Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Cabelo e maquiagem"

Barba, cabelo, bigode, skate e drinks: Cubo abre nova unidade no Complex

31 de março de 2014 0

Tem restaurante mexicano, tem espaço para happy hour, tem loja, tem pista de skate e agora tem salão para cuidar dos cabelos.

5

saiu o donna
O Complex, um dos espaços multiuso mais legais da Capital, recebeu nesta semana uma unidade do Cubo Cabeleireiros. Artur Lopes e Jonathas Diniz instalaram cadeiras, espelhos, lavatório e tesouras no segundo andar da casa da Protásio Alves, 3839.

6

Boa sorte, guris!

É daqueles programas bons de fazer em combo: cortar o cabelo, ver o pôr do sol tomando as famosas frozen margaritas do local e depois jantar com as amigas.

2

4

3

Spray de cabelo para noivas que promete não embaraçar a noite de núpcias

24 de março de 2014 10

Recebi essa por e-mail: foi lançado um spray de cabelo especial para noivas. Fiquei pensando o que é que um spray tem que ter de diferente para ser específico para noivas. Será que o jato é azul, para casar com a tradição do azul, velho, novo e emprestado, que garante sorte no casório? Ou será que tem um aroma especial que atrai o noivo para a igreja, sumindo de vez com qualquer chance do rapaz escapar na última hora?

spray

Errei nas duas hipóteses. O que o Hair Spray Charming Edição Especial da Cless tem de especial é a lata, que tem desenho de noivinha! 

A marca diz que não é só isso. O produto, com preço na casa dos R$ 20, também garantiria fixação extra forte, certeza de penteado sem mexer um fiozinho até o fim da festa. A fixação seria instantânea e e duraria até em ambientes mais úmidos. Mas agora é que a porca torce o rabo: diz o fabricante que o novo hair spray é de fácil remoção: bastaria escovar com cuidado enquanto os fios estão secos para se livrar da grudação.

Uepa, uepa, uepa! Agora isso começou a ficar interessante. Tão interessante que vou até contar uma historinha lamentável da noite do meu casamento. Eu e o Marcelo chegamos no hotel da noite de núpcias mortos de cansados (e um tanto embriagados também). Eu não via a hora de tirar vestido, flor do cabelo, desmanchar coque, me livrar dos grampos. É tri bacana rodopiar o vestido de noiva na festa e se sentir como princesa, mas depois de 12 horas em cima do salto tu começa a sonhar com pijama. Eis que depois que o Marcelo levou uns 45 minutos para desabotoar meu vestido (noivos, preparem-se: os botões são bem apertados e complicados de abrir), fui soltar o cabelo.

preso

Usei coque na igreja e solto na festa. Aí em cima, abraçando o pai ao chegar no salão. Coque bem firme feito pelo Marquinhos Santos, mega expert.  

marquinhos

Depois do jantar, o Marquinhos e eu fomos para a sala de noivas da Associação Leopoldina Juvenil. Lá a gente mudou o meu look, colocando alças no vestido, uma faixa preta na cintura (iááááá) e soltamos o cabelo.

solto

Ficou assim! (PS: se joga no buquê, mulherada!)

Para o cabelo aguentar a noite toda, o Marquinhos me entupiu de spray (a meu pedido, porque conheço meu cabelo onde não para nenhum penteado). No fim da noite, juntando rodopios, mais abraços, mais pula, dança e quase vira cambalhota, o cabelo estava um nó só. Já no hotel, fui até o banheiro e comecei a tirar os grampos. Para minha surpresa, depois de todos removidos o cabelo seguia no lugar, intacto, uma coisa meio gravidade, flutuando. Tentei baixar a crina com pente e ele quebrou. Tentei escova e ela embaraçou ainda mais.

Fui para o banho e, ao passar shampoo, senti que só piorei a situação: virou uma bola no alto da cabeça. Saí do banho e fiquei pensando como faria para desembaraçar aquele ninho de rato. Olhei a banheira cheia, esperando o casal apaixonado, com sais e banho e outros mimimis, e não tive dúvida: peguei meio tubo de condicionador, joguei nos fios e mergulhei meu cabelo na água. Ia mergulhando e puxando para cima, mergulhando e puxando. O sobe e desce foi soltando os nós e depois de uma meia hora eu consegui ver meu cabelo liso de novo.

