Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Dunga quer saber: escada para cachorro é boa ou má ideia?

18 de setembro de 2013 31

Dunga está dodói. O diagnóstico: inflamação no quadril. Há tempos ele dava gritinhos desesperados quando usava as patas traseiras para se coçar. A gente achava que era dor na pata ou no lugar onde ele coçava. Não imaginava que seria no quadril, que ele movimenta bastante na sessão de coça-coça.

Quando o Dunga chegou lá em casa, percebemos que ele tinha um dentinho quebrado. O veterinário disse que era algo feio, provavelmente resultado de uma briga, um chute ou até um atropelamento (para quem pegou o bonde andando: o Dunga foi adotado e mora lá em casa há 5 meses. Tem um aninho e meio). Acreditamos que o quadril dolorido também possa ser herança desse episódio.

O rapaz tomou medicação e está melhorzinho, mas ainda dá seus gritinhos de tempos em tempos, especialmente quando quer subir ou descer do sofá ou quando pula de cima da cama. Lá em casa a gente deixa ele subir no sofá da sala (e até aprecia muito a companhia dele para ver tevê). Dunga também sobe na cama de vez em quando, especialmente quando estamos lendo ou assistindo filmes, mas nesse caso pede com aquela carinha fofa. Nunca sobe sem nossa permissão.

Isso tudo me fez ter vontade de comprar uma escadinha para o Dunga acessar mais facilmente o sofá e a cama lá de casa. A ideia é que ele não precise mais pular de lugares altos, machucando ainda mais o quadril.

escada3

Escadinhas como esta são vendidas a rodo na internet. Há modelos assim, acarpetados, que fecham com a decoração da casa, e outros mais básicos, em madeira. Algumas amigas, especialmente as “mães” de cachorrinhos muito pequenos, têm e adoram.

Comentei sobre a escadinha com um especialista em comportamento canino  quando ainda não sabia da condição do quadril do Dunga. Ele foi absolutamente contra. Não sei se, diante dessa novidade sobre a saúde do rapaz, mudaria de ideia. O que o expert em questão me disse é que as escadas acostumam mal os cachorros, que passam a ter acesso fácil demais a espaços que são de seus donos. Ponderou, no entanto, que é possível educar bem o dog, fazendo o animal entender que, apesar das coisas estarem mais fáceis, ainda precisa pedir permissão.

Estamos no impasse: escada sim ou escada não? Se alguém tiver em casa e quiser me contar sobre a experiência, marido, Dunga e eu vamos adorar.

escada4

Se as recomendações forem boas, providenciaremos uma para Bellinha Maria também. Essa moça aí da foto é o focinho da minha velha!

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (31)

  • Holtelino Tlocaletla diz: 18 de setembro de 2013

    Te falei que vc tinha abichornado esse cachorro. Viu o que aconteceu: o bicho tá com inflamação no quadril de tanto ficar de quatro.

  • Juliana S. diz: 18 de setembro de 2013

    Gabi,na minha opinião,enquanto ele estiver doentinhu a escada vai ser ótima,mas quando melhorar vai ficar mal acostumado,toda vez que quiser subir no sofá se achará no direito,mesmo que voce e seu marido o reeprendam,acho que o mais recomendável mesmo seria ele subir e descer somente com a ajuda de voces,assim ele saberá que são voces quem mandam…

  • amanda breder diz: 18 de setembro de 2013

    Gabi, eu uso uma escadinha adaptada para minha chihuahua. Como ela sempre foi mal acostumada e mimadinha não vi diferença, ela nunca subia sozinha no sofá ai quando não tinha ninguém em casa ela ficava presa tadinha… Adorei esse modelos, com certeza vou comprar um desse!

  • Lari diz: 18 de setembro de 2013

    Gabizita, na casa do meu namorado, que tem uma vira latinha mistureba com chiuaua (não sei se é assim que se escreve), quando o azulejista foi lá para transformar todo o piso em porcelanato ele viu que a cadelinha era muito pequenininha e não subia sozinha no sofá, daí ele fez uma escadinha dessas (que nós não conhecíamos, foi ideia do cara), com o mesmo porcelanato do piso, sério Gabi, ficou muito legal, e agora ela sobe sozinha no sofá, e o azulejista foi um cara muito legal né???

