Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Vídeo: enóloga fala de erros e acertos na hora de degustar vinhos

03 de agosto de 2015 0
Foto Jonas Ramos

Foto Jonas Ramos

A enóloga e sommelier Janaína Massarotto, 26 anos, que também é a atual rainha da Fenavindima, de Flores da Cunha, dá dicas sobre degustação de vinhos neste vídeo.

Segundo ela, mulheres costumam aprender mais rápido e têm uma percepção melhor de cheiros e gostos “escondidos” na bebida do que os homens, por causa da sensibilidade. Um dos primeiros ensinamentos dela é experimentar: vinhos, sabores, cheiros, sem preconceitos.

– Quem não tem muita intimidade, pode começar com vinhos brancos, depois passar para um rosé e, mais tarde, para um tinto jovem – explica.

As semelhanças entre filosofia, literatura e moda

02 de agosto de 2015 1
Foto Luciana Zacarias, divulgação

Foto Luciana Zacarias, divulgação

Uma roupa não é apenas uma peça de tecido – ela revela uma série de aspectos de quem a usa, bem como quem a produz. Inspirado por relações familiares e pela vontade de relacionar filosofia e moda, o filósofo baiano Brunno Almeida Maia, 28 anos, pesquisa para encontrar semelhanças e intersecções entre a literatura e a moda, em relação ao processo de criação e investigação do pensamento.

– Minha avó era costureira, a mais famosa da cidade, aquela que atendia a mulher do prefeito. Percebi logo que costurar e narrar fazia parte da história das mulheres, elas falavam sobre sonhos, desejos, história de esperança… Com o declínio da costura, observa-se também o declínio da narrativa – pondera.

Para ele, literatura e moda têm em comum a capacidade de criar uma caligrafia dos gestos. Além disso, é possível fazer o corte epistemológico de um guarda-roupa.

Brunno explica que em alguns textos, como no romance Orlando, que Virgínia Woolf publicou em 1928, a roupa não aparece
para psicologizar a personagem – ela é protagonista:

– Desde os mitos gregos, passando pelo início da filosofia com Platão, até as escritoras contemporâneas, como Clarice Lispector, contar uma história, seja ela no corpo (roupa) ou na escritura, está ligado historicamente a uma questão de gênero.

Em tempos de fast fashion e alto consumo, nem dá tempo de se criar uma relação afetiva com as roupas e, assim, elas se esvaziam de sentido.
– Como pode ser criada uma narrativa com uma peça? – provoca.

Para ele, ao se vestir, a pessoa faz uma escolha consciente, mediada pelas imagens – da novela ou da capa de revista.

– O desejo pela roupa é mediado pela imagem, e elas são todas parecidas. A gente brinca que, se não estiver de relógio, pode perguntar à moda: que horas são agora? – diz.

O homem e a moda: 100 anos de estilo em 3 minutos

24 de julho de 2015 0
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

De 1925 aos dias de hoje, do elegante homem de casaco e chapéu ao descolado hipster. Esse vídeo é muito divertido e mostra a transformação do estilo masculino ao longo de um século.

Como é o pênis perfeito, segundo a Ciência

23 de julho de 2015 0
Foto: The Big Penis Book, de Dian Hanson (Ed. Taschen)

Foto: The Big Penis Book, de Dian Hanson (Ed. Taschen)

Existe uma aparência ideal para o pênis? Pesquisadores da Universidade de Munique dizem que sim.

Depois de entrevistarem 105 mulheres, com idades entre 16 e 45 anos, descobriram que “a aparência estética em geral” é o que as mulheres consideram mais importante. Depois, os pelos pubianos, o estado da pele e a circunferência — entre oito quesitos eleitos.

E ao contrário das preocupações masculinas, o tamanho só apareceu em sexto lugar na pesquisa. Menos importante ainda é a posição e formato da saída da uretra — o estudo foi realizado para saber como as mulheres percebiam homens que têm malformação na saída da uretra, porque eles costumam considerar essa aparência anormal.

Outro apontamento dos cientistas relativiza as preferências. Segundo eles, isoladamente, nenhuma das características estudadas é fundamental para que um pênis seja considerado atraente. Aliás, o pênis, por si só, tem bem menos importância do que o homem que o carrega, não?

Um ensaio sensual com veteranos de guerra amputados (e gatos!)

22 de julho de 2015 1
Foto: Michael Strokes, divulgação

Foto: Michael Stokes, divulgação

A história começou com Alex Minsky, ex-fuzileiro naval que passou 17 meses no hospital depois de ser atingido por uma bomba no Afeganistão. Quando saiu de lá, viu-se deprimido, desempregado e sem uma perna. Passado um tempo, resolver voltar a malhar e foi convidado por um fotógrafo a fazer um ensaio, que fez o maior sucesso na internet.

Foto: Michael Strokes, divulgação

Foto: Michael Stokes, divulgação

Essa atitude chamou atenção para os veteranos de guerra amputados, e o fotógrafo Michael Stokes reuniu uma série deles para um ensaio sensual, que deve virar livro:  Always Loyal (ou Sempre Leal, em tradução livre). São 14 ex-combatentes, que perderam um ou mais membros durante a guerra – e Stokes foi um dos primeiros a fotografar Minsky.

— Não estou devolvendo a autoconfiança deles, eles já têm — explicou Stokes.