E daí você pergunta como é que terminou a noite de núpcias. Quando saí da batalha contra meu cabelo, o marido dormia ferrado na cama. Cansou de esperar. Se existisse esse spray de noivinha aí há 4 anos, tudo seria diferente. Ha ha ha!

Eu testei: qual babyliss faz o melhor cacho?

08 de março de 2014 3

babyliss

saiu o donna

Tenho o cabelo bem liso, um paraíso para escovas, mas um terror para fazer cachos ou ondas. Em casa, acumulo todo tipo de mousse, spray fixador e apetrecho de cachear para tentativas de mudar o visual. Com base em anos de erros e acertos – e algumas queimaduras, confesso -, montei um ranking dos melhores aparelhos de babyliss para quem, assim como eu, não é nada profissional na lida com os fios, mas gosta de dar uma mudada no cabelo de vez em quando. O número de coraçõezinhos indica meu nível de amor.

2

O tradicional foi o que menos deu resultado até hoje. Mesmo com uma boa dose de mousse aplicada nos fios, o cacho despencou sem cerimônia antes mesmo de sair de casa.

4

O objetivo dessas espirais é ajudar a moldar o cacho, mas quem tem pouca prática vê nelas um desafio extra. A boa notícia é que, quando você consegue enrolar direitinho o cabelo, a mecha fica mais marcada, mas mesmo assim não dura muito.

3

Dos modelos anteriores, esse é o que deixa a mecha mais natural. Se é o que você procura, encontrou o perfeito. A fixação, no entanto, é similar à do babyliss tradicional.

1

Lançado no final do ano passado, o babyliss arredondado tem um funcionamento todo diferente dos demais. O aparelho puxa uma mecha, enrola na chamada concha de ondas e lá molda o cabelo. Um alerta sonoro avisa que é hora de soltar. A mecha, com ou sem mousse, cai perfeita e dura muito. É, definitivamente, o meu preferido. Vendido por até R$ 700 no Brasil, pode ser encontrado por menos de US$ 100 no exterior. Se for viajar, coloque um na lista de compras.

Eu realmente todos esses modelos aí de cima (e mais uns quatro de chapinha). Depois de conhecer o de concha de ondas, joguei os outros para o fundo da gaveta e tenho usado só este. Quem lê o bloguinho há tempos sabe da minha fixação pelo bichinho e como não descansei desde que vi o lançamento nos Estados Unidos. O vídeo abaixo eu gravei numa onda de empolgação no banheiro de casa, logo depois de tirar o querido da caixa. Reproduzo para quem ainda não conhecer o querido MiraCurl ver seu funcionamento milagroso.

:: Mais posts sobre cabelo e maquiagem

3 truques de beauté das modelos da Semana de Moda de NY

11 de fevereiro de 2014 1

cabelo

O que faz essa moça com cartas de baralho na cabeça em plena Semana de Moda de Nova York? Felizmente, não é nova tendência para o inverno. Mas é truque de beleza, gurias. 

Não sei se todo mundo segue a mesma ordem que eu na hora de se arrumar para uma festa, mas eu primeiro seco o cabelo, depois faço o make e por último monto o penteado ou ajeito as pontinhas, caso queira deixar solto. Nas semanas de moda o processo segue mais ou menos o mesmo: primeiro as modelos têm o cabelo parcialmente ajeitadinho e depois seguem para a maquiagem. Para afastar o cabelo do rosto e permitir que o maquiador faça sua mágica, entram esses grampos plásticos. Só que se eles são colocados direto no cabelo, amassam os fios. Na hora de soltar, o desastre: fica aquela marca dentada! Lá em casa, depois de uma série de erros, aprendi a nunca mais afastar o cabelo com tiara. Quando queria usar franjinha, surtava para baixar o cabelão, que tinha se moldado à tiara.

A cartinha de baralho vista nos bastidores do desfile da Yigal Azrouel foi uma solução criativa e bem-humorada para a forma mais comum de ajeitar o cabelón. Normalmente, nos backstages da vida, maquiadores e cabeleireiros adotam lenços de papel dobrados em quadradinhos.

2

Mas desculpa, eu adorei as cartas de baralho. Testemos na próxima arrumação de festa para ver a cara de surpresa do marido. 

Outra cena comum em bastidores de desfiles: máscara facial de papel, uma invenção oriental que quem já usou diz que é a glória.

Opening Ceremony - Backstage - Mercedes-Benz Fashion Week Fall 2014

Pareço uma múmia, mas já vou ficar gata.

