Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A mais curta e bela história de amor (próprio)

21 de junho de 2011 30
The following two tabs change content below.

O conto mais curto e mais bonito que já li em toda minha vida…

Era uma vez um rapaz que perguntou a uma garota se ela queria se casar com ele.
A garota disse “não”.
E assim ela viveu feliz para sempre…

Sem lavar,

sem cozinhar,

sem passar roupas pra ninguém,

saindo com suas amigas,

gastando seu dinheiro consigo

e sem trabalhar para ninguém.

FIM

O problema é que não nos contam isto quando somos crianças.

Ao contrário, nos enchem a cabeça com o maldito príncipe encantado!

Para todos aqueles homens que perguntam: “Para que comprar a vaca se posso ter o leite gratuito?”

Temos que dizer: “Hoje em dia 80% das mulheres estão contra o matrimônio e, sabe por quê? Porque as mulheres se deram conta de que não vale a pena comprar o porco inteiro por uma linguiça”.

Enviado por Patty Brollo

>>Confira as histórias mais malucas no blog Mundoidão<<

Comentários facilitados: para quem ainda não percebeu, o blog não está mais exigindo cadastro para comentar. Deixe sua opinião!

Twitter: recebe as atualizações dos blogs. Sigam-nos os bons!
@crespani
@naocliqueaqui

Faça o seu comentário!

Comentários (30)

  • Milla TRICOLOR diz: 21 de junho de 2011

    HAHAHA.

    É vero, já perdi um namorado apressado porque eu não quis ficar noiva.

    O mundo mudou…

  • João David Barros Cassal diz: 21 de junho de 2011

    Bah. Que preconceito. Vocês não acreditam no príncipe encantado porque só encontraram tralhas por aí. Se valorizem mais, que verão a magia de viver um grande amor.

  • Nessa diz: 21 de junho de 2011

    Adorei, a mais pura verdade a se todoas mulheres pensassem assim!!!!

  • Nessa diz: 21 de junho de 2011

    Ah João, isso não existe, os homens desconectam o cordão umbilical das mães e reconectam em nós.

  • roberto diz: 21 de junho de 2011

    Vivemos em um mundo onde não existe mais o tal “atentado ao pudor” que ainda é lei.
    Na TV e nas ruas a promiscuidade está solta. Que filhos estamos criando? Teremos uma sociedade de psicopatas em 50 anos.
    Em tudo fazemos graça. E sempre para destruir as pessoas dando-lhes falsas ilusões.
    Falsas ilusões maiores, e piores, que um casamentos conciente. Conciente eu disse.
    Hoje temos, e aparecem as frustações, lotando os consultorios de psiquiatras, quando não jogam-se nas drogas, sem contar no sexo promiscuo.
    Estes pensam que são felizes. Não sabem o que é felicidade, e não vivem em Paz.
    Vivem apenas momentos de prazer, minutos apenas, e com quem não gosta na maiorias das vezes. Relacionamentos temporários e promiscuos, frustantes.
    Sem contar que despresam o plano de Deus., mas isto é outro assunto que se quer sabem o que é.
    Boa reflexão.

  • Veri diz: 21 de junho de 2011

    Adorei….Infelismente nem todas se dão conta disso….

  • Daniela diz: 21 de junho de 2011

    É muito engraçado, mais eu sou do contra prefiro o porco e a linguiça, aos pouco nós mulheres lapidamos.

  • Dil TRICOLOR diz: 21 de junho de 2011

    Hoje em dia é so trocar a pilha mesmo. ha ha ha ha

  • Cristiano diz: 21 de junho de 2011

    Mais uma piadinha “feminista” sem graça…
    “Feminista” por que o feminismo é uma grande mentira para poder dobrar a mão de obra cortando pela metade os salarios…
    Graças ao dito feminismo que nossos filhos são criados por empregadas e ou creches…

    E mais homem velho arranja mulher… agora mulher velha… nem pagando.

    O mundo seria bem melhor sem o feminismo!

    HOMENS! HOMENS! HOMENS!!!!

  • Al Bundy diz: 21 de junho de 2011

    Quero ver as solteiras cortando grama…

  • Lu diz: 21 de junho de 2011

    Bahhhhh muitoooo bom esse post de hoje. Nuca ri tanto hehehe beijos a todos

  • favi diz: 21 de junho de 2011

    ta certo tem que ser solteira sim!!! quero ver fazer isso!?

  • PAULO diz: 21 de junho de 2011

    Estou até hoje esperando encontrar a mulher ideal…
    Ela existe?
    Tu conheces alguma André?

    Resposta: Estou para casar com uma em breve. Espero ter acertado no alvo ; )

  • Dudu diz: 21 de junho de 2011

    Por mais sem vergonha que os homens sejam, TODA mulher precisa de um, assim como os homens precisam das mulheres, então se iludam com esse post…

  • Principe diz: 21 de junho de 2011

    So faltou a parte da historia onde a mocinha envelhece e ninguem mais a quer….

