Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Ah"

Dá pra ser feliz sozinha depois dos 30?

05 de agosto de 2014 6

Stock.xchng, divulgação

Embora eu ache que dê para ser feliz em qualquer idade e condição (suuuper otimista, claro), tenho observado uma série de amigas solteiras que, volta e meia, aparecem com essa dúvida.

E há um padrão nelas: são bonitas, independentes, têm sucesso profissional, viajam, se divertem e sabem como curtir a vida. Paralelamente, experimentam amores efêmeros em sequência e comprovam a fragilidade dos laços citada por Bauman. E, como diz Xico Sá, “a única vacina para um amor perdido é um novo amor achado”. Elas tentam e tentam, mas são menos tolerantes aos defeitos dos pretendentes e percebem que não precisam ficar com ninguém por conveniência. Frequentam a ‘prateleira amorosa’ do Tinder, marcam e desmarcam encontros, não recusam sexo e aprenderam a dizer não muito rápido.

Só que, às vezes, toda essa segurança vai por água abaixo e elas sentem falta de um colo, da cumplicidade, de alguém para dividir e potencializar o sentido da vida. Sabe aquela sensação boa que um encontro com amigos nos proporciona? É isso, só que de mãos dadas, passeando para ver o pôr do sol.

Isso sem falar na expectativa dos outros, de que a vida deve ser vivida a dois. Por mais bem-sucedida e faceira que a mulher esteja, sempre alguém olha com desconfiança e questiona sobre a falta de um par. Bobagem, né?

Que é bom demais ter alguém ao lado é, mas também é legal desfrutar da liberdade. O ideal é que exista um equilíbrio, que não se perca a esperança nem a joie de vivre porque, quando menos se espera, alguma surpresa aparece e pode mudar a vida em segundos. Só não dá para parar de observar os encantos do dia a dia, sozinha ou acompanhada, pois são esses pequenos momentos que, somados, tornam a vida mais leve e feliz. Dividir isso tudo é consequência…

Necessariamente, não precisamos encontrar “nossa metade”. Afinal, somos inteiros.

Cristiano Ronaldo lança nova coleção de cuecas

04 de agosto de 2014 0

Instagram, reprodução

Se você é daquelas que torce o nariz pro gostosão português, é melhor parar a leitura por aqui.

Caso contrário, já deve estar sabendo que Cristiano Ronaldo desfilou (jogou, ok…) um novo corte de cabelo, com fios mais douradinhos, no amistoso entre o Manchester United e o Real Madrid no final de semana e que (u-hu) lançou uma nova linha de cucas da própria grife. A empolgação não é para o design das peças, mas para o shape do modelo. A maioria das cuecas é até um pouco extravagante, dá para conferir aqui.

O jogador disse que ter a própria linha de underwear é “a realização de um sonho” e que uma cueca precisa ser estilosa, confortável e de boa qualidade.

Olhando para a imagem, nem dá para discordar!

 

Atletas gatos de remo posam sem roupa (de novo!) contra a homofobia

31 de julho de 2014 0

Warwick Rowers, divulgação

Qualquer ação que pregue a igualdade entre os seres já tem seu valor, mas essa ganha um atrativo a mais. Atletas britânicos do Warwick Rowers preparam, pela sexta vez consecutiva, um calendário temático e sexy.

Lançado pela primeira vez em 2009, a folhinha de 2015 surge com a promessa de ser a “mais quente de todas”. Os esportistas foram fotografados nus, para protestar contra o preconceito aos gays, especialmente nos esportes.

Quem quiser entrar na campanha e adquirir o calendário, deve acessar o site.

Bela (!!!) iniciativa.

Johnny Depp não usa cuecas

09 de julho de 2013 0

Foto: Rolling Stone, reprodução

Ele praticamente não enxerga com o olho esquerdo, lê quatro ou cinco livros simultaneamente e anda com o passaporte no bolso o tempo todo. Ah, e ao confirmar que nunca usa cuecas, fica levemente ruborizado.

Não faço ideia se andar sem cuecas é uma boa ou é desconfortável (alguém aí me conta?), mas, mesmo em se tratando de Johnny Depp, cinquentão muso deste blog, parece informação demais, não?

