Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O que Pelé dizia de Airton Ferreira da Silva

03 de April de 2012 79


Coube a mim a tarefa, involuntária, de dar a notícia da morte de Airton Ferreira da Silva (o sexto em pé, da esquerda para a direita) ao seu grande companheiro de Grêmio e amigo eterno, Alcido Marta de Freitas, o Bugre Xucro.

Telefonei assim que soube da morte de um dos maiores nomes do futebol gaúcho e brasileiro, em busca de um depoimento sobre a perda irreparável de um gigante.

E Alcindo me contou, emocionado, uma história linda e absolutamente emblemática para que qualquer pessoa, de 0 a 100 anos, saiba com exatidão quem foi Aírton Pavilhão. Com a palavra, Alcindo, o centroavante que saiu do Grêmio e foi para o Santos a pedido de Pelé, em 1971:

_ Quando cheguei no Santos, claro, eu falava muito com o Pelé. Ele tinha sido importante para a minha contratação. Numa dessas conversas, o Pelé quis saber sobre o Aírton. Me falou sobre aquele queixudo grande e elegante, que marcava sem fazer falta.

O Pelé me disse que tinha jogado contra ele sem que fosse tocado uma vez sequer. Sem uma falta, nada. E, mesmo assim, o Pelé me garantiu que era quase impossível driblá-lo.

Impossível não podia ser, porque Pelé é Pelé. Mas o Pelé se encantou com o Aírton. Dizia, impressionado: “Aquela cara me marcou sem fazer falta! Sem nem me tocar. E me marcou, realmente me marcou”.

Para mim, o Aírton era o melhor zagueiro do mundo. Eu sou centroavante, joguei com ele, treinei com ele centenas de vezes e digo: era o melhor zagueiro do mundo. Meu testemunho é esse. Eu ouvi o que te conto agora da boca de Pelé, simplesmente do Pelé.

Poderia existir um depoimento mais espetacular do que este sobre Airton Ferreira da Silva?

Siga no twitter

Bookmark and Share

Comentários (79)

  • César Augusto Hoerlle diz: 3 de April de 2012

    Morreu um craque, uma lenda. Mas cá entre nós, tem mto perna d pau vivo.

  • JUNIOR (Passo Fundo) diz: 3 de April de 2012

    MUITO LEGAIS ESSAS HISTÓRIAS!

    ESSE CARA DEVIA JOGAR MUITO MESMO!!

    PARABÉNS PELO RELATO

  • Agostinho diz: 3 de April de 2012

    Faça uma entrevista com o próprio Pelé, Olivier!

  • joão joaquim krischker diz: 3 de April de 2012

    Tive o prazer de ver o Ayrton jogar por diversas vezes, foi sem sombra de duvidas o MAIOR ZAGUEIRO que vi jogar, não vi outro igual.

  • Eduardo diz: 3 de April de 2012

    O incrível é que Airton, com toda a bola que jogava, nunca foi convocado para jogar pela seleção brasileira.
    Como colorado, sinto que o futebol gaúcho perdeu uma figura impar da sua história.

  • Luiz Paulo – Londrina diz: 3 de April de 2012

    A HORA É AGORA PARA ENTREVISTAR PELÉ E PERGUNTAR A ELE SOBRE ESTES COMENTÁRIOS.

  • Airton de Moura diz: 3 de April de 2012

    Tenho meu nome graças a ele. Foi com grande pesar que li a noticia, apesar de saber do seu estado de saúde . Nunca o ví jogar, mas pelos comentários de quem o viu jogar, foi o maior zagueiro da história do Grêmio.
    Que Deus o recolha e dê a ele o lugar que merece no céu…

  • andre diz: 3 de April de 2012

    A direção e a assessoria de imprensa do GRÊMIO levaram mais de 2 horas para atualizarem o site oficial do clube com esta triste informação…estou indignado com o desrespeito do Odone e seus comandados… O Airton fez muito mais pelo meu tricolor do que estes políticos travestidos de dirigentes.
    Espero que o torcedor não esqueça na próxima eleição para deputado assim como esqueceram do airton na direção do GRÊMIO.

    SiNCERAMENTE, ESTOU REVOLTADO

  • JOSÉ LUIZ diz: 3 de April de 2012

    Emocionante… o time do Céu, agora tem o melhor zagueiro da Terra… Vá em paz e que os anjos lhe recepcionem com louros.

  • Daniel Stoler diz: 3 de April de 2012

    Emocionante Diogo, obrigado por compartilhar este relato. Em tempos que nosso tricolor está tão carente de zagueiros, queria eu ter visto alguém assim jogar (levando em conta o relato do Rei Pelé).
    Abraços

  • PRA diz: 3 de April de 2012

    Morreu um craque, um homem, um dos melhores zagueiros de todos os tempos. Sentimentos e Saudades de toda torcida tricolor!!! Mais uma estrela gremista no céu.

  • João ( Ctba ) diz: 3 de April de 2012

    Grande Airton, vai com Deus e que la de cima tu encarne num zagueiro que o Grêmio precisa e atualmente não tem. Deixara saudades a todos os Gremistas, assim como você.

  • Eduardo monkey diz: 3 de April de 2012

    E pensar que o Flávio obino comparou o Airton Pavilhão com o Balói no jogo de estréia deste (é… aquele mesmo, zageuiro da poderosa seleção de Honduras).

  • Carlito Horst diz: 3 de April de 2012

    Airton

    Maior exemplo de zagueiro que vi jogar. Jogar sem fazer falta, não é para qualquer um. No futebol de hoje isso não existe o que é lamentável. Ele tinha uma categoria impressionante.

  • Carlos Augusto A. ramos diz: 3 de April de 2012

    Sou colorado de quatro costados, mas confesso que estou consternado pela perda do grande Airton Pavilhão, a quem nunca vi jogar, mas que sei do grande craque que era. não só o tricolor, mas o RS perde um de seus maiores patrimônios esportivos. ele foi um craque, um ídolo, e de agora em diante será uma lenda e uma lenda não morre jamais. Valeu Pavilhão !!!!!

