Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Resultados da pesquisa por ""maxhaus""

As fotos do nosso encontro no MaxHaus POA

17 de fevereiro de 2013 4

Eu sei que eu demorei, mas vocês aceitam um antes tarde do que nunca? Estão aqui as fotos do nosso encontrinho da semana passada lá no MaxHaus POA. Foi bem legal e bem diferente de tudo o que fizemos até hoje. Tivemos um papo bem bacana com o Luciano Teston, arquiteto queridíssimo, que tirou dúvidas sobre como organizar uma casa nova a dois. Primeiro as fotinhos, depois mais papo.

As fotos também estão no Facebook do bloguinho para se marcar, compartilhar e ser feliz!

PS: quem também passou pelo nosso encontro viu uma apresentação em 3D do MaxHaus. Confesso que fiquei meio deprimida com ela. O pessoal mostrou como o empreendimento é ultra mega high tech. Dá para, através do celular, abrir a porta de casa, ligar luzes ou o ar condicionado. Imagina, num dia de calor como hoje, poder acessar o aplicativo ainda no trabalho e programar o ar para dar uma geladinha e baixar as luzes para um estilo calminho e acolhedor. Entenderam porque fiquei deprimida? Como voltar pra casa “normal” depois de ver que existe isso, gente?

Papo de Estilo no MaxHaus: confira a nova data

01 de fevereiro de 2013 5

Nosso encontrinho no MaxHaus Porto Alegre já tem nova data. Vamos falar de decoração e resolver aqueles dilemas de dona de casa e estreante no dia 6 de fevereiro a partir das 19h. Será diferente de todos os nossos encontrinhos, sem vestido de noiva e sem desfile, mas com uma conversinha mais próxima, regada a um coquetel gostoso, inspirações para a casa nova e um clima relax.

Como muita gente já tinha se inscrito antes do adiamento, fiz um guia de perguntas e respostas contemplando algumas coisinhas que vocês talvez queiram saber.

Eu já tinha pedido convite. Preciso me inscrever de novo? Não, senhora. Sua inscrição segue valendo.

Eu já tinha me inscrito, mas não vou poder participar nessa nova data. E agora? Caso você receba um convite por e-mail, basta me retornar e dizer que não vai rolar. Eu passo para outra interessada.

Eu tinha me passado e não tinha pedido meu convite. Ainda dá? Dá, sim, moça! Clica aqui para ver o post com todos os detalhes do encontrinho e as infos sobre como pedir convite.

Que dia vai rolar a distribuição de convites? No dia 4, segunda-feira, chegam convites com detalhes na sua caixa de e-mails. Olho nela!

Feito? Nos encontramos no dia 6/2 para papo, drinques e sorteios de mimos da Wedding Shop!

Papo de Estilo no MaxHaus: peça seu convite

24 de janeiro de 2013 4

Vamos, então, ter aquele encontrinho delícia para falar de casa nova, decoração e estilo? Vai rolar na próxima terça, dia 29 de janeiro, um encontro diferente de todos que já tivemos. Dessa vez, ao invés de discutir o estresse do casamento, nosso papo será sobre a compra do apê perfeito (onde caibam o seus sonhos e os sonhos do amado), como deixar o espaço com a cara do casal e porque esses homens sempre têm ideias de décor diferentes das nossas, hein? Já disse e repito: para mim, o assunto não poderia vir mais a calhar!

O encontro está marcado para as 19h e é um convite da Nex para que a gente conheca o MaxHaus aqui de Porto Alegre. Já ouviu falar? É muito legal! O apartamento tem plantas de 70 m² livres que podem ser combinadas na vertical ou horizontal para formar 140, 210, 280, 560m² ou mais. Pegou a ideia? Dá para comprar dois e fazer um duplex. Dá para comprar um andar inteiro e fazer o apartamento dos sonhos, com direito a um closet tão grande que dê para andar de bicicleta dentro (ai, meu sonho). E mais: todos os apês tem arquitetura livre também. Significa que o casalzinho compra um e pode escolher como vai fazer as divisões da casa: com um quarto gigante e sala pequeninha, com dois quartos pequenos e sala de jantar enorme e por aí vai. Curti muito isso e acho que vocês vão adorar conhecer a proposta. Eu já tinha ouvido falar do MaxHaus em Santa Catarina e em São Paulo e estava bem curiosa para ver de pertinho.

Apresentado o nosso anfitrião, deixa eu apresentar o convidado do nosso papo, que vai rolar em meio a um coquetel ótimo e a mimos (conto em breve).

