Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Resultados da pesquisa por "Fernanda Montenegro"

Final de Babilônia. O que deu errado na novela

28 de agosto de 2015 1

* Por Celina Keppeler

Babilônia estreou como uma grande promessa da Globo. Gloria Pires, Adriana Esteves e Fernanda Montenegro, que apesar de não gostar do título é, sim, a grande dama do teatro brasileiro, eram aposta certeira para o público e para a emissora, que colocou só atores do alto escalão no elenco. Mas, o que aconteceu durante os meses em que a novela esteve no ar não foi exatamente o que podemos chamar de um grande sucesso.

60736-o-n-atilde-o-estou-disposta-de-diapo-1
O primeiro capítulo foi bombástico, com direito a memes que se tornaram virais na internet e beijo gay na terceira idade. Porém, exatamente depois disto, a partir do segundo capítulo, a coisa desandou pro lado do boicote, protestos e críticas sem fim. Até os próprios atores andavam insatisfeitos com suas histórias e, dizem, tendo crises de choro nos bastidores da novela.
O autor, Gilberto Braga, precisou rebolar e mudar algumas coisas na trama pra tentar alavancar a audiência, tornando a trama ainda mais fraca, sem estímulo e desafiando a inteligência do leitor.
Listamos alguns pontos para explicar o fracasso da novela das 21h, que chega a sua reta final sem grande destaque.

Foto GShow/Divulgação

Foto GShow/Divulgação

Mocinha rejeitada: A Regina de Camila Pitanga não agradou ao público. Barraqueira, grossa, desconfiada e sem a menor química com seu par, Thiago Fragoso. O romance com Carlos Alberto (Marcos Pasquim) foi uma tentativa de elevar o prestígio da personagem, mas nem isso deu certo. Por estes motivos, o público não queria “torcer” pelo personagem. No máximo, contra as maldades, mas não brigariam por ela.

Embate que nunca aconteceu: O ódio entre as duas vilas, Beatriz e Inês, era declarado, mas faltou um embate de verdade entre elas no decorrer da trama (e que só está acontecendo nos últimos capítulos). As duas se odiavam, mas se tornaram amigas e aliadas. Depois, surgiu a tal vingança de Inês pela morte do pai para explicar o rancor. A história não convenceu e foi esquecida, assim como a promessa feita de grandes momentos entre elas.

Gostosa pra caramba!

Retrato da vida real: O público não estava disposto a encarar, depois de um dia exaustivo, os problemas da vida real tão friamente. A novela é repleta de “histórias da vida real”, com traição, mentiras, escândalos políticos, drogas e prostituição, mas não é por isso que chega a ser algo agradável de se ver. Vilãs como a Nazaré Tedesco, Cora e Carminha eram queridas pelo público por serem personagens pitorescos. Era uma maldade com requintes de humor, que levava o público a desacreditar que aquilo fosse possível. Já os vilões de Babilônia eram reais.

Desafio a inteligência: Pra uma novela que tanto queria mostrar os problemas da nossa sociedade, Beatriz passou ilesa por todos os crimes que cometeu, matou metade do elenco da novela na maior cara de pau e a polícia não conseguiu pegar. A mudança repentina no perfil de alguns personagens, resultado da operação pra tentar salvar a audiência da novela, causou estranhamento no público que não entendeu, e nem engoliu, por exemplo, Carlos Alberto começar a trama como gay enrustido e terminar como namorado da protagonista. Ou Alice, que passou de garota de programa à heroína de Evandro. Murilo, personagem de Bruno Gagliasso, quase entrou nesse jogo das cadeiras, virou bonzinho por amor mas, felizmente, voltou a se mostrar vilão. E na tentativa de segurar o público, guardaram o tradicional “quem matou” pro último capítulo.

Babilônia é oficialmente a pior novela de todos os tempos

21 de julho de 2015 9
Foto TV Globo/Reprodução

Foto TV Globo/Reprodução

* Por Celina Keppeler
Vamos falar de novela. Mas de novela ruim, porque o assunto aqui é Babilônia. De acordo com a pesquisa realizada pelo Painel Nacional de Televisão, com base na audiência do país inteiro, Babilônia é só a pior novela de todos os tempos em relação à audiência.
A trama de Gilberto Braga conseguiu perder até pra Em Família, de Manoel Carlos.
É, pensando bem, não consegui assistir a nenhuma das duas.
Pior que tem gente relacionando a baixa audiência ao casamento de Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg. Mas eu posso apontar mil e um outros defeitos na história. Esse fato é que menos me incomoda. Na verdade, isso simplesmente não me incomoda.

