Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

E se os homens fossem doces? Filósofa italiana ajuda a escolher o melhor

08 de maio de 2012 0

Foto: Giunti, reprodução

O universo masculino é uma gigantesca doceria repleta de delícias e de perigos, afirma a filósofa italiana Bettina Dal Bosco. Ela acaba de lançar Uomini e Torte, come cuocere, farcire o bruciare il maschio dei tuoi sogni (Homens e bolos, como assar, rechear ou queimar o homem dos seus sonhos, na tradução, sem lançamento no Brasil), uma espécie de manual engraçadinho que associa os tipos de homens a doces clássicos.

Entre eles, aparece o homem mil folhas. Macio e crocante ao mesmo tempo, o doce é irresistível. O bofe é enigmático, astuto, combina um estilo único com muitas variantes. Sua arte é baseada em sua sinceridade, seu delicado ‘tecido’ é baseada em sua boa fé: se você remover a fundação, vai literalmente se desintegrando.

Há, também, o Monsieur Profiteroles, com ideias tão letais quanto o creme de leite e suas calorias, um vulcão em ponto de ebulição constante, pronta para explodir o chocolate em si mesmo. Nutritivo, atraente e dionisíaco, mas pesado – é difícil de digerir e de gerir. Se você não consegue lidar com essa ideia imediatamente, não deve colocá-lo na geladeira: quando se congela, torna-se terrível e auto-destrutivo.

Que doce combinaria melhor com o seu partner? E por quê?

Envie seu Comentário