Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Noiva.com responde: quem devo levar comigo para escolher o vestido de noiva?

06 de janeiro de 2011 15

A pergunta veio da Ana Paula, que mora em Santa Maria, aqui no Rio Grande do Sul. A Ana conta que todas as madrinhas estão empolgadíssimas com a escolha do vestido da noiva. Ela, que sempre pensou em ter a mãe e a irmã com ela nesse momento, ficou em dúvida se pode levar as madrinhas também. Mais do que poder, ela quer saber se é adequado partir para a escolha com um monte de gente a tiracolo.

Como uma recém-casada eu voto pela opção “quanto menos gente, melhor”. Levei para o atelier apenas a minha irmã e mesmo assim foi complicado. O motivo? Nem sempre as opiniões da sua mãe, mana ou amiga são as mesmas que a sua. Se ela disser que você ficou perfeita em um vestido que você detestou, prepare-se para passar noites e noites sem dormir pensando no assunto. E se ela detestar aquele que você elegeu como o modelo mais lindo do mundo? Multiplique esse sentimento por quatro ou cinco e pense como se sentiria com várias pessoas dando opiniões diferentes ao mesmo tempo. Tudo isso em um momento em que você está sensível e estressada é motivo de sobra para enlouquecer qualquer noiva.

Como jornalista eu também reforço a tese do “quanto menos, melhor”. Conversando com estilistas eles sempre comentam o sufoco que algumas noivas passam para agradar a si mesmas, mãe e madrinhas. Cada uma vai dando uma opinião diferente que, vamos combinar, casa com seu gosto pessoal, e a pobre noiva fica cada vez mais perdida em um mar de opções.

A escolha do vestido de noiva é um momento especial e, para a maioria das mulheres, único na vida. Se você sonha em fazer isso cercada de amigas, vá em frente. Tenha em mente, no entanto, que o casamento é seu e que é você que deve se sentir bem dentro do modelito. Se estiver muito insegura e nervosa é melhor levar com você apenas uma pessoa, alguém bem próximo e querido para lhe dar apoio moral. Não esqueça que a loja ou o atelier está cheia de pessoas especializadas em lhe indicar o melhor vestido para seu tipo físico e estilo de casamento, e essas dicas devem ser levadas muito em conta.

Nota de uma ex-noiva: cabeça de mulher é mesmo algo complicado. Nas minhas provas de vestido eu fuzilava a minha irmã com os olhos para tentar decifrar as expressões faciais dela. Queria ter certeza que ela estava dizendo que eu estava bem por realmente achar aquilo ou só para me agradar. Quando saíamos do atelier eu perguntava mil vezes a mesma coisa para me convencer de que ela tinha gostado mesmo. Hoje eu rio muito lembrando daqueles dias.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (15)

  • @AnaLuciaPrzs diz: 6 de janeiro de 2011

    Semana q vem vou começar busca aqui no RS, apesar de casar em SC, qm sabe eu encontre aqui o vestido perfeito!!
    E aqui vou fazer isso sozinha!! Confesso q ia amar uma companhia da minha irmã, pena ela morar tao longe!!

  • @julibenelli diz: 6 de janeiro de 2011

    Hahaha Tenho uma história meio engraçada.
    Eu fui a vários lugares sozinha primeiro. Quando escolhi o modelo de vestido que mais gostava e a loja escolhida, marquei com minha mãe e minha irmã para elas me ajudarem na decisão final.
    Bem, saí da loja com o vestido escolhido e com o aval das duas MAS ainda tinha dúvidas. Fiquei dias perguntando para minha irmã ” Mas ficou bonito mesmo?” e ela dizia, ” sim… ta lindo”. Mas mesmo assim, esperava o dia que ia acordar e me dar um estalo ” Ah, é esse mesmo” mas o dia não chegava. Até que voltei na loja e… Troquei o vestido! Menina parece incrível, coloquei o vestido e não tive dúvidas “É esse”.
    Tirei algumas fotinhos e depois em casa dividi a escolha com a mãe e mandei por email para a mana que mora longe. Rimos muito de tudo depois!
    Na minha opinião a decisão é sempre da noiva, mas dividir este momento com irmã (ou melhor amiga) e principalmente com a mãe é muito especial.