  • Eita diz: 21 de junho de 2011

    Todo mundo sabe que hoje em dia, as tarefas de casa são divididas entre homem e mulher, que cada um tem o seu dinheiro, que ambos aceitam as amizades de seu parceiro(a). Para mim essa história é de uma mulher contemporânea sim, mas mal resolvida na vida amorosa, e que usa o pretexto de ter liberdade financeira e pessoal, para cuidar exepecionalmente de si mesma, inclusive sair com quem bem quiser, pela frustração de nunca ter conhecido alguém que a queira de verdade. Por isso apela para as linguiças alheias, já que o porquinho que ela quer, prefere o chiqueiro das outras… ok? A história é brincadeira, mas o que esto escrevendo é verdade.

  • Dieguinho diz: 21 de junho de 2011

    Creio que vocês mulheres que concordaram com essa tal “história de amor perfeita”, estão cometendo um grande erro, quando “JULGAM UNS PELA ATITUDE DE OUTROS”. Se não existem príncipes encantados em suas vidas é porque simplesmente começaram a acreditar nisso, fecharam os olhos para a verdade, simplesmente porque caíram na lábia de um malandro ou de outro. O fato é que sim existem pessoas boas (homens e mulheres), que acreditam e confiam nos demais, e que buscam uma pessoa a quem compartilhar grandes momentos felizes. Maldito “Feminismo”! Acordem mulheres não vivem sem os homens, assim como os homens não vivem sem as mulheres…

  • vando diz: 21 de junho de 2011

    Pra quem já casou e caiu nessa furada, tem o site de amantes!!!!

  • Chicão diz: 21 de junho de 2011

    Viver na solidão já é um sintoma do desenvolvimento, de um ritmo de vida que impinge ao ser humano ser pragmático (tudo precisa ser útil e funcional).
    Certos devaneios típicos do homem e da mulher são deixados de lado; não existe tempo para o namoro; de se fazer a corte; de se conquistar alguém; de se elaborar o salutar “joguinho” (a estratégia) do amor.
    Estamos perdendo a maior característica do humano: a subjetividade.
    Ao darmos lugar à praticidade, ao útil, ao que compensa, estamos abandonando as razões que nos levam a viver, que são os sentimentos, pois o mundo nos exige que devemos ser racionais, frios, calculistas.
    O amor, o encantamento, o espaço ao laser, ler uma poesia, escutar música, passear, são perda de tempo e, assim, a vida fica sem colorido, sem paixão, sem a mola mestra que nos impulsiona à frente com vontade e garra.
    Não há outra forma de se sentir a vida que não seja nos braços de outra pessoa, e não há maneira mais adequada para isso que amar e ser amado.
    Azar se não deu certo, que pena que terminou, não importa. Precisamos dar sequência ao que somos, e somos dependentes do outro, carentes afetivos que necessitam do carinho, da afeição, do colo.
    Negar a nossa natureza é negar a vida.
    E nosso consentimento à ela, a vida, só se dá de uma maneira: ACOMPANHADO!
    Danem-se os conselhos pragmáticos. Viva a surpresa, o imponderável, o improvável, o inacreditável, o incompreensível.
    Viva o ser humano e suas ambiguidades, incertezas, confusões, erros e bobagens.
    Mas como é bom um aconchego, um abraço.
    Que maravilha um sexo trepidante!
    Parabéns, André, pela tua escolha.
    Entra em contato comigo quando estiveres fazendo 41 anos de casado como eu, e com a mesma mulher!
    Tu vais ver só o que é a verdadeira felicidade!!!

    Resposta: Hahaha. Pode deixar.

  • André Luiz diz: 21 de junho de 2011

    A estória é engraçada, mas vejo no dia-a-dia que é verdade para muitas mulheres. O que faltou dizer é que muitas mulheres não são bem princesas: boêmias, barraqueiras, exploradoras e por aí a fora. Nunca tive uma dessas, mas o sábio é aquele que aprende com os erros dos outros né? Felizmente encontrei minha princesa e vivemos felizes há mais de 5 anos. Sinto pena das outras princesas que não tem sorte de encontrar seus príncipes, pois tem muitas mulheres por aí que merecem o melhor que nós homens podemos oferecer. Por isso faço a cada dia o melhor que posso pela minha princesa!

    Abraço a todos e todas!

