Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Sobrevivi ao ataque do box assassino

09 de julho de 2013 54

Um repórter e querido amigo tinha uma mania de sempre começar suas matérias sobre acidentes, enchentes, assassinatos e afins da mesma forma. Dizia: “o que ser para ser uma festa feliz terminou em tragédia” ou “o que era para ser apenas um dia de trabalho se transformou numa tragédia”. Pois emprestando o estilo do meu colega, digo que o que era para ser só mais uma manhã de terça-feira virou uma tragédia lá em casa. Buenas, não foi uma tragédia como os casos citados acima, mas foi a maior sequência de sustos que tomei nos últimos tempos.

Estava eu terminando meu banho agorinha cedo, 7h30, quando o box explodiu. Assim, do nada, sem aviso. Toda a porta de vidro se transformou em mil caquinhos que tomaram todo chão do banheiro.

Me prestei a tirar uma foto do estrago.

O barulho foi enorme e me garantiu o susto número um. Ver o chão do banheiro tomado pelos cacos foi o susto número dois. Quando estava respirando por ter sido só um susto – dois, na verdade – olhei para o meu corpo e me vi tomada de sangue. Antes de se estatelarem no chão, grande parte desses cacos voaram em cima de mim e fizeram pequenos e médios cortes. Sério, sem palavras para explicar o pavor que dá ver teu corpo ensanguentado e não saber por onde está saindo o sangue.

Depois de uns segundos tentando abrir a porta que emperrou por causa dos cacos, consegui sair, ligar para o marido e pedir ajuda. Agora já estou trabalhando, cheia de curativos. Tive dois cortes maiores nos pés e mais três nas mãos. A esquerda está especialmente machucada, mas nada que configure uma tragédia. Eu até tenho foto da mão, mas vou poupar vocês da cena.

Passado o susto, demos uma de CSI e ficamos analisando as causas do acidente. Achamos que o vidro já deveria estar trincado e que o calor do banho fez ele explodir. Um perigo! Como disse o Fábio, porteiro do nosso prédio, “imagina se pega nas vistas”.  Fica a minha dica: se trincar o vidro do box, troca na hora, amiga!

Sem box de vidro por enquanto, hoje eu e o marido vamos no shopping comprar uma boa e velha cortininha para dar conta do recado enquanto não instalamos o novo. Achei umas bem bonitinhas na Tok & Stok, mas como boa fã de Alfred Hitchcock, queria essa aí de baixo, que lembra o filme Psicose.

Pobrezinha da personagem Marion Crane. No filme, o que era para ser um pernoite num hotel de beira de estrada acabou se transformando numa tragédia.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (54)

  • mariana diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, ja aconteceu 2 x na minha casa. sendo que uma delas, a faxineira ouviu um barulho e foi la ver e o box estava no chão. outra a faxineira estava limpando e caiu inteiro em cima dela. depois da segunda vez, coloquei cortina.

  • Cesar Bittencourt diz: 9 de julho de 2013

    Ainda bem que foi apenas um susto Gabi…mas eu vou te perguntar uma coisa: Este vidro não era temperado? Acho estranho mesmo com o vidro trincado explodir desta maneira.

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de julho de 2013

    Sim, Cesar. Pelo menos compramos como se fosse, né? :(

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de julho de 2013

    Caraca, Mariana! Eu estou bem tentada a mudar. Algumas pessoas falaram em box de acrílico. Vou pesquisar. Beijos!

  • Dani diz: 9 de julho de 2013

    Nossa Gabi. Imagino o susto! Mas graças a Deus que foram só pequenos cortes.. Isso aconteceu comigo faz uns anos, estava saindo do banho e explodiu a porta de vidro.. Fiquei cheia de cortes pequenos nas pernas e pés, e alguns poucos nas mãos e braços.. Realmente dá pavor ver o corpo com sangue e os vidros no chão.. Espero que fiques bem.
    Beijos!

  • Luis diz: 9 de julho de 2013

    Mostrou a foto dos cacos de vidro, mas não mostrou nenhum foto sua pelada com os cortes.
    Que pena.
    Daria mais audiencia para o seu blog.

  • Ana Paula diz: 9 de julho de 2013

    Que bom que está tudo bem contigo! Fiquei assustada com o teu breve relato no twitter e obrigada pelo esclarecimento neste post. Tenho box de vidro e ficarei atenta, embora sempre achei que, assim como as portas, eles não cortassem! Beijo e fica bem!

