Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Homens também são frágeis nos relacionamentos amorosos

29 de agosto de 2011 1

Foto: Warner, divulgação

Assisti ao bonitinho Amor a toda prova e saí do cinema cheia de reflexões óbvias sobre relacionamentos duradouros. Na trama, o quarentão (Steve Carell) com casamento estável e três filhos vê o mundo tranquilo desabar depois de a mulher (Julianne Moore) pedir o divórcio. Ela confessa ter feito sexo com um colega de trabalho (Kevin Bacon).

O interessante é que o filme trata dos relacionamentos a partir de um parâmetro predominantemente masculino – e mostra como eles também são frágeis e sofrem por amor.

Duas constatações bacanas do filme:

* Não dá para esquecer de si mesmo só porque vive com uma mesma parceira a vida toda (a dica é unissex). Preocupar-se com a aparência e não deixar de realizar atividades divertidas são fundamentais. Não dá para cuidar de ninguém sem cuidar de você antes. Às vezes, a gente só percebe isso quando perde uma pessoa especial. Aí tenta emagrecer/engordar/mudar o guarda-roupa para tentar reconquistá-la. Não é mais fácil mantê-la?

* Nem sempre estar rodeado por parceiros atraentes do sexo oposto pode garantir a satisfação completa. A conquista e a variedade até funcionam por um tempo, mas chega o momento de querer partilhar a vida a dois – ou sozinho, sem precisar provar nada para ninguém (nem para si mesmo!)

Dica-bônus (somente para as mulheres):

* Não percam o tanquinho de Ryan Gosling, que aparece charmosíssimo. Parece coisa de Photoshop, mas não é!

Comentários (1)

  • Vanira diz: 30 de agosto de 2011

    Ah, quando o marido é taradinho, tu pode renovar até a tua vida inteira que não adianta. Ele continuará aprontando até do seu lado, quando tu menos espera, principalmente em público.

Envie seu Comentário