  • Jason diz: 3 de April de 2012

    Diogo, este que pediu pra ti fazer uma entrevista com o próprio Pelé só pode ser um colorado magoado, que tem como referência em zagueiros o pobre coitado do Bolívar…
    Parabéns pelo material, Olivier, muito bom trabalho! Bom saber que o bom e velho Pavilhão era admirado até mesmo pelo Rei!

    Abraços!

  • André Severino diz: 3 de April de 2012

    Sou colorado, mas tenho certeza de que o treinador do time do céu deve estar muito feliz, pois pode contar agora com o melhor zagueiro que já passou pelo futebol gaúcho!
    E olha que, só no Inter, tivemos Figueroa e Gamarra,
    Vá com Deus, Pavilhão, que seja acolhido nos braços de Deus!

  • André Rubim diz: 3 de April de 2012

    É uma perda irreparável. Eu tive o prazer de ver o Airton jogando, e acredito que o único zagueiro que se igualava a ele, no Brasil, era Calveti. Aliás, a título informativo a um colorado que se manifestou, o Airton foi convocado para seleção brasileira e só não se tornou titular, porque era concorrente de outros craques. Na verdade, ele foi dispensado por ter o hábito de lançar a bola de calcanhar da lateral do campo para o goleiro e também, conforme alguns jornalistas da época, pelo fato de ter se atrevido durante um treino a dar um balaozinho no Pelé. Certamente ele estará na seleção do céu.

  • Eduardo diz: 3 de April de 2012

    Esta notícia consegue ser ainda mais triste do que os zagueiros atuais do tricolor. Nenhum amarra uma chuteira do Pavilhão!!!

  • Colorado diz: 3 de April de 2012

    É LASTIMAVEL A PERDA DE UM GRANDE JOGADOR DO RIO GRANDE DO SUL.
    GANHAMOS MUITAS PARTIDAS NA ÉPOCA EM QUE ELE JOGAVA, MAS CONFESSO QUE ÉRA DIFICIL.

  • Roberto diz: 3 de April de 2012

    Oi Diogo. O jogador a que você se refere na foto é o Amarildo. O Airton não fazia parte desta seleção.

  • COLORADO diz: 3 de April de 2012

    MINHAS CONDOLÊNCIAS A FAMILIA DO “PAVILHÃO” QUE COM CERTEZA TERÁ UM LUGAR NA SELEÇÃO, NO CÉU.

  • Airton diz: 3 de April de 2012

    Meu Pai me deu este nome em homenagem ao maior zagueiro que ele viu jogar.
    No lançamento do livro “Historias dos Grenais” conheci o Sr. Airton, ao informa-lo que o meu nome era em sua homenagem, ele me respondeu que naquele encontro ja havia conversado com mais cinco “Airtons” como eu. Nunca o vi jogar, mas pela idolatria de meu Pai, aredito que deveria jogar muito bola este meu tocaio.

  • Jairo diz: 3 de April de 2012

    Está na hora de as lideranças do Gremio acordarem e voltarem a fazer do clube aquilo que ele sempre foi, um time para o qual a gente tinha orgulho em torcer. Quando lembro de jogadores como o Airton, o Ortunho, Alcindo, Juarez, Gessi, Milton, dentre tantos outros, sinto um certo desânimo, uma vez que hoje a maioria dos dirigentes estão preocupados com a sua aura, dividindo-se em 12 ou 13 correntes política, vinculadas à partidária, inclusive. Ficando o exemplo dessas lendas relegado a um terceiro plano. O que vale é a imagem de cada um deles. Vá com Deus, Airton. Encanta lá em cima como bem o fizeste aqui em baixo. Vais deixar saudades.

  • Leonardo diz: 3 de April de 2012

    Agora nossa seleção gaucha tem um grande Zagueiro, acho que a dupla grenal e não só isso o Brasil deveria realmente dar mais valor pra quem fez a história do futebol e de qualquer esporte, prestem mais homenagens a quem merece e não muitos pernas de pau que tem jogando por ai!!

  • CLITÓRIO BOTEGA diz: 3 de April de 2012

    DIGAMOS QUE “MESMO COM A IDADE QUE TINHA, CAIRIA COMO UMA LUVA NA DEFESA DO MEU GREMIO”, TÁ FEIA A COSA.

  • Jorge da Silva Abarno diz: 3 de April de 2012

    Airton foi o melhor zagueiro que vi atuar; era perfeito. Na época que atuou eu era jovem e estava sempre com o Grêmio onde o Grêmio estivesse. Tive o privilégio de acompanhar a carreira desse insuperável profissional. É uma lástima sua perda.

  • Adilson Minossi (Florianópolis) diz: 3 de April de 2012

    Vi o Airton jogar. Meu pai jogava no RENNER mas era gremista doente, assim como minha mãe. O Airton nao fez sucesso em seleções porque naquela época os grandes craques gaúchos (não só de Grêmio e Inter) mas de outros clubes nem era conhecidos em Rio e São Paulo. Minas também era ignorada pelos cartolas e técnicos da época.
    Agora, como são as coisas, um magistral jogador desses nem na diretoria do Grêmio foi utilizado e vemos um baita perna-de-pau como foi o Felipão se consagrar e ficar milionário como técnico. Aliás, nunca achei Felipão um bom técnico. Foi apenas um sortudo que deu certo….e endeusado por comentaristas puxa-saco…

  • giovani rodrigues diz: 3 de April de 2012

    o cara tinha admiração até de colorados isto só prova que além de de jogar muito deviaria ter um grande carater,vá com deus pavilhão é isso ai gente adversarios sim inimigos jamais.

