Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Crianças não podem ter preocupações estéticas

21 de setembro de 2011 2

Foto: Daily Mail, reprodução

Gurias de seis anos fazem manha, mas raramente esse tipo de comportamento tem algum tipo de repercussão fora do ambiente familiar. A menos que a garotinha em questão seja uma pequena celebridade – e precocemente pressionada.

A norte-americana Eden Wood, seis anos, tem mais de 300 troféus em competições de misses em casa. Por isso, é um nome conhecido no mundo da moda. Mas, recentemente, a guria protagonizou uma cena constrangedora em um estande da Semana de Moda de Nova York. Ela se jogou no chão, de birra, e chorou.

Sabe por que? Ela ficou indignada por ter sido proibida de fazer um clareamento dental (indicado apenas a maiores de 14 anos que estava sendo oferecido aos visitantes do evento por empresa de tratamentos estéticos dentários.

Dá tristeza perceber que estão transformando a guriazinha em uma potencial adulta frustrada. Crianças de seis anos devem ter outros interesses – lúdicos e cognitivos, nunca estéticos.

Comentários (2)

  • Sarita diz: 21 de setembro de 2011

    Eu brinquei de Barbie até os 13 anos.
    Essa menina é a Barbie da própria mãe.
    O mundo hoje está todo errado… E decerto meu certo deve ser errado para o mundo!

  • Rogério diz: 21 de setembro de 2011

    Problema é que está complicado controlar esse fanatismo pela estética. Se não é TV, é internet. Mas o pior de todos ainda é a convivência com outras crianças. Já existe entre elas a competitividade da mais bonita, mais maquiada, cabelo mais bonito. Dentro das escolas, principalmente as particulares, existe uma guerra de vaidades a qual ninguém quer ficar para trás.

    E o pior, pais são complacentes ao ponto de incentivarem, ninguém quer a filha sendo chamada de feia ou de mulambenta. E aih se cria todo esse clima (e os pequenos monstros) que em muito está ferindo profundamente a moral e bons costumes.

    Me chamem de antiquado, me chamem de careta, mas tem idade pra tudo, e se os pais não entendem isso me preocupa mais ainda, pois chegaram na idade de ter filhos sem a menor maturidade pra isso.

    Glamour, elitismo, colunas sociais … hoje em dia vale tudo só pra se considerar dentro desses pequenos e vazios grupos de pessoas. Os pais mal sabem os danos que causam a sociedade largando para ela filhos mimados, egocêntricos e intragáveis …

    É aquela frase “queremos deixar um mundo melhor aos nossos filhos, mas quando vamos nos preocupar em deixar filhos melhores para o mundo?”.

Envie seu Comentário