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de julho de 2013

    Luis, fica para o próximo acidente, prometo.

  • Chris Artico diz: 9 de julho de 2013

    Melhoras Gabiiiii!!! Grande beijo!

  • JANE MARA ALLEM diz: 9 de julho de 2013

    Gabi que medooooooooo!!!!!!!!Adoro tudo que escreves. Manhã de terror heim.Bjs te cuida

  • Manu diz: 9 de julho de 2013

    Pois é Gabi, já aconteceu com a minha irmã e pelo o que eu soube, parece meio comum de acontecer, independente de o vidro estar trincado, pq o dela não estava…morro de medo que aconteça com o meu. Dizem que os de acrílico são a melhor opção mesmo!

  • Carol diz: 9 de julho de 2013

    Precisamos de esclarecimentos técnicos a respeito do assunto. É bem perigoso, ainda mais quem tem criança não acha?
    Ainda bem que não foi grave teu acidente.
    bjs

  • Joice diz: 9 de julho de 2013

    Lá em casa temos há muitos anos (acho que já faz uns 10 anos que temos o atual, mas já tivemos outros antes) box de acrílico. Pode não ser a coisa mais linda do mundo, mas é seguro e fácil de limpar.

    Depois desse relato vou repensar box de vidro no meu futuro cafofo… hehehe

  • Leonardo Torres da Silva diz: 9 de julho de 2013

    Estou impressionado com isso. Um acidente doméstico grave, em um equipamento que deveria ser totalmente seguro. Também tentando entender, vou especular algumas causas: O vidro era muito ‘grosso’ (espesso)? Por incrível que pareça, vidros mais espessos podem quebrar mais facilmente por isso. Isso pode ter sido por conta da diferença de dilatação térmica de um lado do vidro (quente, dentro do box) e do outro (frio, fora do box). Se fosse mais ‘fino’ (delgado), o calor se propagaria mais uniformemente e esquentaria todo o vidro, o que também levaria a uma dilatação, que provavelmente seria absorvida pelo próprio material e também pela cola emborrachada de silicone que fixa a peça no box. Mas por ser mais grosso, o material acaba sofrendo ação do frio do outro lado. Este choque térmico dilata de um lado e contrai de outro, abalando a estrutura do vidro, estilhaçando todo. Os fabricantes deveriam entender que quanto mais frio faz do lado de fora do chuveiro, mais a pessoa vai querer esquentar a água do lado de dentro. Acho que foi isso.

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de julho de 2013

    Talvez, Leonardo. O vidro era mesmo bem grosso. Poderia ter sido um acidente muito pior. Dei sorte!

  • VERA COSTA diz: 9 de julho de 2013

    OLÁ, GRABRIELI. Lamentável o que aconteceu. Fique atenta para a seguinte questão: podes acionar a loja em que adquiristes o box…não é da natureza deles se espatifarem em condições normais de uso …ok?
    Abraço, e melhoras.

  • Camila Dal Prá diz: 9 de julho de 2013

    Gabi que horror!
    Dos males o menor, ainda bem que apesar do susto vc não se machucou gravemente!
    Vc tava com aquecedor ligado ou algo do tipo? Que pudesse dar tipo um choque térmico?
    Bjs e melhoras

  • Fabio diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, vai no acrílico. Com certeza é mais feio e menos sofisticado que o vidro, mas é infinitamente mais seguro, pois não estoura. Esses de vidro que não são vidro temperado coisa nenhuma, quebram com uma facilidade impressionante no inverno rigoroso do sul. Servem só para locais mais quentes, sem grande amplitude térmica. Se tem dúvida sobre a segurança, pergunta para seus amigos quantos deles conhecem ou viveram casos assim. Os números vão te surpreender. Comigo já foram dois, e daí em diante parti pro acrílico.

  • Fernanda Lazzarotto da Costa Quevedo diz: 9 de julho de 2013
  • Eli diz: 9 de julho de 2013

    Barbaridade guria!…Até me deu medo…tenho box de vidro nos meus banheiros…Mas graças a Deus que ficou só no susto e em poucos ferimentos (cuide bem desses ferimentos) como disse teu amigo porteiro: ” já pensou se atingisse as ‘vistas’?..”.Graças a Deus que você continua nos premiando com tua bela página. abraço e boa recuperação.