Foto: Michael Strokes, divulgação

Foto: Michael Stokes, divulgação

Vídeo: aprenda a fazer um olho preto esfumado

20 de julho de 2015 4
Foto: Porthus Junior

Foto: Porthus Junior

O universo da beleza faz parte do cotidiano das irmãs Carolina Martyl de Borba Rocha (de preto) e Gabriela Martyl de Borba há anos – Gabriela tem uma estética em Farroupilha, Carolina trabalha com ela.

Segundo as gêmeas, a dúvida mais recorrente das mulheres – e, consequentemente, o maior sonho de consumo –, no que diz respeito à maquiagem, é como fazer um olho preto esfumado.

Como fazer o amor durar, segundo as crianças

18 de julho de 2015 0
Foto: Stockphotos, divulgação

Foto: Stockphotos, divulgação

Essa publicação perguntou para crianças com idades entre cinco e 10 anos quais eram as impressões delas sobre amor e casamento. As respostas são muito (mas muito!) fofas.

Entre as dicas para fazer um amor durar, apareceram “Não esqueça o nome de sua esposa… Isso vai atrapalhar o amor”. (Erin,oito anos) e “Não diga que você ama alguém e, em seguida, mude de ideia… O amor não é como escolher qual filme você quer assistir.” (Dave, oito).

É melhor ser solteiro ou casado?

“É melhor para as meninas ser solteiras, mas não para os meninos. Os meninos precisam de alguém para limpá-los!”. (Anita, nove)

“Me dá dor de cabeça pensar sobre essa coisa. Sou apenas uma criança. Eu não preciso desse tipo de problema”. (Will, sete)

Por que o amor acontece?

“Ninguém sabe ao certo por que isso acontece, mas ouvi dizer que tem algo a ver com cheiro… É por isso que perfume e desodorante são tão populares.” (Mae, nove)

Quando é certo beijar alguém?

“Quando eles são ricos”. (Pam, sete)

“Nunca é ok beijar um garoto. Eles sempre babam em você. Foi por isso que parei de fazer isso”. (Tammy, 10)

“Se for sua mãe, pode beijá-la qualquer hora. Mas se for uma nova pessoa, você precisa pedir permissão”. (Roger, seis)

O que é exatamente o casamento?

“É quando você fica com uma garota e não devolve mais ela para os seus pais!” (Eric, seis)

E o amor em si?

“O amor vai encontrar você, mesmo que você tente se esconder dele. Eu tento me esconder desde que eu tenho cinco anos, mas as meninas continuam me encontrando.” (Dave, oito)

A versão tatuada de Davi, de Michelangelo

17 de julho de 2015 0
Foto: Claudio Giovannini/AFP

Foto: Claudio Giovannini/AFP

Amei essa versão do Davi, de Michelangelo, todo tatuado. Logicamente não se trata da estátua original, aquela esculpida em mármore de Carrara no século 16 e instalada na Galleria dell’Accademia, em Florença.

O Davi tatuado é uma cópia e está em exposição no mercado San Lorenzo, também em Florença, como parte da Semana Michelangiolesca (celebrada de terça a domingo).

 

Foto: Claudio Giovannini/AFP

Foto: Claudio Giovannini/AFP

O evento incluiu uma série de ações para lembrar o gênio italiano, como mostras, cursos e shows. Na Piazza della Signoria, ponto central da cidade, foi colocado um bloco de mármore de 40 toneladas, exatamente do mesmo tamanho que o artista usou para esculpir uma das obras-primas.

Incrível a ideia de celebrar a arte nas ruas, para conectar o passado e o presente.

Foto: Claudio Giovannini/AFP

Foto: Claudio Giovannini/AFP

Brasileiras são campeãs de acessos a conteúdo pornô na web

13 de julho de 2015 0
StockPhotos, divulgação

StockPhotos, divulgação

É bem provável que você conheça um monte de mulheres que acessa material pornográfico na internet e, por isso, nem vá se surpreender com esse dado. Mas, como acho que essa relação nem sempre é tão explícita (perdão pela tentativa de comparação) e, por isso, fiquei curiosa: as brasileiras são as que mais acessam o maior portal de filmes pornô da web, o Porn Hub.

Uma pesquisa realizada pelo próprio site aponta que a audiência feminina costuma ser, em média, de 22% mas, no Brasil, sobe a 29%. Não se sabe o porquê.

Interessante é que, no ranking geral, o país ocupa a 9ª posição de acessos no Porn Hub, sendo os Estados Unidos o primeiro – mas lá apenas 15% são mulheres.

Mulheres estão mais entediadas do que homens nos relacionamentos

08 de julho de 2015 2
Foto: Stockxchng, divulgação

Foto: Stockxchng, divulgação

Mulheres estão mais interessadas em sexo e têm cada vez mais noção do seu poder. E, talvez por isso, estejam mais entediadas do que os homens em relacionamentos fixos.

Pesquisa realizada pelo site Good in Bed, com 3.341 pessoas (1.418 homens e 1.923 mulheres comprometidos) descobriu também que mulheres estão mais dispostas a experimentos sexuais do que os homens.

O motivo apontado para a sensação de tédio é, para 43,7%, a frequência de relações sexuais com o partners. Frequência baixa, diga-se de passagem.