Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Estilo Lala Rudge: casamento com homenagem à família

30 de outubro de 2012 45

E o casamento da Lala Rudge, hein? Foi o assunto do fim de semana, hashtag mais pesquisada no Instagram e não sei se não foi trending topic no Twitter. Pudera! A menina é linda, tem um blog de moda e beleza super bombado e, como todo mundo sabe, vem de uma família onde os casamentos são enormes, tradicionais e badaladíssimos. Era de se esperar um festão e isso realmente aconteceu.

O vestido dela fez muita gente franzir a testa e ficar pensando porque uma jovem com corpo em dia, na casa dos 20 anos e toda fashionista escolheria se cobrir da cabeça aos pés. A explicação veio logo em seguida, também pelas redes sociais (como a gente vivia sem elas, hein?). O poderoso Sandro Barros, que por anos e anos criou para a Daslu e agora segue em voo solo, falou em seu blog sobre o modelo que criou para a Lala.

“Tradição é a transmissão de valores espirituais, familiares, e culturais de geração em geração. Algo de valor que é seguido conservadoramente e com respeito através das gerações. Talvez seja algo fora de moda, ainda mais num país tão sem memória como o nosso, mas nunca e jamais sairá de moda na família Trussardi. D. Maricy conseguiu transmitir esses valores tão importantes para seus filhos, netos e bisnetos, formando uma das famílias mais unidas e fantásticas que eu conheço. E em pleno 2012, vemos a jovem e agora tão popular Lalá Rudge, neta de D. Maricy, subir ao altar homenageando o vestido da avó, feito nos anos 50 pela casa Canadá, em veludo bordado colorido, sempre nas cores de Nossa Senhora.

Em 1974 foi a vez de Gloria Trussardi Severiano Ribeiro fazer essa homenagem à mãe, e coube a Dener fazer o mesmo vestido colorido. Foi uma honra para mim executar essa homenagem nos dias de hoje. Contrariando todas as expectativas, de véu gigante, rendas rebordadas, transparências e tomara que caias, Lalá casou-se com um vestido de princesa, respeitando a tradição de sua família e prestando sua homenagem a Vovó Maricy e Tia Gloria. Sabem por quê? Porque a moda passa e os valores que importam são os que habitam nosso coração independentemente da opinião alheia…e porque família é para sempre.”

Achei bacana. Mais do que isso: achei coerente. Pelo que a Lala conta, a família é bem religiosa (tanto que o nome Lala é apelido para Maria Imaculada) e leva a sério o recato e o respeito. A irmã dela, a Maria, também já tinha casado usando um vestido assim, lembram? Uma escolha dessas vinda de uma noiva que nunca pisa na igreja e que nem fala direito com a família é que seria estranho. Desculpem a sinceridade.

Achei que ela iria trocar de roupa na festa, pois o vestido de mangas longas e tecido pesadão parece ser bem quente, mas pelas imagens que vi (de novo, nas redes sociais) parece que ela se manteve firme e forte no modelito.

Para os noivos que estão analisando a roupa do marido da Lala, fica a ressalva: o casaco com cauda não é o traje padrão. Nesta cerimônia todos usaram por se tratar um casamento totalmente upscale. Para o nosso bom e velho formato, invista no terno escuro com camisa branca e uma gravata perolada (sem ser plastrom, please).

Se curti o vestido? Sim, sim e sim.  É um modelo bonito que deixou ela com estilo princesa. Eu não curti muito os bordados com folhinhas verdes (meio anos 80), mas isso é tão pessoal que nem deve ser considerado.

Quando a gente vai escolher uma roupa para ir numa festa, analisa bem o horário e o estilo da comemoração, né? No caso da Lala Rudge, foi com base nessa análise que surgiu o vestido. Era um casamento tradicional, à moda antiga (no melhor dos sentidos) e com um componente familiar muito forte. Sendo assim, funcionou.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (45)

  • Marina Abati diz: 30 de outubro de 2012

    Sei que quando a gente coloca uma opinião de verdade aqui, que não condiza com as idéias da blogueira, não é postada, mas ainda assim vou tentar. Eu não curti nem um pouco. Acho legal valorizar as origens, mas acho que há mil maneiras de se fazer isso, e que não foram felizes no feitio deste vestido. Nem a cara do noivo está boa, alias. Deve ter tomado um susto.