  • jana diz: 9 de julho de 2013

    no meu caso eu fui abrir um armario da cozinha de vidro e de correr e o vidro caiu emcima da minha cabeça…. por sorte nao me cortei
    o seu vidro era temperado como o meu, dá pra ver pelos caquinhos, se nao fosse o estrago seria muito pior
    se eu senti panico sem me cortar, imagino vc…. melhoras

  • Mariana Moura diz: 9 de julho de 2013

    Ainda bem que tu estás bem na medida do possível. Eu imagino o susto, eu ficaria muito apavorada. Teu bom humor ao relatar esta “quase tragédia” é encantador. Um colega teu (outra empresa) a pouco tempo colocou no twitter a foto do dedo inflamado, achei que não precisava.
    Adorei a tua cortina, acho que a Roberta Pinto vai aprovar.
    Deus te proteja.

  • Claudio diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, isso acontece mais seguido do que possa imaginar. Há alguns anos também tive uma experiência desta com a explosão da porta do box. E eu estava dando banho na minha cadelinha. Mas pelo instinto animal ela conseguiu ser mais rápida e escapou sem nenhum arranhão. Eu fiquei com cortes nos pés e pernas e uma pequena e quase imperceptível cicatriz na mão esquerda. E o Dunga? Estava longe do banheiro na hora do acidente?Melhoras!

  • Marcelo diz: 9 de julho de 2013

    A porta do box tem uma parte metálica no meio do vidro, onde se segura para abri-la, pois bem, a dois anos atrás, ao movimentar a porta para abri-la, aquela parte metálica bateu na outra folha de vidro ( a que fica fixa), e na hora o vidro explodiu, eu e meu filho ficamos com os pés cobertos de cacos de vidro, que ao nos movimentarmos cortou todos os nossos pés … cuidado !!! a folha de vicro que se movimenta, tem que ter uma trava porque senão a “maçaneta” da porta de vidro bate no outro vidro, e enfim …. quebra tudo !!!

  • Gabriela LOrenzet diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, querida, que susto!
    Sabes que na casa da minha mãe o box é de acrílico e fizemos um orçamento pra trocar. Minha irmã disse que não deveríamos trocar porque ela ouviu que um box de vidro havia estourado, etc…
    Eu jurava que era mentira dela…….
    Fica bem, melhoras!

  • Márcia diz: 9 de julho de 2013

    Coloca de plástico, é mais seguro principalmente para idosos e crianças

  • Eduardo Tolentino diz: 9 de julho de 2013

    Olá Gabi… Quando sua postagem fiquei assustado e feliz em saber que está bem!!!
    Porém me lembrei quando tive um episódio parecido, só que um pouco mais assustador… Estava no banho quando o chuveiro elétrico pegou fogo e labaredas de fogo saindo próximo da minha cabeça ( tenho 2 metros de altura) e no momento não sabia como agir, pois o box era teoricamente pequeno e o labaredas de fogo em minha volta. Para resumir, fui sair do box. Só que a porta abria para dentro do box e no pavor tentei abrir para fora do box, quebrei a porta, me queimei e ainda me cortei com os estilhaços da porta! Ali vi a morte de perto, por um choque elétrico ou por corte dos vidros!!! Sei o susto que passou, mas o tempo não recordará mais! Beijo e se cuide… Estarei na escuta no super sábado!!!

  • Liege diz: 9 de julho de 2013

    Pensa pelo lado bom, pelo menos esse vidro é dos que estilhaça. Espero que nao tenha sido grave. Força na peruca!

  • Raquel Wobeto diz: 9 de julho de 2013

    Procure um vidro temperado e laminado, ele possui uma película no seu interior e quando quebra em pedaços (estilhaça e não faz lâmina pois é temperado) fica colado ao filme, como vidros de carro. Veja neste site: http://interglass.com.br/vidros-laminados/

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de julho de 2013

    Jesus, Eduardo! Tô achando o meu acidente muito sopa depois desse teu! Nossa, ainda bem que saíste bem dessa loucura!
    Abraços!

  • Andrea diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, entra no juizado especial cível, pede reparação de danos da empresa que colocou o box pra ti. Isso é aplicação pura e simples do Código de Defesa do Consumidor, uma falha muito grande do prestador de serviços ou ainda da empresa que fabricou o vidro! Não deixa assim, ainda mais que tu te machucou, muito perigoso isso.

