Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Noiva.com responde: fazer a brincadeira de cortar a gravata do noivo é deselegante?

17 de dezembro de 2010 8

O Matheus e a Paula casam em janeiro e perguntam se fica chato cortar a gravata do noivo ou passar o sapato da noiva entre os convidados no meio da festa. Antes de responder, um breve esclarecimento para quem não conhece a brincadeira. Ela tem o objetivo de arrecadar um dinheirinho extra para novo casal. Os amigos podem pegar a gravata o noivo e “vender” pedacinhos dela ou circular entre as mesas com um dos sapatos da noiva pedindo que os convidados coloquem dinheiro dentro dele.

É considerado deselegante? Sim, é. Abandono totalmente a ideia? Não necessariamente.

Se a brincadeira for uma tradição da família de vocês não há porque deixá-la de lado. Se este não for o caso, tente evitar. O motivo é simples: os convidados já terão gasto um bom dinheiro comprando o presente de vocês. Outra questão para levar em conta é que quase ninguém anda com dinheiro vivo no bolso. A não ser que os amigos passem entre as mesas com uma máquina de cartão de crédito, muitos podem se sentir constrangidos por não poder contribuir.

Uma dica que nunca é demais repetir: se você não quiser a brincadeira no casamento deixe isso claro para a família e os amigos mais próximos. Como um deles puxa toda a função, é bom deixar todo mundo bem avisado.

Essa questão é só uma de várias polêmicas envolvendo casamento. Clica aqui para ver outras que também tiram o sono de quem vai casar.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (8)

  • Jaque diz: 17 de dezembro de 2010

    Oi Gabi!! Na minha família isso é super normal, inclusive os convidados já vao preparados pra uma contribuição, por menor que ela seja. Fui em um casamento em Sorocaba em maio, e ao invés de cortar a gravata do noivo, os padrinhos (que passaram de mesa em mesa) davam uma adesivo para quem contribuía escrito: "Já dei pro Noivo!" Foi bem engraçado… todos queriam o adesivo!!!
    Os noivos compraram o adesivo pela internet, acho que é uma maneira bem divertida…

  • Simone diz: 17 de dezembro de 2010

    Meus cunhados fizeram a brincadeira e foi super legal. Com o dinheiro pagaram a lua-de-mel. Porém eu não penso em fazer pq eu mesma gasto um monte nos casamentos e não ando com dinheiro. Sem contar que sei que a minha família não tem tanta grana e provavelmente já fez um esforço enorme pra estar lá.

  • Camila diz: 17 de dezembro de 2010

    Eu acho extremamente deselegante essa "tradição" de cortar a gravata do noivo e passar o sapato da noiva…cada convidado dá o presente que pode, de acordo com sua condição financeira, vontade, etc.. Esse pedido de dinheiro constrange tanto aqueles que não levaram dinheiro vivo pra festa, quanto aqueles que não podem contribuir…afinal, ninguém vai colocar uma nota de R$2 no sapato, né! hehehe

  • Maria diz: 27 de janeiro de 2012

    E o que fazer quando a própria noiva “solicita” a um amiga que faça a brincadeira? E se essa pessoa se sentir absolutamente desconfortável com a idéia? Passei por essa situação há alguns anos. Fui madrinha de uma conhecida, convite este que até hoje não entendo, pois nunca mais nos falamos desde o casamento (há uns cinco anos atrás). O fato é que o noivo convocou um dos convidados a fazer a “rifa da gravata”, e a noiva me convocou para fazer a arrecadação do sapato. Nunca vivi uma situação tão desconfortável em casamentos, já que não conhecia a grande maioria dos convidados da festa, e todos ficavam sem jeito. No final, pra piorar, virou uma competição, em que os noivos a cada pouco verificavam qual dos dois estava arrecadando mais… No meu casamento, felizmente, ninguém tomou essa iniciativa, pois eu acho o cúmulo da deselegância.

  • Fabiola Fuck diz: 24 de fevereiro de 2012

    Há 3 anos minha irmã casou e combinamos previamente com os mais próximos de evitar a brincadeira da gravata pelos mesmos motivos colocados no texto.
    Lá no meio da festa alguns convidados começaram a se organizar pra passar a gravata, meu cunhado usava uma alugada – ou seja, não poderia ser cortada – e os próprios convidados providenciaram outra para que a brincadeira acontecesse, ou seja, tradição é tradição.
    Muitas vezes os convidados não só se preparam financeiramente para tanto como fazem todo o agito para passar a gravata.

  • Marina diz: 20 de abril de 2012

    Oi Gaby,

    Tenho uma dúvida muito grande quanto à gravata: na família do meu noivo, é super tradição fazer a brincadeira. Tanto que meu noivo vive falando disso. Entretanto, na minha não é tão comum e boa parte dos meus convidados são de fora e terão gastos consideráveis para vir – por isso, não acho nada legal. Como fazer????

    Beijos

  • Gabrieli Chanas diz: 20 de abril de 2012

    Marina, não tem receita pronta. Quem sabe avisa teus familiares sobre a brincadeira e diz que vocês aceitam R$ para tomar sorvetinhos na lua de mel. Com carinho e jeitinho ninguém se sente constrangido a contribuir com altos valores. Um beijo!

  • lelis maia diz: 18 de julho de 2013

    Eu sugiro a gravata personalizada com valores. veja link.
    http://www.superprinter.com.br/produto.php?cod_produto=3226836

    Torna a brincadeira mais alegre e divertida, além de evitar constrangimento com os convidados.

Envie seu Comentário