Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Xuxa desabafa sobre críticas à sua aparência

23 de fevereiro de 2016 2
TV Globo/Divulgação

TV Globo/Divulgação

E nesse tempo a coisa ainda tava boa…

* Por Celina Keppeler
Não sei se vocês repararam, mas eu não tenho falado muito mal ou criticado as pessoas. Só conto os fatos, porque tô numa fase de mudar minha postura.
E entrando de cabeça nessa onda de que ninguém tem o direito (embora seja divertido) de criticar o outro, venho aqui pra dar os parabéns a Xuxa pelo desabafo durante um papo com Gaby Amarantos em seu programa, quando as duas falavam sobre o povinho mequetrefe que critica os outros na redes sociais (não tô falando das pessoas que têm blogs).
“Quando a gente busca o corpo perfeito, pode se tornar uma doença. Vira um vício, pode trazer danos irreparáveis. Vocês estão vendo esta cara de 53 anos? Vocês estão vendo estas rugas? Vão continuar! Estão vendo esta bochecha caída? Vai continuar. Estão vendo esta boca sem botox? Vai continuar. Não adianta vocês falarem que eu estou velha, porque eu sei, estou velha sim“.
Que bom, migs. Se tá difícil assim, imagina com a cara cheia de botox e ainda tendo que mentir dizendo que é natural, né?

Comentários (2)

  • Marconys Ramos diz: 24 de fevereiro de 2016

    Tá certa xuxa!!!
    Além do mais a senhora também tá com tudo em cima!!
    O papo em cima dos seios!
    Os seios em cima da barriga!
    A barriga em cima das coxas!
    E as coxas em cima dos joelhos!!

    Né verdade? Então prá quê esconder!
    Feliz daquele(a) que alcança a velhice hoje em dia!

  • Penso Logo Existo diz: 24 de fevereiro de 2016

    As pessoas são tão idiotas que pensam que isso nunca vai acontecer com elas. Imagina o mundo cheio de velhos infantilizados, que pensam que estão com uma aparência muuuuiiitoooo melhor que a dos outros… Desculpem dizer a verdade, todos iremos envelhecer, se não morrermos antes, e pouquíssimos envelhecerão tão bonitos como a Xuxa, até por que para envelhecer bonito tem que ser um jovem bonito, o que a grande maioria do mundo não é (apesar de pensar que é…)

Envie seu Comentário