Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Lua de mel na neve?

09 de novembro de 2011 5

Seguimos com matérias bem legais para quem está procurando o destino perfeito para a lua de mel. Ontem a gente falou sobre o que é preciso ter em mente na hora de escolher e hoje selecionamos dicas para quem sempre sonhou em viajar para um lugar com muito frio. Será que a data interfere nos valores da viagem? Essa e outras dúvidas você confere na entrevista da Morgana Laux com Camila Joner, gerente do Point da Neve.

Quais são os atrativos para os casais que estão pensando em passar a lua de mel em local com neve?

A neve sempre exerce uma enorme sedução sobre a maioria das pessoas, principalmente sobre nós, brasileiros, acostumados a vê-la apenas nos filmes e nas fotos. As sensações que temos ao entrar em contato com a neve são muitas, e completamente diferentes do que estamos acostumados, vivendo num país tropical: o frio seco, as paisagens que misturam o verde dos bosques com o branco intenso, a fauna e a vegetação tão distintas da nossa, os cheiros das lareiras e das comidas típicas dos lugares de frio. Ao viajar para um país com neve há a possibilidade de fazer um grande número de atividades, sejam elas os esportes de neve como o ski e o snowboard, sejam as caminhadas (trekkings). Também têm passeios de bicicleta, trenó, motos de neve, cavalos e jipes tracionados.

Quais são os cuidados que um casal deve ter na hora de planejar esse tipo de passeio?

Em função de diversos fatores, como a quantidade de neve, férias escolares, feriados tradicionais, entre outros, as temporadas na neve têm datas pré-estabelecidas, o que implica em diferenças sensíveis de preços e de quantidade de pessoas nos resorts de frio. O ideal é escolher bem a data da viagem.

Um pacote costuma reunir os seguintes serviços: passagem aérea, transporte do aeroporto de acesso até o centro de ski, a hotelaria, os skilifts, passes para a utilização dos teleféricos e meios de elevação, o aluguel do equipamento de ski (tábuas, botas e bastões) ou snowboard (prancha e botas), as aulas de esqui ou snowboard e o segurossaúde, que sempre deve estar incorporado a qualquer programa de turismo fora do país. É bom já sair do Brasil com tudo isso agendado com uma empresa local séria, para não passar por situações desagradáveis depois.

Como ficam os acessórios para esquiar e roupas especiais para essas viagens? Os noivos já podem fazer reserva ou planejar algo?

Os equipamentos e as roupas utilizadas na prática do ski e do snowboard sempre podem ser comprados ou alugados nas estações de ski. Mas ainda que sejam parecidos, e com finalidades semelhantes, eles têm muitas diferenças. Existem alguns acessórios que recomendamos a compra, outras o aluguel, dependendo do nível do esquiador, de quantas vezes por ano ele vai para a neve, etc. Para marinheiros de primeira viagem, por exemplo, a dica que sempre dou é de não comprar nada logo de cara, o ideal é alugar quase tudo pra ver com o que mais se adapta, se prefere o ski ou o snowboard. Mas comprar luvas impermeáveis, óculos escuros adequados e meias térmicas faz o esporte ficar mais confortável.

Um destino com neve é indicado para que estilo de casal?

Estilo casal feliz! Na verdade, qualquer estilo ou de qualquer idade pode ser um casal que curta a neve. Existem estações de ski para quem só quer esquiar dia e noite ou para quando um quer fazer snow e o outro quer ficar relaxando no spa, para quem quer esquiar um dia e passear no outro e para quem quer fazer programas gastronômicos diferentes. Além disso, os que desejam um estilo de viajem econômico podem contar com algumas pousadinhas bem baratas. Também têm aqueles quem gostam de fazer muitas compras. Enfim, os destinos de neve são super democráticos.

Na hora de planejar a lua de mel um lugar com neve, com quanto de antecedência é preciso se programar?

O quando antes, melhor! Algumas estações de ski fazem programas de early booking, ou seja, a temporada do hemisfério sul começa em junho e termina em meados de setembro, mas os hotéis liberam os tarifários para a venda em fevereiro normalmente. Ano passado, alguns começaram a mandar tarifas em novembro do ano anterior, com tarifas super especiais. Existiram descontos de até 40% pra quem pagasse as reservas antecipadamente. É importante ressaltar que o valor das passagens aéreas é alterado constantemente, à medida que os assentos vão sendo vendidos. Como um pacote é a soma de serviços aéreos e terrestres, seu valor final sempre irá depender da tarifa confirmada para os trechos aéreos necessários, nas datas solicitadas.

PS: amanhã tem mais sobre lua de mel aqui no blog. Não perde!

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (5)

  • Gabriela Lorenzet diz: 9 de novembro de 2011

    Não passei a lua-de-mel (pq nao casei ainda, né?) na neve, mas passei um Natal nos Alpes Suiços. Foi com certeza uma das coisas mais marcantes da minha vida.

    Vale muito a pena cada centavo investido.

  • Carol diz: 9 de novembro de 2011

    Oi gabi!
    Ainda estamos decidindo nossa Lua de Mel, mas meu noivo queria ir pra Russia…. pra neve mesmo!!! E eu pro Caribe, Bora-Bora….. hehehe
    Ele quer ficar na frente da lareira, tomando um vinho….. E eu quero curtir a praia, o sol, a tranquilidade onde a natureza impera!
    Estamos tentando chegar a um acordo!!
    E depois podemos combinar de ir pra Russia, q ele tanto quer ir….
    Bjs!

  • Maura diz: 9 de novembro de 2011

    Acho a neve linda, mas nas fotos e nos filmes! Eu sou a pessoa que ama roupas leves e calor, jamais escolheria um destino destes… mas penso na delicinha que deve ser esquiar! Quem sabe um dia… as dicas quentes já tenho!!

  • @sabri_sf diz: 9 de novembro de 2011

    Nossa vendo essa fotinho linda do post, deve ser maravilhoso conhecer um lugar assim como a Gabriela falou, eu adoraria poder ver a neve de perto e poder tocar um sonho desde criança que pretendo realizar ao lado do meu amore que concerteza vai ser muito bom e divertido! adorei!!! bjos

  • ayrton kanitz diz: 20 de dezembro de 2011

    Já fui pra neve chilena com orientação cuidadosa da Camila, do Point da Neve — eu, minha mulher e a Olga Morena, filhota de 10 anos — e (desculpem o mau trocadilho), foi 10. A Camila só não providenciou a neve porque esta os Andes já oferecem. Mas olha que se fosse preciso ela… Bem, foi de dar saudade.

Envie seu Comentário