Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O casamento acabou: preciso devolver os presentes?

03 de novembro de 2011 22

Sei que casamento desfeito não é o melhor assunto para tratar em um blog visitado por milhares de moças que sonham em trocar alianças, mas como o tema está em voga, vamos pensar que estamos falando dele só por curiosidade. Pode ser?

Que a Kim Kardashian decidiu pedir o divórcio a gente já sabe. Foi um casamentão, que dizem ter custado 10 milhões de dólares, e foi mostrado na tevê em um especial de 4 horas. Uma parte deste especial mostrava os noivos em uma loja divina escolhendo os itens que fariam parte da lista de presentes. Porcelanas Hermès, faqueiros de prata e outros mimos caríssimos entraram no pacote. Agora me diz: já que o casamento terminou após míseros 72 dias, o que fazer com os presentes? A etiqueta manda devolver?

A Kim publicou em seu blog uma carta para os fãs onde dizia que ela iria doar o dinheiro correspondente aos presentes para uma instituição beneficente. Ela não comentou valores, mas a imprensa americana diz que ela fará um cheque de 200 mil dólares. Apesar do valor ser alto e generoso alguns críticos condenaram a atitude. Lizzie Post, autora do livro Emily Post’s Etiquette 18th Edition, disse à revista People que quando o casamento é encerrado após pouquíssimo tempo (caso da Kim) os presentes precisam ser devolvidos para os convidados.

A orientação de devolver os presentes também é válida para os mimos ganhos na festa de noivado. Se o noivado for desfeito é  de bom tom devolver o que foi ganho. Considerando que os presentes ainda deverão estar intactos e esperando serem usados após o casamento não fica tão complicado.

O que pensam sobre o assunto, meninas?

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (22)

  • Tatiane Romani diz: 3 de novembro de 2011

    Acho que não precisaria de tudo isso, se as pessoas resolvessem casar po AMOR… e não por fama e dinheiro…

    Bjos

  • @sabri_sf diz: 3 de novembro de 2011

    Olha nínguem espera ou quer que um casamento termine, e acho mais do justo devolver os presentes na minha opinião não tem pq ficar com coisas que foram dadas para aquela união que infelizmente acabou e ainda mais ficar com algo que quando olhares para tal objeto vai lembrar de uma situação tão delicada e que dói muito que é uma separação. e essas pessoas gastaram o seu dinheiro, investiram então prefiro devolver todas as coisas intactas.

  • Aline Tartare diz: 3 de novembro de 2011

    Bem, este assunto é cheio de controvérsias. Acredito que não só os convidados gastaram com os presentes. Da mesma forma, os noivos gastaram para fazer a festa de casamento, algo que não há como ser reembolsado após o fim do casamento e, com certeza, é um valor bem mais significante. Eu, como convidada, não gostaria e nem aceitaria de volta um presente dado ao casal. Imagina a logística para devolver todos os presentes a cada convidado!! E a dor no coração, de ter que entregar de volta provavelmente junto com uma explicação. Acho completamente desnecessário. Infelizmente já passei por uma situação dessas como convidada e digo para vocês, nessa hora o presente dado nem vem a cabeça…só queremos saber se nossa amiga está bem!!!
    Beijos

  • Rafaella diz: 3 de novembro de 2011

    Olha Gabi.
    Concordo plenamente com a Aline Tartare, já passei por esta situação e confesso que dependendo do motivo do término não há forças para separar e devolver presentes.
    A última coisa que eu pensei realmente foi isso, é tanta dor, tantos sonhos que se vão e de fato como comentou a Aline, as pessoas foram a festa, se divertiram, houve um investimento que jamais será reembolsado.
    Devolver não julgo correto, doar para quem precisa, talvez.
    Foi o que eu fiz e o que me senti melhor.
    Beijos

  • Pathy diz: 3 de novembro de 2011

    Concordo com Aline. Se o casamento mal começou e já acabou com certeza os noivos tb estão frustrados pela “decepção” e certamente envergonhados. Imagina ter q encarar cada convidado e explicar o pq de fim do casamento?! Como convidada tb não ficaria preocupada em receber o presente que DEI, mas em apoiar meus amigos nesse momento.
    Beijos

  • Mariane diz: 3 de novembro de 2011

    Concordo com a Aline. Entregar presentes num momento tão delicado…ai acho que ninguém dá e depois se o casamento se acaba está esperando de volta. Bananas para esta etiqueta boba.