Só agora li a entrevista que ele concedeu à Rolling Stone norte-americana, falando sobre o divórcio doloroso, o trabalho e a vontade de sair de cena em breve.

— Todos os dias penso sobre minha aposentadoria — contou.

Johnny Depp virou cinquentão!

09 de junho de 2013 0

Foto: Editora Universo dos Livros, divulgação

Muso absoluto do blog, Johnny Depp completa 50 anos neste domingo. Decidi, então, reunir alguns depoimentos que mulheres famosas já deram sobre ele para explicar por que o ator é tão fascinante.

— Adorável, adorável, adorável, adorável. Ele é muito legal. É um cara lindo. Colírio para os olhos —  Keira Knightley, na People em 2003.

— Ele é ainda mais lindo do que você pensa. Por dentro, também. O exterior não é algo que eu queira esquecer, mas o que está dentro é que conta — Vanessa Paradis, ex-mulher, ao Daily Mail em 2000.

— Johnny Depp tem poderes mágicos. Todos gostam dele. Ele é divertido, generoso e esperto — Isla Fisher, na People em 2009.

— Ele é um cara ótimo. Todas as minhas amigas ficam com muito ciúme quando eu disse a elas que iria trabalhar com Johnny Depp. Elas disseram ‘ele é tão fofo, tão lindo..’. E eu: ‘sim, mas ele é apenas um ator legal’ — Chloë Moretz, no talk-show David Letterman em 2012.

— Uma das coisas que mais surpreendeu foi a humildade dele. Ele é tão gentil com todos, e tão doce, e tem uma mente brilhante. Realmente inteligente, muito rápido. Ele é engraçado, tem um coração muito grande. É  um ser humano muito especial — Penélope Cruz,  em OntheRedCarpet.com em 2011.

Decotes caprichados isentam entrada em boate. Vale a pena?

25 de março de 2013 3
Foto: Casino Rooms, reprodução

Nem é preciso muito esforço pra puxar da memória e lembrar de alguns looks da mulherada na noite. Decotes generosos aparecem com frequência, pelo menos no Brasil. Por isso, acho que a onda aqui não funcionaria, mas…

Na cidade inglesa de Rochester, a boate Casino Rooms, queridinha dos universitários, está fazendo uma promoção durante três noites em abril: quem for com decotão, não paga a entrada. O cartaz acima, destaca: não é questão de tamanho, mas de apresentação.

A repercussão tem sido péssima com o público feminino. As garotas dizem-se constrangidas com a proposta e muitas estão fazendo uma espécie de boicote à ideia.

Não tem gente que vai nu pra fila de loja europeia em dia de promoção? Achei meio exagerada essa indignação.

Johnny Depp é o mais novo membro da tribo Comanche

24 de maio de 2012 1

Foto: Disney, divulgação

Muso absoluto do blog, Johnny Depp acaba de ser agraciado com o título de membro honorário da tribo Nação Comanche. Ganhou até um novo nome: Mah Woo May (aquele que muda de forma). Em breve, o ator estará nas telonas interpretando o índio da foto acima, no longa O Cavaleiro Solitário.

O mais interessante na história é que a (espertinha!!!) LaDonna Harris, presidente e fundadora da organização Americas for Indian Opportunity, soube que Johnny acreditava ter origem indígena norte-americana por parte de uma tataravó.

O que ela fez, então? O óbvio: resolveu adotá-lo!!! A “cerimônia” foi realizada no dia 16 de maio, no Novo México.

Fiquei com vontade.

Johnny Depp está em busca de novos talentos. Quem se habilita?

22 de junho de 2010 0

 

Sim! Johnny Depp vai lançar um selo musical, o Unison Music. O foco dele será revelar novos talentos do showbizz.

O ator até já enviou um grupo de pessoas a Londres, pra encontrar promessas da música na cidade.

Johnny é roqueiro e, quando era mais jovem, participou de várias bandas.

Alguém aí ficou a fim de ensaiar alguma coisa e apresentar pra ele?