Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Pastor exige que Jô Soares peça desculpas por declaração na TV

19 de dezembro de 2011 3

* Por Bárbara Nunes
O pastor Renê de Araújo Terra Nova, do Ministério Internacional da Restauração, fez abaixo-assinado, na internet exigindo pedido de desculpas do apresentador Jô Soares, e dos músicos Moraes Moreira e Tom Zé, por causa de um bate-papo exibido no dia 17 novembro, no Programa do Jô. O assunto: cigarros de maconha feitos em páginas da Bíblia. De acordo com o jornal O Dia, até sexta (16), à tarde havia 14 mil assinaturas de insatisfeitos com a exibição de trecho do documentário Filhos de João, o Admirável Mundo Novo Baiano, onde o entrevistado Joildo Góes, amigo do grupo Novos Baianos, revela que os músicos faziam cigarros de maconha em folhas da Bíblia. “É evidente que não houve comentários ofensivos, e assusta a iniciativa contra a liberdade de expressão”, afirmou, em nota, a Central Globo de Comunicação. Após a exibição do referido trecho, entre risadas da plateia, Jô Soares comentou: “Você vê que a Bíblia tem 1001 utilidades”. O pastor Renê não quis dar declarações, e Henrique Dantas, diretor do documentário e também presente no Programa do Jô, afirmou: “No depoimento, o Joildo começa pedindo perdão a Deus, então está perdoado. E há muitas coisas mais importantes no País para fazermos abaixo-assinado, não acha?”, questionou Henrique. Em seu blog, Tom Zé publicou: “Quem é o imbecil que está dizendo que eu fumei a Bíblia? Sou inveterado leitor dela, e divulgo”. Que bapho, gente!! Concordo que tem muito mais coisa pra gente se preocupar. Fala sério.

* Por Jhenifer Pollet
Realmente… Não temos o porquê de continuarmos a brigar por causa de religião, vamos nos preocupar com a fome na África, com o aquecimento global, em ajudar outras pessoas… Paz e amor gente! Tá, tá, parei.

Comentários (3)

  • Lourenço diz: 19 de dezembro de 2011

    Liberdade de expressão, e fazem todo esse ” AUE “. As coisas não precisam ser levadas tão a sério…daqui uns dias, ninguém pode abrir a boca em público que vem pauladas em cima. Parece que tem gente sem nada pra fazer só observando e aproveitando pra aparecer na mídia. Daí, cadê a liberdade da imprensa, já era.

  • Alexandre diz: 20 de dezembro de 2011

    Liberdade de expressão !!! Esses caras lembram disso quando lhes interessam , pra falar da biblia tem liberdade de expressão pra falar de gay não , pra falar de pastores tem liberdade de expressão , o Jo Suado do Panico ta errado , essa raça só usa a lei quando interessa ! Tem que ir pra cadeia quem fumou maconha na biblia , primeiro por que maconha é droga criminosa, depois a biblia é o fundamento de várias religiões , o cara se acha sabidão ou malandro por que diz que fumou maconha pra mim são trouxas, pra eles se fazerem de malandro eles ofendem outras pessoas são uns velhos ultrapassados o Jo Soares já passou da hora de se aposentar, e quem tem menos de 25 anos nem sabe quem é tom zé e morais moreira , uns ridiculos querendo aparecer em custa de coisa errada. LAMENTAVEL !!!

  • Ricardo diz: 21 de dezembro de 2011

    A tal cantada e decantada liberdade de expressão foi e continua sendo banalizada por considerável setor da mídia quando esta se sente contrariada. Eu não sou evangélico ou católico, nem radical de esquerda ou direita, por isso me sinto bem confortável para dizer que muitas vezes, quando a mídia se ve contrariada ao dar “um balão” desrespeitando a fé alheia ou o ser alheio, logo lança mão da “liberdade de expressão”, como se eu me indignar e pedir a retração de alguém seja a mesma coisa ou meio caminho para eu jogar um avião contra um prédio… se eu dissesse que fumei maconha enrolada na cueca da familia Marinho ou no diploma de jornalistas destes ou nas fotos de família deles estou livre para buscar a meu favor a liberdade de expressão, certo?

Envie seu Comentário