Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O energético que desernergiza: me desce um Slow Cow aí com três pedrinhas de gelo

28 de abril de 2014 5

Eu já fui mega fã inteveterada e praticamente viciada em energéticos. Pensando bem, a minha vida teve uns momentinhos bem punks. Comecei a fumar aos 14 anos e desde que fui morar sozinha (aos 21), mal abria os olhos e já catava a carteira de cigarros. Fumava antes de sair da cama. E só quem já fumou (e parou) sabe que o bichinho é bom. Não estou fazendo apologia ao cigarro, não. Só explicando o porquê das pessoas terem tanta dificuldade em parar. Hoje estou há 5 anos sem um fumadinha e com a saúde muito bem, obrigada.

Troquei o cigarro pelos energéticos numa fase punk de trabalho da vida (ou deveria dizer “uma das fases punk). Era 2011. Eu passava na lojinha de conveniência aqui do lado do jornal e comprava 5 numa tacada. O primeiro, abria quando ia atravessando a rua. Era meu café da manhã. Os outros eu consumia compulsivamente sempre que sentia que a energia estava sando uma baixada. Até o dia em que o meu coração começou a palpitar, sair pela boca, e eu achei que ia enfartar. Fui para o hospital e o médico mandou que eu cortasse imediatamente a minha dieta praticamente virada em Red Bull.

Red Bull era modinha na época. No trabalho, todo mundo tomava o tempo todo para se manter aceso, ativo. Eu estava numa equipe nova e super motivada e queria fazer bonito. Vira Red Bull, vira Red Bull, come um pacote de Ruffles, vira mais um Red Bull, chama uma pizza, vira mais um Red Bull. Era esse o meu dia. E foi nessa fase que eu cheguei a pesar 75 quilos.

1424324_650766554992842_385049520070883402_n

À direita, eu em outubro de 2011, falando num encontro de noivas. Mostrei no FB. Incrédulos disseram que era montagem. É, não. É print da tela do vídeo desse evento. Se quiser ver todo e comprovar o estado bochechudo da pessoa, passa aqui. À direita, eu tirando #selfie no provador da loja na semana passada. Sem Red Bull, sem Ruffles e com uma alimentação aos pouquinhos sendo colocada em ordem, fui perdendo peso. A perde maior, confesso, veio do episódio do trabalho em excesso, que já contei aquiDe lá para cá fui do manequim 44/42 para o 36.

Daí esta semana estou bem feliz fazendo a minha coluna para a revista Donna e vejo o tal do Slow Cow, o energético ao contrário. Oi, oi, oi?

saiu o donna

slow

A bebida é canadense, mas já está à venda no Brasil por uns R$ 9 pilas a latinha. E jura o fabricante que ela não te acelera, mas te acalma. Uou! Sinal dos tempos modernos? Mas não acalma a ponto de deixar lerdo, com sono. Acalma no sentido de dar foco, reduzir ansiedade, ajudar a cumprir as tarefas do dia. Me manda um aí com umas pedrinhas de gelo, faz favor? Feita à base de chá verde, camomila, melissa, capim-limão, valeriana, maracujá, lúpulo, linden e tília promete proporcionar a sensação natural de calma e bem-estar, estimulando a concentração e a capacidade de aprendizado. Tô pagando para ver. O o objetivo é terminar o dia como a vaquinha da embalagem: mortinha de cansada, mas com uma cara de satisfeita.

The following two tabs change content below.

Gabi Chanas

Ótima amiga, péssima cozinheira. Adoro cachorros (tenho um vira-lata charmoso chamado Dunga), Friends, casamentos, decoração. Além do bloguinho, dou dicas todos os domingos na revista Donna, do jornal Zero Hora, e nos sábados na Almanaque, do jornal Pioneiro. Curto muito fazer novos amigos virtuais, por isso recadinhos são sempre bem-vindos!

Latest posts by Gabi Chanas (see all)

Comments pelo FB

Comments pelo FB

Comentários (5)

  • Gisele diz: 28 de abril de 2014

    Qual é a tua altura Gaby??

    bj bj!!

  • Cami diz: 28 de abril de 2014

    E é uma delícia Gabi!! Meu namorado conhece o representante da Slow Cow no Brasil e ele nos deu, há alguns meses atrás em primeira mão, um fardinho desses energéticos ao contrário. O gosto é maravilhoso. Bem geladinho, hummmmm… Além de que é uma bebida lindinha, azulzinha, parece um drink. Vale super a pena.

  • Sabrina (sassa) diz: 29 de abril de 2014

    Adooorei! Será que funciona??? Já conseguiste experimentar, Gabi??? Bjão e TÁ LINDA!

  • Gabi M. diz: 29 de abril de 2014

    Uoooouu!! Adorei a ideia! Vi no site deles que é frete grátis, então já to comprando! hahaha
    Espero que funcione mesmo. Em época que estou mega tensa com TCC, formatura, trabalho e etc. isso realmente é bem o que eu precisava!
    Depois volto aqui deixar minha opinião! beijo

  • Marie Oliveira diz: 30 de abril de 2014

    Siiiiiim, é uma delícia e funciona MESMO! Experimentei muito por acaso em uma andanças minhas pelo interior do estado, quando estava a trabalho. Gostei taaaaaanto que até postei uma foto no meu insta (@marieoliveira). Virei fã! O único problema é que ainda é um poquinho difícil de achar para comprar (alô, alô supermercados!). Beijocas!

Envie seu Comentário