Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Eu quase fui largada no altar

04 de março de 2011 55

Ontem estava comentando com uma amiga um momento do meu casamento quando me dei conta que nunca tinha contado ele aqui no blog. Vou revelar então que o meu casamento quase não aconteceu.

Toda noiva tem seus momentos de neura imaginando o que faria caso o noivo não aparecesse na igreja. O que a gente não pensa é que ele pode aparecer e desistir no meio da função toda.

O Marcelo estava super tranquilo no dia do casamento, mas passou a ficar super nervoso quando se postou no altar para me esperar. Breve comentário: deve ser uma baita tensão ficar ali de frente para dezenas de pessoas te encarando, né? Pois eis que eu entrei de braços dados com meu pai e avistei o meu marido paradinho lá na frente. Achei lindo. Fui me aproximando dele e vi que estava chorando. Achei lindo. Meu pai me entregou para ele e ele me deu um beijo na testa. Achei lindo. Chegamos em frente ao Padre Leandro e as coisas pararam de ficar lindas. O Marcelo congelou. Sério, travou de uma forma que eu não achei bonita, não. A partir daí eu vivi 5 minutos de tensão.

O padre falava e o Marcelo não me olhava. Eu apertava a mão dele, chamava ele, olhava para ele e o menino seguia reto feito uma vara, olhando para o infinito. Sabem aquelas cenas do casal se olhando apaixonado? No meu casamento, pelo menos nos primeiros minutos, elas não existiram. Diante daquela cena eu logo pensei: “caraca, ele vai desistir!”. Não, eu não tinha nenhum motivo para achar que o meu marido iria me largar no altar, mas sabe-se lá o que passava na cabeça dele naquela hora. Foi aí que eu bolei meu plano para amenizar o embaraço.

Por 5 minutos eu parei de ouvir o que o Padre Leandro falava. Minha sequência de pensamentos foi: “que saco / putz, e a festa? / que vergonha / porque eu? / oh, my, e o que eu vou dizer no blog? /  ah, eu quero sumir! / Marcelo, tu me paga / como eu vou viver com isso? / humm, eu podia escrever um livro / nossa, ia ser o máximo”. Juro para vocês que passei a imaginar a capa do livro, como eu contaria a história. Juro, juro, juro. Olha o que não faz a mente de uma pessoa em pânico.

E foi assim que eu passei os primeiros 5 minutos do meu casamento.

O que aconteceu depois? O Padre Leandro, percebendo que o casalzinho estava meio estranho, desligou o microfone e cochichou algo engraçado para a gente. Lembro que fez uma brincadeira sobre o Internacional e disse que parte mais complicada da cerimônia já tinha passado. Pronto! Essa injeção de descontração no meio da formalidade era o que faltava para acordar o Marcelo. Depois disso ele me olhou, sorriu, disse que eu estava linda (alou, demorou!), passou a beijar a minha mão o tempo todo. Enquanto os padrinhos assinavam o livro e fazíamos fotos atrás do altar ele me abraçava tanto que tive que pedir para parar: “olha o respeito, menino, estamos na igreja!”.

Foi isso. Por 5 minutos eu achei que seria dispensada no altar, dei a volta por cima e escrevi mentalmente as primeiras páginas do meu livro. Hoje nós rimos muito dessa história e o Marcelo morre de pena por ter me feito passar por aquelas “horas” de tensão. Ele jura que estava nervoso, com medo de esquecer o juramento. Que querido!

As minhas amigas, especialmente as madrinhas, que estavam pertinho de mim no altar, sempre dizem que eu exagero quando conto a história e que o Marcelo nem estava tão estaqueado assim. A questão é que eu tenho provas! As fotos abaixo mostram dois momentos: antes da intervenção do Padre Leandro e após ela. Tem diferença, não tem? :)

Imagens: Jorge Scherer

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (55)

  • Luciana Penna diz: 4 de março de 2011

    Ahh!!! Tadinha da Gabi!

    Dá pra perceber a diferença sim, nos dois. Olha a vontade de chorar da noiva!
    Mas sempre bate o medo de ser deixada no altar, no meu casamento eu que senti vontade de sair correndo de tão nervosa que eu fiquei.

