Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Funcionário público não mata tempo. Nem come mosca. Ele mata moscas e faz arte

11 de maio de 2011 34
The following two tabs change content below.

Enviado por Hemilin Cortinaz Machado

>>Confira as histórias mais malucas no blog Mundoidão<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: recebe as atualizações dos blogs. Sigam-nos os bons!
@crespani
@naocliqueaqui

Faça o seu comentário!

Comentários (34)

  • su diz: 11 de maio de 2011

    rsrsrs sem palavras…

  • luiz diz: 11 de maio de 2011

    Essas imagens na verdade foram feitas pelo fotógrafo sueco Magnus Muhr.
    A idéia é muito criativa e deveria ter sido dedicada aos blogueiros, sendo que ‘blogueiro’ por definição significa “pessoa desocupada ou desempregada, que dedica seu tempo a futilidades, e ganha pouco ou nada”.

  • taceli aquino gomes filho diz: 11 de maio de 2011

    Sou funcionário público e queria ter tempo para praticar algum tipo de passatempo em meu serviço, infelizmente nos meus 13 anos de carreira jamais pude usufruir nem mesmo de pegar um solzinho na rua em uma escapada(privilegio que qualquer presidiario tem).São e-mails que nem esses que denegrem o funcionalismo público no país.Comentários de alguém que possivelmente tenha feito algum concurso e não teve capacidade de obter aprovação, pois pelo tipo de comentário só pode ter partido de algum debil mental(ou faltando muito pouco pra isso)

  • Con diz: 11 de maio de 2011

    Pelo jeito este não é o único desocupado, pois se tivesse alguém limpando não teria moscas para este “porco” fazer “arte”. Isto é uma pouca vergonha…

  • vitor diz: 11 de maio de 2011

    É obvio que trata-se de um funcionário público, pois se fosse meu empregado já estava na rua.
    Muito fácil fazer “arte” e não ter a preocupação de ter que trabalhar pois tem estabilidade e não pode ser mandado embora.
    Tem o babaca do contribuinte que paga imposto para que o cara fique ali fazendo “arte” o dia todo gastando lápis e papel do orgão público.
    Arte!
    Alias o conceito de arte é muito estranho, os caras fazem um monte de merda e é arte.
    Vítor

  • Milla TRICOLOR diz: 11 de maio de 2011

    Muito criativo, mas meio “eca” demais ficar manuseando moscas para fazer isso né?!

    Resposta: Concordo.

  • Wagner diz: 11 de maio de 2011

    Bom… esperar o que de um funcionário público? Pior… a grana que ele recebe sai de nossos bolsos!!!

    Valeu Brasil!

  • Felipe Mattos diz: 11 de maio de 2011

    Se o funcionário público não tem nada para fazer, é porque ele de fato não é necessário no serviço público. Por que é, então, que eu estou pagando impostos? Para sustentar este tipo de vagabundo?!? E ainda por cima, tirando uma onda com a cara do cidadão que tem muito o que fazer.

    Francamente…

  • Leandro diz: 11 de maio de 2011

    Muito boa! Funcionário público brasileiro?

  • Egonzir diz: 11 de maio de 2011

    Muito bom.

  • Gabriel diz: 11 de maio de 2011

    Essa arte é bem antiga, e é a primeira vez que eu vejo ser atribuida a um funcionário público.

    Já trabalhei no tribunal de justiça, como servidor, e atualmente trabalho na caixa federal como empregado público.

    Em ambos os lugares nunca tive esse tipo de mordomia que caiu na mitologia brasileira do funcionalismo. Sabe-se que no tribunal existem milhões de ações tramitando, e quem trabalha realmente são os funcionários e não os desembargadores. E não é pouco, em algumas câmaras, as vezes chega a ter mais de 500 processos a serem julgados por sessão.

    E num banco, como tem sempre gente que não sabe administrar os próprios recursos, estou sempre atolado de trabalho fazendo empréstimos, é raro o dia que eu posso me dar o luxo de não fazer horas extras por causa do acumulo de trabalho.