O Luciano, do Studio Teston, é um arquiteto fantástico, superconceituado e cheio de ideias para minimizar dilemas de casais às voltas com um apartamento e milhões de ideias. Eu vou sentar com ele para papear sobre tudo o que nos tira o sono. A listinha de perguntas já está grande e quem for ao encontrinho também vai poder encaminhar os seus dilemas para ele.

O showroom onde vai rolar nosso papo já é lindo e tudo indica que será uma noite ótima. Anota o endereço para conhecer, seja na terça ou em outro momento da semana: Avenida Senador Tarso Dutra, 167 – Petrópolis (ao lado do Cafe de La Musique).

Quer ir no nosso Papo de Estilo? Tenho 50 convites para distribuir. Todos são gratuitos, dão direito a acompanhante, coquetel, a assistir ao papo e a concorrer a mimos. Quem pode ir? Seja noiva, namorada, casada: o que vale é precisar de uma ajuda divina (no nosso caso, do Luciano) para resolver dilemas domésticos.

Peça seu convite clicando aqui e preenchendo seu formulário. Depois, fique de olho no bloguinho. Amanhã contarei mais sobre os mimos e postarei umas diquinhas de decoração dos deuses. Na segunda-feira pela manhã eu encaminho para o e-mail de quem foi sorteado o convite virtual com todas as informações sobre o evento.

Vai ser muito bacana! Adoro esses encontrinhos onde a gente conversa, se conhece e aprende coisas novas. Can’t wait! Obrigada, Nex e MaxHaus pelo convite. Estou amando!

UPDATE

O evento foi adiado em respeito às famílias e vítimas do incêndio em Santa Maria. A nova data é 6 de fevereiro, no mesmo local e endereço. Os convites serão enviados por e-mail até o dia 4/2.

Luciano Teston dá dicas de décor para a casa nova

06 de fevereiro de 2013 2

Hoje é dia de encontrinho no MaxHaus POA! Os convites já foram distribuídos por e-mail e a partir das 19h vamos falar de decoração, de dicas para encontrar o apê ou casa perfeitos e mais dilemas de como adequar espaços e encontrar soluções legais. O convidado e salvador das nossas dúvidas será o arquiteto Luciano Teston, que é tão querido que até adiantou umas dicas para a gente.

A dica do Luciano é adotar a exposição máxima de objetos. Como? As imagens abaixo dão ótimas sugestões.

Utiliários e objetos de estima como parte da decoração


Exploração máxima dos objetos da casa, com preferência por utilitários com design. Os alimentos saem da cozinha e são acondicionados com graça e personalidade

Exploração máxima de paredes, com composição de quadros e nichos

Exploração máxima do uso de cada móvel: usar um móvel que tenha diversas funções, como guardar DVDS, CDs, revistas, abrigar equipamentos de som e bar, todo pensado nas conexões entre os volumes e cores para ser visto como um móvel único.

Materiais e superfícies multiuso e laváveis: para não bater a “nóia” da limpeza, que costuma destruir casamentos, os móveis necessitam ser polivalentes. Vidro, couro  ecológico, lâminas sintéticas e cortinas laváveis são boas apostas.

Uso criativo de materiais reciclados ou de baixo valor: para um efeito divertido, dispensando grandes investimentos iniciais. Os tapetes da imagem abaixo foram comprados na Estrada do Mar!

Nos vemos logo mais à noite. Para quem não poderá estar por lá, fica a dica de seguir o bloguinho no Facebook e também no Twitter. A gente posta fotos ao vivo e bem a cores a noite toda.

Adiamento de evento do Noiva.com

28 de janeiro de 2013 5

Imagino que todo mundo tenha ouvido falar sobre o que aconteceu na madrugada de domingo aqui no Rio Grande do Sul.  Nem dá pra tentar descrever o sentimento. É de partir o coração.

Acordei no domingo e fui trabalhar chocada com o número de 70 mortes (a contabilização do horário). Voltei pra casa no fim da noite sabendo que mais de 230 guris e gurias tinham morrido.

Estou com um nó na garganta. Trabalhar na cobertura de algo assim é doloroso, mas ao mesmo tempo conforta saber que o desespero por informações é grande e tu pode estar ajudando indicando onde alguém está internado, como auxiliar. Sinto neste momento a mesma angústia que senti quando trabalhei na cobertura do 11 de setembro, do acidente da TAM (o avião saiu aqui de Porto Alegre), do catatau de enchentes que a gente viu nos últimos tempos. A tragédia de Santa Maria, no entanto, ficou próxima demais. Os jovens que perderam a vida têm a idade da minha sobrinha. Eles estavam se divertindo num lugar com estrutura igual ou bem parecida com a dos lugares que frequentei durante toda minha adolescência.