    Mas teu marido te ama muito, a gente percebe só pelo olhar de vocês nas fotos. Tenho certeza que vocês serão eternamente felizes juntos.

    Bjus!!!

  • @AnaLuciaPrzs diz: 4 de março de 2011

    Aiiii, isso vai acontecer comigo! Tenho certeza, bom que vc como sempre nos preparar para todas as situações….
    Piter e extremamente tímido! Vai travar CERTO!!!

    Eu chorei e ri com sua historia de tensão!!
    Nossa!! E na foto, ate vc tensa!! Que nervoso não??
    :D
    Mas o livro teve um final feliz!!
    :D

  • roberta diz: 4 de março de 2011

    Gabi, Que cara sofrida na primeira foto! Tadinha!

  • Mariane Batista diz: 4 de março de 2011

    Que coisa de louco essa história.

    Coitado do Marcelo, preocupado com o Juramento e tu imaginando milhares de coisas… mas como sempre descrevestes a situação de forma a nós leitoras estarmos nos sentindo na primeira fileira.

    Quem sabe tu faz um livro mesmo, mas de outra(s) histórias… junta algumas coisas inusitadas… fotos… dicas…

    A idéia é ótima!

  • Denise Tyeli diz: 4 de março de 2011

    Nooooossa que tensão! Fiquei imaginando a cena…. kkkkkkkkk Ainda bem que deu td certo! :)

  • @mijacoby diz: 4 de março de 2011

    Gabiiiiiiiii .. fiquei gelada por ti!!!!!

    Minha nossa, não sei o que faria no teu lugar!!!!!

    OMG!!!!!

  • Michele diz: 4 de março de 2011

    Que exagero! O cara só estava nervoso! Mas ´obvio que as mulheres sempre pensam besteira né?

  • varinia albrecht diz: 4 de março de 2011

    Puxa!! Estes momentos são terríveis e parecem intermináveis. Depois os homens não sabem o porquê da pergunta: – o que você tá pensando?

    Bjs

  • Júlia diz: 4 de março de 2011

    Oi Gabi. Já tinha visto aquela primeira foto… acho que postasse outra vez. E lembro de ter reparado na tensão dos dois.
    O meu casamento foi tudo perfeito. Quando peguei na mão do Ricardo e ficamos no altar, a mãe dele era uma pedra de gelo, e os lábios estavam esbranquiçados (de quando a boca fica seca sabe?) ai lembro de ter perguntado se ele estava bem, e o “sim” saiu mais nervoso…. com cara de não… heheh!!
    Como já tivemos um amigo que desmaiou no altar no dia de seu casamento, fiz essa brincadeira com ele: “não vai desmaiar hein?” ai ele riu e relaxamos!!! Foi tudo perfeito!
    Amei muito aquele dia…. pena que passa tão rápido e não dá de voltar no tempo!
    Dia mais feliz da minha vida! ;)
    Bjs

  • Gabriela Lorenzet diz: 4 de março de 2011

    Nossa! Desde que eu li no twiter que escreverias sobre “quase ser largada no altar” eu fiquei tensa, ate ler o post no blog. Ufa! Ainda bem que (pelo menos pra mim ) a historia foi engraçada. Nos mulheres temos este poder de criar histórias, formular teorias e dar a luz a uma ulcera em questao de segundos. Que coisa!
    Meu “namorido” tem ideias mirabulantes enquanto toma banho. Quando ele sai do banho e diz: andei pensando…. Eu ja fico gelada, crio um livro, este livro vira filme e ate ganho Oscar, de tao tragica minha ideia. E ele conclui a frase com algo assim: acho que devemos trocar de carro. Ai que odio de mim. Imagine se isso acontecesse no altar.
    O importante é que o final daquele capitulo foi feliz!
    Beijao.