Camila Pitanga ameaça deixar Babilônia

22 de junho de 2015 3
Foto GShow/Divulgação

Foto GShow/Divulgação

* Por Celina Keppeler
Não tá fácil a vida para os atores de Babilônia. Camila Pitanga é uma das que não aguenta mais a pressão e tá ameaçando sair, fora as crises de choro que rolam nos bastidores de Babilônia. Pois é, a mocinha insuportável – parte da culpa é dela, outra parte é da direção e, por fim, do autor também – do folhetim está inconsolável com a baixa audiência e a pressão que está rolando em cima deles, segundo a colunista Fabíola Reipert.
Mas, gente, quando a história não é boa, nem a Fernanda Montenegro – que, dizem, também anda insatisfeita – segura.
É, o jeito é cair uma bomba no morro da Babilônia e matar todo mundo de uma vez nessa novelinha. Quem sobrar, casa, engravida, tira fotos com as crianças no colo e fim!

O ser humano, em vez de progredir, parece que regride, diz Nathalia Timberg ao comentar o fracasso de Babilônia

05 de junho de 2015 24
Daniel Seabra, divulgação

Daniel Seabra, divulgação


* Por Cris Cordioli

Gente, eu até quero fazer um minuto de silêncio em homenagem ao Gilberto Braga. Certo que ele até pode levar a mal minha homenagem, achando que é sacanagem, já que a opção do silêncio é bem melhor que a TV ligada em Babilônia. Mas respeito o cara, que escreveu duas das melhores novelas da minha vida: Vale Tudo e O Dono do Mundo. Bom, tô pra comentar a tal entrevista polêmica dada por Gilberto para O Globo, mas os dias foram passando, o bafo ficando velho… No resumo do resumo, o sonho dele, nesse momento, é ganhar da audiência de I love Paraisópolis. Sofrido, né?

O que o público está achando da novela, tiro por mim, que não passei da segunda semana. E o elenco? Bom, quem dá voz para a multidão é Nathalia Timberg, que em conversa com o site Uol classificou de “cretino” o boicote à novela em função do rolo que gerou o beijo entre o personagem dela e a de Fernanda Montenegro. Beijo pego pra cristo da história, que na minha humilde opinião, é mal escrita, com personagens surreais e sem brilho.

“Fernanda [Montenegro], eu, Glória [Pires], enfim, todo elenco está querendo responder com qualidade de trabalho a agressão que sofreu. Estamos em volta da obra trabalhando, criando o trabalho com a dignidade que a nossa profissão precisa ser encarada. As questões são colocadas, não há nenhuma apologia. Acho muito mais grave a parte de humor que se faz em cima disso [homossexualidade]. São colocações pobres e negativas. É de uma crueldade, de uma deformação de critérios lamentáveis. [A relação da Tereza e da Estela] não é caricaturada. Vamos ignorar que isso acontece na nossa sociedade? As consequências [as mudanças feitas na novela] são lamentáveis. Foi um dos beijos mais castos que eu vi na televisão, uma expressão de ternura. A coisa deformada está na cabeça de quem avalia isso assim”, defendeu.

“Tivemos uma reação absolutamente cretina no começo. Engraçado que vemos coisas mais absurdas na TV e ninguém se manifesta. Às vezes, a imprensa acaba sendo muito responsável, mas deve achar que está absolvida pela sociedade. Uma novela não tem o poder de acabar com o preconceito da sociedade, mas pode fazer com que as pessoas comecem a refletir. A ideia dos autores é essa, evidentemente. Ver aonde levam os vários comportamentos”, analisou.

“O quadro moral que temos dentro do país [não é dos melhores]. Aqui, parece que é uma espécie de biombo para não se falar de coisas graves. Pessoas esfaqueadas, crianças estupradas, meninas grávidas aos 12 anos. Estamos em pleno século 21 e temos perseguições religiosas… O ser humano, em vez de progredir, parece que regride. Se estamos apresentando uma sociedade doente, é a nossa, infelizmente”.

Manoel Carlos desabafa em homenagem ao caçula falecido: "acho que não tenho essa força toda que aparento ter"

05 de novembro de 2014 0

Famosos vão a missa de filho do Manoel Carlos, Pedro Almeida (Foto: Anderson Borde  / Agnews)Anderson Borde, Ag News

* Por Cris Cordioli
Sofro com as histórias do Manoel Carlos. E não estou falando das novelinhas adoráveis. Hoje, infelizmente, coloco na roda o sofrimento pessoal do autor. Foi realizada a missa de um mês de falecimento do filho caçula de Maneco, Pedro Gonçalves de Almeida, e os depoimentos são de uma tristeza…

“Não sei se eu tenho essa força toda que pareço ter. Acho que eu finjo um pouco. Mas ver esse pessoal todo aqui hoje, isso reforça a gente. Eu vejo e sinto muito eles como se fosse antes. Tem vezes que olho e vejo um passando atrás de mim. É muito bom isso”, afirmou o autor ao site Ego na saída da igreja.

