Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pedindo dinheiro como presente de casamento

18 de julho de 2011 68

Pedir dinheiro como presente de casamento sempre vai ser polêmica. Desde o comecinho do blog a gente fala sobre o assunto e eu mantenho a mesma resposta para quem me pergunta se pode fazer isso: poder, pode. Dever, segundo a etiqueta, não deve.

Pronto. Todo mundo sabe o que diz a etiqueta, mas no fim das contas cada casal que escolhe como quer agir em relação ao assunto presente no seu casamento. Se a opção for mesmo pedir dinheiro o desafio é buscar formas simpáticas de fazer isso. Lá em 2009 eu comentei com vocês sobre a Loja dos Noivos, uma proposta diferente para atender quem quer pedir dinheiro como presente. Quer saber como funciona?

Para os convidados funciona basicamente assim: seus amigos entram no site, escolhem um presente para vocês (tem eletrodomésticos, tem peças de decoração, aparelhos de jantar e muito mais), compram e enviam um cartão virtual. Já para os noivos funciona assim: cada uma dessas compras é revertida em dinheiro. Exatamente: ao invés de receber o ferro de passar comprado pelo seu colega de trabalho você recebe o valor deste ferro depositado na sua conta. Para conhecer melhor como funciona o serviço eu te indico visitar um tutorial bem explicadinho que está no site da Loja dos Noivos.

Este formato de conversão de presente em dinheiro é conhecido por quem opta por cotas de lua de mel, mas ainda é tímido quando os noivos procuram como trocar presente por dinheiro.

Eu morro de curiosidade de saber o que vocês pensam sobre o assunto. Vocês acham grosseiro pedir dinheiro como presente de casamento ou essa é uma alternativa com a cara das uniões modernas?

avatar

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!
avatar

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (68)

  • Cíntia Leiser diz: 18 de julho de 2011

    Eu acho que o presente, seja ele de casamento ou de qualquer comemoração, deve ser útil a quem irá recebê-lo, então, se os noivos não precisam de artigos para casa ou simplesmente preferem o dinheiro, acho que não há problemas em pedi-lo. Acredito que os convidados devem estar mais preocupados em agradar os noivos e em ajudá-los do que com o presente em si.

  • Ananda diz: 18 de julho de 2011

    Olha Gabi, fui em vários casamentos este ano em que os noivos indicavam a conta bancária deles mesmo para depósito do valor que o convidado achava melhor, então acho que já me acostumei com os noivos sugerindo dar dinheiro de presente.
    Acho que isto vai se tornar mais comum do que a gente pensa. Não achei “feio” quando vi os convites, mas, no meu casamento, optamos por escolher as cotas de lua de mel ao disponibilizar uma conta para depósito de dinheiro.
    Esta dica do site acho muito mais simpática do que indicar a conta bancária, pois pelo menos fica a impressão de que vc comprou algo para os noivos… hehehe
    Bjinhos

  • Juliana Rosa diz: 18 de julho de 2011

    Eu acho que pros noivos que já estão com a sua casa mobiliada é uma opção muito viável, pois seria uma ajuda pra lua de mel ser mais aproveitada.
    Eu sou muito a favor desta idéia e pretendo colocar em prática no meu casamento que já esta pertinho!

  • Pati diz: 18 de julho de 2011

    Gabi, gostaria de saber o que você fez no seu casamento. Como (pelo que entendi) já moravam juntos, provavelmente tinham (quase) tudo. O que vocês fizeram? Gostaria de dicas para quem já tem a maioria dos “utensílios” de casa…

  • Camilla diz: 18 de julho de 2011

    Meu noivo costuma dizer: “Não dê aos outros o que não serve a ti”, ou seja, não faça com os outros o que você não quer que façam com você.
    (Eu, particularmente, não gosto de presentar com dinheiro, prefiro comprar um presente). Vou me casar em dois meses e os convidados já sabem que estamos com a casa montada há um ano, então muitos já perguntam se podem nos presentear com dinheiro, acham que é mais prático e mais útil… Porém, deixamos uma lista em algumas lojas para aquelas pessoas que preferem comprar algo (sempre falta alguma coisa né?) Enfim, estamos dando as duas opções. Deixo as pessoas perguntarem. Não me sinto a vontade pedindo dinheiro…

  • Carol diz: 18 de julho de 2011

    Eu não gosto, sinto como se tivesse “comprando ingresso” para ir ao casamento.
    E depois acho deselegante informar a pessoa sobre o presente que eu dei, mando o recibo bancário? Enquanto uma pessoa deposita 30 e eu deposito 300 (é só um exemplo) como ela vai saber que fui eu que depositei a maior quantia? E não adianta dizer que importa é que os noivos recebam o dinheiro, qdo damos um presente queremos que a pessoa saiba que partiu de nós.

  • Bruna Mendonça diz: 18 de julho de 2011

    Recentemente fui a um casamento de amigos que o presente foi assim, dinheiro, em depósito em uma conta. Eles usaram para uma lua de mel no Caribe. De modo algum senti-me ofendida, isso, pelo contrário, foi motivo de brincadeira pois vários amigos do casal levaram $$ de mentirinha e deixaram espalhado pela festa..hhehehehe! mas vale a interpretação de bom humor de cada um.