A máscara é vendida em saquinhos individuais e levemente umedecida antes de ser aplicada no rosto. Promove hidratação, relaxamento e fecha os poros para receber a maquiagem. Ainda não encontrei a mesma amada pelas tops aqui no Brasil (é da marca Freeman), mas existe um truque das antigas que também rola nos bastidores antes de aplicar o make. Vantagens: custa baratinho e mora na geladeira mais próxima:

gelo

Compressas de cubos de gelo!

Antes de começar o make, lave bem o rosto com sabonete apropriado para seu tipo de pele. Pegue um chumaço de algodão, um copo cheio de gelo e vá embebendo o algodão na água gelada. Passe no rosto bem de leve, como se estivesse dando leves batidas. A água gelada tem o poder de fechar os poros, deixar a pele mais lisa. O que isso significa: quando começar o processo de aplicar primer, base e afins, o produto vai deslizar e aderir melhor ao rosto. Tiro e queda!

O último truquezinho da lista não é de beauté, mas de sobrevivência. Modelo usa o sapato que tiver, enfia o pé 38 em modelinho 36 e desfila puxando dignidade no fundo da alma. Às vezes também acontece do sapato ser maior, problemão quando se trata de sandália (quem não odeia o pé escorregando para frente?). A solução? Spray de cabelo!

3

Oi?

Vale para a próxima festa, girls: com o pé sequinho, borrife um pouco de spray na sola e outro na palmilha do sapato. Como o spray é pegajoso, a aderência será maior e os dedos não vão se jogar para fora da sandália. Meio bizarro, mas funciona. Palavra de quem já testou as três estratégias acima.

>> E já que estamos falando de truques…

Um outro da linha bizarra, dessa vez para alargar sapatos (também envolve geladeira)

A sapatilha que deixa a perna mais magrinha

Só com secador e escova, como ter cabelo de apresentadora de tevê

Imagens: Monica Schipper / AFP

Sem touca e sem papelote: o que promete o ombré nature

08 de fevereiro de 2014 1

A técnica se chama ombré nature e traz como resultado um cabelo mais iluminado, com mechas de aspecto natural. O hair stylist Matheus Tauber, do Mirage Intercoiffure, é um dos experts no processo. Ele diz que o nature é uma evolução de técnicas passadas. A mudança começa na aplicação do descolorante: ao invés de embaraçar o cabelo, enrolar, usar papelotes de alumínio ou touca, o profissional passa o produto de forma displicente nos fios, como se estivesse fazendo um desenho com pincel.

1

“A proposta deste novo ombré é dar a impressão de que a mulher passou duas semanas de férias em Cancun e voltou com o cabelo naturalmente mais claro. A técnica se adapta melhor em quem tem cabelo mais fino e naturalmente mais claro”, diz Matheus.

Eu fiz essa técnica no ano passado com o Léo Moreira, no Mirage Intercoiffure da Pedro Ivo. Abaixo, um flagra de como meu cabelo foi sendo descolorido (achei no FB do Léo, onde ele posta várias imagens de cabelos de clientes).

eu

Dunga fazendo participação especial na capinha do celular.

O resultado ficou bem bacana! Eu estava com mechas californianas bem marcadas e queria seguir com pontas claras, mas com uma transição mais suave. Ficou assim (foto roubada do Instagram do Léo):

leo

Na foto, meu cabelo foi finalizado com surf spray. Sabe aquele produtinho que dá textura no cabelo e deixa com cara de podrinho, molhado pela água do mar? Esse mesmo. 

Como a linha entre ombré e californianas é tênue (na teoria, pelo menos), o quadrinho abaixo mostra a diferença entre as duas técnicas. Cada uma se subdivide em várias formas diferentes de fazer. O nature  é esse sem touca ou papelote, mas quem é adepta já deve ter feito de muitos jeitinhos diferentes.

cabelo

:: Mais posts sobre cabelo e maquiagem

* Esse texto faz parte da minha coluna deste fim de semana na revista Donna. Já leu? Tem várias diquinhas legais!

Inspiração: o coque bagunçadinho de Julia Roberts

19 de dezembro de 2013 0

Antes de me dedicar ao coque, pausa para o momento miguxa da Julia Roberts com a Meryl Streep. As duas estão divulgando filme que fizeram juntas e foram flagradas em tititi mulherzinha.

