Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Quanta diferença: os pés das grávidas Kim Kardashian e Kate Middleton

04 de junho de 2013 21

Tenho certeza que, quando engravidar, penderei mais para o lado da Kim Kardashian do que para o da Kate Middleton. Um dia desses, conversando com uma médica para uma pauta, ela comentou que várias de suas pacientes tinham expectativas nada realistas sobre como o corpo iria se comportar durante a gravidez. Ela me dizia que não adianta sonhar em ser uma gravidinha mignon ao estilo Kate se você é uma mulher grande, com quadris largos. Entendi. Minhas chances de ouvir o “mas essa aí tem só barriga” são mínimas.

Imagens: Leon Neal, AFP

A Kate, na manhã de hoje, chegando com o maridão numa missa em comemoração os 60 anos de reinado da rainha Elizabeth: uma bochechinha mais gorda, mas de resto, só barriga!

Não me entendam mal, eu não vejo nenhum problema de ser uma grávida igual à Kim. Ela anda mais linda do que nunca, na minha modesta opinião. Só acho que ela andou fazendo umas escolhas não muito boas no closet ultimamente. Especialmente nos sapatos.

Chega a me dar uma aflição ver essa foto.  E o pior é que ela me persegue (a foto, não a Kim). Cada site que abro tem esse pé prestes a ter a circulação cortada na capa. Me agonia muito, muito, muito. Se quiser me incomodar, já sabe: me mostra esse pé.

Essa foto aqui a própria Kim postou no Instagram. Felizmente, depois desses dois episódios, a Kim foi apresentada a sapatilhas, rasteirinhas e até a um chinelinho.

Enquanto isso, do outro lado do oceano, a Kate segue bem faceira de salto alto, com seu sapato que emagrece

Eu tenho uma prima que ficou com os pés tão inchados no final da gravidez que só conseguia usar pantufas. Ela ia de pantufas no supermercado, na locadora, na farmácia. O problema surgiu quando ela teve que ir a um casamento faltando poucas semanas para ganhar o bebê. A solução foi ir num sapateiro e mandar fazer um sapato do zero. Ela contou que custou uma nota, umas cinco vezes mais que o preço de um sapato normal.

É melhor eu começar a economizar.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (21)

  • marianearaujo diz: 4 de junho de 2013

    Na minha opinião, Kate Middleton é uma referência de estilo e beleza em todos os sentidos. Impressão minha ou nessa foto a duquesa deixou as unhas a desejar? Pelo menos uma base ou um esmalte clarinho desses que ela costuma usar não pode faltar, né?

  • Joyce diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, bem vinda ao meu mundo de pes inchados e pernas grossas!

    Acabei de ter um baby, ela tem 4 meses agora, e vou te dizer que minha gravidez nao foi nada facil.
    Tive a sorte de passar os ultimos meses no inverno (moro em Hong Kong), pois eu acho que se fosse no verao, meus pes teriam explodido.
    Pra tu ter uma ideia, sabe como eu passei o Ano Novo? Toda montada no brilho e de UGG! Eu, que sempre abominei essas botas, ainda mais pra sair de casa, nao me vi com outra opcao!
    Minhas amigas davam risada, pois sabiam o quao deprimente era pra mim estar no bar do momento…de UGG!

    Ahhh, e nao existe drenagem que resolva :(

  • Taís Andrade diz: 4 de junho de 2013

    Gabizinha, não fica tão aflita… eu já estive grávida duas vezes e posso te dizer que a época do ano afeta bastante o efeito pãozinho.
    Tive a Isabella em outubro, ou seja, gravidez no inverno. Super tranquila, nada inchado! Só depois do parto que fiquei uns dias inchada, mas nada horrível.
    A Sophie chegou no final de dezembro, calorão dos infernos!!!! Pensa numa pessoa com pernas do mesmo tamanho desde a coxa até o tornozelo. Era bizarro. E isso durou até 10 dias depois do parto…
    Algum médico pode me desmentir e dizer que nada a ver, mas eu te aconselharia a programar a chegada do baby para setembro/outubro. Vai ser bem mais tranquilo!
    Olha a maquiadora vindo aqui dar pitaco em outros assuntos! ^.^
    Beijos!!!!

  • Simone diz: 4 de junho de 2013

    Oi Gabi!!!! Pois as grávidas engordam e tb incham. Eu aumentei 17 quilos e um pouco mais na minha gestação. Comi muito e inchei pouco, pois meu filho nasceu em outubro e ainda tava fresquinho. Mas lembro de sair pra jantar com umas amigas lá pelo inicio de setembro, então eu beirava 7-8 meses. Me arrumei e deixei o sapato por ultimo. Planejava usar uma bota de salto 12, de cano alto. Sofri para fechar o zíper, mas fechou. Quando me coloquei de pé senti uma dor, uma dor, que fui obrigada a escolher outro look que combinasse com a minha querida sapatilha. Tudo é uma questão de estilo e também de bom senso!