  • Patty Trindade diz: 18 de julho de 2011

    Eu estou achando bem comum, embora eu ache bem mais simpática essa ideia do site.
    Eu trabalho com casamentos direto, e lembrei de uma ideia muito interessante e resolvi compartilhar com vocês:
    Os noivos já moravam juntos, e já tinham a casa mobilhada, bem como condições de fazer uma lua de mel bem legal. Como eles faziam parte de um grupo religioso, eles pediram como presente de casamento (também em um site fofíssimo) a doação de algumas cotas e/ou cestas básicas para que eles pudessem doar às entidades necessitadas que eles já haviam trabalhado algumas vezes. E no dia do casamento, eles fizeram um agradecimento mais do que especial para os convidados.
    Achei um amor, e vale a dica pra quem tem uma estabilidade financeira legal ;)

  • Taynara diz: 18 de julho de 2011

    Gabi, me casei agora em junho. Como já moro com meu marido a alguns anos e a casa já está mobiliada, nos sentimos melhor em pedir dinheiro. Todos os meus convidados entenderam e pelo jeito não se sentiram mal com o pedido. Como todos já sabiam que morávamos juntos, acharam interessante.
    E como nossa lua de mel não foi por uma agencia de viagem, não teria como fazer as cotas.
    mas se eu soubesse desse site talvez escolheria para darem presentes :D
    mas já estou convidada para um casamento em que os noivos também pediram dinheiro. não achei errado. acho que isso está cada vez mais comum

  • Rê Moreira diz: 18 de julho de 2011

    Olha eu acho legal a iniciativa do site. Acho menos delicado dar o número da conta. Acho que o procedimento de “compra” online é mais gentil.
    Mas ao mesmo tempo engana o convidado, no caso de cotas da lua de mel é mais tranquilo. O que fazer com aqueles que vem te visitar e perguntam sobre o presente?
    Não é nada que cause um super constrangimento, mas cauda dúvidas.
    Lua de mel é diferente, todo mundo está bem acostumado, se for por cotas de passeios ainda é mais legal, pq os convidados realmente pensam num passeio legal, num jantar, etc…

    O que tu fizeste como lista, Gabi?

    beijos

  • Priscila diz: 18 de julho de 2011

    Eu e meu noivo já moramos juntos, e temos praticamente tudo que precisamos na nossa casa, que ainda é alugada, já que o AP que compramos ainda não ficou pronto.Como não podemos “estocar” os presentes para a casa nova, e a que moramos já está completinha, vamos pedir dinheiro de presente, que vai ajudar a arcar com as despesas da festa.
    Nós sabemos que os convidados sempre querem dar algo de presente, então acho esta uma ótima alternativa para quem, como eu, já tem a casa montada. Além de que hoje quase não vemos mais os comentários que rolavam, que era chato pedir dinheiro de presente, ficava feio para os noivos, acho que os convidados estão se acostumando com a idéia, já vi até gente falando que desta forma fica mais fácil de presentear.

  • Priscila Helena do Amaral diz: 18 de julho de 2011

    Isso é um dilema pra mim, porque vou morar em outro país e não vou poder levar nenhum tipo de presente. Todos os convidados querem, de alguma forma, nos presentear, mas ainda não descobrimos a melhor saída. Não me simpatizo com a idéia do dinheiro e a do site não acho que seja acessível a todos os convidados, principalmente àqueles mais velhos, né? Queria um Help nisso tudo! hahaha :)

  • Lis diz: 18 de julho de 2011

    Eu acho deselegante. Parece que você está pedindo o dinheiro de volta, já que gastou com a festa. Depois, você não está comemorando a união para ganhar presentes e dinheiro. Já tem a casa montada? Sugira DVDs, itens de decoração,livros, mimos… Parto do princípio que presente não se pede, muito menos dinheiro. E depois, os presentes são uma recordação muitop legal das pessoas que estiveram com você neste dia tão especial. E como faz com dinheiro?

  • Suanny diz: 18 de julho de 2011

    Eu coloquei as duas opções no meu convite: uma lista em um loja com presentes e um item chamado “conta pedacinhos da lua de mel” para os convidados depositarem o dinheiro. Fiquei em dúvida no início, sobre a questão de colocar a conta, mas a maioria das pessoas que eu perguntei falou que é muito mais prático. Muitos convidados são de outras cidades e acharam mais fácil. E a medida que fui entregando os convites me surpreendi, pois muito mais gente do que eu esperava falou que vai fazer o depósito. Acho que é moderno hoje em dia.

  • Barbara diz: 18 de julho de 2011

    Siceramente não concordo, não acho certo nem aquela lista deixada nas lojas, sou muito mais da ideia de deixar uma lista feita com o que o casal já tem, ou quer na casa dos pais, caso alguem procure, mas não “ficar esperando” presente dá quem quer, acho chato isso de ficar “pedindo”

  • TATIANA diz: 18 de julho de 2011

    Hoje em dia a maioria dos casais já moram juntos antes do casamento, consequentemente na data do casório já terão suas casas montada, portanto a partir de agora vai se tornar mais comum estas listas de presentes diferentes das de antigamente, como as Cotas de Lua de Mel. Eu já tive amigas fazendo Cotas de Lua de Mel e confesso que achei super legal e aderi para o meu casamento, pois como tantos outros casais eu e meu noivo já mramos juntos há 2 anos e já temos casa montada.