    Brasil iniciativa privada é uma palhaçada, geralmente salários são ridículos, então pessoas com capacidade como eu devem se dirigir ao funcionalismo.
    Claro, que invejosos e incapazes de ingressar nesse tipo de serviço vivem tentando denegri-lo, mas nao se enganem, funcionários públicos são um dos setores do brasil que mais trabalham.

  • Lucas Machado diz: 11 de maio de 2011

    taceli aquino gomes filho,
    tu és funcionário público e reclamas que não tens horário flexível, que “se mata” trabalhando…
    Não tens horários livres pra nada, mas em plena terça-feira tu comentou nesse mesmo blog às 10:23.
    Não esperava o contrário. Só afirmou a sua “categoria”. hahahaha. Lastimável.

    Resposta: Ei, para com isso, agora vai querer afastar a turma do blog! Lembrando, o post é só humor, uma brincadeira. O verdadeiro artista que fez as peças nem é brasileiro.

  • sandra diz: 11 de maio de 2011

    Sou funcionária publica, concursada, trabalho 8 horas por dia, 5 dias na semana, “bato ponto” e nunca tive tempo para “matar mosca” e fazer arte.
    Concordo com Taceli quando ele diz q este tipo de comentário é de alguém que com certeza fez alguns concursos e NUNCA conseguiu passar.
    Em todos os lugares vão existir os bons e os maus funcionários. E quanto a “eu pago teu salário” o meu salário também é pago por mim, já que pago todos os meus impostos em dia.

  • Jonilson Lopes de Aguiar diz: 11 de maio de 2011

    Sou + um func publ revoltado c o preconceito d gnt incapaz d passar num concurso!
    Quisera eu ter 1/10 do tempo p sequer ir ao banheiro, qto mais matar moscas….

    Essa é a atividade típica dum blogueiro, q tem tempo d sobra p fuxicar pela internet..

    Ah, e para os babacas d plantao, agora são 12h58, estou em casa, horario de almoço das 12 as 13h30, ok??

    Resposta: Jonilson, cada um no seu quadrado, certo. O meu trabalho, ainda bem, inclui atualizar esse blog de humor, que deve ser encarado dessa forma, um espaço para divertimento, não para ser levado tão a sério. Abraço!

  • Daniela diz: 11 de maio de 2011

    Que nojo!!! Isso sim!

  • Fernando diz: 11 de maio de 2011

    Que falta de humor, gente mais sem graça que anda comentando por aqui. Vão se tratar! É só uma brincadeira! Quem leva pro lado pessoal, é pq serviu o chapéu.

  • Igor diz: 11 de maio de 2011

    Depois que um internauta identificou a origem verdadeira das imagens, o mínimo que o blog deveria fazer é retificar o título da postagem.

    Hoje em dia, o serviço público não tem nada a ver com aquela imagem de folga remunerada. Há muito trabalho e metas a serem atingidas. Mas em vez de reconhecer que o Estado já não funciona da mesma forma, o blog opta por denegrir o funcionalismo público de forma genérica. É mais fácil já que os jornalistas nunca precisam provar o que publicam alegando “liberdade de imprensa”.

    Costumo encontrar dois tipos de pessoas que criticam o funcionalismo público.

    A maioria o faz por ressentimento: tudo o que gostariam era largar seu empregos na iniciativa privada para fugir de salários indignos, chefes arrogantes, falta de reconhecimento, favorecimentos indevidos e assédio moral. Já os empresários costumam criticar os servidores porque gostariam de impor ao serviço público o mesmo regime exploratório que aplicam a seus empregados.

    Não estou dizendo que todo servidor público é um exemplo. Mas caracterizar os funcionários como folgados, de maneira indistinta, é uma irresponsabilidade.

    Resposta: Igor, acho que é evidente que isso não passa de uma piada, não algo feito de verdade por funcionários públicos durante o expediente. Como, aliás, as piadas publicadas aqui no blog – que é de piadas – são isso, piadas, não são reais, lógico. Até tenho um post no blog Mundoidão sobre a origem verdadeira dessa arte (http://wp.clicrbs.com.br/mundoidao/2009/10/14/artista-cria-obras-com-moscas-mortas), o que não exclui a possibilidade de alguém montar uma anedota, como é o caso.

