Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Na hora de escolher um par, mulheres buscam personalidade. Homens, aparência

17 de abril de 2015 1
Foto: @ricardo.barbato, reprodução/Instagram

Foto: @ricardo.barbato, reprodução/Instagram

É, minha gente, parece que a história de que mulheres levam em consideração diversos atrativos de um pretendente e homens só se preocupam com a aparência da pessoa volta a ser confirmada.

Uma enquete do site de encontros (extraconjugais…) Victoria Milan aponta que a personalidade é fundamental para 62,4% das mulheres e 29,6% dos homens. Já com a beleza, ocorre o contrário: 64,7% importante para eles, 34,2% para elas.

Gentileza e senso de humor são um ponto de equilíbrio entre os dois gêneros, estando na lista das preferências comportamentais. Na sequência, elas querem romantismo e eles, juventude.

No que diz respeito à aparência, mulheres elegem homens altos, com corpo atlético, bem vestidos, com olhos expressivos e barba – o polêmico namorado da musa fitness Gabriela Pugliesi, Ricardo Barbato, parece o exemplar perfeito, não?

Já os homens querem parceiras magras, com cabelos longos, curvilínea e com belos olhos…

Ou seja, não adiante idealizar tanto – vale encontrar alguém que a faça feliz e pronto!

Comentários (1)

  • Nelsonpoa diz: 17 de abril de 2015

    A questão que define bem a situação tem a ver com o fator etário. Depois de uma determinada idade, tudo fica mais difícil, para eles porque elas acabam por demorar mais em todos os requisitos, enquanto as mais jovens, mesmo que com filhos, ainda tem uma energia que emana da própria questão feminina. Com o tempo as coisas vão mudando e elas acabam na maioria ficando sozinhas mesmo, estão por aí algumas procurando mesmo que em sites de relacionamento um par perfeito, ocorre que a partir daí entra a personalidade, a mulher já mais experiente procura amarras mais identificadas com ela, já tem filhos e uma vida estabilizada, procura uma companhia mais harmônica, mesmo porque agora tem tempo para escolher, só que o tempo vai passando e nada do príncipe encantado aparecer, já que agora não existe mais a questão do encantamento e da impulsividade como antigamente, o corpo e a mente estão afinados a procura de um parceiro completo, que quase não existe no mercado. O Homem, bem, o homem nessa situação toda é um capítulo a parte e ainda precisa ser melhor estuado ao meu ver.

Envie seu Comentário