  • Carla diz: 18 de julho de 2011

    Oi Gabi! Me caso em outubro porém já moramos juntos há 5 anos. Em 2009 compramos uma casa nova e a mobiliamos toda, então… o que pedir de presente de casamento? Li muito a respeito de pedir dinheiro e também não é uma ideia que me agrada muito. Por isso, resolvemos fazer uma Vakinha no site http://www.vakinha.com.br, conhece? Até passou uma matéria sobre este site esses dias no Estúdio SC eu acho… No convite não colocamos informação nenhuma, nem de lista de presentes, nem de conta bancária, somente no site divulgamos a informação da Vakinha. E, quem não tem acesso ao site e pergunta, explicamos nós mesmos que no momento não precisamos de nada e se a pessoa quer nos presentear de alguma forma, pode fazê-lo através da Vakinha ou por depósito bancário mesmo. Na Vakinha sabemos quem nos presenteou e com quanto, o convidado pode parcelar o valor no cartão de crédito e nós recebemos o valor de uma só vez. Claro que existe uma taxa para isso, assim como a Loja dos Noivos, mas não é muito alta e achamos que é uma forma mais descontraída de “pedir dinheiro”…

    Bjos!

  • Tracy Vizzotto diz: 18 de julho de 2011

    Sou gaúcha, mas depois do casamento vim morar em Campinas -SP. Casei em Erechim /RS e ficava complicado trazer tanta coisa para SP…meus convidados entenderam e deram o valor do presente em dimdim…e comprei td por aqui mesmo… :D

  • Denise diz: 18 de julho de 2011

    Boa Tarde Gabi, eu e meu noivo como estamos morando em Belem do Para e sera provisorio nao temos como receber nossos presentes e enviar pra lá… Logo optamos por colocar nossa lista no site icasei onde selecionamos tanto cotas de lua de mel como presentes virtuais, ambos reverte em dinheiro!!! Pra nós foi a melhor solucao e esta funcionando muito bem…

  • Jaque Scota diz: 18 de julho de 2011

    Cada casal sabe das suas necessidades. No meu caso terá lista com presentes, uma vez q todos os convidados poderão dar oq quiser e poderão parcelar.
    Mas tem várias formas de se “pedir dinheiro”, alguns sites montados com brincadeirinhas do tipo “ajude a completar nosso jardim nos dando uma flor” ai tu compra e cada flor é um valor… e por ai vai.

  • Mariella Silva de Oliveira diz: 18 de julho de 2011

    Eu penso que é elegante se for por meio de cotas nos sites como os que vc citou. Aconteceu porém, recentemente algo que considerei o cúmulo da deselegância. A noiva entregou um envelope junto com o convite, para a pessoa deixar o dinheiro quando chegasse ao casamento. Terrivel!Como se alguém tivesse a obrigação de dar presente…

  • Evelyn diz: 18 de julho de 2011

    Presente não é obrigatório certo? Mas se quiser dar, tem que pensar no que será útil e importante pra pessoa que recebe!

    Se o casal já mora junto e tem as coisas básicas, acho super válido ter uma lista pra lua-de-mel. Acho que algumas pessoas ficam sem graça de dar dinheiro diretamente, então sites do tipo que vc citou, em que a pessoa escolhe algo e o casal recebe o dinheiro eu acho melhor.

    Assim como também não custa colocar alguns item pra casa que vc não compraria, ou adiaria, tipo aquele conjunto de lençóis caros ou uma cafeteira super moderna!

  • jana diz: 18 de julho de 2011

    olá, eu vou viajar pra Punta Cana de lua de mel, como já tinhamos tudo, estamos pedindo cotas, eu fiz tipo um caderno de recordações onde coloquei varias coisas que serao feitas, diarias de hotel, drinks, aviao…
    cada convidado escolhe entre uma ou mais opções e deixa um recadinho para os noivos;]
    deixei o livro na agencia de viagens e acho q será divertido ler os recadinhos
    uma bricadeira para que a pessoa se sinta realmente ajudando com a lua de mel

  • Luciana Schmidt diz: 18 de julho de 2011

    Na verdade não vejo problema em sugerir dinheiro como presente de casamento. Como nosso casamento foi bebida por adesão escrevemos um recadinho divertido no nosso convite, pois mesmo por adesão as pessoas querem presentear e rendeu um bom valor. Anexamos o seguinte bilhetinho: Nosso presente será a sua presença! Mas se tiver um “troquinho” sobrando e quiser nos ajudar com uma cota para a lua de mel, agradecemos.
    Alguns depositaram, outros nos deram no dia em mãos, alguns nem foram e presentearam e até mesmo depois que voltamos de viagem recebemos. Não vi ninguém reclamar e quem não pode não presenteou. Acho válido pra quem já tem a casa montada e muito melhor que lista de presentes com valores exorbitantes. Dinheiro dá quem pode e o quanto pode.