  • Fernando diz: 11 de maio de 2011

    a Taceli, defendeu o funcionário público pela falta de tempo, reclamou da falta de tempo, etc… e manda uma resposta às 10:23 Hs (horário de expediente), ou seja não me faça rir….

  • Aquino Rego diz: 11 de maio de 2011

    Isso só pode ser coisa do pessoal da Justiça do Trabalho de Porto Alegre. Lamentável!

  • Ricardo M. S. diz: 11 de maio de 2011

    O que mais me admira é uma empresa como a RBS se dar ao luxo de deixar que um lixo deste seja publicado em seu site.

    Resposta: E o que mais me admira é que as pessoas consigam acessar um site de piadas sem se dar conta que se trata de uma piada. Aff!

  • Dany diz: 11 de maio de 2011

    Que coisa feia falar assim de funcionário público!!!!
    Eu sou uma funcionária do estado e quando estou em horário de trabalho, não tenho tempo nem pra ir no banheiro!!! É correria pra cá… correria pra lá!!! Que quando chego em casa, eu não durmo, eu desmaio, apago de tão cansada!!!!
    Minha mãe é professora e nem recreio, que é de direito, trem!!!!
    Vão catar outra coisa pra fazer…

    ps: estou em casa de licença saúde pq me machuquei TRABALHANDO!!!!!

  • Paulo nego bom diz: 11 de maio de 2011

    Muito bom…

  • Car diz: 11 de maio de 2011

    Fiquei a pensar: o que terá feito esse blogueiro para conseguir juntar tantas moscas a sua volta???? É isso mesmo que vcs tds pensaram, ou ele fez uma m…. ou é a própria m…….rsrsrs

    Resposta: Deu pra entender que essa imagem foi recebida de um leitor por e-mail e publicada no blog?

  • Mauricio diz: 11 de maio de 2011

    Também sou funcionário público e ao contrário de muitos achei as fotos das moscas muito criativas, a relação das fotos com o funcionalismo público é a forma como somos vistos: pessoas que não trabalham, que colocam o casaco na cadeira e vão embora, etc. Sempre será assim e o governo que deveria ser nosso aliado, pelo contrario, cobra cada vez mais impostos e agente que leva a culpa.
    Não que eu deva alguma explicação, mas estou em casa… de férias… 30 dias como qualquer funcionário da inicitiva privada. hehehe

  • FABIO diz: 11 de maio de 2011

    PARA vitor:11 de maio de 2011 às 10:48 am

    Para seu esclarecimento funcionário Público pode ser “mandado embora”.Com a implantação da emenda constitucional 45 ele passa por avaliação periódica se tiver desempenho insatisfatorio ele é exonerado.

  • vítor diz: 11 de maio de 2011

    Fernando diz:

    11 de maio de 2011 às 1:36 pm
    a Taceli, defendeu o funcionário público pela falta de tempo, reclamou da falta de tempo, etc… e manda uma resposta às 10:23 Hs (horário de expediente), ou seja não me faça rir….

    muito boa..hahahahahahah 10:23..vai ver era a hora do cafezinho das dez. tem o das 9, o das 11 e por ai vai..
    vítor

  • JOSIANI diz: 11 de maio de 2011

    NOSSA!!!! ESSES FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS QUE DEIXARAM COMENTÁRIOS AQUI ESTÃO
    REVOLTADOS…A CAPUZ DEVE TER SERVIDO P/ TODOS ELES…HEHEEHEH…NEM ESPÍRITO DE BRINCADEIRA OS COITADOS TÊM…QUE DÓ…DEVEM ESTAR SENDO MAL PAGOS…O BLOGUEIRO SOMENTE CITOU QUE FOI UM FUNCIONÁRIO PÚBLICO QUE FEZ ESTA BELA E CRIATIVA ARTE…NÃO FALOU QUE TODOS NÃO TM O Q FAZR…MAS TUDO BEM CADA UM TÊM SUA OPINIÃO…EU JÁ DEI A MINHA…PARABÉNS P/ VC BLOGUEIRO PELA MATÉRIA E P/ VC FUNCIONRÁRIO CRIATIVO…ADOREIIIIII… ABRAÇÃO…

    Resposta: Obrigado, Josiani. Mas, apenas para esclarecer mais uma vez, isso é uma brincadeira enviada por um leitor, cuja fonte está no post. Não tenho nada com a montagem da piada, apenas com a publicação. E essa arte, na verdade, é de um autor internacional, como lincado em um dos comentários.

