Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Spray de cabelo para noivas que promete não embaraçar a noite de núpcias

24 de março de 2014 10

Recebi essa por e-mail: foi lançado um spray de cabelo especial para noivas. Fiquei pensando o que é que um spray tem que ter de diferente para ser específico para noivas. Será que o jato é azul, para casar com a tradição do azul, velho, novo e emprestado, que garante sorte no casório? Ou será que tem um aroma especial que atrai o noivo para a igreja, sumindo de vez com qualquer chance do rapaz escapar na última hora?

spray

Errei nas duas hipóteses. O que o Hair Spray Charming Edição Especial da Cless tem de especial é a lata, que tem desenho de noivinha! 

A marca diz que não é só isso. O produto, com preço na casa dos R$ 20, também garantiria fixação extra forte, certeza de penteado sem mexer um fiozinho até o fim da festa. A fixação seria instantânea e e duraria até em ambientes mais úmidos. Mas agora é que a porca torce o rabo: diz o fabricante que o novo hair spray é de fácil remoção: bastaria escovar com cuidado enquanto os fios estão secos para se livrar da grudação.

Uepa, uepa, uepa! Agora isso começou a ficar interessante. Tão interessante que vou até contar uma historinha lamentável da noite do meu casamento. Eu e o Marcelo chegamos no hotel da noite de núpcias mortos de cansados (e um tanto embriagados também). Eu não via a hora de tirar vestido, flor do cabelo, desmanchar coque, me livrar dos grampos. É tri bacana rodopiar o vestido de noiva na festa e se sentir como princesa, mas depois de 12 horas em cima do salto tu começa a sonhar com pijama. Eis que depois que o Marcelo levou uns 45 minutos para desabotoar meu vestido (noivos, preparem-se: os botões são bem apertados e complicados de abrir), fui soltar o cabelo.

preso

Usei coque na igreja e solto na festa. Aí em cima, abraçando o pai ao chegar no salão. Coque bem firme feito pelo Marquinhos Santos, mega expert.  

marquinhos

Depois do jantar, o Marquinhos e eu fomos para a sala de noivas da Associação Leopoldina Juvenil. Lá a gente mudou o meu look, colocando alças no vestido, uma faixa preta na cintura (iááááá) e soltamos o cabelo.

solto

Ficou assim! (PS: se joga no buquê, mulherada!)

Para o cabelo aguentar a noite toda, o Marquinhos me entupiu de spray (a meu pedido, porque conheço meu cabelo onde não para nenhum penteado). No fim da noite, juntando rodopios, mais abraços, mais pula, dança e quase vira cambalhota, o cabelo estava um nó só. Já no hotel, fui até o banheiro e comecei a tirar os grampos. Para minha surpresa, depois de todos removidos o cabelo seguia no lugar, intacto, uma coisa meio gravidade, flutuando. Tentei baixar a crina com pente e ele quebrou. Tentei escova e ela embaraçou ainda mais.

Fui para o banho e, ao passar shampoo, senti que só piorei a situação: virou uma bola no alto da cabeça. Saí do banho e fiquei pensando como faria para desembaraçar aquele ninho de rato. Olhei a banheira cheia, esperando o casal apaixonado, com sais e banho e outros mimimis, e não tive dúvida: peguei meio tubo de condicionador, joguei nos fios e mergulhei meu cabelo na água. Ia mergulhando e puxando para cima, mergulhando e puxando. O sobe e desce foi soltando os nós e depois de uma meia hora eu consegui ver meu cabelo liso de novo.

E daí você pergunta como é que terminou a noite de núpcias. Quando saí da batalha contra meu cabelo, o marido dormia ferrado na cama. Cansou de esperar. Se existisse esse spray de noivinha aí há 4 anos, tudo seria diferente. Ha ha ha!