Parece que a gente perde o chão quando vê algo assim acontecer. Imagino que seja o sentimento de todos vocês também, especialmente dos que leem este post em Santa Maria. Eu não consigo ter a dimensão do que vocês estão passando. Só posso desejar que Deus dê um jeitinho de fazer com que o sofrimento seja amenizado pela lembrança boa das pessoas que não estão mais aqui. Meu mais profundo carinho a todos.

Nós teríamos amanhã um evento do bloguinho, mas estamos adiando em respeito às vítimas, às famílias, aos amigos. A nova data eu divulgo em breve. Quem se inscreveu para este evento, segue inscrito para a nova data. Prometo mandar e-mail avisando. Nenhuma mudança de data fará com que esqueçamos de quem se foi, mas tenho certeza que nenhum de nós se sentiria bem em brindar à felicidade de estar vivo dois dias depois de ver amigos queridos indo embora.

Aos que perderam alguém e que podem estar lendo este post: meus sentimentos. A dor, eu imagino, deve ser imensa. Estamos rezando e torcendo para que encontrem conforto para seguir em frente. Se, como jornalista ou como moradora de Porto Alegre, onde tem muita gente internada, eu puder fazer alguma coisa, basta avisar ou mandar e-mail para gabrieli.chanas@zerohora.com.br. Eu, e tenho certeza de que muitas leitoras também, estamos à disposição.

COMO AJUDAR

- Ontem os hospitais não receberam doação de sangue, mas hoje estão abertos e pedindo ajuda. Veja aqui o endereço do Hemocentro, em Porto Alegre, e também de bancos de sangue em outras cidades.

- Mora em Santa Maria? Aqui neste link tem informação sobre onde doar sangue e como ajudar de outras formas.

- Ontem também tivemos um incêndio de grandes proporções na Vila Liberdade, perto da Arena do Grêmio. Dezenas de pessoas perderam tudo, tudo, tudo. A Defesa Civil recebe doações de alimentos, roupas, água, material de higiene e roupas de cama em três endereços de Porto Alegre: Avenida Copacabana, 1.096 (bairro Tristeza), Avenida Ipiranga, 310 e na rua Brandão de Melo, S/N, no Parque Humaitá, para onde foram levados vários dos desabrigados.

Papo de Estilo no MaxHouse: mimos da Wedding Shop

25 de janeiro de 2013 3

Já pediu um convite para o encontrinho de terça-feira? Será diferente de todas as nossas festinhas: ao invés de vermos e discutirmos casamento, teremos uma palestra com o arquitero Luciano Teston, que irá dar dicas de como resolver dilemas de espaço, estilo e décor na casa nova. Além disso, teremos mimos fofos expostos. O MaxHaus convidou a Wedding Shop para mostrar fofurinhas para a casa e lembranças para casamento. A loja, que é uma gracinha e tem todas aquelas fofuretes importadas que as noivas amam, também vai dar um presentão para uma das convidadas. Que tudo, né?

Infusor para chá em forma de coração -> é lembrança fofa para madrinhas!

Cortador de pizza “um pedaço de amor” -> presente para os padrinhos!

Caneca com alça de aliança -> toda noiva tem que ter no trabalho

Cabide que pode, no lugar do I Do, ter o nome do casal -> pra pendurar o vestido de noiva

Marcadores de mesa e de lugar de um montão de formatos diferentes -> pra mesa do casamento

Wine stopper todo apaixonado -> lembrança de casamento para os convidados

Nos vemos na terça, então? O papo está marcado para 19h. Neste post tem detalhes com endereço completinho do MaxHaus, link para pedir convite e mais informações. E já que a gente está falando de casa nova, aproveita o impulso e lê aqui os posts do bloguinho que falam sobre o assunto. Tem inspirações que são um sonho!

Taylor Swift usa fitas para colar os seios (e eu também)

25 de janeiro de 2013 18

Já falo da Taylor. Primeiro, vou contar a história de uma amiga que vou chamar de Daniela, deixando claro que esse não é o nome real da moça porque nem nos meus dias mais piadistas eu iria expor tanto a minha amiga.

Pois a “Dani” me pediu um vestido de festa emprestado para ir num casamento. O vestido é um que tenho há séculos e que foi comprado na Cândida G (no fim do post falo mais da loja). O vestido tem um decotão que fica maior ou menor de acordo com a forma que tu ajusta as alças. Arghs! Eu não tenho nenhuma foto dele aqui comigo, mas catei na internet alguns modelinhos similares para vocês entenderem do que eu estou falando.