  • Jonilson Aguiar diz: 12 de maio de 2011

    A revolta pior é de quem fala mal do funcionalismo público, sem nunca ter estado nele…e o pior é saber q tem gnt aqui q comenta q tenta tenta, mas não passa nem numa Universidade pública..

    Deprimente esse tipo d gnt mesmo!

    Se tivesse aqui algum post q desse a entender q fosse pejorativo a qqer outra profissão liberal autonoma, choveriam comentários revoltosos aqui…!

  • Lili diz: 12 de maio de 2011

    Ui credo…que falta de senso de humor…isso é só uma brincadeira…

  • Milla TRICOLOR diz: 12 de maio de 2011

    JeeeeeeeeeeesuS!!

    Gente não vamos ser hipócritas.
    Fui estagiária do TJ por DOIS ANOS, além disso, estagiei no MP e no MPF. Agora sou CC desde o início do ano, no TJ.

    TODOS SABEMOS que existem, SIM, servidores que são uns baita de uns preguiçosos e que acham que, depois que passaram no concurso, podem se largar nas cordas. Aqui, no TJ, principalmente, eles pensam que quem tem que se “matar” de trabalhar, somos nós CCs, pq afinal, eles são concursados, então têm os deles garantidos mesmo. Meu namorado trabalha na Caixa e já trabalhou no Banrisul e, sim, também existe gente com esse pensamento lá. O problema é que a fama pega e os bons pagam pelos ruins, como tudo.
    Não é, todavia, o caso do post… gente, pelo amor de Deus, foi uma brincadeira.

    Garanto que se tivesse sido atribuído a um Deputado ou Senador ninguém teria se revoltado… mas daí ninguém lembra que existem, sim, os que fazem jus ao salário que recebem.

    PESSOAS SEM HUMOR, POR FAVOR, LEIAM O NOME DO BLOG E PLEASE NÃO CLIQUE AQUI!

    André, não me mata por correr pessoas do teu blog, hehehe…

    Resposta: Já estou afiando as facas…

  • rafael diz: 10 de junho de 2011

    sou funcionário público, trabalho em numa escola estadual de são paulo…realmente, serviço é praticamente zero….serviço mesmo só em época de matrícula e entrega de material, e qdo algum aluno apronta…e olhe lá,rsrsrsr, de resto, tudo de boinha
    é meio que muito funcionário pra pouco serviço…
    como diz a secretária:
    o governo finge que paga, e nós fingimos que trabalhamos
    kkk

  • Simone diz: 16 de julho de 2011

    Eu achei divertidissimo .. pena que alguns não tem o senso de humor pra entender …. Ficaram magoadinhos por que falaram dos funcionarios publicos … Ahhh vão se catar … Uma propria funcionaria publica me indicou a reportagem … Ela tem senso de humor com a profição …. mas se a verdade doi pra alguns … lamento !!!

  • Dany diz: 27 de outubro de 2011

    Acho que mais vagabundos são esses que trabalham 6 meses e ficam o resto do ano vivendo com seguro desemprego… Bolsa família, Bolsa isso, bolsa aquilo!!!! (Estes sim pagos por mim que trabalho 40 horas semanais!!!
    Agora de boa, achei divertidíssimo as mosquinhas!!!!!!!

  • maria diz: 11 de agosto de 2013

    Serviço tem muito,o problema é que alguns realmente pensam que o serviço público é para fazer hora em vez de trabalhar,mas,tem pessoas corretas também,que dão valor ao trabalho que fazem.O governo deveria por espiões nesses lugares e fazer uma boa limpeza.

Envie seu Comentário