Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Revista britânica Essentials publica mulheres reais na capa. Fim do photoshop?

08 de setembro de 2010 4

Ok, eu quase parei de acreditar nessa história do fim do uso de photoshop nas mulheres das revistas. Volta e meia, alguma publicação aparece anunciando que os retoques estão banidos, mas a decisão é isolada.

Ainda assim, gosto de festejar a escolha de ”mulheres reais” para estamparem revistas femininas. Foi o que a britânica Essencials preparou para a edição de outubro. Não são modelos, mas pessoas comuns que aparecerão nas imagens das reportagens, a começar pela capa (acima).

O diferencial da publicação é que, a partir daí, todas as capas da revista não terão modelos, ao contrário das páginas internas (é mais barato produzir assim!). Interessante.

Mas não é justamente o ineditismo que nos chama a atenção, nesse caso? Será que as mulheres comuns não nos cansariam? Porque a publicidade nos vende a perfeição, mesmo que ela seja um sonho.

Talvez por isso mulheres exuberantes com pouca roupa estampem boa parte das revistas femininas. Elas são uma projeção do real, embora distante.

Nos aproximar dessa realidade não acabaria com o encantamento? Ou será que, finalmente, faríamos as pazes com os padrões de beleza?

Comentários (4)

  • Paulo diz: 8 de setembro de 2010

    Eu não sei o que tem a ver o uso do Photoshop com o uso de modelos profissionais.
    Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

    Sou contra o uso do Photoshop nas revistas. Acho que uma maquiagem normal já é suficiente.
    Mas eu acho que as modelos bonitonas podem e devem continuar aparecendo nas revistas só com a maquiagem, sem os retoques do Photoshop.

    Não há necessidade de colocar mulheres amadoras no lugar das profissionais.

    Seria a mesma coisa que colocar pessoas amadores para fazer um jornal no lugar dos jornalistas profissionais, só para econimozar dinheiro com salários. Isso não me parece correto.

    As modelos profissionais escolheram essa carreira, se esforçaram, fizeram cursos de modelo e depois são simplesmente substituidas por mulheres comuns ?
    Assim não é justo.
    Minha opinião pessoal.

  • Pedro diz: 8 de setembro de 2010

    Acho bom isso, até porque beleza não se mostra, mas sim se revela. Photoshop é uma falácia, um produto que na verdade não existe. Parabéns para esta atitude, pois acredito que com isso algumas mulheres aprenderão a valorizar mais sua beleza natural. Obvio que essas capas as mulheres ainda passarão por um cabeleleiro, maquiagem, essas coisas que vocês usam desde de sempre para realçar, ou até disfarçar, porque não , sutilmente aquelas imperfeições que incomodam. Acho muito positivo isto pois assim muitas mulheres ficarão mais tranquilas e felizes, e nós, por consequência, também. Um brinde à harmonia!

  • Eliana diz: 8 de setembro de 2010

    Concordo totalmente com essa idéia. As mulheres estão cada vez mais ficando doentes tanto fisica quanto psicologicamente na busca por essa perfeição que nunca existirá, algumas até “conseguem” atingir essa meta, mas sacrificando muitas coisas que não são necessárias. Colocar mulheres normais, é mais que necessário pra nos ensinar que existe beleza no diferente, que cada mulher é um ser especial, cada pessoa é um ser especial, e não vivemos só de peitos, bundas, carinhas lisas. Temos muito a oferecer para o mundo e a nós mesmas. As coisas já são tão dificeis, com tanto individualismo, tanta violência, pra que sofrer por uma coisa tão futil. É claro que queremos ficar lindas, mas não é preciso exagerar.

    E o photoshop é imagem da ilusão.

  • mana diz: 9 de setembro de 2010

    fazem playboy abusando do photoshop, depois vão á praia mostrar a realidade. cade o bom senso?

Envie seu Comentário