Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ivete Sangalo fala no Fantástico sobre vídeo em que chama atenção do marido em show

10 de janeiro de 2016 0
Fantástico, reprodução

Fantástico, reprodução


* Por Cris Cordioli
Se alguém tinha dúvidas de que foi um ataque de ciúmes que Ivete Sangalo teve quando chamou a atenção do maridão no meio de um show, no primeiro dia do ano, eis que a bonita resolveu falar sobre o assunto no Fantástico. Com uma pauta mais fria que o polo norte – novo DVD, que vai rolar só em abril lá em Trancoso, o The Voice Kids, mais badalado impossível, e o tal clipe 360 graus, que já foi assunto aqui no blog há umas duas semanas. Tudo pra chegar aonde interessa: foi mesmo uma crise de ciúmes o piti “by fêmea alfa”? A cantora disse que não, que foi brincadeira, que eles gostam de tirar onda, coisa e tal, mas não me convenceu.

” Foram três horas e meia de show, fiz uma cena de ciúmes, que é algo que diverte muito o público. Não só no aspecto de ciúme, mas em qualquer coisa que eu brinque, tô sempre fazendo brincadeiras e essa teve uma repercussão maior. A princípio, foi uma diversão, porque a gente riu muito depois, aqui em casa. Mas daí, depois, os amigos ligando, falando ‘coitado do Daniel’ e ‘tão falando de Daniel’. Daí eu falei aonde, aonde… Quando eu fui ver o vídeo, eu falei ‘gente, que loucura’. E ele, assim.. Como ele é um cara muito na dele, ele falou ‘não dê importância pra isso’. E sabe o que eu descobri nas redes sociais depois? Mesmo sendo brincadeira, veio à tona um sentimento feminino, o povo me apoiando. Foi muito engraçado ‘Ivete, você é nossa rainha, é isso mesmo, tome conta do seu homem’, mas, diante da brincadeira, eu pensei ‘meu Deus do céu, que loucura é essa…”

E, assim, pra não deixar dúvidas de que foi mesmo uma “brincadeira”, Ivete meteu o carão de pau em rede nacional e disse que “não”, não é ciumenta:
“Cena de ciúmes eu nunca fiz, mas quando a gente ama, a gente tem aquela posse, né? Eu tenho ciúmes do meu filho, tenho ciúmes dos meus fãs… E eu brincaria novamente com o tema ciúmes. Eu já brinquei com cada tema. Quando meu filho tinha um ano, me disseram que eu estava grávida. E eu falava ‘gente, não é gravidez’. Aí eu dizia ‘eu não tô grávida’ e ninguém acreditava. Daí eu falei ‘isso aí é prisão de ventre’.  E isso rodou um tempo…

Se eu acreditei? Entro com uma boiada pra não arranjar confusão com Ivetinha, mas, assim, foi de doer! Engoli em seco, mas como não tenho nada a ver com isso e sou ruim pra caramba lá em casa…

Envie seu Comentário