  • Desiree diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, lembrei de um episodio bem parecido e tao grave quanto o teu. Ha uns 3 anos atrás, quando meu filho tinha 2 aninhos, o meu box explodiu enquanto o pai dava banho nele!!!! Meu ex marido tirou nosso pequeno do meio de um monte de cacos, com alguns cortes superficiais e me ligou no trabalho dizendo “Podes vir pra casa agora? Aconteceu um acidentezinho” Tu imagina o meu pavor quando eu cheguei em casa: os dois enrolados em toalhas, sangrando, e no meu mini banheiro não dava nem pra entrar de tantos cacos…..
    Até hj não sabemos o que aconteceu, mas até hoje opto pelas cortinas. Existem várias muito boas e muito bonitinhas, modernas. Fora que quando eu enjoo, troco por outra bem diferente e é como se eu reformasse o banheiro!!!!
    Beijo pra ti e melhoras logo.

  • Andrea diz: 9 de julho de 2013

    Nossa, Gabi! Te desejo melhoras. Confesso que fiquei preocupada com o teu relato, vou passar a olhar com mais cuidado para os dois que eu tenho.
    Bjos e cuida bem esses cortes

  • Felipe diz: 9 de julho de 2013

    Aconteceu comigo em um verão aqui em casa do nada o vidro estourou e encheu o box de vidro.

  • Milene Szaikowski diz: 9 de julho de 2013

    Que susto, Gabi! Ainda bem que está tudo bem com você!!! Boa recuperação!

    beijos

  • Andressa diz: 9 de julho de 2013

    Gabiiii que loucura!!! Que bom que foi só um susto mesmo. Tenho box de vidro há anos ja e ja ouvi muitas historias do tipo, e as vezes me pego pensando nisso na hora do banho.. hehehehe

    Ti cuida beeijos

  • JANE FOLHARINI BARBOSA diz: 9 de julho de 2013

    Já aconteceu com meu filho há uns 4 anos, ele tinha 10 anos na época. Pra não levar um “cascudo” pra ir pro banho entrou correndo no box e bateu a porta. Mas o que assustou realmente foi o estado em que ele ficou, cheio de pequenos cacos pelo corpo todo, cortes sangrando, eu não sabia por onde começar. Agradeci por não ter sido pior. Um incidente com potencial para tragédia Gabi, que bom que você está bem.

  • Larissa Tita diz: 9 de julho de 2013

    Gabi !! q susto !! pior que isso é mais comum do que imaginamos mesmo ! tenho portas de vidro na casa inteira ! minha sala de TV sai direto na varanda. Quando a casa estava quase pronta da construção, há 1 ano atrás, chamamos um senhor para lavar o piso da casa. Ele lavou tudo e na hora de sair da casa, apenas fechou a porta (são 3 folhas de vidro). Ele não bateu as portas, também não fechou rápido demais. E quando estava saindo pelo portão, uma das folhas estourou! Havia apenas 2 semanas que estavam instaladas. A gente ficou naquela situação: “será que foi o jeito de fechar a porta?”, “será que a instalação foi feita inadequadamente?”. Nunca entendemos. Mas a empresa que nos vendeu e instalou arcou com os custos de uma porta nova e nos disseram que pode sim ter sido a instalação ou pode ter sido o vapor da água por conta da lavagem do piso. Só havia o senhor que lavou o piso e a faxineira em casa, e graças à Deus, ninguém se machucou. As portas continuam aqui e hoje deixamos a casa toda bem ventilada, ainda mais no verão, mas que ficou a pulguinha atrás da orelha, isso ficou….

  • Liege diz: 9 de julho de 2013

    Menina, que pavor!!! Fica bem, logo!!! E que medo já estou de tomar banho hoje à noite!!!! Beijo grande!

  • Nara Conceição diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, fiz reforma geral no meubanheiro e nãoquis colocar box de vidro, tive intuição de que seria perigoso prá mim e meus filhos….embora insistencia do profissional que fez a reforma, coloquei o bom e velho box de acrilico e aluminio. Ficou lindo e me sinto mais segura,mais agora dpois de ver a sua noticia! Bjos

  • SUÉLEN RODRIGUES GARCIA diz: 9 de julho de 2013

    Gabi, coragem! Aqui em casa, nós desistimos de vidro, e aderimos ao acrílico mesmo, como algumas pessoas mencionaram, dá uma olhada na rede, tem uns modelos muito originais e lindos! Te cuida guria, adoramos teu blog e não podemos ficar sem ele heim….. Beijo Beijo.