  • Otacílio Franco de Castro diz: 3 de April de 2012

    Sou colorado, tivemos grandes zagueiros como Florindo, Figueroa, Gamarra, etc, mas, nenhum deles se compara com o impressionante Airton Pavilhão, a quem tive a honra e o privilégio de vê-lo jogar por várias vezes; os gremistas perdem aquele que foi, na minha ótica, o maior zagueiro do Brasil e quiçá do mundo, em todos os tempos. Nesse momento de consternação para a família tricolor, queiram aceitar meus sentimentos, por tão grande perda. Abração de um colorado que sabe reconhecer o valor de um atleta do co-irmão.

  • Marcelo Dorneles Coelho diz: 3 de April de 2012

    Grande colega de Universidade, Diogo. Há mais de 15 anos, entrevistei Airton Ferreira da Silva. Passado todo este tempo, longe da imprensa esportiva, lembro de algo interessante que ele defendia, e continuou professando, até o fim da vida. Ao contrário de boa parte da velha guarda gremista, dizia que a equipe dos anos 60 (na série dos 12 sobre 13 campeonatos gaúchos, o tricolor teve quatro times diferentes, a rigor) era superior à mais lembrada, montada por Osvaldo Rolla. Porque, segundo ele, era de maior técnica e habilidade, o que diz muito sobre o futebol que jogou e, naturalmente, apreciava. Uma grande perda para a História do esporte no Estado. Um atleta e ser humano admirado por gremistas e por colorados, entre os quais me incluo, sendo que muitos só puderam vê-lo em ação nas pouquíssimas imagens que sobraram de jogos antigos. Por uma ironia triste, parte no mesmo dia de nascimento de Claudiomiro, para muitos o melhor centroavante que vestiu a camisa do Internacional.

  • Mauricio Ortiz diz: 3 de April de 2012

    Eu tenho o Livro da historia do GRANDE Airton Pavilhao… Sou novo, tenho apenas 29 anos, nao cheguei ve-lo jogar, porem apos ler o livro, acabei me tornando fã do mesmo… No livro Pelé dizia que ele alem de não fazer faltas, ainda roubava-lhe a bola, leva até a própria intermediaria e fazia um toque único e marcante… Ele tocava a bola DE LETRA para o goleiro, sem nunca errar… tinha mais categoria que qualquer “craque” de hoje em dia… GRANDE AIRTON… vai com Deus!!! a torcida tricolor perdeu um grande ídolo… abraço Diogo!

  • Marcelo Costa dos Santos diz: 3 de April de 2012

    Pela primeira vez vejo uma unanimidade entre gremistas e colorados, salvo um ou outro corneteiro de plantão. Que sirva de exemplo e que se alastre de hoje em diante. Relatos de colorados falando bem do Airton,mesmo os que nunca o viram jogar (eu sou gremista e nunca vi), mostram que ainda temos esperanças de dias melhores entre as torcidas. Que seja este o último legado do nosso estimado Pavilhão. Que Deus o receba bem.

  • jose luiz paim diz: 3 de April de 2012

    eu vi ele jogar nunca esquecerei,para mim foi o maior idolo do gremio de todos os tempos.

  • Paulo Simon diz: 3 de April de 2012

    Eu era muito menino,mas lembro bem;Ele veio com o Tricolor “aCarazinho:Arlindo,Altemir,Paulo Souza,Airton e Ortunho,Cleo e Sergio Lopes,Babá,Joãozinho,Alcindo e Vieira.Este time dava gosto de ver jogar.Abraços a todos.

  • Jota diz: 3 de April de 2012

    Caro Jason, tive o privilégio de assistir o Airton jogar algumas vezes. Um exelente zagueiro. Categoria, firmeza na marcação sem cometer faltas e um eximio marcador
    em bolas altas. Emfim, um zagueiro para qualquer grande time do mundo. Agora a desmerecer Bolívar ( multi campeão, inclusive ndial) e a zaga do Inter. Ah falando em zaga do Inter quero lembrar esta mesma zaga que desdenhas, talves até por falta de informação, já teve um nº3 que foi 3 vezes escalado como seleçao da FIFA e a indicação não era de nossa imprensa local e sim da imprensa mundial ( 70 74 e 78 ).
    Para te avivar mais ainda a memória, seu país ( Chile ), não passou nenhuma das vezes
    das oitavas de final. Se ainda posso colaborar com tua memória,dizendo o nome dele talves lembres: Dom Ricardo Elias Figueroa Brander.
    Quanto ao Airton, Deus me deu o privilégio de ver jogar, sem dúvida, um dos maiores
    zagueiros. Que este mesmo Deus o receba nos seus domínios. Nós aqui ficamos com sua história, sua legenda.
    Um abraço Jason.

  • jose luiz paim diz: 3 de April de 2012

    claro que e o airton na foto o ultimo ao lado do gilmar,valia a pena ver jogar.

  • Constantin diz: 3 de April de 2012

    Este eu vi jogar muitas vezes.
    Era insuperável.
    Depois de desarmar os adversários sem fazer faltas, saia jogando com elegancia.
    GRANDE AIRTON !

  • Marco Antônio diz: 3 de April de 2012

    Confirmo o comentário que se refere ao dispensa do PAVILHÃO da seleção:
    (balãozinho no Pelé).

    Corrijo o lance delevar o marcador para a bandeirinha de escanteio e atrazar de
    “calcanha”. Era de “charles” – e isto aconteceu com o Pelé em um Grêmio e San
    tos no Olímpico. Êste jôgo assisti da “graminha” pois a geral ainda não estava
    completa, era na verdade uma ferradura unida pela “garaminha”.

    O PAVILHÃO FOI E SERÁ SEMPRE O MELHOR ZAGUEIRO QUE JÁ ATUO NO FUTEBOL
    BRASILEIRO (a mídia na época não tinha o alcance que tem hoje muito menos a
    rapidez de hoje ).

  • DANIEL ALVEZ diz: 3 de April de 2012

    O AIRTON QUE VÁ COM DEUS, E NÃO PRECISAMOS ESMOLA DE COLORADO NESSES COMENTÁRIOS!!! E SEI QUE ELE NÃO IRIA QUERER TBM!!! GRÊMIO FOOTBALL PORTO ALEGRENSE 15 DE SETEMBRO DE 1903. ESSE MOMENTO É GREMISTA E DE MAIS NINGUÉM..