  • Aline Amorim diz: 4 de março de 2011

    Jura que você ainda pensou em escrever um livro? Haha’
    essa foi a melhor parte..

    mas aposto que esses 5 minutos foram 5 segundos!

    beijos

  • Kênia diz: 4 de março de 2011

    hahahahahahaha tem muita diferença!!!
    essa é a cabeça da Gabi em 5 min capa e páginas de um livro prontinhos pra sair!!! hahaah

  • Ju Benelli diz: 4 de março de 2011

    Realmente a diferença na expressão dos dois é visível. Ele parece um soldado em posição de “Sentido” e a Gabi com cara de “Oh God porque eu? “hehhe na segunda ele até sorriu e descongelou!
    Nossa deve passa 1000 coisas pela cabeça… já vou mandar o post para o meu noivo ler e tentar nao congelar assim!

    Beijosss

  • Paula Silveira diz: 4 de março de 2011

    Meu Deeeeus, que medo! Eu fiquei tensa quando vi a primeira foto. Ele já estava catatônico, né?rs. E a cara de sofrimento da Gabi? Ai que dó!

    Mas esse sofrimento todo foi só porque ele não queria esquecer o juramento???hahahahaha. Homens!rs

    Mas Deus me livre de, no altar, chamar meu noivo e ele nem olhar pra mim. Acho que aí seríamos dois prestes a sair correndo…hahahaha.

    Bjos!

  • Melissa Aguirre diz: 4 de março de 2011

    vcs acreditam q passei por uma situação de pânico semelhante!? no dia do meu casamento civil (eu grávida de 7 meses) meu marido me largou em frente ao cartorio e foi estacionar, já havia passado meia hora, os casamentos iam começar e o nosso era o primeiro e nada dele aparecer, o padrinho começou a ligar p ele e nada dele atender, eu já estava chorando qdo ele chega todo suado (em pleno verão), dizendo q soh conseguiu estacionar em uma garagem em frente ao HPS e o cartório eh aquele ao lado do túnel da conceição, ah e o celular ficou no carro! gurias vocês não têm noção do que eh o pânico, como a Gabi disse passa de tudo pela cabeça da gente!
    bjus

  • Angelita Tessmann diz: 4 de março de 2011

    Coitadinha da Gabi!!! Mas também, deve dar um imenso frio na espinha e até dor de barriga, né!! Mas é uma boa história pra contar pros filhos e netos… Bjs ao casal.

  • Adri diz: 4 de março de 2011

    Nossa.. chegou a me dar um nervoso lendo esse post.
    Sabe aqueles livros de suspense que a gente lê… e fica nervoso.. Nossa, eu já esta assim ahahaha
    Mas juuuraaa que ele ia te largar!!! ahahaha
    beijoooo

  • Ananda diz: 4 de março de 2011

    Ai Gabi, fiquei mega nervosa lendo o post, mas tbm achei mega divertido vc imaginando até a capa do livro!!!!!
    Mas imagino como vc devia estar nervosa naquele momento e nós, mulheres, sabemos entrar em parafusos nestas horas e imaginar mil coisas!!!!
    Realmente nas fotos da pra notar bem a diferença do “antes e depois”, o Marcelo duro e vc com uma carinha de choro e depois os dois bem mais leves!!!!
    Mas teu livro teve um final lindo e feliz!!!!
    Bjinhos e um ótimo carnaval para todas noivinhas

  • Jordana diz: 4 de março de 2011

    Gabiii, na primeira foto ele tava até com o ombrinho caído. rsrsrs
    Ai guria e se isso acontece comigo? Já vou conversar com o meu Gui pra ele não me inventar uma dessa! hahahah
    E imagina a tristeza do Marcelo por ter ficado assim heim…rsrs
    O pouco da vida em comum de vocês que tu abre pra nós aqui no blog, já daria uma história ótima!
    Um seriado pra fox talvez! hahahah

    Beijos, beijos
    ps.: isso me lembra tanto as trapalhadas da Monica e do Chandler!

  • Marcelo P. diz: 4 de março de 2011

    História engraçada mesmo…

    Não pude deixar de observar que nenhum homem comentou nada ainda… bom, isso não deve ser comum neste site mesmo.
    Serei o primeiro então! Lá vai:

    Incrível como a mente da mulher vai longe…. O cidadão estava só nervoso no altar, o outro cidadão só estava pensando no banho, o outro mais acima só é tímido… E no mundo feminino vira uma novela mexicana: uma história emocionante, trágica, dramática, tensa e quase sempre com final feliz! Sabem o pq desse final feliz? Pq nada do que a mulher pensou aconteceu, nem sequer existiu essa possibildade para o homem.
    Calma gurias… é tudo muito mais simples do que parece para um homem. Se ele teve uma idéia, ouçam a idéia e depois se desesperem. Se ele está nervoso, já cogitaram a possibilidade de ele estar somente… nervoso?
    Pensem nisso antes de ficarem voces nervosas!! O mundo será mais feliz assim, podem acreditar!