  • Rafaella diz: 6 de janeiro de 2011

    Oi Gabi,

    Novamente sua dica foi preciosa!
    Como experiência digo que o melhor mesmo é ir sozinha e levar em consideração a opinião das estilistas..
    Posso até parecer egoísta…mas digo isso pois recém passei por isso, me caso em 23/04/11 e como me mudei recentemente para São Paulo, só tenho a família do meu noivo como apoio..
    Levei minha sogra(que por incrível que pareça é minha segunda mãe) e mesmo assim nossas opiniões ficaram divergentes…acabei me sentindo mal em escolher algo que ela não gostou mto, mas eu havia me sentido uma princesa.

    Quando minha mãe veio a SP fui até a loja provar para mostrar à ela…Foi lindo, ela chorou quando me viu vestida de noiva e foi realmente mto bom ter compartilhado isso com ela.
    Mas como opinião de mãe é meio suspeita…rsrsrs, eu levei mesmo em consideração o conselho da estilista (após provar infinitos vestidos e não saber qual escolher), ela disse:
    “Rafa, o vestido certo é aquele que quando você coloca, sente aquele frio na barriga, um arrepio na espinha, abre um sorriso e se sente uma “rainha” independente do que qquer outra pessoa diga, ele não sai da sua cabeça, e vc se projeta no dia do casamento já usando ele.

    E foi exatamente isso que aconteceu!!! Hehehe, me senti exatamente como ela falou.
    Por isso deixo meu conselho.

    Mas independente disso, aproveite muuuito este momento! É bom demais!! :)

    Beijos noivinhas

  • Camila Schaedler diz: 6 de janeiro de 2011

    Gabi e meninas,
    pra começar a pensa no modelo do vestido gostaria de ir a algumas lojas para experimentar alguns modelos. Vcs indicam alguma loja bacana em Porto Alegre para começar essa busca? bjs e gracias

  • Larissa Wagner diz: 6 de janeiro de 2011

    Eu fui apenas com minha mãe e não me arrependo. Apesar dela achar todos lindos, eu tive liberdade para escolher o que mais me agradasse. Sempre me assusto um pouco quando vejo op rograma “O Vestido Ideal” no Discovery Home and Health e vejo aquelas meninas americanas com uma tropa de amigas e familiares para escolher o vestido. Cada uma tem uma opinião, e isso pode deixar a noiva mais nervosa ao invés de ajudar.

  • Karol diz: 6 de janeiro de 2011

    Tive uma experiencia diferente.Despropositadamente acabei indo a primeira vez na loja sozinha, mas não imaginava encontrar o vestido assim tão cedo, na verdade nem mesmo sabia se a loja seria aquela e tal, então entrei e provei o primeiro, o segundo, o terceiro…e a luzinha ascendeu!Era aquele, no meu primeiro dia de procura tinha achado o vestido certo, no estilo que eu queria, com a minha cara, caiu perfeitamente do meu corpo, o que é raríssimo pois sou um pouco cheinha e fui preparada pra ouvir q ia ter q fazer ajustes em qualquer um que eu escolhesse, mas nesse não, ele parecia ter sido feito no meu corpo e exatamente como eu queria. Me senti entrando no cortejo com ele e assim ficou facinho decidir. Depois sim, levei minha mãe e irmã pra verem também,mas mais porque eu queria que elas participassem comigo desse momento do que pra elas opinirarem no vestido, embora não tenha dito isso a elas, eu sabia que seria aquele. Mas AINDA BEM (mulher sempre quer uma opinião) elas amaram o vestido e disseram exatamente o que eu também tinha achado!É isso, a escolha é da noiva não tem jeito. A gente tem que sentir bem e poderosa dentro dele, mas pra mim, ver minha mãe se emocionar e minha irmã vibrar em me ver vestida de noiva foi algo que jamais poderia ter aberto mão. É um momento muito marcante, gostoso e divertido!

