Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Dá pra passar um mês sem depilar as axilas?

25 de julho de 2013 2

Foto: Armpits4August/Flickr, reprodução

A pergunta nem precisa de resposta. Possível é, lógico. Mas é horrível, não?

Há quem diga, no entanto, que deixar os pelos crescer é um sinal de empoderamento feminino. O coletivo Armpits4august (Axilas para agosto, na tradução) foi criado no ano passado, no tal mês do cachorro louco, decidido a convencer integrantes a passar um mês longe da depilação. No site oficial está a explicação:

— Acreditamos que a vergonha que muitos sentem do corpo é consequência de uma sociedade que regula, controla e dita que corpos femininos devem se conformar com padrões de beleza inacreditavelmente estreitos que sustentam uma lógica binária de gêneros que atribui ao corpo com pelos uma imagem masculinizada.

Além do debate, o coletivo arracada fundos para um programa de assistência a mulheres que têm Síndrome dos Ovários Policísticos, em Londres. Um dos sintomas mais recorrentes da disfunção é o crescimento excessivo de pelos no corpo.

Ok, ok, cada um sabe o que é “normal” para si. Mas deixar os pelos crescerem para me sentir poderosa? Não, obrigada!

Comentários (2)

  • Isabela diz: 25 de julho de 2013

    Acho bacana o que elas alegam, mas não ficaria 1 mês sem depilar as axilas, pq não acho higiênico.

  • Rafaela diz: 29 de julho de 2013

    Entendo o repúdio à ideia. No entanto, é curioso observar que axilas não depiladas só são consideradas repugnantes quando se trata de mulheres. Eu não conheço nenhum homem que depile as axilas, e nem por isso as pessoas torcem o nariz quando olham pra eles. Na minha opinião, é bastante evidente que a campanha não é sobre condenar a depilação, mas sobre como a sociedade exerce sobre o corpo das mulheres uma patrulha que nunca acontece com os homens…

Envie seu Comentário