  • LUCIANE FEOLI diz: 18 de setembro de 2013

    Oi Gabi, minha cachorrinha tem e deixo sempre ao lado da cama, pois ela é pequena e tem dificuldade de subir e descer. É uma shih tzu e tem as perninhas curtas, por isso meu esposo mandou fazer em uma estofaria. Eu recomendo e muito.

  • LUCIANE FEOLI diz: 18 de setembro de 2013

    Sim, uma estofaria na z. sul. É bem mais barato que estas dos sites.

  • Polliana diz: 18 de setembro de 2013

    Gabi, lá em casa temos a Meg, uma poodle com 7 aninhos e a Tina, uma york com 3 aninhos. a york não conseguia subir na cama sozinha (resultado: choradeira de noite). Depois de um tempo a Meg também ia subir e ficava “ensaiando” o pulo, mas não subia. Optamos por colocar duas almofadas uma sobre a outra no chão, para facilitar a vida delas. quando não queremos que subam, tiramos as almofadas, simples assim.
    Acabamos não optando pelas escadinhas porque durante as descidas elas forçariam o quadril igual (nesse caso, principalmente a york…a raça tem predisposição a problemas de quadril).
    Já com as almofadas, quando descem, a “queda” é amortecida e ainda auxiliam na subida.
    Quando não queremos que subam (na hora da faxina), tiramos as almofadas.
    Boa sorte com o Dunga!!!

  • Mara Oliveira diz: 18 de setembro de 2013

    Compra sim, ainda mais que é para facilitar a vidinha dele e deixa subir onde ele bem entender!!
    Essas coisinhas maravilhosas vivem tão pouco para podarmos eles. Estragou o sofá?? Compra outro!! Sujou o edredon?? Lava!!!
    Meus gatos (Diego e Tônia) e minha cadelinha (Julie) tem livre acesso a cama e sofá. O trabalho é todo meu de estar limpando, passando rolinho para tirar pêlos… Mas não reclamo!! Sei que eles estão felizes!!!

  • Patricia diz: 18 de setembro de 2013

    Eu fiz para as minhas duas cadelinhas, uma delas tem desgaste nas cartilagens, e elas não ficaram mais manhosas ou abusadas por terem a vida facilitada. Bj

  • Pri Herrmann diz: 18 de setembro de 2013

    Sabe que o meu Pedrinho já teve crises de bico de papagaio, e já ficou sem andar. Ele tem 8 anos agora e cada vez mais me preocupo com o sobe e desce dele na cama. Sim, na cama, porque lá em casa é LIBERADISSIMO. Adoro meu bebê dormindo comigo. Agora com a idade fico cada vez mais nervosa cada vez q ele desce, porque a cama tem uns 70 cm de altura,pelo menos, e é alto pra ele que é um poddle toy. Adorei essa idéia aí hein, acho que vale a pena. Uma vez coloquei um puff pra ver se ele subia no puff e dai na cama e ele nao atinou. Dá medo de investir e o bobinho não saber pra o que serve. Hehehe..
    Boas melhoras pro Dunga! :)
    Beijóca

  • Lizania Ruschel diz: 18 de setembro de 2013

    Pobre Dunguita, melhoras a ele. Temos em casa 3 pequenês (a mãe e 2 filhas), são uns encantos, somente a Belinha (mãe) sobe nos sofás e nas camas, as outras duas são menorzinhas e não se deram conta que elas conseguem subir, hehehe. Bjs Gabi

  • Amanda diz: 18 de setembro de 2013

    Oi Gabi! Já vi para vender aqui no Pet do Bourbon em Canoas, nunca comprei, mas vontade não faltou. kkk bj

  • Fatima Ilha diz: 18 de setembro de 2013

    Conheci na casa de uma amiga e gostei muito, semana passada comprei uma já pronta na Pet e estou adorando.

  • Ana Flavoa diz: 18 de setembro de 2013

    Minha gata de 14 anos só bebe água no tanque e está com artrite. Colocamos uma escada dessas de loja, com 3 degraus. Facilitou muito a vida dela e a nossa, pq como ela tem dor, não gosta mais que a gente pegue no colo – sem contar que ela é pesadinha. rsrs

  • Ana Paula diz: 18 de setembro de 2013

    oi Gabi! A minha é uma linguicinha mini e tbm tem dificuldade em subir no sofá.
    Então eu e meu marido fomos na Leroy e montamos uma caixa em MDF com a metade da altura do sofá. E depois forramos com um tecido bem bacana e utilizamos grampos para fixá-lo. A Maggie adora e agora já está bem acostumada com o “degrau”.

