Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

A rede de amigas que deu um final feliz para o Marley

09 de agosto de 2013 16

Eu nunca vi a Bianca pessoalmente, mas conheço e curto a loja de camisetas dela, a Bendita Tees (no começo da semana até postei um modelinho que estava usando). A Bianca me acompanha aqui no blog e no meu Facebook e sabe que gosto muito de animais. Esse foi o primeiro passo de uma história bem bacana que se desenrolou nessa semana e que me deu a maior alegria de ter 1% de participação.

A Bianca estava em uma pet shop cuidando do seu animalzinho quando chegou a Andressa. Ela vinha com esse rapaz aí no colo, doido por um banho e uma comidinha boa. Na recepção, a Bianca ouviu a história dele.

A Andressa tinha visto esse cachorrinho com um morador de rua. O senhor sabia que o bichinho não estava bem ali e deixou a Andressa tentar encontrar um lar melhor para o rapaz. Mas deu um prazo: se até domingo um novo dono não fosse achado, o dog voltava para a rua.

A Andressa comentava ali na recepção da pet shop que não tinha como ficar com o cachorro e questionava se alguém sabia de pessoas interessadas em adotar. A Bianca ouviu tudo e disse para a Andressa falar comigo. No mesmo dia ela me adicionou no FB e mandou uma mensagem com fotos e um pedido para colocar no ar o apelo de adoção.

O apelo foi feito com fotos e fone de contato. Era o passo dois dessa história, que só fica mais bacana.

Eu também não conheço a Mariana, mas tenho a sorte de ter entre o pessoal que me segue no FB essa menina querida.

“Mariana? Que Mariana, Gabi?”

A Mari viu as fotos tiradas pela Andressa e mostrou para a amiga Cláudia, que se encantou pelo ursinho (sim, gente, porque parece um ursinho, não parece?) e decidiu adotar ele. Mari e Cláudia ligaram para a Andressa e combinaram um encontro.

O encontro aconteceu, o cachorro foi entregue para a Cláudia e  está aí o registro de final feliz dessa história. Cláudia e Mari posam com o cachorrão adotado, que ganhou o nome de Marley e está bem faceiro de casa nova, muito bem cuidado e amado.

Bianca, Andressa, Mariana e Cláudia: foi muito bacana o esforço de vocês para ajudar o bonitinho do Marley. Todos que curtem animais certamente estão muito contentes com o final feliz dessa história. Tudo de bom para vocês, gurias!

Dunga, de bigode molhado e tudo, curtiu isso!

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (16)

  • Zé Menino Deus diz: 9 de agosto de 2013

    Oi, Gabi!

    Eu e minha mulher gostamos muito do programa no sábado pela manhã, mas quando entra futebol, desligamos ou trocamos de “estação/rádio”.

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de agosto de 2013

    Oi, Zé Menino Deus!
    Obrigada, querido! Mas volta depois do fútis, tá? Promete?
    Abraços pra ti e pra tu esposa!

  • Andressa Bonavigo diz: 9 de agosto de 2013

    Que linda a história do nosso agora Marley!! Nas primeiras duas fotos, o Marley era ainda o Farofa, o filhote lindo que estava jogado entre os entulhos das obras.
    Quando cheguei com ele em casa, nós dois estávamos perdidos.
    Ele por não saber onde estava e eu por não saber o que fazer com ele. No fim, ele soube direitinho como conquistar todo mundo lá em casa e todo mundo tb na casa da Cláudia!

    Mais uma vez, obrigada do fundo do coração, pra Bianca, pra Vivi da PET VIP, pra Mariana, Cláudia e principalmente pra ti Gabi, que não pensou duas fezes em compartilhar o Farofa no teu FB!

    É assim que a gente muda o mundo!! :D

  • Mariana diz: 9 de agosto de 2013

    Tudo de bom! Quando é de coração, é mt melhor!!! Beijos querida!!!

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de agosto de 2013

    Andressa, de Farofa para Marley, mas sempre amado e queridão. Parabéns pra ti, amada! Baita atitude a tua de cuidar dele!

  • Bianca Lopes diz: 9 de agosto de 2013

    Ahhh gurias! Quando vi aquela coisa fofa não me contive. Mesmo com a minha Lola no colo morrendo de ciumes, deixei ela com a tia da Pet e peguei esse fofo. Foi quando comecei a ouvir a historia da Andressa e eu não faria nada além do que eu fiz. Na hora lembrei da Gabi e principalmente, de como ele (pra mim era Farofa tb eheheh) poderia fazer bem à alguém. Beijo enorme em todas vocês. E tenho certeza que se nós seguimos fazendo um pouquinho por cada um, o mundo já se torna mais humano.

