Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "Carlos Miele"

:: Jô Soares exibe entrevista inédita com Carlos Miele, gravada no último dia 6

15 de outubro de 2015 0
Miele (Foto: Carol Caminha/Gshow)

Rede Globo, divulgação

* Por Cris Cordioli
Olha, tem homenagem melhor para um amigo do que passar uma entrevista inédita feita há poucos dias? Pois Jô Soares pode fazer isso para o companheiro de longa data, Luiz Carlos d’Ugo Miele, que faleceu ontem depois de sofrer um mal subido. O programa foi gravado dia 6 de outubro e os dois, claro, lembraram várias e divertidas histórias, deram boas risadas e o ator divulgou seu livro Miele, o Contador de Histórias.

“Meu amigo de tantos anos, grande Miele, talento inesgotável”, diz Jô.

E Miele, muito bem-humorado, além de pedir pra substituírem o líquido da caneca com algo mais forte, brincando com o Jô, contou que iria viajar por todo o Brasil divulgando o livro, contando histórias e divertindo o povo. Entre as declarações, um lição de graça do artista que, aos 77 anos, comemorava 66 anos de carreira:

“O humor pode emocionar e até levar às lágrimas, como qualquer manifestação artística”.

Vai fazer falta.

Morre o ator, diretor e produtor musical Luiz Carlos Miele

14 de outubro de 2015 0
Foto TV Globo/Divulgação

Foto TV Globo/Divulgação

* Por Celina Keppeler
Abrindo os trabalhos nesta quarta-feira com um notícia bem triste… O diretor, ator e produtor Luiz Carlos Miele morreu na madrugada desta quarta-feira, 14, em casa, no Rio de Janeiro, aos 77 anos. Segundo o G1, os Bombeiros foram acionados, mas Miele teve um mal súbito e não resistiu.
Pra quem não lembra, Miele era Jack Parker, pai da Pamela Parker em Geração Brasil.
Não encontrei a causa da morte em lugar algum, mas vou continuar de olho. Depois atualizo o post.
Pra saber mais sobre a carreira de Carlos Miele, a Globo preparou uma “memória”. Basta clicar aqui.

Elis Regina vai virar peça e já começou a escolha por interprete

03 de julho de 2013 0

* Por Cris Cordioli
Tô pra ver acharem alguém para interpretar Elis Regina em uma peça de teatro. Tá certo que já estava mais do que na hora de contarem a história da pimentinha para gerações desavisadas que passam longe do brilho da cantora. Elis, quem? O certo é que já começarem as audições para a escolha de quem peitará o desafio.

Serão mais de três mil atores de todo o país que participarão de uma maratona de 10 dias de audições de canto, dança e interpretação em busca de um dos 18 papeis do espetáculo Elis, o Musical. Por trás do projeto, que estreia em novembro no Rio de Janeiro, só tem fera: o texto foi escrito por Nelson Motta e Patrícia Andrade, e será dirigido pelo homem piti Dennis Carvalho.

Além de Elis, a turma busca outras figuras lendárias da história cultural do país, como Carlos Imperial, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Lennie Dale, Miéle, Ronaldo Boscoli, Jair Rodrigues, Henfil, Paulo Francis, César Camargo Mariano, João Bosco, Aldir Blanc e o próprio Nelson Motta.

“Entre as nossas cantoras, certamente ninguém foi maior que a baixinha de Porto Alegre, com suas interpretações exuberantes, sua voz excepcional e seus clássicos da música brasileira. Trinta anos depois de sua morte, Elis Regina continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. Por tudo isso eu fiquei muito feliz com esse convite para escrever esse musical da vida e da obra dela. Primeiro porque tive o privilégio de conviver com Elis por muitos anos e, sobretudo, por ser um grande fã dessa baixinha inesquecível”, diz Motta.

Assino embaixo! Não foi à toa que escolhemos o nome da pimentinha para nossa pequena filha. Somos fãs. Das duas!

* Por Bárbara Nunes
Demoraram pra fazer uma homenagem rica para a Elis. Estão patrocinando até filme da banda Calipso, e até agora não havia ouvido nada sobre a pimentinha. Pois é, deve ser porque pra fazer um trabalho a sua altura precisa de mais gente talentosa, mais tempo, mais verba…