  • Gabrieli Chanas diz: 4 de junho de 2013

    Joyce, adorei essa do brilho com UGG! Hhahahaahahah! Eu imagino a aflição, guria. Sabes que eu já fico com pés meio inchados no verão, então imagina quando engravidar. Ai, Jesus!

  • Isolete Lima diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, tu vai ser igual a Kim, pq igual a ela, tu nao vai ficar em casa tomando chá como a Kate, vai trabalhar, correr rua, e mostrar para todo mundo que estas lindamente gravida, to mesmo com nojo, dessa gente o tempo todo falando mal da KimKa, ela tá gravida e toda gravida sabe que passa por isso.
    Meu conselho para ti, meu filho nasceu em Agosto, fim de inverno, para quem já tinha o problema de pés inchados no verão, foi a minha melhor opção de planejamento, o inverno ajudou e muito a nao ter pés inchados e nem cansar demais com a gravidez, por que se dorme muito melhor no inverno.

  • Franciele diz: 4 de junho de 2013

    Ui guria, e eu mulher salto alto, sempre sonhei e dizia que tudo seria lindo, sou magra e sempre fui, com dois meses de gestação comecei a inchar, isso era outubro do ano passado, no natal ainda encontrei uma rasteirinha mais ou menos pra passar todos os eventos do fim do ano, mas o fim da minha vida foi quando recebi um convite de formatura, ai eu queria era morrer, foi em março, eu ja não conseguia mais caminhar direito de tão inchada, consequentemente o pior era meus pés, tive o desprazer de ser vista de vestido e sapatilha preta de vozinha, foi terrível para meu ego feminino, só queria naquele momento q ninguém me enxergasse. Mas passou, ganhei minha Laura no dia 16 de abril, e pensei, bom eu não engordei, foi só inchaço, ai vei o desgosto, fiquei mais inchada do que antes do parto, como tive pre eclampsia fiquei ainda mais inchada e nem Havaiana servia em mim, comecei a desinchar meu corpo, mas meus lindos pés, só pude ter o prazer de usar meus saltos depois de um mês. Mas tudo passa e é uma experiencia maravilhosa, você sabe que ta assim, sem roupa que sirva, sem calçados lindos e todos te acham MARAVILHOSA.
    Beijão

  • Rita Lewis diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, estou gravidinha de 7 meses, minha BB é para final de Agosto, e realmente está sendo muito tranquilo com relação à tudo, principalmente os inchaços que ainda não aconteceram (e pelo andar da carruagem acredito que não vão surgir).
    Até sobre engordar ter o BB no inverno ajuda muuiiitoooo, pois no verão o apetite é mais moderado devido ao calor, se come mais mesmo é no inverno, daí já no finzinho da gestação. Acreditem mas engordei até agora apenas 1,800 Kgs !!!
    A Isolete está coberta de razão, foi o melhor planejamento que já fiz !! Super recomendo !!

  • Graciela diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, a gravidez dos meus dois filhos foram durante o inverno, um nasceu em outubro e o outro em novembro. Então foi bem tranquilo, não fiquei muito inchada, somente no final da gestação. A Kate já é magrinha, normal que não engorde muito. Mas a Kim tem o perfil das brasileiras, quadril largo e coxão, então ela deveria usar roupas que não evidenciassem tanto estas partes, e evitar salto alto e tiras nos sapatos.

  • CÂNDIDA diz: 4 de junho de 2013

    Oi Gabi, pode ter certeza que nesse momento o que menos importa são nossos pés inchados. Meu lindo Murilo nasceu em dezembro e por mais que eu usasse somente calçados confortáveis, ao final do dia eles estavam meio bisnaguinhas. Mesmo controlando a alimentação, final do dia é inevitável o pé um pouco inchado. Meu filho está com 1 ano e 5 meses e dos 12 kg que ganhei na gestação já perdi 17kg! Isso mesmo, taquarinha. Eles dão trabalho, mas é magnífico o carinho deles!!

  • Manu diz: 4 de junho de 2013

    Olha Gabi, quando tive minha menina, foi bem verão (ela nasceu em dezembro). e eu inchei muuuuuito, mas muito mesmo. Para teres uma ideia, aumentei 20 quilos, mas era só líquido. Isso que fazia hidroterapia, alongamento com fisioterapeuta, caminhava, fazia drenagem…enfim…Queria ser uma grávida minimamente elegante e ter minha filha de parto normal. Inchei tanto que pensei que fosse explodir, no fim da gravidez minha pressão começou a subir desenfreadamente e tive fazer cesárea com 38 semanas. Só que, para teres uma ideia, 45 dias depois do nascimento dela, já tinha perdido 21 quilos, ou seja, perdi um a mais do que ganhei e em 45 dias, vestia minhas calças 36 de novo. Tenho uma amiga que quando teve filho, engordou só 12. Perdeu seis no nascimento do bebê e os outros seis estão com ela até hoje, dois anos depois. Isso quer dizer que nem tudo é como a gente espera ou imagina. Mesmo assim, a gravidez foi uma das melhores experiências da minha vida. A segunda melhor foi a amamentação e a primeira, ter minha menina sapeca! Ah, e pode ter certeza que, mesmo explodindo, a Kim deve estar se sentindo diva. É assim com todas…mesmo inchadas, nos sentimos maravilhosas!