  • Simone diz: 6 de janeiro de 2011

    A Larissa comentou bem o que eu ia dizer… no “Vestido Ideal” sempre fico apavorada ao ver milhares de irmãs, madrinhas, etc, palpitando. E o pior: fazendo a noiva se sentir mal! Num episódio, as moças das irmãs ficaram falando para ela escolher um vestido que escondesse a gordurinha dela, sendo que ela era seca! Mas enfim… acho que vai do bom senso. Eu gostaria muito de ter minha mãe e minha tia (uma segunda mãe) no dia da escolha. Mas levar madrinhas, amigas, etc… Acho que até perde um pouco da graça do momento da escolha do vestido!

  • Ju Sizinando Rossi diz: 6 de janeiro de 2011

    Meninas
    Eu fui com minha mãe, meu pai e minha irmã na estilista. Resultado: acabei escolhendo um modelo de vestido que tinha um pouco o gosto de cada um, mas que não era exatamente como eu queria. Fiquei mais de dois meses pensando no vestido todos os dias. A dúvida era terrível… meu pai achava que tinha que ter bordado (eu não suporto bordado)… minha mana achava que tinha que ter tule (eu gosto muito, mas não combinava com o modelo que eu queria) e minha mãr achava que tinha que ter renda (eu não gosto muito de renda).
    Resultado final: dois meses depois, quando a estilista começou a faezr o vestido, mudei tudoooo! Pedi que ela esquecesse tudo o que eu havia pedido e fiz do jeitinho que eu sonhava. Ficou lindoooooo!!!

    Conselho de ex-noiva: vá sozinha e só quando tiver decidido leve as pessoas que você mais ama para ver o resultado final!

  • Rafaela Buchner Dornbusch diz: 7 de janeiro de 2011

    Oi meninas!!! Então na escolha do meu vestido de noiva levei minha mãe em todas as lojas. Naquelas que surgiram as dúvidas, levei meu pai junto e foi ele quem deu a palavra final sobre a roupa. Meu pai, eu e minha mãe temos uma ligação muito forte, porém minha mãe achou a maioria lindo. Já meu pai… segundo ele o critério que ele usou para a escolha foi observar meu comportamento ao vestir cada vestido. Ele disse que aquele que usei foi o que fez meus olhos brilharem…
    É isso!!!

  • Andrea diz: 7 de janeiro de 2011

    Olá meninas.

    Eu ainda não comecei a procurar o vestido, mas confesso que vou ser obrigada a levar a minha mãe pois tenho pavor de colocar roupa clara e sei que vou me sentir um liquinho em muitos vestidos. Então só a fofis da minha mãe (que faz o estilo super sincera) para acalmar as minhas neuroses e me ajudar.

    Bjos,

  • Paula diz: 7 de janeiro de 2011

    Meninas… acho que fui a unica que quebrei a tradição: Eu levei o noivo junto!
    Não acredito que isso dê azar.

    Eu passei meses olhando modelos e guardando numa pastinha no computador, recentemente resolvi abrir ela para começar a ir nas lojas, e percebi que havia inúmeras fotos com modelos e estilos bem distintos, fiquei super perdida, e me dei conta que precisaria provar vestidos e mais vestidos para ver o que, além de eu gostar, ficaria legal no meu corpo, pois sou da opinião, não é a noiva que veste o vestido, o vestido tem que vestir e cair perfeitamente no corpo da noiva! Sendo que ele deve valorizar esse corpo e não esconde-lo.
    Pois então, meus vestidos de festa quem me ajudou a escolher foi o noivo, que é super sincero, e na escolha sempre recebi elogios. Nesse grande dia eu vou me vestir pensando em ser a rainha dele, para tirar essa dúvida sobre estilos e modelos de vestidos ele me acompanhou nas primeiras provas, confesso que inicialmente tínhamos gostos diferentes, mas depois de várias provas encontrei o corte que ficou bom no meu corpo, e também pude entender os gostos deles.
    Agora já sei qual corte cai melhor no meu corpo, e vou começar a pensar nos detalhes! Me sinto muito mais segura para chegar no altar e ouvir um sincero: Você está linda!