  • Ana Paula Pereira Francisco diz: 18 de julho de 2011

    Olá!!! Eu e meu noivo também moramos juntos há mais de 5 anos, não temos casa própria, então achamos melhor fazer a lista de presentes pois também não poderemos fazer uma lua de mel por causa do trabalho. Decidimos pela lista porque apesar de estarmos juntos a tanto tempo sempre tem alguma coisa que queremos muito comprar e não compramos… nós vamos adorar receber nossos amigos e familiares e eles reconhecerem os presentes que nos derem. Vou pedir bastante objeto de decoração, utensílios para cozinha e enxoval. Beijos!

  • Fernanda diz: 18 de julho de 2011

    Gabi, antes eu achava deselegante e até mesmo abusado por parte dos noivos. Ficava aquela ideia de que eu estava pagando pela festa de casamento que eles escolheram. E qndo penso assim, ainda é minha impressão. Mas pensando por outro lado, muitos casais hoje já moram juntos, já têm casa montada. E aí vão pedir o que? Um par de sapatos que não dá, né!
    Por esse lado eu acho bem bacana ter a possibilidade de pedir dinheiro sim, mas acho chato quando é obrigação. Se os noivos não dão outra opção, fico com a ideia de que eles querem sim reaver parte do que gastaram no casamento e isso não é obrigação dos convidados. Acho bacana mesclar, dar opções. Ter a oferta de dar dinheiro ou cotas para lua-de-mel seria mais agradável na minha visão de convidada.

  • Jhuli diz: 18 de julho de 2011

    Olá, bom infelizmente minha casa ainda não estará pronta e não tenho onde guardar as coisas.. Acho a ideia do site bem legal… Porém não é para todos.. Não consigo imaginar minha avó comprando no site.. rsss..
    Mais valeu a dica..
    Beijos Jhuli

  • Gabriela Cristina diz: 18 de julho de 2011

    já acho grosseria pedir presente, imagina dinheiro!!

  • Jerusa diz: 18 de julho de 2011

    Acho deselegante. Se o convidado perguntar se pode ser em dinheiro, tudo bem. Caso contrário, pedir, não concordo. Já vi convites com conta bancária… O cúmulo. O dinheiro é sempre bem vindo e se tornou comum em presentes hoje em dia. No entanto, eu que sou casada, hoje quando tomo um café com uma xícara que foi presenteada, sempre lembro: foi fulano quem nos deu. No caso do dinheiro isso não acontece. Em meu casamento ganhei muitos presentes e muito dinheiro também. Praticamente meio a meio.

  • Katiane diz: 18 de julho de 2011

    Gabi,
    Eu e meu marido já morávamos juntos e estávamos com a casa pronta já. Casamos em outra cidade e teríamos que pagar frete para trazer os presentes. A opção que escolhemos foi pedir o presente em dinheiro. Explicamos que gostaríamos de aproveitar a lua de mel e as pessoas podiam nos ajudar nisso. Para não colocar a conta bancária no cartão, colocamos no convite que quem quisesse nos presentear, as informações estavam no nosso site. Acredita que teve gente que depositou até um mês depois do casamento? Ganhamos muito dinheiro e até fizemos um ensaio na praia (Trash The Dress) com o presente. Ah, teve pessoas que levaram presente na igreja, mas deu para trazer :D
    Acho que hoje em dia não há mais a resistência. Os convidados que querem presentear os noivos sempre procuram coisas que possam ajudar pra valer.

    Bjuss

  • Juliana diz: 18 de julho de 2011

    Gabi, não acho chato, não! Inclusive, tenho uma dica bem interessante. MInha cunhada, quando casou, enviou junto com o convite de casamento um envelopezinho e um cartãozinho que sugeria aos convidados colocar uma quantia que quisesse no envelope e levasse no dia do casamento. Lá, no dia, na recepção, tinha um porquinho cofre, feito em papel machê (confeccionado pelos pacientes dela, ela é psiquiatra) onde os convidados depositavam os envelopes! Todos adoraram!!!!

  • Sabrina diz: 18 de julho de 2011

    Olá Gabi
    Vou me casar em novembro e preferi ser mais prática na questão de presentes: colocamos no convite uma mensagem bem simpática e pedimos dinheiro aos nossos convidados. Como estamos contruindo a nossa casa para nós é bem melhor receber dinheiro do que receber um monte de presentes, uns as vezes nada uteis, e ainda ter que ficar correndo atrás da lista na loja, sem contar na incomodação que já acompanhei em alguns casamentos de amigos por causa de presentes repetidos. Acho mais moderno e mais prático até para os convidados!

  • Marili diz: 18 de julho de 2011

    Gostei da Dica… Será que não tem um semelhante para formatura?
    rsrsrssr

    Bjs
    Marili

  • Carla Daniela diz: 19 de julho de 2011

    Eu acho que pedir dinheiro é de péssimo tom, dá a impressão que os noivos estão de “esmola”. Podem ter certeza de que muita gente vai a esses tipo de casamento mas não vai gostando não e ainda saem falando. Porém, se os próprios convidados se oferecerem, então não tem problema. mas é sempre bom deixar opções de listas de presentes em algumas lojas ou sites.