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (10)

  • Taís Trapp diz: 24 de março de 2014

    Aiii Gabi, tu é tão demais! hahahahahaha
    Rio com todos os teus posts. :D
    Obrigada por deixar minha segunda mais diver.

    beijão

  • Aline Amorim diz: 24 de março de 2014

    Eu ri da sua história!
    No minha noite de núpcias eu e meu marido ficamos um tempão para conseguir desfazer meu coque e tirar a coroa do meu cabelo.
    Se não tivesse de coroa a vontade era de ficar com o coque mesmo!

  • Andressa Dri diz: 24 de março de 2014

    Gabi, minha mãe é cabeleireira e usa faz tempo um spray que segura tudo no lugar a festa inteira e sai do jeito que esse aí do post promete. Sou fã.
    Spray ALLWAVES. É esse aí:
    http://www.belissimadistribuidora.com.br/site/image/cache/data/ALLWAVES-848×1000.jpg

  • Michele A. Vieira diz: 24 de março de 2014

    Gabi querida, vejo o blog desde 2010 quando minha irmã se casou; agora nos 15 anos da minha outra irmã pegamos várias inspirações fotográficas para o book e me caso em novembro, imagina se vou “te largar”… hehehe
    Sobre desmanchar penteados, a maneira mais fácil é levar uma boa escova ou pente para o chuveiro, encher o cabelo de condicionador, desembaraçar as pontas e subir aos poucos desembaraçando até chegar na raiz, enxagua, duas aplicações boas de xampu e uma de condicionador e o cabelo fica ótimo!
    Desculpa o o super texto… beijinhos!!!

  • Graci Mainardi diz: 24 de março de 2014

    Gabi!
    Deixa ver se eu entendi certo: tu quebrou o pente? Vixe… Não imagino o q tenha ficado teu cabelo depois da festa.
    E sobre essa noite de núpcias, digamos, incomum, posso dizer q #soudessas. A minha tb não foi nada romântica e terminou com as gargalhadas do meu marido ao ver q meu jet bronze (q não recomendo nem às inimigas) tinha ficado todo no meu vestido. Sim, o dito era branco no lado de fora e laranja no lado de dentro. E eu uma coisa malhada/manchada. Uó.
    bjbj

  • Patricia diz: 24 de março de 2014

    Gabi, eu senti mais ou menos esse drama tb! Eu fiz coque e fiquei com ele a noite toda, depois que cheguei no hotel tirei uma caixa de grampos da cabeça e o cabelo continuava intacto!!!
    Esse spray milagroso podia ter chegado antes!!

  • Letícia diz: 24 de março de 2014

    KKKKKKKKKKK rindo muito Gabi!!! Tu não existeeee!!!! Parabéns pelo blog, está cada dia melhor!

  • Milene Szaikowski diz: 24 de março de 2014

    Gabi, minha cabeleireira diz que o certo é ir com grampo e tudo pro chuveiro e caprichar no condicionador pra tira-los e desfazer o penteado. Se tentar desmanchar ele seco quebra mesmo o cabelo porque eles eriçam o fio pra fazer o penteado.

  • Grazi diz: 25 de março de 2014

    Gabi, minha irmã que indicou seu blog e me divirto taaaaantooooo com as tuas histórias! Adoro! No meu casamento passei por algo parecido. Meu marido ajudou a tirar os grampos e as flores naturais que eu tinha no cabelo, e ele ali, impávido. Procurei a bolsa com meus apetrechos e eis que descubro, às quase 6h da manhã, que alguém tinha levado embora por engano. Fui dormir, óbvio, mas o pior foi sair do quarto mega escabelada e com muitos vestígios de maquiagem na manhã seguinte, pois o único demaquilante que eu tinha era o hidratante do hotel… e bora pra casa tomar banho. De princesa para bruxa e depois para pessoa normal de novo, mas até essa parte horripilante faz parte do conjunto da obra! Minha cabelereira há mil anos indica um truque caseiro da vovó para tirar o spray: antes de lavar misturar uma colher de vinagre com condicionador, massagear a cabeleira e pentear. Depois é só lavar. Fica com um cheirinho suspeito, mas limpíssimo!! Bjs!

Envie seu Comentário