  • meza diz: 3 de novembro de 2011

    com certeza devolver, pois senão é muita cara de pau.
    tu convida a pessoa, praticamente com este convite, obriga a ela comprar um presente que muitas vezes a priva de varias coisas ou se não priva tira ela do seu conforto para correr atras do presente, esta pessoa, ainda tem que comprar ou alugar uma roupa e ir para festa e vocês tem a audacia de dizer que ela aproveitou a festa. é o mínimo que se faz pois a final vocês quiseram casar e não foram os convidados que os obrigaram.
    vou casar no ano que vem, ja estou a 3 anos e meio com a pessoa, a amo muito, porém nós antes de casar estamos comprando tudo, com muito esforço pois o dinheiro é suado, justamente para não abusar da paciência de nossos convidados. e se caso eu fosse me separar não ficaria com cara de taxo tentando explicar o acontecido.
    fica a dica, é muito facil casar e depender dos outros para tudo.

  • Liliane diz: 3 de novembro de 2011

    Neste caso exatamente,acho que os presentes deveriam ser devolvidos. Ficar com os presentes para quê? O mimo foi para o casal, que não mais existindo, não tem sentido não devolvê-lo.

  • Miss Sintética diz: 3 de novembro de 2011

    A decisão é do casal, não cabe a Lizzie ou quem quer que seja, decidir o que é certo e errado nesse tipo de situação.
    Quando dou um presente, dou de coração, não vou querê-lo devolta seja pelo motivo que for, ainda mais em uma situação tão triste quanto essa!
    Parabéns a Kim pela belíssima atitude, me surpreendeu.

  • Paula diz: 3 de novembro de 2011

    Nossa, tem um pessoal muito raivoso por aqui! Eu não iria querer presente de volta de um casal querido que está passando por um momento difícil. Meza, pelo jeito que tu falaste parece que te obrigam a ir nas festas de casamento! eu já disse antes e torno a dizer, só vou em festa de pessoas que gosto. E, sendo alguém que eu gosto, não quero que a pessoa se preocupe em me devolver um jogo de panelas quando está passando por uma situação tão triste e delicada quanto uma separação…

  • Renata diz: 3 de novembro de 2011

    Concordo, Paula! Tem gente aqui muito fixada no valor material das coisas, e não no significado do ato de presentear ou de oferecer uma festa como celebração de algo tão bonito quanto duas pessoas que querem formar uma família!
    Meza, eu não considero um desconforto sair de casa para ir comprar um presente para um casal, senão nem iria no casamento!
    Acho que tem gente que enfatiza demais os sacrifícios para pagar uma festa, mas acho que se a pessoa considera o ônus tão grande assim, nem deveria OFERECER uma festa de casamento. Sim, isso mesmo, a gente oferece uma festa, e os presentes são uma gentileza, não uma obrigação dos convidados, para terem que ser devolvidos caso as pessoas tenham a infelicidade de se frustrarem com a união.
    Não que eu tenha pago meu casamento brincando, mas se eu tivesse considerado o trabalho que tive como um grande suplício, não teria feito nada.

  • celso diz: 3 de novembro de 2011

    Diálogo por ocasião da devolução do presentinho!!!
    - Poís é né, não deu certo,
    - É????? Por que????
    - Sei lá, tem coisas que a gente só descobre depois que vive junto, né!!
    - É, eu sei amiga, mas todo mundo sabia que ele era um galinha!!!
    - Como assim?
    - É, que a fulana e a ciclana, tuas amiguérrimas, saiam com ele!!!
    - Sim mas, eu só me separei porque ele ronca e bate a escova de dente na pia!!!
    - Ish, foi mal, desculpa ….
    - De qualquer forma, ta qui os copos de cerveja, ele nem chegou a usar mesmo!!!

  • Mary diz: 3 de novembro de 2011

    Só eu achei que os $ 200.000,00 são pouco? Pq certo que os valores dos presentes que eles ganharam vão muuuito além disso. E, falando na separação deles, alguém esperava algo diferente da Kim “Eu Me Amo” Kardashian? Sério? Afff, essa mulher é a futilidade em pessoa. Não entendo as pessoas que admiram a Kim ou qualquer outra pessoa dessa família vazia de valores. PELAMOR!