  • Amanda Alves diz: 19 de julho de 2011

    Acho que nada se compara a ganhar um presente, dá um friuzinho gostoso, é uma etapa deliciosa pra quem já casou. Depois de abrir cada presente é tão martavilhosos escrever os cartões de agradacimento deixando claro pra quem presenteou como aquele presente é útil e como gostamos de recebê-lo. Pedir dinheiro é algo frio e indelicado. Definitivamente, não gosto mesmo.

  • Paulo diz: 19 de julho de 2011

    Deselegante, pode ser. Pra’tico, com certeza.
    O problema eh voce dar o ferro de passar para um casal e depois perguntar por ele quando for visita-los: gostaram do ferro de passar que dei no casamento de vocês? O que o casal responde nessa hora?

  • Cláudia diz: 19 de julho de 2011

    Como já foi dito, já é uma grosseria pedir presente.
    Se me pedissem dinheiro eu mandaria a quantia por um motoboy e não iria ao casamento.
    Parece que o convidado tem de agradecer por ter sido convidado; parece que o presente não é um agrado que o convidado faz aos noivos por livre e espontânea vontade.
    Que tal distribuir as mesas de acordo com a quantia em dinheiro que cada convidado deu. Os melhores lugares do salão ficam para quem der mais dinheiro, ou der melhor presente.
    Parece que a pessoa tem de pagar ingresso para ir ao casamento. É uma troca: para participares do meu momento de felicidade, tens de contribuir com X.
    Acho que essa ideia de pedir dinheiroé consumismo puro. Interesse. Muito triste!
    Não há maneira gentil nem divertida, nem simpática de fazer isso.

  • Nina diz: 19 de julho de 2011

    Acho muito deselegante!
    Já recebi convite com a conta bancaria dos noivos, envelopes para colocar dinheiro, já
    recebi estes modelos até em casamento “cada um paga o seu”.
    Impossível para quem recebe não ficar falando, ainda mais os mais velhos.
    Sei que é mais prático, mais útil, mas ainda acho deselegante.

  • Karen Cássia Nissen Machado diz: 19 de julho de 2011

    Em todos os casamentos que tenho ido atualmente, os noivos tem optado por presentes virtuais ou cotas de lua de mel em sites do tipo “icasei”. Em alguns casos, além das cotas, há também opção de lista em alguma loja de enxoval ou decoração. Não vejo problema nenhum em presentear dessa forma, pois a grande maioria dos casais já mora junto, já tem casa montada e, em alguns casos, não teria nem onde guardar os presentes recebidos. Acho essa forma prática para o convidado e útil para os noivos. Penso em adotá-la no meu casamento, pois eu e meu noivo já moramos juntos há quase 3 anos e já temos casa montada.

    Beijos!

  • Renata diz: 19 de julho de 2011

    Oii.. Gostaria de passar a minha experiência para vc´s. Me caso em setembro agora, porém já moramos junto a 2 anos, ou seja já temos tudo que precisariamos para montar a nossa casa. Iremos pedir cotas para lua de mel.. e para todos os convidados que estamos falando.. estão chando ótimo. Eles vão até a agencia compram um passeio para nós, deixam recadinhos carinhosos e alem do mais, não ficam na duvida se iremos gostar ou não. Minha irmã casou ano passado, fez as cotas tb e ninguem reclamou ao contrario .. adoraram, muitos acham pratico por isso que gostam. E quando voltaram da lua de mel ficavam perguntando como tinha sido o passeio que a pessoa tinha dado de presente. Óbvio que quem não mora junto ainda não tem porque fazer isso.. mas se tu já mora não tem pq ganhar outro jogo de coberta de mesa.. é mais conveniente as cotas. Ótimo para eles (convidadis).. e para nós!!

    Beijos!

  • Tai diz: 19 de julho de 2011

    Olha, aqui na minha cidade quase a totalidade dos convites de casamento incluem um bilhetinho que caso queiram presentear pode ser na forma de dinheiro, e todos acham super normal e até melhor do que ir até a loja comprar o presente e ainda correr o risco de ter ele trocado… e assim com o dinheiro os noivos podem comprar os utensilios que eles desejam, ou podem pagar a festa e a lua de mel. Beijos!

  • Camila diz: 19 de julho de 2011

    CLARO que é muito mais prático para os noivos mas EU sou absolutamente CONTRA! È muito constangedor….Um presente eu posso comprar dividido no cartão em até 12 vezes. Já dinheiro….Sem contar que um convidado pode se sentir diminuido por ter contribuido menos que outro.Meu casamento quero as pessoas livres, presenteiem se quiser, mas que compareçam ao casamento Foi pela presença delas que resolvi convidá-las. Quem pensa em pedir dinheiro só pensa em si próprio e está se lixando pra o que REALMENTE importa. ~Se não tem condições de casar não case, mas não venha querer casar as minhas ”custas.”