Deu para captar a alma do negócio? Subindo bem as alças e amarrando bem rente ao pescoço, vestido com decote comportado. Soltando mais as alças e dando um laço despretensioso, vestido soltinho e com decote poderoso.

Eis que a minha amiga Dani tem busto menor que o meu, por isso o vestido ficou grande. Problema: ela me pediu o vestido no dia do tal casamento, em pânico por não ter se programado e comprado algo sob medida. A gente não tinha muito o que fazer: ou era o meu vestido largo ou era jeans e camiseta. Partimos, então, para uma estratégia que eu não recomendo NUNCA NESSA VIDA que alguém copie. Entendido? Nunca!

Catamos fitas adesivas e começamos a colar o vestido na Dani. Fizemos a bainha (ela também é menor do que eu) com fita crepe bem reforçada e passamos ferro por cima. Ficou bem direitinho. Pra controlar o decote, amarramos as alças no máximo que o vestido permitia, mas mesmo assim ele ficou dançando nos seios. Foi aí que a Dani veio com a ideia de usar fita dupla face pra colar o vestido na pele dela.

Veja bem: a técnica da dupla face é boa. A Taylor Swift usou ontem em Madri pra não pagar peitinho com seu vestido decotado (ali na segunda foto dá para espiar a boob tape — nome fofo da fita — cor de pele). Eu mesma já usei pra controlar esse mesmo vestido verde que a minha amiga usou. O que eu e a Taylor temos de diferente da Dani? Nós usamos a fita com moderação.

Comecei colando uma fitinha de cada lado do decotão e a Dani insistia para colar mais e mais. Não vou enrolar a história: a guria foi para o casamento engessada e assim se manteve até a hora que começou a tocar Girls Just Wanna Have Fun. Que mulher resiste sentada na cadeira a essa música, né? A Dani levantou, baixou a Cindy Lauper e dançou como se não houvesse amanhã — nem metros de fita segurando seu decote. Com o suor do corpo as fitas dupla face começaram a ceder, ceder, ceder e o vestido abriu. Abriu! Abriu! Como dizem lá na minha cidade, podiam passar uns 500 cachorros brigando entre o vestido e a pele da Dani que ela não perceberia. Fim do caso: a Dani terminou a noite chorando no toilette e até hoje os nossos muy amigos chamam ela de “Dani Peitinho”. Oh yes: todo mundo viu os peitos dela.

Rebobina agora lá para o começo do post e para aquela latinha cor-de-rosa e fofa. A Hollywood Fashion Tape é a versão profissional da fita tape cortada em casa, “à moda miguelão” (de novo, como dizem na minha cidade). A lata vem com fitas já cortadas e é bonitinha o suficiente para colocar na clutch e levar para a festa, trocando em caso de necessidade. O adesivo também é mais gentil com a pele do que a fita tape, criada pra pregar quadro na parede, não vestido em mulher.

Nunca achei pra vender aqui em Porto Alegre (se alguém souber onde tem, favor contar ali nos comentários), por isso sempre comprei na internet ou em viagens. Na minha última visita ao Rio de Janeiro achei aos montes na farmácia, mas com um preço cachorro (não lembro bem, mas era mais ou menos uns R$ 60 pilas) e ultra maior do que lá fora (comprei nos Estados Unidos por uns US$ 8). De qualquer forma, recomendo. É boa mesmo!

Sobre a Cândida G, de onde saiu o famigerado vestido deste post sem fim: já perdi as contas das vezes a loja me salvou. Um dia eu estava em pânico atrás de vestido de festa pra ontem e uma colega me disse pra passar lá. Fica na Azenha, meio escondidinha, perto do Olímpico. Entrei meio desconfiada, mas me rendi. A loja tem toneladas de vestidos de festa separados por cor. A gente vai na arara da cor que agrada mais e se esbalda com a variedade. Tem desde o periguete com decote no umbigo até os mais senhorinhas, pra mães de noivos. Já fui e morri de amores por uns 5 ou 6 e já fui e não encontrei nada que amasse muito. Fico na torcida pra, caso alguém passe lá seguindo meu conselho, sempre dê sorte. O preço também é bacaninha. Ontem passei ali na frente e vi um divinão por R$ 900, valor justo pro modelo. Não tem aluguel, só venda, tá? Um plus da loja é que por lá também tem roupas de dia a dia com marcas legais como Carmim e Doc Dog.

Dou tchau já pedindo desculpa pelo bolo de assuntos num mesmo post. Só mais um, só mais um: temos encontrinho na terça. Já viu?

:: Mais sobre roupas de festa aqui