  • THAIS GAUDÉRIA diz: 3 de April de 2012

    Isso aí Marcelo! Paz nos estádios! Falar é fácil, e pensar bem antes de agir É O Q ESTÁ FALTANDO PARA MUITOS.
    Infelizmente nunca vi o Airton jogar, mas queria muito ele no time AGORA!
    No time do céu ele vai jogar certo…
    Saudações tricolores.

  • Eduardo diz: 3 de April de 2012

    A imprensa gremista delira, na falta de títulos pelo Grêmio, na exaltação do zagueiro Airton Ferreira da Silva. Nada mais do que um zagueiro comum, desconhecido além dos limites de Marcelino Ramos, e que jamais ganhou coisa alguma. Ao tempo da extinta Taça Brasil, ele e sua equipe (treinada pelo Foguinho), somente superavam o Metropol de Criciúma e o Coritiba, sendo que este na moedinha (sorteio após 3 empates, sendo que duas das partidas realizadas no Olímpico). Invariavelmente eram derrotados na fase em que se deparavam com equipes de São Paulo e Rio de Janeiro. E até de Minas Gerais. Lembro bem do jogo contra o Fluminense, nas Laranjeiras, em 1960, quando levaram 4×2 do time treinado por Zezé Moreira, quando o centroavante Valdo deitou e rolou em cima do Airton. Ou ainda pela mesma competição em 1961, quando em pleno Olímpico levaram 3×0 do Palmeiras, ocasião em que o Chinesinho, ex-jogador do Inter humilhou o folcrórico Airton Ferreira da Silva, dando-lhe um drible em um dos gols que o fez cair sentado e por cima dos fotógrafos que estavam atrás do gol. Foi convocado para a Copa do Mundo de 1962, no Chile, e cortado pelo treinador Aimoré Moreira após os treinamentos. Foi, ainda, emprestado ao Santos no ano de 1960, e devolvido por deficiência técnica, o que torna inverossímil a versão do Alcindo Martha de Freitas. Encerrou a carreira de forma melancólica num Gre-Nal em 1968, disputado no Estádio Olímpico, quando no 2º gol do Inter, que ganhou de 2×0, levou um balãozinho do Bráulio, o Garoto de Ouro. Disputava-se, então, o equivalente ao que hoje é representado pelo Campeonato Brasileiro. Foi reserva do Florindo, o Gigante de Ébano, no Panamericano de 1956, disputado e vencido pelo Brasil, na ocasião representado por uma Seleção Gaúcha, e cuja base era o time do Inter. Era invariavelmente humilhado por um centroavante que jogava no Pelotas e que se chamava Toquinho. Em síntese, esse o Airton que a imprensa gremista sempre buscou mitificar, e que por razões óbvias nada revela. Não atava uma chuteira do grande e inesquecível Figueroa, este, sim, o maior de todos, mais conhecido como o Capitão dos Andes, eleito 3 vezes como o maior zagueiro das Américas e escolhido, de forma unânime, como o grande zagueiro da Copa do Mundo de 1974, na Alemanha, jogando pela modesta Seleção do Chile. Façam uma pesquisa fora dos limites do Rio Grande do Sul, onde a imprensa gremista não apita, e poderão constatar que o grande Elias Ricardo Figueroa Brander é por todos conhecido, e que a maioria dirá que sequer ouviu falar de Airton Ferreira da Silva, que foi apenas um zagueiro regional.

  • Paulo L. Ramos diz: 3 de April de 2012

    Tive o prazer de ve-lo jogar. Minha primeira partida no Olimpico, foi contra o Floriano (hoje Novo Hamburgo).
    Dois lances fantásticos deste zagueiraço. Ao bater o tiro de meta nosso goleiro passou a bola para Airton que estava marcado pelo atacante, ele deu dois passos para dentro da area e segurou a bola com as mãos devolvedo ao goleiro. O time do Floriano todo pediu penalti, a bola ainda não estava em jogo.
    Outro lance, Airton acossado pelo atacante levou a bola para a bandeira de escanteio, deu as costas para o campo e de chaleira recuou a bola para o goleiro Arlindo.
    Abraços

  • álvaro diz: 3 de April de 2012

    Simplesmente virei gremista por causa do Airton. Só de ouvir os narradores relatarem o que ele fazia no campo me fez encantar-me pelo time de coração deste baita gremista e zagueirão. Saudades eterna do nosso Airton Pavilhão

  • CLOVIS MENA DUTRA diz: 3 de April de 2012

    O RS sempre teve essa dificuldade de ver seus craques na seleçao, sempre tivemos uma dominaçao cultural e economica de RIO e SP, vários jogadores nossos tiveram dificuldades com a seleçao, inclusive nos dias atuais, maior exemplo é o Fernando do
    gremio melhor volante do país, vfazer o que é assim mesmo.

  • Sérgio COLORADO diz: 3 de April de 2012

    Sair da vida para a história é triste, ficamos tristes nós também, mas com exemplos como este, podemos tornar o futebol do nosso RS mais Feliz e Respeitado.

  • Umberlei diz: 3 de April de 2012

    Aírton, eternamente Aírton.

    A elegância é privilégio de poucos. Aírton é um deles. Talvez Gamara chegue próximo ao Aírton. Mesmo nunca tê-lo visto jogar, mas meu Pai se emociona ao falar do Aírton.

    Tenho a certeza que ele será o titular na equipe de Deus, pelo caráter e pela humildade.

  • Paulo Floriani diz: 3 de April de 2012

    Tive o prazer de assitir algumas partidas do GRÊMIO com o Pavilhão. Considero-me um cara muito feliz, meus olhos assistiram partidas do maior zagueiro do mundo. Não dá para esqueçer. Deus que o tenha do seu lado. Descanse em PAZ Airton Pavilhão.