  • Lica diz: 19 de julho de 2011

    Acho muito de mal gosto pedir dinheiro, imagina já acrescentar a conta bancária! Hello? Tá cobrando ingresso? Se não tem dinheiro para fazer uma lua de mel ou comprar algo, melhor nem fazer a festa. Pode parecer radical, mas quem dá uma festa a priori quer a presença das pessoas queridas nela, não uma quantia em dinheiro. As pessoas aqui dizem que os convidados adoram o sistema de cotas ou de depósito. Balela!!!! Sempre que usam esse sistema, alguém comenta que é desagradável e ridículo. Muitos se sentem constrangidos, pois podem contribuir como uma quantia pequena. E depois os noivos vão saber quanto foi o depósito. Com os presentes, mesmo sendo uma das dicas mais em conta, esse constrangimento não acontece dessa forma explícita. Eu já me irritei com esse sistema e simplesmente não dei nada.

  • Sara diz: 19 de julho de 2011

    Olá Meninas!

    A verdade é que a gente nunca consegue agradar todo mundo não é mesmo?! Pensando em ajudar as próximas noivinhas quero contar minha experiência: Nos casamos no mês passado, e com as dicas do nosso cerimonialista, para evitar qualquer tipo de constragimento, colocamos em nosso site de casamento opções de cotas de lua-de-mel, e colocamos também a opção de listas de presentes em lojas. Assim como a maioria que respondeu ao post, também já moravámos juntos, tinhamos nossa casa montada e as cotas seriam muito bem vindas, mas deixamos os convidados a vontade na escolha. No final nos surpreendemos com a quantidade de cotas que recebemos. Fomos para Fernando de Noronha, então as opções de cotas estavam entre passeios de barco, megulho, jantares romanticos, trilhas… Foi muito bacana perceber que cada um escolheu a cota referente àquilo que realmente gostava, pensando na gente. Na dúvida, coloquem as duas opções, fica a dica! ;)

  • Juli Toson diz: 19 de julho de 2011

    Como meu noivo já mora sozinho a mto tempo, já tem tudo em casa. Até vamos fazer uma lista, pois sei q tem gente q prefere mto dar presentes, mas nossa prioridade são as cotas de lua de mel. Fiz um link no nosso site (www.prometo.com.br/juliedouglas) com fotinhos dos locais onde pretendemos ir, escrevi um textinho embaixo e coloquei valores que pesquisei. Mostrei para meus padrinhos e todos eles acharam o máximo, assim não fica aquela coisa de apenas dar dindin, mas um passeio, um drink, um jantar legal… Era isso.
    Bjinhus.

  • Thaís diz: 19 de julho de 2011

    Olá Gabi,

    Eu pedi de formatura dinheiro, como presente. E não me arrependo. Mil vezes ganhar aqueles R$20,00, do que ganhar uma caneta com chocolates. Que você irá comer e a caneca lá atirada no canto. Meus convidados adoraram a ideia, pois não precisariam ir atrás de presentes. Além disso, é uma boa maneira de comprar algo que você realmente irá utilizar depois. No meu caso comprei meu notebook, viajei nas férias e ainda sobrou ;) Acho uma ótima sugestão ‘dimdim’ como pedido de presente.

  • Ana carla diz: 19 de julho de 2011

    Por que é comum não significa que é correto! Pra quem pede é ótimo, mas pra quem contribui não é agradável. Xô o capitalismo…

  • Liliane diz: 19 de julho de 2011

    Qual o objetivo maior quando se presenteia alguém? eu acho que é agradar. E deve ser bem desagradável receber algo que não nos faz falta, ou não é do nosso gosto,ou já temos vários…Eu era totalmente contra presentear com dinheiro, pois me sentia pagando a conta da festa, mas hoje percebo que não é nada disso, os tempos mudaram muito, noivo algum espera os presentes de casamento para montar sua casa…

  • Kênia diz: 20 de julho de 2011

    Acho errado pedir dinheiro, aliás, não se deve pedir nada. Os convidados são livres para presentearem se quiserem. È claro que quem pediu não se arrepende, vai se arrepededer de que???????? Vai viajar ou comprar algo confiando nos outros. Minha avó já dizia que a gente só faz o que pode. Sem contar que parece coisa de “pobre.” Pronto, falei.

  • TATIELE diz: 20 de julho de 2011

    Bom, em junho de 2012, vou me casar, mas já tenho tudo que preciso para minha casa, estava pensando em pedir dim dim, hehe… Mas não sei a maneira de pedir, deposito em alguma conta?? Não sei mesmo, e eu acho melhor de dar dinheiro, pq as vezes não temos tempo de escolher o presente e algums convidados são de outras cidades. Pretendo pedir dinheiro como presente mas não sei como fazer isso.