  • jana diz: 30 de outubro de 2012

    até agora nao consigo entender pq tanta justificativa para um vestido, o gosto por algo é pessoal e a repeito de tudo na vida cada um tem um gosto, por tanto, nao a cabe a ninguem analisar se o vestido é bonito ou não, na moda ou não. Ela está uma noiva linda !

  • Gabrieli Chanas diz: 30 de outubro de 2012

    Marina, comentário com ofensa nunca irá pro ar. Com opinião diferente da minha, é mais do que bem-vindo. Besos!

  • Dani Hoepers Loch diz: 30 de outubro de 2012

    Achei o vestido lindo, principalmente pelo significado dele…
    Porém, achei muito quente e pesado para essa época do ano… Eu casei no inverno, aqui em SC, com uma temperatura de 9º C e passei muito calor… e olha que meu vestido era de alça larga de renda. Fico imaginando o calor que ela passou.
    Tb não curto muito o bordado com cor mas, como falaste, isso é muito pessoal e nem deve ser considerado. O conjunto da obra ficou lindo!

  • Dora diz: 30 de outubro de 2012

    Eis aí uma princesa. Com certeza , de causar inveja á Kate Middleton. Mais, bonita, mais estilosa. DESLUMBRANTE!!! Isso é que é uma noiva de nos deixar boquiabertas. O que era o bordado do vestido em rosa e azul bem clarinhos??? Vai demorara pra aparecer uma noiva mais bonita!

  • Maura diz: 30 de outubro de 2012

    Uau, uau, uau! O look da noiva vai mundo além da análise das fotos. Logicamente não escolheríamos um vestido nestes moldes para casar, mas é muito bacana saber que foi confeccionado sob as bases familiares. Adorei e a blogueira arrasou com a atitude, achei digno!

  • Sabrina Steiner diz: 30 de outubro de 2012

    Adoro a Lala acho ela linda sou fã do seu blog, mas se tratando do casamento dela imaginei que seria algo diferente e quando vi eu disse: NOSSA FOI ISSO? a decoração tava linda tudo impecável, o vestido é bonito mas acho que ” pesou ” demais pra ela achei muito fechado e não usaria um vestido assim, e a coroa achei sem graça.

  • Amanda diz: 30 de outubro de 2012

    Concordo sobre as tradições, não tem demonstração de respeito maior a família e aos antepassados (avós e bisavós) do que segui-las. Mas sinceramente eu acho que daria para ter respeitado e seguido o coração dentro de um formato um pouco mais de acordo com o nosso clima ou da idade dela, achei-a elegantíssima longe de mim achar o contrário, mas olhando fotos do casamento de sua avó não é que achei o seu modelito mais jovem que o da Lala!
    Acho que um bom exemplo para exemplificar foi o modelito escolhido pela kate middleton , que mesmo seguindo tradições mais antigas do que se pode imaginar, deu um toque de modernidade, de acordo com a sua personalidade (lembrando que casou de cabelos soltos contrariando o protocolo requerido para a ocasião).
    Mas sonho é sonho, e devemos realiza-lo de acordo com o que ficamos imaginado durante toda a preparação do casamento…então se ela estava feliz e satisfeita é isso que importa!
    beijos (;

  • Eli diz: 30 de outubro de 2012

    Achei o vestido divino… (tb não gostei das folhinhas verdes – podia ser um verdinho mais discreto pelo menos rsrs) A noiva ficou linda!!
    Só acho que não é de Deus usar um vestido desses no calor que está fazendo em SP!!! rsrsrsrs