    Mas foi engraçado: um espanto para as vendedoras de todas as lojas que fomos.

    Abraços meninas

  • Fernanda Jaques diz: 7 de janeiro de 2011

    Preciso dar meu depoimento sobre a escolha do meu vestido!

    Desde pequena, minha mãe sempre acertou em cheio nas escolhas que fazia pra mim, de roupas, sapatos e acessórios. Nossa sintonia é enorme, pois, como ela sempre diz, ela escolhe pensando no que eu vou gostar e não no gosto dela.

    Nada como conhecer os filhos, né?

    Pois bem. Eu estava negociando meu vestido com a Roupa Nova e já estava na fase em que o estilista havia desenhado o croqui. Não fiquei muito segura com o desenho, então a mãe veio com a revelação “O teu vestido eu já vi. Está na vitrine da Solaine Picoli. Quer ir lá dar uma olhada?”

    Fomos para a frente da loja e ficamos lá que nem loucas tentando entrar. Era sábado e eu não sabia que a loja estava fechada. Mas ele estava lá: lindo, muito melhor do que o que tinha em mente, muito mais eu. Em uma semana o vestido era meu e nem me importei em pagar muitos reais a mais.

    Agora eu sou a noiva que a mãe escolheu o vestido, que além de lindo também ficou lindo para mim!

    Sonho realizado!
    :)

  • Gabriela Cristina diz: 10 de janeiro de 2011

    Eu já tinha uma idéia do que eu queria no meu vestido (modelo tirado daqui)..
    aí eu fui primeiro com a minha irmã..fui somente em duas lojas, pois já tinha gostado de muitos..rsrsrs
    daí separei os finalistas e levei minha mão tb (afinal ela ia dar o vestido)..deixei o q eu mais gostei por último..e a descisão foi unânime..hauhauahua

    não tive problemas..mas sei q muitas tem..
    se for assim, o melhor eh ir sozinha..

  • TAIANA diz: 6 de janeiro de 2012

    Olá, meninas eu casei em 11/2011 … também decidi ir sozinha nas primeiras vezes, é uma loucura um mais lindo que o outro .. bom não cheguei a experimentar muitos … mas me encantei por um .. no dia nem o experimentei, mas fiquei com ele na cabeça … até que decidir quem levar .. o Noivo .. era a pessoa mais certa a se levar no meu caso… Ele amou e todos do casamento tbm se encantaram…Não acredito nessa historia de azar … o que tem q dar certo vai dar e pronto….

  • hellen diz: 26 de janeiro de 2012

    Olá Paula e Taiana!
    eu também queria mto levar o meu noivo para me ajudar a escolher o vestido…ele gosta de participar de todas as escolhas, cada detalhe e não queria que no vestido fosse diferente..adoro comprar minhas roupas com a opinião dele e gostaria de ter tb a sua opniao nessa escolha tao importante que é o vestido de noiva..eu tb nao acredito nessa história de azar…mas fico meio receosa, com medo de perder a graça na hora que eu entrar na igreja, já que meu noivo já vai saber como estarei vestid..estou com mta duvida se levo ele, tenho medo de me arrender no dia do casamento…o que vc acham??
    peço tb a opniao das outras meninas..
    obrigada..sou uma noiva mto confusa..rs

    bjs

Envie seu Comentário