  • Paula diz: 20 de julho de 2011

    OI pessoal!!
    Eu não acho que seja uma coisa “bonita” pedir dinheiro como presente de casamento.Adoro comprar presente para pessoas queridas, acho tão gostoso quanto escolher o look da festa. Mas se os noivos já tem tudo na casa, não veria problema algum em contribuir para a Lua de Mel, o importante é que os noivos fiquem felizes e que presente ou o “dindim” seja útil.
    Beijoss

  • Renata diz: 21 de julho de 2011

    Como falei anteriormente, me caso em setembro e vamos pedir cotas de lua de mel, e não é por causa de falta de dinheiro, ao contrario temos toda a nossa casa pronta, não tem necessidade ganhar o que ja temos. E tem mais não é pq é $$ que tem que dar, senão tem confições não tem problema queremos a presença e não o $$ . Senão tivessemos condições, nem o casamento iriamos fazer. Pois sabemos que não é barato fazer uma festa! Na minha cidade o pessoal está gostando muito das cotas!

    Beijoooo

  • L Flores diz: 26 de julho de 2011

    Acho que um presente de casamento sempre deve ajudar o casal, seja de qualquer forma.. por mais difícil que seja pedir dinheiro, em alguns casos se fazem necessários!
    O que acho legal fazer, são os noivos mandado uma lembrança de agradecimento
    mas, isso já é por conta de cada um né?
    Beijo a todos!

  • Nay diz: 4 de agosto de 2011

    Não vejo problema algum, o importante é ajudar os noivos. Se os noivos já tem tudo, porque dar coisas que eles já tem, e que obviamente se tornarão inúteis? Isso é jogar dinheiro fora. Então não vejo nada de mais dar um valor em dinheiro, se é isso que eles precisam. É mais prático e o mais importante, vai ser muuuuuito útil aos noivos.

  • Lilia diz: 3 de outubro de 2011

    Ola!!!
    Não vejo problema algum em pedir o presente em dinheiro, porém acho que deve ser pensado em uma maneira para que isto não se torne constrangedor para os convidados. A minha opinião, é que seja colocado juntamente com o convite enviado , um envelope para que o convidado coloque a quantia que se possa dar, por outro lado , no local da festa seja colocado em um ambiente uma cestinha ou caixinha para que cada convidado deposite ali seu envelope, assim , penso que! não haverá constrangimento para o convidado, pois existem os que podem dar mais , e outros menos. Penso , que não importa que os noivos fiquem sabendo quem deu mais ou menos, acho que assim ninguém poderá falar deste ou daquele convidado, pois acho que todos os que ali estão como convidados é porque são pessoas amigas e queridas dos noivos e seus familiares, assim ! todos são muito bem vindos não importando com o que cada pode dar.

  • Drimcs diz: 24 de janeiro de 2012

    Gabi, estudei etiqueta por dois anos e isso é inadequado.

    Mas, independente da “Etiqueta”, sempre achei muito feio e agressivo pedir dinheiro como presente de casamento, mesmo que o casal vá morar no exterior.

    Veja como fiz no casamento de minha enteada, mesmo não concordando:
    Como sabemos que facilita a vida dos noivos, o menos indelicado é pedir que o organizador escreva um pequeno informe de que o casal irá residir fora, após as bodas e su-ge-rir que, para facilitar a vida do convidado, ele poderá optar por presentear em dinheiro, indicando o nº de uma conta corrente ou poupança e explicar que assim que ele fizer o depósito, os noivos receberão um cartão virtual em seu nome, encaminhado pelo próprio organizador.
    Na falta de um organizador, peça a um amigo “traquejado” (nunca mãe ou parentes) para telefonar e explicar toda a mesma situação. Neste caso, ele se incumbe de buscar o dinheiro e fazer o depósito. Volta ao local e entrega o comprovante do depósito, que deverá, obrigatoriamente, ser efetuado no caixa humano.
    Quanto a sugerir valor, o mais indicado é que seja valor baixo. Baixo mesmo!!!! Dinheiro é assunto delicado sempre.

    Também já fui convidada para casamentos que, de antemão, sabia que os noivos tinham casas montadas, ou eram de outras cidades, ou ainda, de parentes queridos.
    O que fiz? Telefonei para os noivos e perguntei se eles se ofenderiam se fossem presenteados em dinheiro. Neste caso, o valor teve que ser mais salgadinho, depositado em conta corrente, seguido de um telefonema para informar. Nunca esqueci de mandar um belo cartão pelo correio, sem falar de dinheiro!
    Quanto a presentear parentes em dinheiro, fui prática, convidei-os para um chá e presenteei diretamente com o dinheiro (cheque não!!!!), num belo envelope de veludo, onde também tinha uma foto linda do casal!

    bjs a todas

  • Manu Dias diz: 5 de fevereiro de 2012

    Oi pessoal!
    Estou em um verdadeiro dilema, sou do estado do Amapá e meu noivo de Minas Gerais, vamos casar aqui no meu estado, mas vamos morar em Minas Gerais, por isso infelizmente nao há como recebermos os presentes, porque o frete daqui para minas sairia muito caro, e eu gostaria que vocês me ajudassem a escrever o convite.
    Desde já muito obrigada!
    Um grande beijo a todos!

