estou preocupado comigo, vou fazer meu trabalho. Aqui é meu lugar, aqui é minha casa. Vou passar por cima dele — afirmou.

UFC 163 (Rio 4)
3 de agosto de 2013, no Rio de Janeiro

José Aldo x Chan Sung Jung
Lyoto Machida x Phil Davis
Cezar Mutante x Thiago Marreta
Thales Leites x Tom Watson
John Lineker x José Maria No Chance

Card preliminar

Vinny Magalhães x Anthony Perosh
Amanda Nunes x Sheila Gaff
Serginho Moraes x Neil Magny
Ian McCall x Iliarde Santos
Rani Yahya x Josh Clopton
Ednaldo Lula x Francimar Bodão
Viscardi Andrade x Bristol Marunde