    Bj,
    Marcelo.

  • Juliana diz: 4 de março de 2011

    Nossa Gabi que pânico hehehehe Mas agora “ouvindo” – lendo a história é mt cômica também hehehehe
    Ai eu morro de medo que meu namorido desmaie na cerimônia, ele tem problema de nervos e desmaia quando fica muito nervoso. Já estou até vendo a cena, eu entrando e ele desmaiando. Aiaiaiiii acho que ja vou deixar a samu na porta da Igrja pra qualque eventualidade.

  • Aline diz: 4 de março de 2011

    GABIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, que desespero!!!

    Tenho certeza que vou passar por isso, ai ai ai…já fico até pensando!!!

    Esta está muito sério na primeira foto, dá pra ver que ele esta nervoso…rs

    Gabi, acho que você deveria fazer um livro, contando todas suas historias, ia ser o máximo…E ainda bem que temos você para contar estas coisinhas…

    beijos e bom carnaval!!

  • Michelle diz: 4 de março de 2011

    Coitadinha….eu imagino teu desespero…

  • Carla Hervelha diz: 4 de março de 2011

    Bah Gabi, o Dudu tb ficou assim… Mas o pior é que eu também fiquei!! Nas fotos eu tô mega séria…. Em quase nenhuma eu ri…. Daí eu digo que eu estava prestando atenção no sermão.. hahahah eu tava era no mundo da lua….. Na real o Dudu é que me falou do sermão do Padre Clóvis, e os convidados, que disseram que estava lindo!! hahaah

    Bjbj

  • carolina diz: 4 de março de 2011

    gabi, você casou grávida?

  • @carol_kayser diz: 4 de março de 2011

    AAAAAAAi Gabi ahuuahhuahuauha

    sério, tá muito engraçado esse depoimento!!!
    ahuahuahuhua

    Mas não estou rindo do teu sofrimento hein!!!

    bjbj

  • Gabrieli Chanas diz: 4 de março de 2011

    Não, Carol! Casei sem bebê na barriga! Bj

  • Jaque Scota diz: 4 de março de 2011

    Hahahaha… ai Gabi, que tenso!!!
    Dá pra ver nas fotos mesmo… imagina, o nervosismo daquele momento, deve dar um turbilhão de emoções, sensações, pensamentos hehehe…
    Fiquei com medinho agora, que isso não aconteça comigo, que surjam sorrisos durante a cerimônia, mesmo que sorrisos amarelos de nervosos!!!
    Bjão

  • Helo diz: 4 de março de 2011

    Oi,
    Tem uma ENORME diferença entre as fotos sim. Na primeira, o Marcelo está com cara de menino apavorado e vc com carinha de noiva desesperada (Juro q dá para visualizar vc escrevendo o livro mentalmente). Na segunda foto o Marcelo está com cara de homem apaixonado e vc, mesmo não conseguindo ver o rosto, aliviada!

    Linda as fotos.

    Beijos.

  • Luana diz: 4 de março de 2011

    Contando a história agora é divertido mas na hora foi tensa ! hehehe

    Isso que aconteceu foi para dar um clima na hora hehe tipo vai ter algo para contar aos filhos ! :D

    Beijo Gabi ! Felicidades :)

  • Luísa diz: 4 de março de 2011

    Nossa, da pra notar sim a diferença nas fotos!
    Mas ele não ti largou no altar e vcs tem sim muitas fotos com olhares apaixonados!