  • Fabio Juliano diz: 3 de April de 2012

    Hoje simplesmente um dia triste para todos nós membros da NAÇÃO GREMISTA, Airton o maior zagueiro tricolor de todos os tempos…..está agora na seleção do Céu. Que sejas agraciado por Deus, Pavilhão….parabéns aos amigos colorados que acima de torcedores, são apaixonados por futebol e que souberam através de comentários brilhantes reconhecer a magia e a grandeza de um ícone do futebol gaúcho, realmente senti muito orgulho de ter nascido neste estado, onde a educação, o respeito e a cordialidade estão acima da paixão clubística. Que este momento sirva de exemplo para todos nós torcedores…..vá com Deus AIRTON………..

  • Marcelo diz: 3 de April de 2012

    Ah, pois: Pelé – e inúmeros outros grandes atletas de futebol que viram Airton jogar – estão errados; e o comentarista colorado Eduardo está correto. Se não fosse um dia triste para o futebol gaúcho e brasileiro, dava até para rir de tamanha arrogância.

  • Pedro diz: 3 de April de 2012

    Como um imbecil de um cara como o Eduardo, gasta tanta linha com tanta baboseira!!!!

  • Milton Gomes diz: 3 de April de 2012

    Sou colorado e vi o Airton jogar, meninada de hoje, era brincadeira o que jogava de bola
    este cara, bom caráter, pessoa do bem.
    Que Deus o tenha.

  • Celso Ceschini diz: 3 de April de 2012

    Eduardo, mas tu é muito amargurado cara. Coitado, deve ter ficado a vida inteira fussando coisas para achar algo para desdenhar de uma unanimidade. Cara, tomara que um dia a tua família lembre de ti! Ainda bem que uma opinião besta como esta tua ninguém leva em conta. Tu deve ter problemas, cara. Só cuida pra não te matar, ou melhor, te mata! Ninguém vai notar!

  • Marco Colorado diz: 3 de April de 2012

    Simplesmente o Maior Jogador do Gremio de Todos os Tempos(tecnicamente).Exemplo de pessoa, dentro e fora do campo. Renato Gaúcho nunca chegaria ao seus pés, Renato era mais na força do que na técnica, já Airton perfeito tecnicamente, fantástico.Uma Lástima ter nos deixado.Descanse em Paz Airton !!!
    Penso que Airton não foi valorizado o quanto deveria pelo Marketing dos Segundinos.
    Lembro que Figueroa foi o Maior Zagueiro do Mundo – Copa 1974
    Lembro que Figueroa foi o Mario Zagueiro que atuou no RGS, sem dúvidas.

  • Luís Melo diz: 3 de April de 2012

    O caráter deste “Eduardo” é inversamente proporcional ao tamanho de sua raiva.

  • DILMÃO-CAMPEÃO DE TUDO diz: 3 de April de 2012

    Puxa, o que dizer da perda desse homem que todos testemunhos, tudo o que eu ouvia e lia desde criança, diziam ser o maior zagueiro gaúcho da história…um dos melhores de todos os tempos e ainda por cima (e antes de tudo ) um grande cidadão e amigo, dos companheiros e também dos adversários, um cavalheiro. Meus sentimentos ao co-irmão e família.

  • André Severino diz: 3 de April de 2012

    “Author: DANIEL ALVEZ
    Comment:
    O AIRTON QUE VÁ COM DEUS, E NÃO PRECISAMOS ESMOLA DE COLORADO NESSES COMENTÁRIOS!!! E SEI QUE ELE NÃO IRIA QUERER TBM!!! GRÊMIO FOOTBALL PORTO ALEGRENSE 15 DE SETEMBRO DE 1903. ESSE MOMENTO É GREMISTA E DE MAIS NINGUÉM..”
    Assim como este comentário infeliz, de um gremista recalcado e infeliz, pude ler cometários de alguns (poucos) colorados recalcados e infelizes! Meu Deus, porque tanta amargura, gente? O Alcindo foi, sim, um gigantesco jogador de futebol, e agora que partiu só merece respeito e homenagens! Quando chegará o dia em que, nós tão horgulhosos gaúchos, que nos auto proclamamos como o povo mais politizado do Brasil, conseguiremos parar com a celeuma de Chimangos e Maragatos, gremistas e colorados, e conseguiremos conviver como um só povo?
    Caraca, gente, esse ranço entre gremistas e colorados cansa, na verdade, enche o saco. Que monte de veneno é destilado de uma ou de outra mente doentia, seja gremista ou colorado, Pode algum gremista ou algum colorado me dizer, sem medo de mentir: vc não tem nenhum amigo, irmão, irmã, namorado ou namorada, pai ou mãe, que seja torcedor do outro time? Como vc trata essa pessoa, com desprezo e ironias, ou com respeito e cordialidade?
    Chega dessa palhaçada, Aírton éra sim um grande jogador, Florindo também foi um grande jogador, Tesourinha foi um craque e jogou nos dois times, Renato Gaúcho foi craque, Falcão foi craque,e daí, será que é necessário que essa gente de tão pobre espírito tenha que destilar seu podre veneno contra seu adversários?
    Por mim, basta!!!
    Sou colorado, e hoje, só tenho mais uma frase para dizer:
    VÁ COM DEUS, AÍRTON!!!!!!!

  • Marco diz: 3 de April de 2012

    O Roberto ( que fala acima) está com problemas de visão ,ou nunca viu o Airton.é o cara sim ; engano teu Roberto , ao confundí-lo com Calvetti
    É um momento de tristeza para todos aqueles que gostam ,e gostavam de futebol.
    Nesse momento não interessa se somos gremistas ( o sou ) ou colorado. A grandeza desse fenomenal jogador está acima dessas iniquitudes.Um granade abraço na família do Airton ,e minhas condolências. Marco teixeira

  • JapsWalrus diz: 3 de April de 2012

    Também sou colorado de carteirinha. Tive o previlégio de vê-lo jogar em uma respeitável defesa: Altemir, AÍRTON, Áureo e Ortunho. Este batia muito ao contrário de AÍRTON que era uma imponente presença física e técnica. Dar um drible nesse zagueiro era um acontecimento e ele ainda “humilhava” atacantes dentro da grande área. Esse aí e o Alcindo são as exceções gremistas que me permito elogiar, por escrito.