  • Chicão diz: 21 de junho de 2011

    Caro André Luiz, a verdade – e dou sequência ao teu pensamento – é que muitos “príncipes” são travestidos como tal, mas não passam de legítimos representantes da escória humana!
    Muitos enganaram as mulheres; mentiram, exploraram seus sentimentos e depois as abandonaram.
    Muitas delas com filhos para criar, enquanto este príncipe foi atrás de outra presa, de mais uma ingênua a cair em sua conversa recheada de promessas e de uma vida de sonhos.
    A realidade é bem diferente.
    O mocinho se transforma em um sádico, que lhe agride, ofende, maltrata, e enche-lhe de bofetões.
    Um verdadeiro covarde!
    Muitas dessas moças estão reagindo, claro, às vezes de forma equivocada, mas estão se protegendo, tentando se esquivar desse assédio que fatalmente as levará à tristeza, à mágoa e ao arrependimento posterior a esta relação mentirosa.
    O problema é o “fruto do amor” quando existe:
    A criança que não saberá nem quem foi o seu pai ou, se o conhecê-lo, sempre irá se questionar a respeito desta separação, lógico, quando ela foi identificada pela violência doméstica ou mentira.
    Nada contra os casais se separarem e assumir seus filhos, como existem muitos que são responsáveis neste aspecto, quero deixar bem claro.
    Quanto a tu fazeres o melhor à tua princesa, ótimo, eu também faço isto pela minha esposa, mas não existe mérito nosso, é obrigação, nada mais.
    Mas que bom que, pelo menos, podemos servir como exemplos de se tratar à altura uma relação; que podemos ser utilizados como modelos de uma união estável, que provam que homem e mulher podem e devem viver juntos, sem receio que não conhecerão a felicidade. Ao contrário, somente desta forma é que se será feliz, ou seja, na razão direta que eu faço alguém feliz ela também irá querer me fazer feliz e, assim, atingiremos uma vida plena, maravilhosa, encantada.
    Não consigo ver de outro jeito.

  • Amy diz: 22 de junho de 2011

    Céus quanta viagem! Eu nem li tudos os comentários! Para! Tem gente que viaja muito! Falaram até em Deus logo ali em cima! É só uma piadinha, amigos! Vamos deixar as chateações para o momento certo e não na hora que tiramos ali um tempinho para dar uma lida em um blog de humor, né?

  • Edu diz: 24 de junho de 2011

    Putz,
    E eu não encontro mulheres desse tipo…
    TODAS querem se enrolar no cara.
    Tenho procurar melhor!!!

  • Luiz H. S. Valente diz: 25 de junho de 2011

    Em parte a estória é verdadeira! Atenção, mulheres! NÃO EXISTE O PRÍNCIPE ENCANTADO! Acordem! Desculpem chamá-las para a realidade de forma tão brusca! Não procurem um príncipe encantado pois não encontrarão e ficarão frustradas e amargas, reclamando pelos cantos que os homens não prestam e que são todos iguais! Ao invés disso procurem um homem, um homem de verdade, com todos os seus defeitos e qualidades! Aceitem seus defeitos, enalteçam suas qualidades! Mas, sobretudo, escolham um homem que, apesar de seus defeitos, as amem! E aí serão felizes! As inteligentes fazem isto!

  • wesley diz: 23 de novembro de 2011

    o principe encantado… esta na mente de cada uma … o principe encantado e vc quem faiz!!!

  • Apaixonada- diz: 7 de março de 2012

    exsti homens com que vale a pena se casar mass esse sao raros!!!! mas tmb existi muita tralha por ai………………….

  • José diz: 15 de maio de 2012

    Vocês não devem pensar assim,pois casar,namorar,ficar é uma parte muito importante das nossas vidas, não precisa esperar o príncipe ou princesa encantada (o), mas existem muitas pessoas boas, então essa história não é um bom exemplo

  • Doriedson diz: 28 de dezembro de 2012

    Algumas mulheres reclamam de casamento, ou de até mesmo “noivar”
    As que reclamam são sempre da mesma idade numa Faixa etária de 17 aos 29. Quando chegam aos 30 reclamam da vida por não ter se casado. Daí olhas as amigas com uma vida estabilizada e com familia. CASAMENTO tem seus altos e baixos, mas é bom, pois na hora em que vc quer um carinho ali tem.Na hora em que vc quer opinião, ali tem.

    POR ISSO MENINAS PENSAM MUITO BEM NAS SUAS ESCOLHAS AGORA, POIS MAIS TARDE NÃO SE ARREPENDER! FIKDIK#

  • Derivldo diz: 9 de março de 2013

    Gostei das historias que estão no blog amei

  • albertina.araujo@trf1.jus.br diz: 9 de abril de 2013

    Meu benzinho eu não sei te dar uma explicação, se o certo é que nos amamos quem diz é o coração, amando sempre em silêncio eu mesmo não sei o porquê, você vai sentir o mundo fingindo que não me ver.
    Eu tenho me esforçado pra sair desse tormento, apesar de tudo isso não sai do meu pensamento, nós nunca nos conversamos nem fizemos declaração, tudo nasceu de um olhar e transformou em uma paixão.
    Mas isso não está certo, não deveria ser assim, porque na realidade você também gosta de mim, todo dia eu te vejo não consigo te esquecer, nos amamos em silencio até o dia de morrer.

Envie seu Comentário