  • Gabriela Lorenzet diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, eu não entendo nada de gravidez=pés inchados, mas tenho uma coisa pra dizer:
    A Kate nasceu pra ser princesa!
    Ela é muito lindo e tem uma classe. #soufã

    Beijos

  • Zuleica Lima Jaroszewski diz: 4 de junho de 2013

    Meu primeiro filho nasceu em março, eu estava com 29 anos, então…
    Os pés começam a inchar a partir dos 7 meses e meio. Soube de um obstetra que atuava no nordeste e fez uma pesquisa. Ele precisava de produtos de pouco custo e acessível em qualquer local. Então, resultou que bananas e coca-cola resolveriam a questão. Foi o que fiz. Só na última semana tive o pé inchado, e mesmo assim nada tão terrível.
    Imaginem quem sempre usou salto alto, o desconforto que é usar uma rasteirinha. Não basta todo o peso excedente, ainda a dor na parte de trás das pernas.

  • Dani diz: 4 de junho de 2013

    Na minha humilde opinião a Kim tem (mais) propensão a ficar inchada e a Kate não…São seres humanos diferentes…. Ainda bem que ela se deu conta que não pode usar sapatos altos e apertados.Temos que nos adaptar a nossa realidade! E também acho que inchadas todas ficaremos durante a gravidez, umas antes, outras depois!
    Bjos,
    Dani.

  • Manu diz: 4 de junho de 2013

    Bem que a Kate poderia ter dado uma pintadinha nas unhas né? :p

  • Isolete Lima diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, amei essa nossa dissertação sobre gestação e pés inchados, vamos lá Gabrieli, divida conosco a sua gestação, estamos aqui para ti dar dicas tops de mamaes babonas que somos, e alem de looks e sapatos adequados. Amamos o teu bloguinho agora blogão e só falta um babyline nele.

  • Andrea diz: 4 de junho de 2013

    Oi Gabi

    Minha menina irá completar um mês nesta semana, e minha dica para combater o inchaço é realizar massagem com um bom profissional, isso me ajudou muito. Em relação aos sapatos, aumentei um número, mas não te preocupe, hoje existem sapatilhas lindas para festas, eu usei uma dourada que ficou um mimo com um pretinho longo básico.
    Em relação a Kate, eu achei que ela inchou um pouco, mas como ela era excessivamente magra, fica difícil de notar, mas se observares a bochecha e os dedos da mão, fica mais evidente.
    E se quiseres ir se adiantando com dicas maternas, as mamães agradecem.
    Bjos

  • Isabela Schwarz diz: 4 de junho de 2013

    Gabi, não é bom criar expectativa, nem boa, nem ruim… Antes de engravidar, como eu estava quase 15 quilos acima do meu peso (engordei muito nos últimos 5 anos), sempre ouvi as pessoas dizendo que eu daria muito trabalho na gravidez. Sou hipertensa e acreditava seriamente nessas críticas, quase um bullyng. Surpreendi a todos, e a mim mesma, durante minha gravidez. Não dei trabalho ao marido, nem à minha médica (amiga de infância), nem ao cardiologista. Engordei apenas 7 quilos e já emagreci 13, dois meses após o nascimento do meu filho. Inchei apenas no último mês, e muuuuuito nos 15 dias após o parto. E só. Quem sabe com vc tbm não seja assim? É bom calar a boca dos linguarudos, kkkkkkk… Bjo

  • Carla diz: 4 de junho de 2013

    Oi, Gaby! Olha, tive duas gestações ma-ra-vi-lho-sas. Meu menino, hoje com 20 anos, nasceu em maio. Como era inverno, achei que não tivesse inchado por isso, mas minha menina, hoje com 11 anos, nasceu no final de fevereiro, mega, power calor e inchei um pouquinho, quando ela nasceu, mas fiquei assim uns 3-4 dias. Minha dica até hoje era usar salto durante toda a gestação, como eu fiz. Claro que eram saltos que me sentia confortável (8-10cm), o que para muitas amigas até hoje é um horror, mas eu gosto e também achava gostoso de usar. Me sentia muito desconfortável e incomodada quando usava sapato sem salto. Mas, inchando ou não, a experiência da gestação é algo inexplicável, recomendo muito!

  • Dani diz: 5 de junho de 2013

    Adorei teu comentário Isabela Schwarz , você está corretíssima!
    Bjos,
    Dani.

  • Mari diz: 14 de junho de 2013

    Gabi não te atucana com isso, nem toda mulher com quadril e coxas fica do tamanho da Kim, o segredo é alimentação adequada, atividade física adequada a gestação, claro, e drenagem linfática! Nada que tu não consiga manter! Grande beijo!

Envie seu Comentário