000_457356497

“Amiga, que lindo seu cabelo!”, disse a Meryl. “Hahahaha, sério? Esse coque bagunçadinho simples? Super fácil de fazer”, respondeu a Julia. 

Repara que a franja parece mais leve e soltinha e que atrás, bem na parte do coque, o cabelo parece mais grosso, desalinhado. Para dar esse efeito, o hair stylist borrifa um spray texturizador. Ele encorpa e “endurece” o fio. É bacanérrimo para meninas que têm o fio bem fino, que reclamam que nenhum penteado para no lugar. A proposta é de deixar com aquela cara de cabelo com água do mar, diferente de um spray fixador.

000_457327013 (3)

Spray texturizador entra antes do penteado ser feito. O fixador entra depois.

000_457226527

Eu gosto da proposta. Uso o High Hair Crystal Styler, da Wella. Curto bastante para fazer coques como o da Julia e para fazer rabos de cavalo mais despenteados. Agora, conselho de amiga: jamais, jamais, jamais use texturizador com chapinha ou babyliss por cima. Caí na besteira de testar e fritei meus pobres fios.

000_457356681

Suas lindas!

Imagens: Jason Merrit / AFP

:: Aqui, mais posts com dicas de penteados

Look do dia: cabelo roxo e rosa pintado com giz

14 de novembro de 2013 12

_SAM4183

Aham, essa sou eu. Aham, pintei meu cabelo de roxo e de rosa, Aham, fiz em casa em 15 minutinhos. Aham, vou mostrar como se faz. 

Essas mechas foram o resultado de marido trabalhando à noite + nada interessante para fazer + vontade desesperadora de testar um presente que a Taís Andrade me deu no mês passado.

master

Uma caixa com 48 cores de giz para pintar o cabelo! Kim Kardashian, me acode!

A caixinha a Tata comprou pela internet (encontrei no site da Amazon a versão de 24 cores por US$ 79). Taís, tu gastou essa grana em giz para Gabinha pintar o cabelo? Apenas te amo!

Como se faz: você umedece o cabelo, pega o giz e começa a colorir o local que quer que pegue a cor. Eu puxei umas mechas e passei o giz mais nas pontas.

_SAM4212

Rosa do lado esquerdo…

_SAM4213

…e roxo do lado direito.

Depois do cabelo colorido, passe uma chapinha bem quente por cima para “selar” a cor nos fios. Ontem, quando me joguei na brincadeira, meu cabelo estava sujo e tinha ficado preso em coque rosquinha o dia todo.

_SAM4188

As cores ficaram bem vivas. O rosa reagiu com o amarelo-ovo tenebroso do meu cabelo (cabeleireiro marcado providencialmente para o sábado) e ficou meio laranja.

_SAM4183

Meu marido chegou em casa, tomou um susto e só sossegou quando eu disse que sai. E sai mesmo. Segundo o fabricante, em quatro lavagens. Hoje de manhã tomei banho e sequei cabelo com secador. O tom já mudou.

_SAM4228

Tá mais clarinho, ó.

_SAM4223

O rosa tá menos laranja.

_SAM4239

Dá para ver que estou me divertindo com a coisa, né?

Próximos projetos: copiar minha musa Lauren Conrad e fazer o cabelo arco-íris e o rabo de cavalo cor-de-rosa. Mas isso fica a ooooutra semana. Na segunda eu viajo para o exterior a trabalho e preciso parecer uma mulher mais contida.

Lauren1

lauren conrad 250412

— Te aguardo, Gabi.

— Beijo, Lauren!

Vídeo: Jorginho Goulart ensina a contornar o rosto no melhor estilo Kim Kardashian

25 de outubro de 2013 6

Promessa é dívida: demorei uns dois anos exportando o vídeo, mas tcharam: cá está ele! Jorginho Goulart, maquiador disputado, querido e convidado especial de cursos de make promovidos ontem pelo Donna vai nos ensinar a fazer a Kimka!

kimka

KimKa = Kim Kardashian, minha musa, a mulher da maquiagem mais perfeita do mundo. Se já nasceu linda, ficou ainda melhor com make. Na foto, a bochecha ficou mais fininha e o nariz mais magrinho por causa do jogo de cores de base que o Jorginho vai ensinar ali embaixo.

kimk2

Desculpa por isso, musa, mas eu precisa provar meu ponto sobre o poder do teu make.