  • Denise diz: 18 de setembro de 2013

    Sou a favor da escada, Gabi. Já pensei em comprar uma pra quando o Zidane ficar mais velho. No quarto, temos um baú daqueles de guardar cobertores nos pés da cama pra ajudá-lo a descer e subir da cama. Aí, quando não queremos que ele suba, tiramos o baú dali. Melhoras pro Dunguinha!

  • Daniele diz: 18 de setembro de 2013

    Gabi, na Westing tem uma campanha “Amor aos Pets” (http://www.westwing.com.br/amor-pets/) – tem umas escadinhas e muito mais coisas… Lembrei de ti direto quando vi.
    E torço para que ele melhore logo !

  • Emanuele diz: 18 de setembro de 2013

    Eu suuuuper apoio a compra Gabi. Tenho uma schnauzer que ficou pequeniinha e ela sobe no sofá e na cama, principalmente se estamos de bobeira vendo tv. Como a cama é meio alta, ela precisa dar um impulso grande para conseguir subir, e algumas vezes depois de estar lá em cima faz uma pequena manha se algum dos brinquedinhos que ela costuma levar junto caem no chão. E esses dias me peguei pensando que daqui algum tempo esse impulso não vai ser tão grande e que ela vai sim precisar de ajuda para subir. A escadinha canina é tudo!! Se a gente vive comprando coisas que facilitem nossa vida (ou que a gente diz que são pra isso) pq não fazer o mesmo pelos nossos bichinhos? Se fazer o máximo para que a vida deles seja mais agradável é errado, é dar permissão demais, desculpa, mas quero estar errada mesmo.
    Melhoras pro nosso muso, que tudo fique bem.

  • Naiara diz: 18 de setembro de 2013

    Oi, Gabi!
    Hoje o Dunga está apenas com uma inflamação, mas com a idade a escada vai ser muito útil. Eu gosto muito das escadas para cães, mas às vezes elas ocupam muito espaço. Por isso, adotamos um puff-baú como escada disfarçada. Não ocupa espaço e ainda serve para guardar os brinquedos do pet ou qualquer outra coisa.
    Abraços!

  • Cristina diz: 18 de setembro de 2013

    Oi Gabi, eu tenho aqui em casa uma escadinha q eu mandei fazer pros meus dois salsichas poderem subir na minha cama, mas no caso do Dunga, acho melhor até q seja uma rampinha tipo essas daqui http://www.petescadas.com.br/2012/01/grande-porte-para-borda-de-cama.html. Bjs e melhoras pro Dunga!

  • Juliane diz: 18 de setembro de 2013

    Tenho dois chihuahuas e pelo porte eles não conseguem subir em nada. No sofá só sobem qdo estamos em casa e neste caso os colocamos. Na cama usamos uma caixa ( de plástico que deveria ser usada pra arquivar), colocamos pra brincar um dia e vimos que eles curtiram. E assim qdo eles dormem com a gente sobem e descem sem ficar pedindo e acordando a gente( a fêmea me lambia até eu acordar, qdo ela queria descer pra fazer xixi). Penso que não deixa mal acostumado não, ou tu educa ele pra ele aprender que deve pedir “autorização” igual ou tu afasta a escada, que é o que nós fizemos.

  • Ingrid diz: 18 de setembro de 2013

    Oi Gabi e Dunga,
    Aqui em casa a Fluffy ganhou uma escada quando tinha uns 4-5 meses. A mamãe aqui não soube ser muito rígida na educação da filha mais velha (até porque ela teve uma fratura da patinha com 3 meses, então amoleci o coração de vez), e a escada serviu para aliviar a conta da lavanderia. Explico: a Fluffy pedia para subir na cama e não conseguia descer, daí toda semana eu contribuía pro lucro da Kodama levando edredons com xixi e cocô :( da filhota. A escada resolveu esse problema, pois assim a mocinha consegue descer da cama para usar seu “banheiro”!!
    Enfim, só quem ficou triste foi a lavanderia que perdeu sua melhor cliente!!
    Ah, a minha escada é Animal Print e tem uma foto no meu instagram!
    Espero que o Dunga ganhe uma escadinha pra ele também!! Tudo pro conforto dos nossos pequenos, né?!
    Beijos nossos!
    OBS: ah, confesso que estou sendo mais rígida na educação da filha mais nova, a Martina!

