Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Mulheres gordinhas repudiam padrão estético e ensinam a ser feliz

22 de setembro de 2010 3

Estar com a auto-estima em dia é mais de meio caminho andado pra se encontrar a felicidade e/ou a paz de espírito nessa vida. Com o passar do tempo, a gente vai aprendendo a se respeitar mais, a ressaltar as qualidades e minimizar os defeitos conscientes, não é mesmo? 

E, gostando de nós mesmos, estamos livres para gostar dos outros – e para deixar que eles gostem da gente também!

Por isso, adorei o blog Mulherão, do qual ainda não tinha ouvido falar. No espaço, mulheres gordinhas trocam experiências e confidências, exaltam suas formas generosas e dão lições de vida para muita gente.

E, sem hipocrisia, as blogueiras mostram que é possível ser feliz como a gente é.

Lindo!

Comentários (3)

  • Elisabet diz: 22 de setembro de 2010

    Conheço o blog, muito bom mesmo, confiram!

  • Fernanda diz: 23 de setembro de 2010

    “E, sem hipocrisia, as blogueiras mostram que é possível ser feliz como a gente é”

    Como a gente quem? Cuidado com os estereotipos! Isso se assemelha a dizer que as gordinhas sao inferiores as magrinhas!

    Nao é a primeira vez que essa coluna escreve besteiras como essas!!

    Fernanda, tu não deves estar lendo direito. Essas mulheres mostram que a gente pode ser feliz como a gente é (e isso é tudo. A citação se aplica às gordinhas, às magrinhas, às de perna grossa, as com peitão, às de cabelo curto, às baixinhas, às altas, a todos os tipos de mulher. A gente tem que ser feliz com o que tem, não é mesmo? Elas só ajudam a dar esse empurrãozinho, independentemente do peso).
    Acho que o preconceito deve estar na tua cabeça :)
    beijoca,

  • Eliana diz: 23 de setembro de 2010

    Bah, o que elas dizem não é ser feliz sendo gordinhas, e não magrinhas, e sim como todas nós somos, pessoas com belezas e personalidades diferentes e esse é o barato, sermos como somos e não como ditam a moda e a midia.

    Fui ver o blog, não vi hipocrisia alguma por lá, e é muito bom mesmo.

    Parabéns à elas e como sempre a ti Trissia!

Envie seu Comentário