No post da manhã falei sobre os produtos que foram usados no vídeo. Agora, vocês acompanham onde o Jorginho passa os produtos e como maneja o pincel. Gravamos tudo na corrida, entre uma turma e outra e num improviso daqueles, mas dá para aprender direitinho o que é que a Kim tem que nós podemos ter também.

Achadinhos e aprendizagens de um dia cheio de maquiagem

25 de outubro de 2013 13

São Pedro não joga mesmo no meu time. Essa semana toda amanheceu chovendo, com dia carrancudo, daqueles que dão a maior vontade de ficar na cama. Como trabalhadora digna brasileira, não pude atender nenhum dia os apelos da minha cama e do Dunga para esticar mais um pouco. Daí hoje, quando tenho a permissão dos chefitchos para dormir até meio-dia (visto que o trabalho ontem foi forte), amanhece com esse solzinho bom. Dunga já arranhou a cama, já pediu para descer e passear. Quer ser mãe, Gabrieli? Vai tendo um preview com o cachorro e nem reclama.

Mas é bom confessar: mesmo que o Dungão não exigisse seus direitos caninos de passeio, eu não ficaria me enrolando na cama até tarde. Acordei com “coceirinha de make”. Não senhoras, eu não desenvolvi nenhuma alergia a nenhum produto usado ontem nos workshops de maquiagem do Jorginho Goulart promovidos pela revista Donna.

Captura de Tela 2013-10-25 às 07.45.39

Espelhinhos, pincéis e makes para todas nas aulas de Jorginho by Donna! Viva!

Essa coceirinha se abate sobre mim quando compro um produto novo e não vejo a hora de testar. Perguntem para o Marcelo, maridón, sobre a pessoa aqui se maquiando no trem enquanto voltava de Rouen para Paris. Maquiagem nova a gente não espera para testar: usa na primeira oportunidade do dia para sair se empetecando. Que levante os pincéis e bases novas quem está comigo.

Captura de Tela 2013-10-25 às 08.27.26

Foto feita às 22h depois de recolher todos os pincéis. A Tássia viu que eu estava empolgada demais com eles e fez o registro. 

O Jorginho deu três aulas ontem (se a senhorita perdeu as inscrições, clica aqui para ser avisada de outros cursos). Eles tiveram a assessoria da Mary Kay, por isso eu passei a quinta inteira podendo testar todos os produtos da marca e conhecendo outros que as alunas participantes levaram em suas maletas particulares (várias queridas do blog entre elas, que foi ótimo conhecer).

Captura de Tela 2013-10-25 às 07.45.27

Beijo para a Carol, beijo para a Fer e para todas as gurias que conheci ontem e não consegui tirar foto. Minha cara está um terrorzinho nessa imagem, mas eu selecionei uma onde as gurias estivessem bem musas. Não sou um doce, gurias? Hihihi.

Fui uma das que abriu a carteira e arrematou produtinhos no fim do dia. Poderia falar de vários, mas dois deles serão especialmente testados hoje.

Captura de Tela 2013-10-25 às 08.02.32

O primeiro é o Creme-t0Powder Foundation na cor bronze 1. A textura é cremosa, um misto de pó e creme, como bem diz o nome. Achou escuro demais para a minha pele? Pois, tcharam, é esse mesmo o objetivo!

Até as aulas do Jorginho ontem, eu tentava fazer a Kim Kardashian, marcando os pontos que gostaria de afinar com base mais escura. O velho jogo de luz e sombras pelo qual a moça ficou tão conhecida.

kim

Nessa foto, que a própria KimKa postou na internet, o rosto dela antes de receber a base cor de pele: modelo bem escuro nas laterais do nariz (para afinar) e marcando o osso abaixo da bochecha (de novo na tentativa de deixar mais fininho). Se o escuro esconde, o claro destaca. Marcados com corretivo claro, o alto das bochechas, o dorso do nariz e o alto da testa. Depois de tudo isso, o maquiador carésimo da moça misturou com base normal e tornou a minha amada Kim a mais perfeita de todas que já passaram pela vida deste planeta.

kim

O claro e o escuro do before sumiram. No after, uma Kim uniforme e com rosto mais magrinho que o normal graças à maquiagem. 

Como sou medrosa em relação a cores, usava para fazer a tal marcação uma base um tom apenas acima do meu normal. Me esforçava para dizer que estava vendo algum resultado, mas na verdade não aparecia nada. O Jorginho me explicou que eu estava usando um tom claro demais, e que o negócio era radicalizar, subir mais uns quatro tons. Foi aí que chegamos nesse.