  • iNGRID diz: 30 de outubro de 2012

    Gabi,
    Como sempre coerente nas suas posições.
    Achei a noiva extremamente elegante e adequada aos seus valores. Não é o vestido com o qual eu casaria, mas ninguém perguntou a minha opinião, certo?
    O que importa mesmo é a noiva se sentir linda e uma princesa no dia do seu casamento e, acredito, foi o que aconteceu com ela (pelos comments no blog e instagram).
    Beijo

  • Ni diz: 30 de outubro de 2012

    O vestido não é feio, entendo a homenagem e etc., mas eu vi o vídeo dos melhores momentos do casamento no blog dela e ela pareceu estar engessada, sem conseguir se movimentar direito. Acho que poderiam ter pensado nisso, pelo menos para ela poder aproveitar melhor a festa.

  • Daiani diz: 30 de outubro de 2012

    Sobre o vestido, acho que o conjunto ficou muito bonito, seguir a tradição da família é lindo. Entretanto, acho que a criação do estilista deve levar em consideração a estação, ainda mais se a noiva optar por continuar usando o vestido na festa. Ver a noiva passando calor ou deixando de aproveitar a festa por causa do vestido não é nada elegante.

  • Patrícia diz: 30 de outubro de 2012

    Confesso que achei o vestido um pouco estranho na primeira vez que vi as notícias sobre o casamento. Achei muito pesado pra época do ano. Nada impede ter mais recato, ter mangas longas, homenagear a família, mas pensei no calor e no conforto.
    A descrição (não encarei como justificativa), foi interessante para saber o quanto esse modelo de vestido era importante pra ela. Mostra que as vezes devemos ser mais coerentes com o que queremos, seguir nossas vontades, fazer nossas homenagens e não ser apenas “escravas” de modismos.
    O vestido está lindo sim. É bem estilo princesa real, digno de grandes reinos! Eles parecem realmente num conto de fadas.
    Eu não usaria, mas tenho certeza que muitas noivas ficariam lindas em modelos assim.
    Igual, o meu, quando escolhi, pensei justamente num desses fatores que tu considerou no teu comentário, Gabi, ser eterno.

  • Viviana diz: 30 de outubro de 2012

    Eu achei o modelo muito bem ajustado ao shape da noiva… Que é linda, e tem uma beleza digna de um vestido estilo princesa!
    Ficou mega sofisticado, com toda a pompa e circunstância que o casamento tradicional exige.
    E o significado dele então… mais belo ainda!

  • Vaginophagus diz: 30 de outubro de 2012

    Concordo com a Marian Abati. Em tudo.

  • Cristiane diz: 30 de outubro de 2012

    Achei muito elegante o modelito, concerteza o estilista fez exatamente como ela pediu, ele não iria simplesmente criar um vestido que não fosse do gosto dela nãoc importando a época.
    Eu me caso no inicio do proximo ano, e meu vestido foi comprado em Milão na Loja ..La Sposa Chic, ele é exatamente o mesmo padrão porém em tom champagne e com um detalhe de rendas nos obros sem mangas.
    Na hora de escolher, eu não pensei nos comentarios negativos que podem surgir quanto a cor não ser branco, ser estilo princesa, ou medieval para época, eu escolhi com base no que eu sonhei a minha vida inteira.
    Já vi postarem no blog vestidos bem simples de noivas, festas bem simples, mas o que importa realmente é o amor entre o casal e a realização do que cada noiva sonhou para o Seu dia!
    Bjos Gabi!

  • Tani diz: 30 de outubro de 2012

    Gabi, eu sou da sua opinião, achei o vestido ate bacana depois que li a explicação, em um primeiro momento não tinha gostado. depois ate entendi e achei legal.
    Neste site http://lalarudge.com.br ela e irmã contam alguns preparativos e mostram fotos, inclusive do cha de cozinha que achei um máximo.