  • Mariane diz: 9 de agosto de 2013

    Gabi, já era tua fã antes, agora então, virei fã de carteirinha. Parabéns por tua atitude. Enquanto outras pessoas condenam quem defende os animais, chamando de “protechatos” ou “animachatos”, vc se preocupou e fez sua parte. Enquanto uns pensam só no “eu” e no “meu”, tipo o “dinheiro para comprar um animal é meu” ou mesmo “faço o que EU achar melhor!”, vc fez por ELE, fez pelo bem do outro. Se cada um fizesse um pouco que fosse, pelo bem do OUTRO, teríamos um mundo bem diferente! Parabéns pela coragem de abraçar a causa, isso é pra poucos! Força colorada!!!

  • Gabrieli Chanas diz: 9 de agosto de 2013

    Valeu, Mari. O mérito vai para as gurias, mas fiquei bem contente de ter participado de um pedacinho dessa história.
    Beijo e bom fim de semana!

  • Sapo diz: 10 de agosto de 2013

    Se vc é mãe do cachorro, o teu marido é um cachorro.

  • Viviane Abreu diz: 10 de agosto de 2013

    Que show!!! Isso mostra que se todo mundo ajudar, cada um nas sua possibilidade e todos pegando junto em pro de um objetivo, provavelmente teremos um final feliz!!! Eu só conheço a Bianca e Andressa ( que são mães de pets, aqui da Pet ) e nem se conheciam, mas tinham algo em comum ” amor aos animais” e nem sabia que o encontro delas tinha ocorrido aqui na Pet… Parabéns a todos nós, que ajudaram o Farofa a ter um lar e parabéns a adotante que vai ganhar amor todos os dias, incondicionalmente!!!

  • Kelly diz: 12 de agosto de 2013

    Nossa… Que linda história!!!
    Acho que se eu morasse em uma casa, adotaria um monte de cachorrinho lindo, como este e o Dunga… Pois minha emoção sempre fala mais alto!!!
    Massss moro em apê e tenho a Laila… Então, vou ter que esperar alguns aninhos pra isso acontecer!!!
    Parabéns pela atitude de todos que participaram, e pela sua Gabi de ajudar ao Marley…

  • Gabrieli Chanas diz: 12 de agosto de 2013

    Sapo, e eu uma cadela? Buenas, mas se for para ser mãe do Dunguinha, tá valendo! Abraços para o senhor e para a Dona Sapa!

  • LUCIRENE DE SOUZA diz: 12 de agosto de 2013

    Oi Gabi… tudo bem? Sempre leio as suas matérias e, sempre adoro… Como você, sou mamis mas de 6! Amo animais, eu e meu marido só compramos 1 e adotamos os outros, cada um com sua história de abandono…mas com certeza quem ganhou com a história toda fomos nós…
    Fiquei feliz em ler que o Marley conseguiu um lar maravilhoso…
    Parabéns por tudo.
    Lucirene.

  • Gabrieli Chanas diz: 12 de agosto de 2013

    Lucirene, também amei a história do pequeno com final tão feliz!
    Beijos!

  • Cristina Quevedo diz: 12 de agosto de 2013

    Que história linda garotas!!!! Fico muito feliz que existam muitos seres humanos como vcs pelo mundo e que realmente possam ser chamadas de SERES HUMANOS!!! Valeu gurias, e muitas afofadas para o peludo Marley, amadinho e sortudo!!!

  • Bárbara diz: 14 de agosto de 2013

    Oi Gabi! Adoro teu blog, to sempre por aqui e te me divirto horrooooores com teu FB! Sou “mãe” de dois gatinhos que são minhas crianças, então me identifico muito com o que tu posta sobre o Dunguinha e a tua relação com ele! É a primeira vez que comento, mas é porque dessa vez senti muito a necessidade de dar minha humilde opinião quanto ao caso relatado nesse post: acho louvável a iniciativa de encontrar um novo lar pra esse cachorrinho (que tem a cara mais amada que eu já vi), mas acho que quando a preocupação com um bichinho é muito maior do que a intenção de ajudar um ser humano, como no caso do antigo dono desse dog (o que aconteceu com ele depois disso?), é porque está na hora de revermos alguns conceitos! Mas de qq forma, parabéns a todas as envolvidas! Grande bj!

Envie seu Comentário