  • Janete Pimenta diz: 9 de julho de 2013

    o vidro pelo cacos era temperado sim, vidro não temperado quando quebra cria pedaços grandes de vidro e o temperado acontece como na foto, ele estilhaça virando pequenos caquinhos – o melhor sempre é o laminado, pq se quebrar os cacos não voam, e sim ficam grudados na pelicula interna. #ficaAdica

  • Dimona diz: 9 de julho de 2013

    nossa gabi, que sustão, o lado bom de tudo isso é saber que isso pode acontecer e tentar prevenir, que coisa… que bom que você, no geral, bem, descansa e melhoras

  • Fabiana diz: 9 de julho de 2013

    Que susto não deves ter levado! Acho lindo os box de vidro temperado, e até pensava em instalar futuramente. Na casa de meus pais os box dos 3 banheiros são de acrílico, e têm 28 anos, nunca houve problema.

  • Maurício diz: 9 de julho de 2013

    Lastimável esse acontecimento… mas vou dizer que na verdade, o vidro não estava trincado. Trabalho com isso e te garanto, por mais incrível que pareça, acontece. Me aconteceu recentemente na empresa onde trabalho. Vidro estocado, 10mm de espessura, e do nada, sem mais nem menos… PÁ! E já era. É um grande mistério que nem as pessoas mais conhecedoras do assunto sabem explicar, mas acontece… O vidro, após temperado fica em constante tensão. IMPOSSÍVEL, eu garanto, trincar e continuar em pé. Uma vez trincado, já era. Vira milhões de pedacinhos. Por isso eu digo que não estava trincado. Não tem como prever. E é um caso extremamente raro, ao mesmo tempo, portanto não contenha o medo, é mais fácil levar um raio na cabeça do que o vidro do teu box estourar novamente. Modificando um pouco o velho ditado: “Um vidro não estoura duas vezes no mesmo lugar”
    Bjs

  • Maurício diz: 9 de julho de 2013

    Voltei
    Li alguns comentários e olha, não tem a ver com a espessura e nem com a dilatação térmica por exemplo. Pela foto que tu postou, o vidro era SIM temperado, caso contrário ele não se fragmenta dessa forma, apenas quebra em grandes pedaços. A dilatação térmica não afeta um vidro temperado, pois a têmpera do vidro se dá por dilatação térmica. Assim as moléculas são ativadas, tornando-se mais resistentes. Porém cria uma zona de tensão, aproximadamente 3mm nos cantos. Qualquer batida e… já era. Nem precisa muita força. Não trinca. Ou quebra em milhões de pedaços ou não quebra. Vi alguém num comentário sugerir um vidro temperado com película. Válido. A película não permite que os cacos se espalhem. Pode te acertar, mas será uma pancada. Somente isso. Como disse no comentário anterior, não é uma coisa comum. Aproveita bem o momento, porque algo me diz que não te acontecerá novamente. Quanto ao sangue, também já sou experiente. Corte com vidro sangra muito. Mas não se preocupe que é normal também. Apenas cuide deles.
    Repito uma coisa que é muito questionada nos comentários: o teu vidro ERA SIM TEMPERADO. Por isso quebrou daquela forma. A vantagem de um vidro temperado, é que ele se torna resistente a pancadas. Pode se atirar com toda a força de seu corpo contra ele, e te garanto que nada acontecerá. Se quiser pode martelar ele, isso mesmo, com um martelo, de chumbo mesmo. Pesado mesmo. Sem medo. No meio do vidro. Não acontecerá nada. O problema, como mencionei anteriormente, é a zona de tensão, nos cantos do vidro. É por ali que a coisa passa. Essa mesma zona de tensão forma uma camada de proteção. Mas é pequena. Em caso de pequenas pancadas no canto, pode soltar uma lasca. Mas se for um pouco mais forte, ou com jeito, vai estourar. E acontece, as vezes, sem frequência, esses fenômenos inexplicáveis. Mas é difícil. E mais uma vez, não trinca. Se passar da zona de proteção, estoura na mesma hora… Vi também a ideia do acrílico e achei uma boa. Não conheço suas propriedades mas me parece um bom material.