    Beijos

  • Ana Paula diz: 30 de outubro de 2012

    Quando olhei o vestido, pensei: é exatamente o que eu procurava e não consegui encontrar em nenhuma loja de vestidos de noiva! Quando eu falava que queria um vestido de tecido pesado, liso e sem brilhos, as vendedoras me olhavam como se eu fosse um ET. Mas eu acho (e sou “antiga” mesmo) que igreja é um local de recato, e o casamento é uma cerimônia sagrada e familiar. O que me choca é ver uma noiva toda sensual, transparente e decotada. O vestido da Lala está impecável, chique e ela estava lindíssima.
    Quanto ao calor, só pergunto uma coisa: alguém fica horrorizada quando uma noiva casa em julho vestindo tomara-que-caia? Por que o inverso haveria de ser diferente?

  • Paula diz: 30 de outubro de 2012

    A noiva mais linda que já vi… não achei nada de anormal no vestido! O que é anormal (no meu humilde ponto de vista) são essas noivas casando com decotes enormes, transparências e tudo o que não combina com uma cerimônia religiosa. Achei lindíssima toda a história da tradição do vestido, da coroa… fiquei feliz em saber que a Lala, como formadora de opinião que é, tenha escolhido um vestido atemporal, e tenha mostrado que casamento é muito mais do que “modismo”!!!!

  • luana diz: 30 de outubro de 2012

    nossa ela esta uma princesa,,, quem critica e pq tem inveja ,,, casamento e uma hora sagrada principalmente para quem e religiosa,,, hoje em dia as mulheres querem casar praticamente peladas rsrsrs (sem ofensas),(casamento para muitas viraram brincadeira) vejam so as mais belas moças casam recatadas..e tenho certeza que o marido dela amou pois a noiva dele estava divina nao presicou usar tomara que caia para ficar linda.. a sou blogueira super na moda,,, mas a religiao e a base familiar para mim e tudo…kisses

  • Fuck Off diz: 30 de outubro de 2012

    Feio! Horroroso! Fantasmagórico! Grotesco! Tétrico! Maus! Eta, pena que preciso trabalhar e não posso arrumar mais adjetivos.

  • Amanda diz: 30 de outubro de 2012

    Frase perfeita, Gabi: “Uma escolha dessas vinda de uma noiva que nunca pisa na igreja e que nem fala direito com a família é que seria estranho.”
    Lógico que quem não segue tradições, não vai entender e vai achar ridículo.
    É lindo perceber que ainda há pessoas que valorizam a Celebração do Casamento e se comportam de tal forma.
    Talvez o tecido poderia ser menos pesado, mas da mesma forma ficou deslumbrante.
    Parabéns aos noivos!

  • Luciane diz: 30 de outubro de 2012

    Não gostei. Achei antiquado. Parece uma freira, sem contar que é muuuuuito parecido com o da irmã dela. Acho que pra uma blogueira de moda faltou criatividade.
    Tradição não é desculpa pra desconforto. Totalmente inadequado pro clima.
    Acho que ela pisou na bola.

  • Dani diz: 30 de outubro de 2012

    Eu tiraria todos aqueles bordados, que lembram lencinhos de antigamente. Acho que ela poderia fazer um belo vestido inspired, com tecidos e cortes mais apropriados ao clima, idade, estilo da noiva. As gurias falam em verdadeira princesa e me lembro de Katie Middleton, sempre divina no estilo “menos é mais”

  • Gabriela Cristina diz: 30 de outubro de 2012

    Achei lindo o vestido, ela e principalmente o motivo para o vestido..coisa q nem precisava, afinal, ela casa com o vestido que quiser ;)

  • Carina diz: 30 de outubro de 2012

    Adorei o comentário da Ana Paula…..tem visto muitos casamentos que a noiva está praticamente pelada. Se eu fosse padre não realizava o casamento, pois é uma falta completa de respeito na minha humilde opinião. Não que eu seja contra vestido de noiva decotado, mas as noivas que escolhem tais modelos deveriam se casar num salão de festas, e não em igrejas que são locais sagrados. Realmente, um vestido como o da Lala choca muita gente, o que condiz com a falta de valores dos dias atuais. Eu achei lindo, realmente ela ficou parecendo uma princesa!