  • Gabriel Lauxen diz: 4 de April de 2012

    Eduardo,

    Escreveste um lindo texto a respeito do Airton. Me parece que és Gremista…
    Mas falando sério…por qual motivo as torcidas insistem em grenalizar tudo o que se escreve na mídia no Rio Grande do Sul?
    Eu não vi Airton jogar, não vi Figueroa…tenho 27 anos, e vi Mauro Galvão. Um homem de respeito, que jogou com muita vontade e qualidade nas duas equipes da dupla Grenal…
    Títulos não caracterizam a qualidade de ninguém. Pra mim, num time onde se tem Caçapava e Falcão na frente da área, até eu viro o melhor zagueiro do planeta…
    Alguns colorados falam que nós Gremistas somos arrogantes, que vivemos de passado…
    Todos não, mas tu és um desses colorados, não tenho dúvida disso.
    Se Pelé, que jogou contra os melhores dos melhores, disse que o homem era um grande zagueiro, talvez o melhor, como é que tu vais dizer que era ruim?

    Não tenho dúvidas de que o Figueroa deve ter sido um baita zagueiro…mas jogou em outra época, talvez até numa época mais difícil de jogar, porém, haviam câmeras, registros e tudo mais…

    A única coisa que me revolta é o coloradismo ou o gremismo imbecil, como o teu. O homem está morto, e ao que tudo indica, por informações do mais variado tipo de pessoas, inclusive colorados, bem menos arrogantes que tu, fará muita falta sim à história do futebol gaúcho.

    O Airton é sim um de nossos grandes ídolos, e MELHOR do que “Dom Elias Figueroa” não só dito pela imprensa Gremista, mas também pela imprensa colorada, e pelos colorados. Tu és um fanático dos mais abomináveis que já vi aqui por esses blogs da ZH. Abomino de verdade o desrespeito que tens pela pessoa do Airton.

    Acho até que esse tipo de comentário deveria ser exluído pelo Diogo, ou no mínimo comentado. Atitude de desrespeito com a imprensa, com a história e principalmente, com Airton Pavilhão.

    Deixo aqui minha indignação com a grenalização horrenda do futebol gaúcho, criada por Gremistas e Colorados idiotas, que enquanto fazem isso, vêem o centro do país se unir e dominar as conquistas, essas sim, importantes para a história do nosso futebol.

    Airton, tenho certeza que estás muito melhor que nós agora, e não precisas mais ouvir babaquices!!

    Abraço à todos os torcedores que aqui se manifestaram, contribuindo para a boa relação da dupla GreNal.

  • Claudio diz: 4 de April de 2012

    Eduardinho colorado é compreensível toda essa mágoa do Airton ele ganhou 12 em 13 títulos disputados quanta ceva tu não deve ter pago para gremista. Tu devias ter acrescentado que nas Laranjeiras não tinha alambrado que o jogo foi uma baderna, que o pênalti a favor do Cruzeiro que tirou o Grêmio da disputa pelo titulo da Taça Brasil de 66 com o Santos não existiu foi uma disputa em que o Paulo Souza vai apenas na bola não há toque entre os jogadores mas como a perna do Paulo era o triplo da do Evaldo ele leva a melhor na prensada, na única vez em que fomos eliminados pelos mineiros. Assististe uma copa de 74 diferente, a que o mundo assistiu Figueroa não jogou nada. Do Figueiroa a gente lembra bem dos cotovelos. O ataque do Cruzeiro das Libertadores esta mandando lembranças para ele. O único jogador que incomodava o Airton era o Baba do Juventude o Toquinho e o Pelotas eram freguês de caderno do Grêmio e em Pelotas o único que incomodava era o Farroupilha do Lelo e do Dias inventa outra que essa não cola. Airton não foi contratado pois não quis ficar no Santos tanto que Pelé nem o conhecia. Não duvido que tu não tenhas mexido os paulzinhos para que a decisão de 65 com o Palmeiras do 3º jogo tenha sido transferida para São Paulo quando regulamento dizia que deveria ser no local do segundo jogo no caso o Olímpico como foi a de 62 quando vocês no Olímpico tomaram 2 x 0 do Botafogo e o Ezequiel saiu descadeirado com um drible do Garrincha. Para o teu governo o Airton é até hoje o maior jogador de bola zagueiro que o mundo já viu, me apresenta um zagueiro do mundo mais habilidoso que ele (Santa Maria, Scherterniov, Passarela, Boby Moore?) e Ronaldinho Gaúcho o melhor jogador de bola de todos os tempos o mais habilidoso jogador que o mundo já viu, Pelé é o maior jogador de futebol de todos os tempos.

  • nestor diz: 4 de April de 2012

    Eduardo
    Tens razão o melhor zagueiro foi,Dom Elias Ricardo COTOVELO Figueroa Brander.
    O Airton jogava sem fazer faltas e o Figueroa era muito bom de COTOVELO até sair do Inter indo jogar nos Estados Unidos quando resolveu dar um cotovelaço no atacante adversário e o mesmo atacante devolveu um merecido cotovelaço na boca quebrando 4 dentes de Dom Elias Ricardo COTOVELO Figueroa Brander este sim que era o melhor cotovelo fifa do mundo

  • Constantin diz: 4 de April de 2012

    A mente do Eduardo deve ter sido danificada por algum cotovelaço do Figueroa.

  • joão breitenbach diz: 4 de April de 2012

    grande airton! sinceros pêsames a todos os gaúchos, pela perda dessa estrela do futebol. nesta hora, não importa a cor clubística, até porque o airton se declarou gremista, mas que antes de começar a jogar, era colorado!!! ele disse isso em entrevista ao site do gremio.
    eu, como gremista, fiquei muito emocionado com a perda do maior zagueiro de todos os tempos e agradeço os comentários dos colorados que se pronunciaram aqui, reconhecendo esse grande craque que se foi. adeus, pavilhão!