  • Simone diz: 10 de julho de 2013

    Lá em casa quando eramos adolescentes, aconteceu a mesma coisa com o fogão a gás, eu e meus amigos sentados la sala comendo cachorro quente, de repente aquele barulhão, ngm com coragem de ir até a cozinha ver o que tinha acontecido hehehe .. Era o virdro do antigo fogão da mãe, que até hoje não acredita que explodiu sozinho, acha que a gente quebrou na bagunça hehe !!! Te entendo, é um susto daqueles !

  • Manu diz: 10 de julho de 2013

    Bom, considerando a explicação do Leonardo (frio de um lado, calor de outro), talvez o uso de um aquecedor no banheiro diminua os riscos. No inverno eu sempre uso um aquecedorzinho no banheiro. Deixa o ambiente todo quentinho e não dá aquele “choque” quando saio do box, isso pq tomo banho “pelando”. Mas se o motivo da explosão é o contraste de temperatura entre um lado e outro do vidro, deixando tudo quentinho, talvez minimize o risco.

  • Michele diz: 10 de julho de 2013

    Gabi, troca pelo de acrílico, tenho lá em casa a muitos anos, mais de 10 eu acho, e nunca deu problema, nunca quebro, nem trinco e muito menos explodiu. Melhoras pra ti!

  • Rosa diz: 11 de julho de 2013

    Que susto! Olha como disse o Maurício num dos comentário o vidro é mesmo o temperado, mas não acho que tenha a ver com água quente ou uma trinca, pode ter sido problema até de instalação, algum componente mais apertado que tensionava o box mesmo. Tive um espelho comum que quebrou só porque estava mal instalado. Que bom que nada mais grave aconteceu!

  • Juliana diz: 25 de julho de 2013

    Trabalho com box..e o que acontece: O vidro temperado de 8mm é padrão em box, e é seguro. Porém se estiver mal instalado ou com problemas na roldana (emperrando por exemplo), o vidro vai sendo tensionado. Isso começa a acontecer pelas pontas do vidro…ele vai se comprimindo até chegar ao momento do box explodir. Escuto relatos de clientes falando que o barulho é tremendo. Por ele ser temperado ele se quebra em pequenos pedaços, assim como vidro de carro.
    Uma alternativa é colocar película no vidro, que não encarece muito. Quando o vidro quebra, a película segura muito bem os cacos.
    O box em acrílico passa falsa segurança, porém ele é muito mais perigoso do que o vidro temperado, e quando ele se quebra ele forma uma lâmina altamente cortante e até por isso há tão poucos lugares que ainda vendem.
    O ideal é vidro com película e manutenção.
    Espero te ajudado.

  • SILVIO BRANCO diz: 7 de outubro de 2013

    GABI GRAÇAS A DEUS QUE SO FOI UM SUSTO PODERIA SER PIOR QUANTO TEMPO VOÇÉ TEM ESSE BOX DE VIDRO, A SOLUÇÂO SERIA COLOCAR UMA PELICULA NO VIDRO ASSIM EVITARIA O ESTILHAÇO FICARINHA TUDO NA PELICULA E SO UM TOQUE

  • igor diz: 17 de dezembro de 2013

    Bom ocorreu comigo este fato nesse dia 18/12/13, ao chegar em casa o box explodiu, não tinha ninguém no wc, mais a forma como ele explodiu foi diferente, encontrava-se na minha rua um homem que dizia ser um pastor e tentava vender um cd tocando musicas evangélicas com auxilio de um carro de som, ele parou de frente a minha residencia e cantava uma musica, quando ele canta “se vc cair ele te levanta” e apontado pra minha casa o box explodiu, estava encucado tentando achar uma explicação para o acontecido, descobri que o fato de ter explodido é normal, mais as palavras daquele homem foram um livramento para mim e para minha esposa. Deus fez o box explodir com as palavras daquele homem, evitando que posteriormente ele vinhe-se a explodir em cima de mim ou da minha esposa.

  • Loremari diz: 21 de janeiro de 2014

    Hoje isto aconteceu com minha filha. Ela ligou o chuveiro como sempre e ao entrar no box a porta explodiu em cima dela. Ela fez vários cortes no braço e no pé. Com a explosão voou cacos até para fora da janela do banheiro. O susto foi enorme.

Envie seu Comentário