  • Maria diz: 30 de outubro de 2012

    É sim um tanto antiquado, ou poderia se dizer “vintage”, clássico, século XIX/metade XX, etc. Mas (e não sei se foi com o casamento da Kate) o certo é que tenho notado uma tendência mais recatada e retrô nas noivas ultimamente (o que é bem mais adequado do que usar um decotão na frente do Padre ou mesmo dos convidados, das mais diferentes gerações). Além disso, ela quis fazer uma afirmação forte, dar um testemunho do seu comprometimento com os valores familiares, inclusive religiosos (que espero que ela compartilhe totalmente, senão não faz sentido mesmo). Além disso, ela tem aquela carinha de anjo que comporta qualquer vestido!! Em resumo: o vestido é controverso sim, mas a “Lala Rudge” pode! hehe

  • Luciana diz: 31 de outubro de 2012

    Eu gostei mesmo foi do vestido da madrinha! ;)

  • Andrea diz: 31 de outubro de 2012

    Olá,

    Lendo sobre a história do vestido, fiquei com uma pulga atrás da orelha: não será o modelo na verdade uma imposição da parte feminina da família?
    Sobre o modelo em si, para o inverno aqui do sul, seria perfeito (eu trocaria as flores por cristais ou pérolas), mas em um lugar quente, acaba parecendo forçado.

    Bjos

  • Iva diz: 31 de outubro de 2012

    Classe não se compra no shopping. Ela está maravilhosa. Numa época em que mostrar “tudo” é moda, só podem estranhar.

  • vanessa diz: 31 de outubro de 2012

    o vestido é mto bonito, porém a noiva não esta transmitindo a beleza dele… ela aparece suada em algumas fotos e com uma cara de que não esta confortável. Essa coroa… não sei mas não parece combinar com o vestido, ficou pesada as perolas. mas o casamento me pareceu mto bem organizado e bonito.

  • Maíra diz: 31 de outubro de 2012

    Casamento sob meu ponto de vista, é muito mais que questão de moda, vestido fora de moda, enfim… A moda passa; as lembranças, resgistos, fotos, ficam… Provavelmente quando me casar, não escolherei um vestido em função da ‘moda’. Prefiro algo mais clássico.
    Mesmo assim não curti a escolha da menina em questão – destaca-se: achei o modelo lindo! Mas sinceramente, não gostei pois a primeira impressão foi que ela estava “imitando” o modelo de Kate Middleton, que lembrava o modelo usado por Grace Kelly. O corte é muito parecido, o decote em v, até o bordado na saia. A coroa, véu, tudo suuper igual!

  • Gabriela Lorenzet diz: 31 de outubro de 2012

    Oi Gabi. Eu fui uma das pessoas que acompanhou o casamento da Lala pelas redes socias naquela sexta-feira> Desde o inicio eu também achei uma cópia da Kate e da Grace Kelly (como comentarios acima). Eu estava em Sao Paulo naquela noite e só pensava “ela vai derreter te tanto calor”. Estava insuportavel! Logo que o casamento começou, a historia do vestido veio à tona e eu achei bonita, bela homenagem. Só que eu achei que na hr da festa ela fosse trocar de vestido. Dinheiro para fazer dois vestidos com o Sandro ela tem. E qual foi minha surpresa quando nas fotos ela aparece a festa toda come ele?! Ele me parece pesado, não a deixa confortavel. Como dançar, se divertir com os amigos? São duvidas que eu tenho. Realmente concordo que Igreja requer vestidos mais “fechados”, mas achei que o dela estava muito.
    Minha opinião.

  • Juliana diz: 31 de outubro de 2012

    Também concordo com a Ana Paula.A noiva dever sim ser recatada e o vestido idem.Vejo cada vestido,que mais parece uma camisola,pronto para ir para cama,de tanta transparência,aparecendo “quase tudo”.Afinal está se casando dentro de uma igreja.Realmente uma noiva belíssima.