Manoel Carlos também falou sobre a reação que teve ao saber de mais uma perda na sua família. “A primeira reação que temos é revolta. Xingamos Deus e questionamos o motivo daquilo na nossa vida, mas acontece”.

Fernanda Montenegro, amiga de Maneco, foi escolhida para fazer a primeira leitura do evangelho. Viviane Pasmanter leu as preces antes da procissão do ofertório.

Tony Ramos falou em nome de Manoel Carlos no altar:
“Quando ele pensou nessa missa, ele queria agradecer a todos de uma certa forma. Obrigado pela presença de todos e foi nessa capela que o nosso querido Pedro foi batizado. Corações ao alto. Quero me lembrar do Pedro como ator em formação e escritor. Que ele descanse em paz e que a família tenha todo o nosso conforto”, resumiu o ator que também se emocionou no momento.

Regina Duarte também fará personagem gay

29 de agosto de 2014 9

Vem que tem!

* Por Celina Keppeler
Não satisfeitos em terem Fernanda Montenegro e Natalia Timberg como casal gay em Babilônia, próxima novela das 21h, Regina Duarte também fará papel gay na próxima novela das 18h. De acordo com a colunista Patricia Kogut, Regina será viúva e mãe de dois filhos, frutos de inseminação artificial que fez com a ex-companheira, mas a tal companheira não aparece na história.
Mas este não é o primeiro papel homossexual de Regina. No filme Gata Velha Ainda Mia ela fez o papel de uma escritora que se envolvia com Bárbara Paz.

>> Os cinco mistérios de Império
>> Débora Nascimento e José Loreto ganham apartamento em campanha publicitária
>> Marina Ruy Barbosa fala sobre suposto caso com Alexandre Nero

>> Sophie Charlotte será filha de Adriana Esteves na próxima novela das nove
>> Angelina Jolie e Brad Pitt casam na França

* Por Janaína Laurindo
Compraram velcro de metro na Globo, né?

Sophie Charlotte será filha de Adriana Esteves na próxima novela das nove

28 de agosto de 2014 0

Pinterest/Reprodução

* Por Cris Cordioli
E Sophie Charlotte que, sim, está dando um banho em O Rebu, já tem mais uma boquinha garantida. E não é qualquer boca, não. Ela será, nada mais nada menos, que a filha de Adriana Esteves na próxima das nove, Babilônia. A bonitinha será uma prostituta de luxo que vive em conflito com a mãe. Ficou com vontade? Pois bem, como o tempo anda voando, tô até vendo a gente comentar sobre o início da novela, depois do Carnaval de 2015. A trama escrita por Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenez Braga tem um elenco pesadão e dos bons: Glória Pires, Sophia, Adriana Esteves, Fernanda Montenegro, Natália Timberg, Camila Pitanga, Maria Clara Gueiros, Maria Casadevall, Deborah Evelyn.

A história tem um bofes, também, claro: Marcos Palmeira, Gabriel Braga Nunes, Herson Capri, Cassio Gabus Mendes, Marcos Veras e Chay Suede.

Tá bom ou quer mais?

* Por Celina Keppeler
Quero mais… Cadê Cauã?

Tá aqui na minha mão!

Bruno Gagliasso entra no protesto contra o deputado Marco Feliciano e beija homem

03 de abril de 2013 2

* Por Bárbara Nunes
Daqui a pouco vou abrir um post especial, só de beijos gays, em homenagem ao homofóbico – e racista – Marco Feliciano. Seria legal colocar beijos entre casais gays negros, imagina a cara do deputado. O que acham? Bom, neste post já dá pra sentir que ninguém tá curtindo muito a permanência insistente do pastor na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.
Aí seguem os protestos: primeiro foi a atriz Fernanda Montenegro, de 83 anos, beijando na boca a atriz Camila Amado, de 77, a foto bombou nas redes sociais. Depois Fernanda Paes Leme e Fernandinha Souza deram um show de sensualidade com um selinho gostoso.
Agora foi a vez do ator Bruno Gagliasso dar um beijo gay, a foto foi postada na sua conta do instagram e em pouco tempo teve milhares de acessos.

* Por Cris Cordioli
Já que ele disse que só sai morto, se as beijocas continuarem, o homem não vai resistir. Cai mortinho. Daí, enterramos e ponto final. Até, claro, aparecer outro maluco querendo foco.

 

Fernanda Montenegro e Camila Amado


Essa também é nova: Yasmin Brunet e Antônia Morais



Fernanda Paes Leme e Fernanda Souza


Théo e Morena. Ops… esse “pode”. Mesmo ele sendo casado…