  • Fabíola diz: 18 de setembro de 2013

    Gabi, eu acho a ideia ótima e válida. Aqui em casa tem um pufe desmontável de três almofadas, ele é feito com espuma dura. Transformo ele em escada quando o Dutch precisa ou até mesmo pra deixar ele acessar a janela pra espiar a rua. Pra mim não tem nada de absurdo em ter uma apoio pra eles, já que sei de vários casos de lesão na coluna depois de anos de impacto subindo e descendo de lugares altos. Tive uma porquinha da índia que quando ficou velhinha não subia mais o degrau da lavanderia pra cozinha, improvisamos uma rampinha e ela adorou. Beijos

  • Lydice diz: 20 de setembro de 2013

    Olá Gabi, eu tenho 2 yorkies pequenos e nos compramos uma escada pois com a rotina de subir e pular eles lastimam as articulações e o vet achou que era bom eles terem facilidade de acesso, no caso a escada só fica para quando eles sobem na cama (em casa marido acostumou a estarem junto na cama…nao consegui mais nao ter todo mundo junto..rsrs) Eu acho otima a nossa nos mandamos fazer no mesmo tom que o box da cama .. numa empresa chama petescadas.
    Bjsss

  • Paulo Petescadas diz: 23 de setembro de 2013

    Olá Gabi, adorei o tópico no blog, A petescadas (www.petescadas.com.br) esteve nas ultimas Casa&Cia da ZH, especialmente na suite do Marley e Eu de 2011, sucesso total. (http://www.petescadas.com.br/2011/10/mostra-casa-2011-suite-marley-e-nos.html)

    A petescadas levou mais de dois anos de estudos para colocar nosso material disponível, com testes e analises de materiais para a definição dos padrões da petescadas.

    dentre eles podemos citar os principais:
    revestimento totalmente impermeável pois tecidos tendem a absorver bactérias e com isso a geração cheiro, nosso material é muito fácil de limpar e não gera cheiro.

    material interno- nosso material é especialmente desenvolvido para a aplicação, onde a dureza do material permite uma pequena absorção do impacto, sem ser duro demais como madeiras e pisos ou moles demais como espumas macias. Espumas macias são graves provocadores de lesões por torção.

    Além das possibilidades de medidas sob desenho, os padrões de dimensões petescadas são únicos atendendo com perfeição a anatomia dos animais.

    Soluções especificas para o ciclo de vida, um cão muito jovem pode ser pequeno demais para subir ou descer de moveis assim como um cão que hoje já é um ancião, acidentes ou propensões a lesões são mais frequentes que imaginamos.

    Cada família decide se seu animal circula na residencia e em que dependências, o fato é que nossos animaizinhos tem uma vida curta em década e meia e rapidamente atingem a senioridade e com ela as doenças da idade e os rescaldos da qualidade de vida que teve quando infância, jovem e adulto. Residindo cada vez mais em locais com menores espaços, e camas cada vez mais altas. O fato é que se o animalzinho circula na residencia e lhe é permitido subir em móveis, não é sensato que se exija dele que pule de locais com três vezes a sua altura, e se isso não for suficiente para lesiona-lo não se preocupe pois a repetição do salto certamente o fará.

    Abraços
    Paulo Petescadas

  • Janaína Antunes de Nardin diz: 29 de setembro de 2013

    Oi Gabi…..Melhor Escada que o ajudará a subir no sofá do que ele continuar querendo pular e poder se machucar MUITO mais dos que alguns simples degraus, afinal nos donos de amigos de 4 patas gostam mais de dormir no sofá e ao nosso lado e pra falar a verdade cá entre nos é muito melhor mesmo! rsrsrsrsr Bjão

  • Priscilla diz: 10 de outubro de 2013

    Pessoal, quero comprar uma para as minhas que já estão velhinhas.
    O problema de comprar pela internet é o alto valor de frete.
    Vcs ñ sabem de nada por Porto Alegre?

  • Julia Fonseca diz: 28 de janeiro de 2014

    Vi esta reportagem sobre escada para cachorro e resolvi indicar o vídeo.
    http://www.youtube.com/watch?v=UTtFLfXwXTc

    Beijos,

    Julia Sixel

  • suely da silveira diz: 15 de fevereiro de 2014

    Já viram as rampas que estão à venda em alguns pets? A minha amiga veterinária indicou por não ser agressivo, ao contrário das escadas que faz com que eles esforcem na subida, o que não é legal para as patas, quadril, joelhos…etc. Fica a dica!

Envie seu Comentário