  • Roberta diz: 31 de outubro de 2012

    Gabi, vendo as fotos da festa fiquei com uma dúvida: será que ela passou a festa TODA com o véu?
    Achei bonita a homenagem, mas imagino que ela não deve ter conseguido se mexer muito durante a festa! heheh

  • Caroline diz: 31 de outubro de 2012

    Não entendo porque se tapar da cabeça aos pés é uma homenagem um sinal de respeito (não estou dizendo para casar de camisola!!)
    Quer uma homenagem maior do que aproveitar muito bem o casamento e dizer a toda família o quanto eles são importantes e o amor que sente por eles??
    Acharia muito elegante e bonito se colocasse no vestido a personalidade que ela mostra no seu blog e aproveitasse a festa… afinal aquele era o momento dela!!

  • Tati diz: 1 de novembro de 2012

    Meninas,
    Sorry, achei extremamente OVER. Não há nada o que dizer no mérito pessoal…
    Porém, nem mesmo a Kate com todos os títulos que lhe são apropriados se fantasiou tanto. Acho mesmo que quando o próprio estilista tem que soltar uma nota pra explicar sobre o vestido hummmmmmmm, é pq algo vai mal.
    Acho que a noiva ficou uma caricatura da cara da “riqueza fake”, uma espécie de santa com calor.
    Repito, da mesma forma que comentaria qqer outro vestido comento esse, pois é só um vestido … e isso não quer dizer que não gostamos da noiva correto?
    bjos

  • Gabrieli Chanas diz: 1 de novembro de 2012

    Roberta, pelas fotos que vi, ela tirou mais no finalzinho! Beijo!

  • Jessica diz: 1 de novembro de 2012

    Oi!!!! Eu gostei bastante do vestido da Lala e acho que os vestidos das madrinhas também merecem um post!!!! Fica a sugestão!!!!

  • Duda diz: 1 de novembro de 2012

    Achei ela e o vestido muito lindo, uma princesa como mtas falaram aqui, mas na minha opiniao o vestido pesou demais, o estilista ou ela msma deveria escolher algo mais leve. Ate msmo para q ela tivesse certa levesa na festa, sem precisar manter aquela bostura firme a tempo todo que deixa qm ta olhando desconfortavel.
    É bonito serguir tradiçoes das familias como foi comentado no post, mas sera q esse era o sonho dela msmo, ou o fez so pq “a familia” toda segue?

  • carolina diz: 1 de novembro de 2012

    Hoje em dia, na maioria das festas ,o ambiente é climatizado, daí nós vermos os mais diversos modelos nas mesma festa ! No próprio casamento, pelas fotos eu pude observar convidadas sem mangas e decotão ,com mangas e decotão, com mangas e sem decotão , com fendas pequenas , fendas enormes , vestidos curtos e por aí afora….quer dizer cada um vai com a roupa que tem vontade : o ambiente é climatizado……talvez a primeira impressão ao ver a foto da noiva seja de surpresa por ela ser uma menina moderna que usa as melhores grifes de tudo , transparências,mini saia, etc…..Penso que justamente por no dia a dia ela já ter usado de tudo ela tenha escolhido ser diferente no casamento , ,embora o vestido tenha sido clássico , ela fugiu do lugar comum e isso é ousar…..Acho que noiva tem que ser especial e única no seu dia . Não foi um vestido de modismo ou Hollywoodiano como alguns esperavam.Renda , fendas e decotes era o que mais tinha no casamento…..Ela surgiu diferente.Era um vestido elegante , chic, de classe( a gola era um deslumbre de elegância) e embora mais fechado ,ela usou com muita graça( que ela tem), e o sorriso iluminava !……A coroa e o véu molduraram muito bem o rosto dela……Achei que o vestido era muito bonito e vestiu muito bem nela……Dentro do moderno e do clássico h´noivas que ficam bem ou não . Acho que ela ficou muito linda!!!!!!!