  • Gabrieli Chanas diz: 3 de novembro de 2011

    Gente, morri com esse comentário do Celso! Hahahahahaah!

  • Vivian Helena kohn diz: 3 de novembro de 2011

    Tudo bem que seja de bom tom a devolução… mas sei lá, me parece uma regra que deixa o casal numa situação mais constrangedora ainda… Já ter que encarar comentários, fazer o “anúncio” e tal me parece o suficiente. Deveria ser uma decisão de quem ganhou. Se não quiser mais ver as coisas, devolve. Se não tem problemas, fica, divide, aproveita e não fica tão no prejuízo hehheh Me colocando no lugar de quem presenteia, não faria questão de ter meu presente de volta, pois foi dado com carinho, na ocasião. Se não tem afeição envolvida nem presenteio. Não dá pra ter uma posição radical em relação á isso. Já pensaram se o casal volta depois? Haja vai-e-volta de presentes neh….

  • Fernanda diz: 3 de novembro de 2011

    As vezes me impressiona o jeito como tratam um casamento.
    Caso em novembro do ano que vem e ja estou com os preparativos da minha cerimonia e festa bem adiantados, eu e meu noivo estamos pensando em tudo com um carinho incrivel, imaginando como os nossos convidados reagirão a cada detalhe que estamos planejando.

    É um momento nosso que estamos compartilhando com pessoas que gostamos e que tambem queiram dividir isso conosco, agora achar que ir a um casamento é obrigaçao, comprar presente é um saco… Ahh me desculpa… Vai catar coquinho…. (sorry)

    Quanto a devolver presentes concordo com as meninas que disseram que deram aquele presente com carinho naquele momento e que nao esperam recebe-lo de volta e sim ajudar a amiga ou amigo que com certeza esta extremamente chatiado.

  • Janinha diz: 3 de novembro de 2011

    concordo com a maioria das meninas…que o que importa é muito mais o lado emocional da pessoa do que propriamente o material…
    se acontecesse comigo acho que doaria… pois não iria suportar conviver com tantas lembranças…
    e se acontecer com alguma amiga, não gostaria de receber o presente de volta… pois o mesmo foi dado de coração, assim como o convite, e se ela assim como eu não quiser, iria pedir pra doar, pra quem precisa…

  • Gabriela diz: 4 de novembro de 2011

    Comentário da Aline e do Celso, explica tudo.
    Etiqueta é para os frios, mas nós temos sentimento.

    Beijos

  • Aline Amorim diz: 4 de novembro de 2011

    Meu pai foi convidado para um casamento.. Ele e alguns amigos fizeram uma “vaquinha” e compraram uma geladeira para os noivos.
    O casamento foi lindo e tudo, mas o recém-casados se separaram na lua de mel, isso mesmo, na lua de mel. E a geladeira não foi devolvida! haha’
    Mas eu acho que não tem que devolver os presentes não. Deve ser bem desconfortável para que está se separando ainda se preocupar em devolver e tals.

  • Ana Paula diz: 4 de novembro de 2011

    Olha, eu acho que não tem que devolver. Afinal, todos aproveitaram a mega festa. Curtiram todo o glamour da noite.
    Não é o caso dela. Mas vamos pensar por todas os casemtnos no geral…Vocês acham que o valor dos presentes paga um casamento? Sim, eu sei que não é esse o propósito. E que para ir num casamento os convidados tem um gasto alto com presentes, salão, roupas, e outras cositas más… Mas o gasto dos noivos é muito maior. E tudo pq querem ter um momento especial ao lado das pessoas importantes de sua vida.
    Então não acho justo devolver os presentes. Foi DADO! E pelo que me consta não é em consignação!
    Acho que a etiqueta é bom para se basear, mas não para ditar regras.

  • Gabriela Cristina diz: 4 de novembro de 2011

    Não faço a menor ideia do que faria!!!

  • ana diz: 14 de outubro de 2012

    Casei há cinco meses dpois de muitos anos de namoro. Estamos nos separando com muitos presentes ainda embrulhados. Acho fácil comentar sem ter passado pela situação, etiqueta ou elegância são as últimas coisas que me passam pela cabeça agora. Não sei o que farei com os presentes, e nem me importo.

Envie seu Comentário