Captura de Tela 2013-10-25 às 08.02.23

Eu também errava na aplicação, usando um pincel de base para o trabalho. Ele deixava o traço reto demais. Sabe aquela coisa dura, quando parece que alguém passou canetinha colorida no teu rosto? Isso não acontece com um pincel como o da foto.

Captura de Tela 2013-10-25 às 08.02.41

Esse é da Lilt, marca produzida aqui no Rio Grande do Sul. A numeração dele: F5. Eu já tinha feito uma matéria sobre a marca e gosto muito da qualidade. O pincel é macio, tem cabo anatômico. Esse modelo específico eu conheci ontem e hoje, seu lindo, você vai integrar uma turma de amiguinhos novos. Por favor, me ajuda a chamar a Kim Kardashian perdida dentro de mim.

Captura de Tela 2013-10-25 às 07.46.23

Está tudo anotadinho para não esquecer, Jorginho!

Também arrematei algumas bases novas da linha TimeWise, da Mary Kay, que são excelentes para o dia a dia. São velhas conhecidas das mulheres porque têm um quê de tratamento com acabamento mate. Eu tenho pele oleosa e tudo que me prometer efeito opaco e sequinho por mais tempo entra no meu carrinho de compras. Comprei a 5 para usar agora, com a pele ainda meio branquinha, e a 6 para quando estiver mais bronzeada.

Ontem, entre um curso e outro, o Jorginho ensinou a fazer o efeito KimKa em mim. Vou editar o vídeo e subo ainda hoje para o blog. Agora vou atender a mais um apelo canino para passear no sol e depois, na hora de me arrumar para sair, gravo um outro vídeo (ah, os vídeos do banheiro), dessa vez mostrando um outro truque ensinado pelo muso Jorginho.

kim

(Imagine a voz da Kim Kardashian)

Você sempre erra onde passar a sombra e nunca sabe até onde ir, se sobe acima da pálpebra, onde fica o tal do côncavo e porque passa, passa e passa sombra, mas ela nunca aparece? Depois a Gabi conta o que o Jorginho ensinou. Ai, me liga, Jorginho!

Vídeo: o que aconteceria se seu marido fizesse a sua maquiagem?

23 de outubro de 2013 25

Em um episódio do seriado Friends, a Rachel machuca o braço e não consegue se maquiar. Como tem que ir a uma festa importante, pede ajuda para o Ross. Entrega pincel, lápis, batom e confia no namorado (na verdade ex, pois nesse episódio os dois estavam brigados). O resultado? Esse aí abaixo.

ross

Não sei se devido ao episódio ou simplesmente por diversão, virou mania na internet a mulherada pedir para maridos e namorados fazerem suas maquiagens. Obviamente, sabiam que seria um desastre, mas imaginavam que seria interessante ver como eles se viram com todos aqueles apetrechos que carregamos em maletas e nècessaires.

Eis que ontem à noite eu propus o desafio ao Marcelo. Trouxe o maletão para a frente do espelho e pedi que ele me maquiasse conforme achava que a coisa deveria ser. Imaginei que o resultado seria caótico, mas nem de perto isso aí.

gabi

Oi, sou a Gabrieli maquiada pelo Marcelo. Em homenagem a Ross e Rachel, poso na frente da moldurinha que temos na porta de casa e que copiamos do seriado.

Como me vê no processo de make todos os dias, achei que ele teria mais noção, mas me enganei redondamente, quadradamente, triangularmente. E não pensem que o borrão do batom vermelho foi exagero para a foto, viu? O marido não teve a mínima coordenação para se concentrar no contorno dos lábios. Deixo vocês com o fiascão da semana. E, sim, Dunga faz participação especial no finalzinho.

Imagino que vocês tenham coisa melhor para fazer no próximo findi, mas se sobrar um tempinho, chama o marido/namorado/noivo/irmão para a frente do espelho e testa os conhecimentos do rapaz. Há tempos a gente não ria tanto lá em casa.

PS: a musiquinha de fundo é “Trouble With Boys”, da Loreta. Sim, é a que Monica e Ross dançam no episódio do “The Routine” na série. Aquela dancinha que eu e marido reproduzimos no casamento (o casal gosta de Friends e de fiasco, né?).

Mais vídeos caseiros da Gabi:

Como fazer coque rosquinha

Penteado de festa em um minuto

Truque para domar o cabelo de manhã cedinho