  • Jordana diz: 4 de março de 2011

    Nossa Gabi imagino tudo o que deve ter passado na sua cabeça, realmente para quem passa por isso é sofrível.
    Mas meninas se acontecer algo assim, não se desesperem de modo algum, pq em primeiro lugar se o cara não desejasse casar nem estaria lá no altar te esperando e com certeza não iria no meio da cerimônia correndo para fora da igreja, já que tá lá vai casar. Somente pensem que é nervosismo mesmo, não coloquem minhocas na cabeça, que vcs não aproveitar nada do casamento. Somente entrem em pânico, caso no caminho para a igreja alguem ligar para o teu celular ou do motorista e mandar aguardar pq o noivo ainda não chegou, dai sim pode haver motivos rsrsrsrs.

  • Shaiala diz: 4 de março de 2011

    Gaaaaaaaaaaaaabi,
    quase tive um treco quando li no Twitter que tu iria escrever sobre isso!!! ahahahahahahhahaha
    Mas no final das contas, deu tudo certo – é o que importa!!!

    Beijão

    Shai

  • carolina diz: 4 de março de 2011

    ai, gabi, desculpinha!
    é porque na segunda imagem tem um voluminho de tecido no vestido.
    beijo

  • Paula Silveira diz: 4 de março de 2011

    Acabei de lembrar de uma história parecida, mas ao contrário. Fui madrinha de casamento do meu primo e já estávamos todos lá, no altar, a espera da noiva. Começa a tocar a música dela e nada da porta abrir. E toca, toca, toca e nada. Eu que nem era o noivo comecei a ficar preocupada. Olhei pra ele que tava com a maior cara de desesperado do mundo. Eu já estava a ponto de ir eu mesma ver o que estava acontecendo, quando abriram a porta e ela estava lá! Ufa!rs.

    Depois descobrimos que, na verdade, o carro que ela estava não conseguia entrar no estacionamento pois alguém havia estacionado na entrada. Tiveram que ir buscar o dono do carro dentro da igreja e esperar ele tirar o carro. Imagina os nervos???hahahaha. Deus do céu!

    E Gabi, acho que você podia escrever um livro com as suas histórias e as histórias que as noivas contam por aqui. Ia ser bem divertido, certeza.

  • Carol diz: 4 de março de 2011

    noooosssaaaa Gabiii que historia heein!!

    as fotos realemente demonstram um pouco dos momentos bem distintos!
    mas acho que o marcelo jamais faria isso né?
    voce é uma pessoal maravilhosa e ele so estava realmente MUITO nervoso

    bjo bjo

  • Matheus diz: 4 de março de 2011

    Gabrieli;

    Confesso que já tinha ouvido falar sobre o seu blog, mas ainda não tinha visto. Ao olhar na capa do ClicRbs o título do post, me chamou bastante atenção.
    Vejo que do público masculino, não foi só eu que tive a atenção despertada. Logo, para não deixar o único membro do gênero masculino nos comentários, irei ajudá-lo.

    Realmente é nítido na primeira foto que o seu noivo está, simplesmente, A-P-A-V-O-R-A-D-O, com os músculos do corpo contraídos de tanta tensão.
    Tenho uma boa desenvoltura para falar em público, não sou tímido, mas creio que nesta ocasião na nossa vida, não há como ficar diferente.

    A parte engraçada (no ponto de vista masculino) fica por conta das 1.224 situações que passam na cabeça da mulher neste momento, e em outros também, aonde simplesmente o homem não responde ao exato estímulo que ela gostaria e, muitas vezes, quer ficar calado e/ou concentrado.
    Como disse o Marcelo: vira uma novela mexicana dramática, mas (ainda bem) com final feliz.

    O nervosismo do teu noivo não deve ter sido pouco, mas totalmente compreensível.

    Gurias, ou melhor, Mulheres: fiquem calmas, e assim o final será SEMPRE feliz sem “drama mexicano”.

    Bjs, Matheus.

  • Aline Ta diz: 4 de março de 2011

    Hahahaha, meu Deus Gabi, credoooo né!!! Acho que esse é o nosso maior pesadelo!! Mas achei o máximo a tua mente vagando pelas inúmeras possibilidades….não lembrasse daquele epsodio do Noivas Neuróticas da Anita não? hahahaha…coitadinha.