  • EDU diz: 4 de April de 2012

    EDUARDO:
    Tu és o único colorado que não tem bom senso,que veio aqui para criticar o grande Airton.Todos os outros reconhecem o grande jogador que ele foi.
    Sou gremista e lamentei junto com os amigos colorados a morte recente do craque Escurinho,e daí?
    Deixa essa amargura e ignorância de lado ,cara.Isso não te leva a nada.
    Deixa o GRE-nal dentro de campo apenas!…

  • pedro miguel görgen romagnoli diz: 4 de April de 2012

    Zagueiro igual a esse nunca vai existir, foi magistrado na sua posição, uma pessoa que ficara na memória de todos.Espero que na outra vida que você acaba de chegar,continue a driblar os avantes que encontrar.
    Que DEUS te abençoe.

  • Floriano M.Carvalho diz: 4 de April de 2012

    Meu caro amigo MARCO COLORADO. Sou colorado como tu, sou sócio desde 1968. Concordo plenamente contigo com respeito ao Figueroa, sem nenhuma sombra de dúvida o maior zagueiro que já vestiu a gloriosa camisa vermelha. Mas também tive o privilégio de ver jogar o grande (literalmente) Airton Pavilhão. E cá entre nós, Marcos, Figueroa não amarrava uma chuteira dele. O futebol gaúcho perde uma grande referência. Abraços

  • Leonardo diz: 4 de April de 2012

    Acho que acima de tudo as pessoas precisam parar com comparações, acima de tudo antes de um craque ou um idolo tem um ser humano, este faleceu e ele é bem mais importante para sua familia Ferreira da Silva do que para o Grêmio. Esse negócio de ficar comparando um e outro é extrema imbecilidade que manipula a cebça de jovens que não sabem diferenciar as coisas e acabam gerando baderna em estádios!!
    Airton foi sim o Maior Zagueiro da história do Grêmio e Figueroa o Maior Zagueiro do Inter, o melhor dos dois, nunca ninguém saberá a resposta.
    O gaucho tem uma enorme dificuldade de olhar para um jogador do rival e dizer: Puxa esse cara joga muita bola!. Tenho somente 25 anos e como gostaria de ouvir um Gremista dizer que o D’alessandro ou o Oscar joga muito,mas não vejo devido a um orgulho besta. Eu mesmo sendo colorado nunca tive medo de dizer o Ronaldinho Gaucho foi um dos maiores que já vi jogar, e foi criado no Grêmio, acho que falta um pouco de bom senso aos gauchos!!

  • Eduardo diz: 4 de April de 2012

    Claudinho, grande sofredor, tu não sabes nada de futebol. Tu és daqueles que pensam que todos os dias, em algum recanto do universo, as potestades do mal se reúnem para armar contra o teu timeco da 2ª divisão. Tu és um daqueles muitos que vivem recitando o mesmo mantra: o Grêmio ganha, empata ou é roubado. Ademais disso, quem não viu a Copa do Mundo de 74 foste tu, porque está escrito em toda a parte que o Figueroa, paizão dessa gremistada recalcada, foi eleito o melhor zagueiro da competição, mesmo jogando pela modestíssima seleção do Chile. Tu deves ser um dos muitos da geração flagelada pelo Figueroa. Exatamente a multidão que até hoje tem pesadelo só de ouvir falar no Dom Elias que ganhou tudo de vocês, até um campeonato municipal que inventaram na década de 70, que era para ver se o Grêmio ganhava alguma coisa. E mesmo assim não deu. Como não dava quando o Figueroa, o maior de todos, enfrentava o teu timeco e ganhava tudo. E ainda marcava gols, muitos gols, mesmo sendo zagueiro. Tu deves ser um daqueles que na final do Brasileiro de 75 pensaram em suicídio, desesperados com a vitória sobre o Cruzeiro e com o gol do Capitão dos Andes. O teu zagueiro ontem falecido, lamenta-se a morte de qualquer um, nunca passou de um jogador comum, regional, beque de província, desconhecido além das fronteiras do Mampituba e Marcelino Ramos. Mero produto da mitificação que setores bem definidos da imprensa gaúcha se encarregaram de criar. Algo assim como o Lara, que quase ninguém viu jogar mas que foi transformado numa figura lendária. Vai te deitar nos teus pelegos. E antes que esqueça, aproveita a noite de hoje para mais uma vez te certificar da diferença de nível. Enquanto o Inter estiver disputando mais um jogo da Libertadores contra o Santos, o teu time (?) vai estar enfrentando o Ipatinga, representante da 2ª divisão de Minas Gerais (compatível com vocês) pela Copa do Brasil, esse torneio menor que nega acesso aos grandes envolvidos com a supremacia da Copa Libertadores da América. Questão de nível!

  • Roger A. diz: 4 de April de 2012

    + ” Nunca haverá outro zagueiro igual a Airton … ”

    + Ruy Carlos Ostermann : ” Foi o maior zegueiro que vi jogar na minha vida ”

    + Quando o Grêmio jogou contra o Real Madrid, o Airton entrou em campo para marcar um baixinho que não sabia o nome. Acabou com o baixinho. Depois do jogo ficou sabendo que o nome do baixinho era Puskas !

