Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Os sultões dos camarotes: a Veja dando aulas de comportamento

04 de novembro de 2013 6
Mario Rodrigues/ Veja/ Divukgação

Fotos: Mario Rodrigues/ Veja/ Divulgação

* Por Bárbara Nunes
Em toda balada que você vai tem um cara feio, careca, bêbado, safado e rodeado de amigos pobres que agem igual a ele, que ta pagando tudo. E muita mulher aceita ser bailarina particular deles só para beber de graça e ganhar status – não sei bem qual – na night. Segundo a Veja, os caras que bancam esses camarotes são os sultões brasileiros.

Um cara que durante toda a adolescência foi rejeitado pelos coleguinhas por ser chato, arrogante e metido a inteligente – apenas metido mesmo – agora tem muitos amigos e muitas mulheres. Mas, como?? Segundo o empresário Alexander de Almeida a receita é bem simples: aos 39 anos, ele gasta de R$2mil a “infinito” numa balada. #ficaadica

Nessas horas a gente começa a repensar sobre a vida. Só não entendi se isso ele faz pelas mulheres ou pela “necessidade” de levar seguranças fortes atrás dele. (confira o vídeo abaixo e entenda a minha dúvida).

Xandão – vou dar um apelido digno – diz que prefere beber vodka, mas que a champanhe tem um status maior e chega com “foguinho” no camarote.

lo3d2482-mario-rodrigues-jpg (1)

Porém, não é qualquer um que tem cara da pau ou mesmo coragem de gastar “infinito” na night só para não ficar sozinho. Na maioria das vezes, os caras que fazem esse tipo de esbanjamento econômico são herdeiros. Não foi com o suor deles que a fortuna cresceu, então R$2 mil ou “infinito”… dá na mesma.

Para fechar com chave de ouro a Veja divulgou um vídeo onde Xandão fala os Dez Mandamentos do Rei do Camarote. Confira e divirta-se :)

 

Comentários (6)

  • Pink diz: 4 de novembro de 2013

    Três comentários:

    1) A VEJA só pode estar brincando publicando essa pobreza de matéria. Só pode ser brincadeira, gozação. Estão apelando. Afinal, tanto assunto importante merecendo pauta!
    2) Rico que é rico mesmo gasta dinheiro, isto todos sabemos. Porém, há uma tênue linha entre glamour e breguice, e o cara aí pecou feio. Tem dinheiro e tem que pagar para agradar, e ainda ser capa de revista rsss Interessante o comentário da confissão que faz: pegou até mulher no banheiro da balada. Parece que para ele, pegar homem é o normal então. Mas não vamos longe na crítica: cada um é feliz do jeito que quer – ou pode, sei lá.
    3) A única coisa legal aí é a luminária da sala. Salvou a matéria, única coisa que prestou.

  • Pink diz: 4 de novembro de 2013

    Enfim, “instragou” o filme rsss

  • Mayse diz: 4 de novembro de 2013

    O negócio é agregar (carros, baladas, mulheres, Champagne, etc, etc, etc.)

  • Dri diz: 5 de novembro de 2013

    Diversão é Natural, todos nós fazemos! Mas o carinha aí tem uma cabecinha muito pequena! Para! Que mentalidade meu pai! Ele pode ter tudo isso aí, e é por isso que muitas mulheres se aproximam. Afinidade! Eu não me atraio por alguém que aja desta forma. Gosto de homem que pensa… Homem pode e deve se vestir bem, andar cheiroso e tal… Mas tem que pensar, ter cérebro.

  • Gertrudes diz: 5 de novembro de 2013

    Acima do link para este post o próprio ClicRBS avisa que tudo isso não passa de uma “trollagem” #ficadica

  • Pracabá diz: 7 de novembro de 2013

    AS mulheres são as primeiras a fomentar a palhaçada, porque se importassem com valores nem chegariam perto de um otário pederasta desses

Envie seu Comentário