    Eu passei por uma situação parecida, mas não vi a cara de nervoso do noivo. É que o pessoal da banda errou na hora de tocar a minha música. Era para eles tocarem somente o inicio da marcha nupcial e depois a minha musica de entrada. Mas aí o rapaz da banda resolveu tocar a marcha nupcial INTEIRA e eu fiquei lá fora esperando, sempre achando que ele ia terminar a musica no próximo verso e começar a minha. Mas não conteceu, depois de uma marcha nupcial inteira sem noiva, hehehe eis que eles tocam a minha musica e eu entro. Tadinho do noivo, estava nervoso e os amigos dele olhavam para ele e faziam sinal de que eu tinha fugido, que ele tinha se dado mal, hahaha, imagina né. Mas depois foi tudo bem lindo.

    Beijos meninas

  • Maiara diz: 4 de março de 2011

    Como é legal ver tantos comentários!!
    Gabi, vc deve ficar toda orgulhosa de ver toda essa movimentação, né?!
    Eu posso dizer que seria o contrario… acho que eu teria um desmaio… rsrsrsrsrsrsrsrs
    Beijos!!!!

  • Samira Cardoso diz: 4 de março de 2011

    Bahhh Gabi!! a foto registra a diferença!!!

    Eu imagino a sua agonia!!! Ai que medo!!
    Mas ele não teria coragem de fazer isso contigo. Até porque você estava linda, deslumbrante e onde ele ia achar uma mulher assim em outro lugar! hehehehehe
    Ah, estive em Porto Alegre em 18/02 e passei em frente a igreja onde você se casou, ela é linda mesmo!! Lembrei do dia do seu casamento, da emoção da sua entrada, de tudo!!

    Beijos

    Samira – Tijucas/SC

  • Vênica diz: 4 de março de 2011

    Ai que medo eu teria e tenho também… inclusive porque meu noivo é bem assim.. tudo tranquilo eu é que sou a nervosa e me ataco por pouco, mas na formatura – sim, nos formamos juntos – que era tudo tranquilo, que ele não sabia porque estava nervosa era uma bobagem.. Pois bem, né que na hora que chamaram ele o menino travou? Bloqueou tudo!!! E eu que estava nervosa na hora fiquei tão faceira que esqueci o nervosismo.. Pra gente ver.. cada um reage de uma forma!
    Mas seria insaniedade ele largar a bela noiva que estava ao seu lado, hoje sua mulher, seria… hehehehe

  • Karla diz: 4 de março de 2011

    Não acreditei que tu tivesses passado por isso! Nossa eu passei por algo mto semelhante no meu… casei em novembro passado e o caminho até o altar foi maravilhoso (só não foi mais pq 2 madinhas e minha mãe – que entrou cmg, se atrasaram na estética, e eu, consequentemente me atrasei alguns minutos pra entrar, apesar de já estar pronta a mot tempo..), mas qdo cheguei no altar, talvez por culpa deste pqno atrazo, todos estavam com cara de velório, padrinhos, padre, mães, pajem e aiai e o noivo então.. eu olhava totalmente pra ele e ele nada, só eu sorridente e ninguém sorria pra mim.. Q desespero, na metade da cerimômia alguns padrinhos começaram a sorrir e a minha daminha tb e de tanto encarar o noivo, ele me olha e sorri mto, lindo mesmo! Este momento, foi mesmo inesquecível, mas o início, (pra mim os primeiros 15 minutos, aparece direitinho na filmagem!) juro que queria que tivessem sido diferentes…, dá mta aflição! Mas depois eles compensaram! rsrs

  • Tati Klein diz: 4 de março de 2011

    Hahahahahaha Gabi, dei muitas risadas lendo tua descricao do momento de 5 minutos que aconteceu no teu casamento, mas claro que na hora deve ter sido ATERRORIZANTE!
    Aiaiaiai Marceloooo! =)

  • Miriam diz: 4 de março de 2011

    Nossaa!!! Imagina a tensão no meio do casório?! Sabe que eu sempre penso que eu vou chorar feito doida e morrer de nervoso na hora do casamento, mas depois do noivado, onde ELE chorou feito criança, fico achado que quem vai morrer chorando será ele! Tomara que no grande dia ele SO fique nervoso!! Hehehe!
    Bjao a todos e bom Carnaval!!!!