  • Drimcs diz: 7 de fevereiro de 2012

    Manu, nada de dilemas, casamento já é uma super decisão!!!!
    Então, agora é hora de pensar rápido e resolver.
    Leia meu post acima, se gostar, escrevo uma sugestão específica para você!
    bj

  • Lee diz: 1 de agosto de 2012

    Olá boa noite!!Eu entrei no seu site para ler a matéria sobre pedir dinheiro como presente,pois gostaria de uma dica para o meu casamento.Eu caso em Janeiro de 2013 porém eu não vou morar aqui no Brasil e por esse motivo os presentes não serão úteis uma vez que já tenho casa com tudo q preciso na Itália.Gostaria que me ajudasse,o q devo escrever no cartão??Agradeço muitíssimo a atenção.

  • Rui Alexandre diz: 13 de agosto de 2012

    Olá ,boas noites a todos!
    Preciso da vossa ajuda a pouco menos 20 dias de ter o dia mais importante da minha vida e também o da minha futura esposa houve algo que nos faltou tratar de alguma maneira refiro me aos envelopes para pedir aos convidados que quiserem dar alguma lembrança no casamento possam por nos envelopes e nos dar , agora não tenho jeito para pedir dinheiro , os convites já estão entregues só resta uma impotese no dia do casamento no copo de Agua pensei em fazer uma caixinha bem original para depositarem lá os envelopes agora os envelopes como os entrego aos convidados deixo junto caixa?, deixo na mesa ?deixo de alguma forma na cadeira de cada convidado por favor dêem a vossa opinião .
    Muito obrigada
    Rui Alexandre

  • Rui Alexandre diz: 13 de agosto de 2012

    Aguardo as vossas dicas.
    Um bem haja.

  • Tania Zonta diz: 27 de janeiro de 2013

    Bom, minha prima se casou em Brasília, ha alguns anos, nos convites ela colocou “Os noivos receberão em numerários” e no salão da festa ela colocou uma caixa transparente em cima de uma mesa com uns envelopes e os convidados colocavam o dinheiro no envelope e depois depositavam na caixa transparente. Ninguem se sentiu constrangido com a idéia. E o casamento foi bem chic.
    Eu morei 6 anos na Italia e é comum eles darem dinheiro inves de presente aos noivos.
    Eu e meu marido nos casamos lá no civil e recebemos dinheiro dos parentes.
    E em outros casamento que fui lá foi do mesmo modo.

  • elAINE diz: 24 de março de 2013

    eu vou casar… mais tenho tudo na minha casa… entao pensei q qdo entrgar o convite eu entrego um envelope junto e explico q ja tenho td e q a pessoa pensa em uma coisa p me dar e me de em dinheiro… o que acha?

  • carlos diz: 27 de maio de 2013

    Se os noivos nao precisam de presentes, e for pedir deposito em conta, por quê não fazer para uma obra beneficente, tipo orfanato, crianças carentes, acho bem mais elegante.

  • Angela diz: 3 de setembro de 2013

    Olá! Eu e meu marido já tínhamos nossas casas bem montadas. É certo que sempre precisamos de alguma coisa, mas nem cabia uma lista.
    No site do casamento, colocamos a conta para quem quisesse contribuir com nossa lua de mel. Foram muitas e muitas ofertas.
    Isso eu nem acho deselegante. Quem não quer presentear, não presenteia mesmo tendo lista em loja e não tendo lista. Quem quer presentear, dá um jeito de agradar aos noivos. Agora, deselegante mesmo e demais é cortar gravata e vender pedacinho. Para isso não tem perdão!!!!!!!

  • Magda diz: 10 de novembro de 2013

    Sinceramente, no começo eu ficava desconfortável com a idéia que meu noivo deu de sugerir que as pessoas que quisessem nos presenteassem em dinheiro, mas ai minha mãe comentou com alguns familiares e todos gostaram muito mais de poder presentear com dinheiro do que com presentes, muitas vezes a pessoa não tem dinheiro suficiente para dar uma geladeira, por exemplo, e fica sem graça de comprar algo “mixuruca”, então se sente mais confortável dando uma quantia em dinheiro que não vai pesar no seu bolso e a pessoa compra o que quiser com ele.
    Ainda assim, vou fazer uma lista de presentes em algum site pra deixar a opção para as pessoas que preferirem escolher um presente.
    Mas definitivamente é importante acabar com os preconceitos.
    Ninguém é obrigado a presentear, mas se o faz com certeza é pra ajudar e agradar o presentado com aquilo que ele mais precisa, não é mesmo?

  • Lima diz: 10 de novembro de 2013

    No Brasil as pessoas ainda tem esse preconceito bobo, mas em outros países mais desenvolvidos como no Japão, Itália, alias em várias partes da Europa é muito mais comum as pessoas se presentearem com dinheiro.

    Não vejo mal nenhum nisso!

    É claro que presente não é obrigação, mas sim um gesto de carinho e atenção com o presentado.

  • karen diz: 9 de abril de 2014

    Oi, vou me casar e meus convidados são simples, não usam internet, gostaria de uma dica para uma forma de enviar junto com o convite uma frase com outro convite, e uma frase que seja de maneira correta e elegante,agradeço se me ajudar

Envie seu Comentário