  • carolina diz: 1 de novembro de 2012

    Hoje em dia, na maioria das festas ,o ambiente é climatizado, daí nós vermos os mais diversos modelos nas mesma festa ! No próprio casamento, pelas fotos eu pude observar convidadas sem mangas e decotão ,com mangas e decotão, com mangas e sem decotão , com fendas pequenas , fendas enormes , vestidos curtos e por aí afora….quer dizer, cada um vai com a roupa que tem vontade : o ambiente é climatizado……Talvez a primeira impressão ao ver a foto da noiva seja de surpresa por ela ser uma menina moderna que usa as melhores grifes de tudo , transparências,mini saia, etc…..Penso que justamente por no dia a dia ela já ter usado de tudo ela tenha escolhido ser diferente no casamento , ,Embora o vestido tenha sido clássico , ela fugiu do lugar comum e isso é ousar…..Acho que noiva tem que ser especial e única no seu dia . Não foi um vestido de modismo ou Hollywoodiano como alguns esperavam.Renda , fendas e decotes era o que mais tinha no casamento…..Ela surgiu diferente.Era um vestido elegante , chic, de classe( a gola era um deslumbre de elegância) e embora mais fechado ,ela usou com muita graça( que ela tem), e o sorriso iluminava !……A coroa e o véu molduraram muito bem o rosto dela……Achei que o vestido era muito bonito e vestiu muito bem nela……Dentro do moderno e do clássico há noivas que ficam bem ou não . Acho que ela ficou muito linda!!!!!!!

  • Mariana Plech diz: 1 de novembro de 2012

    Primeiramente, eu acho um absurdo quem diz que ” eu não gostei, mas ninguém pediu minha opinião”. Ora, a Lalá é uma figura publica, divulgou o casamento aos quatro ventos, aliá, divulga a própria vida, criou uma hashtag para o casamento… Porque, então, emitir uma opinião sincera e educada sobre seu vestido ou sua festa é errado? Ninguém nunca será capaz de agradar à todos, acho bobeira se irritar com a opinião divergentes das nossas, ainda mais em se tratando de casamento!
    Eu acho que nosso vestido de noiva, nosso casamento e nossa festa devem mostrar quem somos, sabe? Todos esses itens devem ter um pouco de nós em cada detalhe para que o casamento seja mesmo nosso, de verdade. Acho isso muito, mais muito importante! Nesse aspecto, eu tenho certeza que ela acertou em tudo. Sua família é religiosa, tradicional, (muito) rica, a própria Lalá tem um estilo mais senhoril para sua idade. Nota-se que ela está muito feliz, isso é o que importa. Acho também que apesar de tudo ela foi ousada. E o recato em uma igreja, pra mim é ESSENCIAL!
    Agooora, eu pensei exatamente o que falaram aí em cima: como ela conseguiu sobreviver ao calor, dançar e se divertir com os amigos, noivo e familiares? Vi fotos em algum lugar dela na festa, ela tá suando, brilhosa… (Não que isso seja completamente ruim, pois significa que ela proveitou, né?).
    Mas enfim, eu jamais casaria com um vestido desses porque essa vibe pomposa não condiz muito comigo. Sou mais adepta ao casamento simples, intimista e romântico.
    Discutir vestido de noiva é complicado, afinal, vocês conseguem ver uma Lala Rudge casando na praia, com flores nos cabelos soltos, em Fernando de Noronha como casou Thayla Ayala? Pois é…

  • Mariane diz: 3 de novembro de 2012

    Eu achei ela lindíssima, e o vestido de extremo bom gosto, combina com ela, e a família dela é de tradições, a começar pela coroa que todas as mulheres da família usam ao se casarem. Só achei que ela deveria ter trocado de vestido na festa, e tirado o véu, em muitas fotos ela aparece de véu, toda durinha, mas ainda assim, achei tudo lindo.

  • Juliana diz: 3 de dezembro de 2012

    Achei o vestido bonito, cada uma tem que casar com o vestido dos seus sonhos, mas também achei meio pesadão, imagino o calor que ela passou e também concordo que ela parecia meio “engessada”. Acho que poderia manter o recato com mangas curtas.
    O que não curti mesmo foi o peso do vestido + coroa + véu. Achei muita coisa, muita informação numa guria tão linda.

Envie seu Comentário