  • Ana Carla diz: 5 de março de 2011

    Meu Deus, que situação….Se fsse comigo eu desmaiava, sou muito nervosa…Gabi, vc é a noiva mais linda do mundo…parabéns…mil felicidades

  • Domingos Nunes diz: 5 de março de 2011

    Linda sua historia, imagino que esses 5 minutos de duvida do seu noivo, pra voce foi uma eternidade.

    Mas o bom foi que deu certo e meus parabens !

    Seja feliz.

  • Evelyn Nunes diz: 6 de março de 2011

    Nossa, tadinha!!

    Mas é verdade, ele parece estar olhando pro nada (provavelmente tentando lembrar o texto!) e você parece estar pensando “ai minha Nossa Senhora” hehehe

    Mas no final deu tudo certo! E viveram felizes para sempre!!

    Contei pro meu noivo e ele falou “lógico, queria o quê, o cara estava nervoso”, aí eu respondi “queria que o noivo não me fizesse achar que ele ia desistir..”hehe Homens…

  • Fernanda diz: 6 de março de 2011

    Que tensãooo!!! Esses foram os 5 minutos mais angustiantes e duradouros da tua vida, mas não dá para deixar de falar que cabeça de jornalista não pára de trabalhar nem nestas horas, hehehehe.
    É bem nítida a diferença entre as duas fotos!!

  • Gabriela Cristina diz: 7 de março de 2011

    aie Gabi..q situação!!
    mas sou obrigada a dizer q o seu depoimento tb está engraçado..srrsrs
    se o marcelo tivesse te deixado (duvido q tivesse coragem), com certeza todas as suas seguidoras teriam ido atrás dele.

    eu tive um chilique, mas foi antes da cerimonia…na hora, graças a Deus fiquei calma..

    bjoss

  • Camila diz: 8 de março de 2011

    Oi Gabi!
    Agora um comment nada a ver com o post, mas eu vi sua foto e lembrei: alguém já te falou que vc parece a atriz Sarah Wayne Callies? Ela faz a personagem Sara da série Prison Break (FOX)…
    Eu estou viciada neste série, e qdo via sua foto eu pensava “parece que esse rosto não me é estranho.. rsrs!

    Bjs!

  • Gabrieli Chanas diz: 8 de março de 2011

    Camila, não, ninguém nunca me disse! Joguei o nome da moça no Google e…caraca, ela é linda! Vou considerar o elogio do século! Beijos, querida!

  • Camila diz: 8 de março de 2011

    Oi Gabi!!

    Magina flor, é que parece mesmo! Realmente a Sarah é linda! É que vc não viu o gato dela na série, o Michael Scofield…. hehe se vc assistir me conta o que acha rsrs
    Mandei pra vc uma montagem que fiz hahauha mostre pro seu marido…

    bjs

  • Giovana diz: 10 de março de 2011

    Só agora consegui ler a historia!
    Bloqueram o acesso ao bloguinho que tanto amo no meu trabalho, acredita?
    Se fosse no ano do meu casamento eu surtava!!!! Ainda bem q ano passado aproveitei bem!

    Ai, q tenso Gabi…..imagina!!!!!!
    Mas convenhamos que na igreja tudo é muito tenso né…. bah, temos que seguir um script, nossasinhora, é muita coisa pra fazer e ainda por cima sorrir! hehehe
    Mais paa o final da cerimônia tudo vai ficando melhor! =)
    Um sarrinho a diferença das fotos!

    bjus

  • Carina diz: 28 de agosto de 2011

    Nossa, morri de rir com este post! Gabi, tu és muito engraçada! Estou AMANDO o blog, acho que acabei de me viciar! Quando tiver minhas fotos do save the date irei compartilhar com vocês!
    Beijos

  • Rafael Gomes Silva diz: 3 de março de 2012

    Muito boa história.. estou procurando por histórias de abandono mesmo, deixadas no altar para que sirva numa animação. Da sua história gostei das informações que se passaram na sua cabeça nos 5 minutos, muito tenso e engraçado de certa forma. Desejo felicidades e sucesso!

Envie seu Comentário