  • Marcelo Costa dos Santos diz: 4 de April de 2012

    Bah tche, preciso entrar nesta discussão.
    Ao Eduardo:
    Amigo, ninguém pode desmerecer o Figueroa, baita zagueiro. Foi o melhor de 74 assim como o nosso Ancheta foi o melhor de 70. Ninguém está questionando isto. Nós os vimos jogar, sabemos que eram muito bons. O caso aqui são os comentários de quem viu os tres jogando, comparam com o que viram. Meu parâmetro e o seu são recentes, o deles não. Ninguém está cutucando o teu Inter com isto, pelo contrário, alguns colorados estão mostrando uma grandeza que tu insistes em derrubar. Grandeza que eu como gremista desconhecia. Ontem comentei que esta reação indica uma possibilidade de menos violência entres nossos torcedores. Não deixemos nossas paixões nos cegarem desta forma. Tu és o único distoando aqui nestes comentários. Cara, vocês tem a grandeza do Inter, nós temos a nossa. Deixemos existir entre nós apenas a “flauta”saudável e sem excessos. Colabora aí vai!!! Seja colorado honrado como os outros que aqui compareceram. Abraço

  • Roger A. diz: 4 de April de 2012

    Pessoal, não castiguem e nem massacrem o Eduardo.
    Relevem, ele tomou umas que outras, e está com um pouco de delírius tremens e viajando na maionese.
    Tenham paciência com ele, este seu temporário estado de euforia acusatória passa e ele voltara a sua costumeira normalidade e racionalidade.
    Ai ele dará valor a opinião de quem já esteve em mais de 10 Copas do Mundo e viu os maiores zagueiros do mundo jogarem, que foi Ruy Carlos Ostermann, que dá a seguinte opinião sobre Aírton Ferreira da Silva : ` FOI O MAIOR ZAGUEIRO QUE VI NA MINHA VIDA ´

  • Eduardo diz: 4 de April de 2012

    Eduardo, me envergonho em ser seu xará. Palavras, retóricas, sofismos. Muita agressividade. Todo post sobre o Grêmio, ou qualquer coisa que o cerca, tem seu foco desvirtuado por comentários como o seu. É uma pena. Eu estava pensando em mil coisas pra te escrever, mas seriam apenas palavras jogadas ao vento.

    Como você parece ser bastante mimado, vou escrever o que você gostaria de ler: o Grêmio é um clube pequeno, de segunda divisão. Sempre foi. Tem uns 10% da torcida do Inter. Nunca teve bons jogadores, apenas pernas-de-pau mitificados pela RBS. É um time desconhecido, perdedor e insignificante, assim como sua minúscula torcida. São clubes compatíveis com o Grêmio: Ipatinga, Náutico e Juventude. O Inter, não. É o Barcelona do sul. Conhecido e temido por todos. É a maior torcida, disparado. As pesquisas que apontam o contrário (todas) são mentirosas e compradas. O “gre-NAL” é uma invenção, pois só existe um grande. Há uma grande conspiração da mídia para tentar passar a idéia de o Grêmio ser um clube grande. Mas você, fiel escudeiro da verdade, está aí para provar que não. Mesmo sozinho, você é destemido e com seus posts “de nível” vai mudar essa história. Vai, campeão! Seus posts irão ecoar pelo mundo todo. Continue. A verdade há de aparecer!

    Pronto? Feliz agora, campeão?

    Agora vai dormir, que amanhã tem prova de Estudos Sociais no Ensino Fundamental.

  • Eduardo diz: 5 de April de 2012

    As dindas ficaram melindradas? Que peninha! Não gostam da verdade? Estão acostumadas a falar qualquer coisa? Subverter a verdade? Tudo sem contraponto? Cuidado com o bicho-papão, ele pode aparecer a qualquer momento, viu! Não sabem sequer escrever. À falta de argumentos para rebater as verdades que foram ditas, partem para ofensas. Nada de novo sob o sol, já que isso é próprio de gente despreparada. Devem ser integrantes da turminha do MOBRAL, ainda em fase de alfabetização. Nunca é tarde para aprender a ler e a escrever. Por isso é que mais parecem a maria-vai-com-as-outras. O Ruy disse isso; fulano de tal disse aquilo. Então tá bonecas, mas opinião pessoal derivada do conhecimento do futebol, nadica de nada. E não esqueçam, amanhã, de reproduzir a verdade do Santana, do Cacalo, e de todos esses ídolos que emprenham vocês com as versões que vocês desejam ouvir. Torcedor de time ruim é assim mesmo. Eu tenho que me acostumar com essa gente!

  • Sandro diz: 7 de April de 2012

    Meu deus do céu, numa época onde se tinha que valorizar a atitude de alguns colorados com grandeza que o Inter merece, me aparece um imbecil como esse Eduardo.Eu nao tenho palavras pra qualificar sua falta de respeito no minimo com a familia do Airton, afora isso por conta de gente baixa como vc é que nao se pode mais ir ao estadio e em breve nao se criarão mais figueroas e airtons, por conta de gente como vc, que so pode ser doente e recalcado, alem de largado da patroa né.vc é um lixo eduardo, devia escrever isso num cartaz e se identificar queria ver se é homem pra isso.

  • Marcelo Costa dos Santos diz: 9 de April de 2012

    Cara, o que dizer deste Eduardo,
    Primeiro que não honra as calças que veste. Tampouco honra os seus companheiros torcedores que aqui vieram e, com sinceridade, falaram bem de um ícone incontestável do futebol. São pessoas assim que tornam uma temeridade levar crianças a um estádio. Pessoas assim deveriam ser banidas de participar do futebol e deveriam ser banidas de participar destes comentários, onde destilam um veneno inconsequente. Uma mente enevoada por uma arrogância que deveria já ter desaparecido do futebol e deixado no seu lugar apenas a flauta saudável que sempre existiu. Pessoas assim estão sendo monitoradas e espero que em breve sejam realmente banidas. Sou gremista e afirmo que também existem gremistas com esta doença mental que elimina aquilo que é bom da rivalidade. Eduardo, isto tem tratamento, basta apenas você não levar as coisas pelo lado da ofensa e serás bem tratado aqui e em qualquer lugar. Assim como eu sou bem tratado quando comento coisas do Internacional, sempre com o respeito que teu clube merece. Lembro de um dirigente de vocês que um dia incitou a torcida contra o clube, citando coisas de racismo, neo nazismo, entre outras. Onde estão ele e o jogador que foi alvo ???? A história trata de fazer desaparecer este tipo de pessoa. Cuida com a história Eduardo.

Envie seu Comentário