Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Provador: uso ou não uso o plastrom?

16 de junho de 2011 5

O Eduardo, que mora em São Leopoldo, aqui no Rio Grande do Sul, pergunta o que é o plastrom e se ele deve ser usado no dia do casamento.

“Acho este tipo de gravata muito estranho e requintado, mas me disseram que ela deve ser usada com terno no dia do casamento. É verdade?”

Para quem não conhece o plastrom, faço as apresentações: trata-se de uma gravata que divide opiniões quando o assunto é a roupa do noivo no casamento. Presa por baixo do colarinho e sem o nó tradicional, ela é geralmente branca, prata ou dourada e adornada por uma pérola ou cristal.

Por que eu falei em dividir opiniões? A maioria dos profissionais de moda condena o estilo. O plastrom é normalmente usado com fraque, traje bastante formal que tem paletó com cauda alongada. Aqui no Brasil é raro encontrar um noivo que case usando o fraque completo, já que ele, com toda sua pompa, carrega uma formalidade que não condiz com nosso estilo de cerimônia. Para você ter uma ideia, fraque foi o traje adotado por muitos convidados do casamento do Príncipe William, uma cerimônia da realeza.

Já que o fraque é tão formal, muitos noivos acabam optando pelo meio fraque, uma versão adaptada do original. A calça é cinza, com risca de giz, e o paletó mais escuro, sem a cauda. Neste caso o plastrom cai fora e não deve ser usado. O noivo compõe seu visual com gravata normal, de preferência em tons de cinza claro, puxando para o prata. A camisa é sempre branca e os sapatos pretos.

Caso você esteja em dúvida entre o meio fraque e o terno escuro e queira uma solução segura, opte pela segunda opção. O terno preto, azul marinho ou cinza chumbo ganha o voto dos especialistas em moda no quesito “roupa mais adequada para um noivo no Brasil”. Se mesmo assim a ideia do meio fraque seguir mais atrativa, a regra a observar é a de manter a gravata normal e não usar uma que pertence a uma outra categoria de vestimenta.

O que vale destacar, Eduardo, é uma regrinha de ouro: com terno normal nunca, nunca, nunca usa-se plastrom.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (5)

  • Ananda diz: 16 de junho de 2011

    Báh, não gosto mesmo do plastrom!!! Nem me agrada muito meio fraque… Sou mais de um belo terno bem alinhado, com uma linda gravata!!!! Acho chique, mais adequado ao “casamento brasileiro” e os homens ficam um charme de terno!!!! hehehe
    Bjus

  • Priscila diz: 16 de junho de 2011

    Adorei Gabi esse teu post!!!
    Precisa cair por terra essa história dos noivos usarem aqueles meio fraques alugados, com corte torto, com colete e plastrom prata e ainda com detalhe prata na lapela! Acho terríííííível isso!!!
    Ainda bem que o meu amor também não gosta e vai usar seu terno preto MIB super elegante e bem cortado… e o mais importante: que pode ser usado depois em qlqr outra festa!!!

    Bjs

  • Nidy diz: 17 de junho de 2011

    Você aluga seu vestido, gasta horrores e seu marido tem que se vestir igual a um convidado qualquer da festa?
    Aqui na minha região os homens costumam utilizar meio fraque, e eu sou defensora do mesmo…. acho q fica lindo e mt elegante!!! (só não curto mt os detalhes em prata, mas é questão de gosto…é só optar por preto ou chumbo)
    Quando conversei com meu marido, ele nem pensou na hipótese de usar terno… como ele falou: essa é minha única oportunidade de usar um traje desses, e não quero estar “igual” aos demais convidados… afinal eu sou o “noivo”
    Quanto ao comentário da noivinha Priscila: vc já ouviu falar em “confecção sob medida”? O noivo só vai aparecer na igreja com a roupa larga, desalinhada, torta se quiser… caso contrário, paga pelo 1° aluguel e sai com o traje perfeito!!!
    Será q sou a única q curte essa ideia? Pelo q tenho acompanhado nos “jsut married” postados por aqui, acho q não… já vi vários noivos com esse traje….

  • Carol diz: 17 de junho de 2011

    Oi Nidy, vc não é a única não, penso como vc. Pq o noivo deve se vestir como um convidado?? afinal ele tbm é destaque, não só a noiva.
    Meu noivo vai usar fraque, que por sinal ficou lindo de vivier, pois ele é alto e ficou perfeito.
    e é bem isso que vc comentou, não é só a noiva que em direito de fazer primeiro aluguel, o noivo tbm pode, basta de informar!!!

    =)

  • Daiana diz: 23 de fevereiro de 2012

    Concordo com vocês, meninas! Noivo com cara de convidado (ou cara de dia-a-dia, pra quem trabalha com traje social) é o fim!!!!

Envie seu Comentário