Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts na categoria "Diário da Tati"

Diário da Tati: tá chegando!

23 de setembro de 2011 9

Aiiii, noivinhas! Falta pouco mais de 1 mês para o dia do casamento e já estou super ansiosa e correndo para tudo quanto é lado, no e-mail e no telefone todos os dias atrás dos últimos detalhes!

Semana passada foram enviados os convites, que ficaram bem simples, mas bonitos. Decidimos não investir muito neles, para deixar para investir  mais na festa. Nosso site do casamento está no ar já  há mais de 1 mês e recebendo muitos elogios, merecidos, pois a noiva aqui passou muito dias e noites montando ele, e o resultado esta valendo cada minuto perdido.

Esta semana fiz a segunda prova  do vestido e confesso que tive um momento nada agradável para nenhuma noiva. Quando experimentei a primeira vez ele estava até grande. Me lembro que comentei com minha mãe que achava que ia ter que diminuir um pouco. Agora, depois de 1 mês, quando experimentei novamente, estava suuuper justo! E olha que eu não engordei nada, hein! Reclamei na loja dizendo que aquele não podia ser meu vestido, que deveria ser outro, pois estava muito justo, mas me garantiram que não, que era o meu, pois desde a última vez que fui lá estava guardado e lacrado em uma caixa. Bom, o que aconteceu eu não sei, mas tive que acreditar, pois a loja tem um nome a zelar (Pronovias), e não acredito que possa ter acontecido isto. Vou ter que acreditar que eu tenha engordado e muito, ou seja, daqui pra frente será água e alface até o dia do casamento! Fora este probleminha, meus acessórios estão todos comprados: brincos, véu, flores e sapatos (sim, comprei dois para garantir caso algum me machuque!)

Nestas 2 últimas semanas eu e meu noivo estamos engajados ensaiando com uma professora particular a nossa dança, que cada dia fica mais bonita! Também vamos ter outras surpresinhas relacionadas às danças para os convidados, mas não poderei contar aqui no blog para não estragar a surpresa.

Esta semana também eu e meu noivo estamos fazendo as lembrancinhas, que resolvi comprar aqui, pois além de ser mais barato eu mesma queria fazer, e coloquei o noivo para ajudar também! Minha mãe tem feito muitas coisas para nosso casamento também, pois ela é muito boa em trabalhos manuais: os enfeites para os guardanapos, caixinhas de bem casados, cabides decorados para pendurar o vestido de noiva e para o terno do noivo (ela me disse: o noivo também tem que ser lembrado, né!), lencinhos “não segure suas lágrimas”, e muito mais. Mãezinha, muito obrigada por toda ajuda!

Estou naqueles dias que parece que não passam, mas ao mesmo tempo correndo contra o tempo para aprontar tudo antes da data do casamento!  Como a Luana disse no post dela, que passe super rápido para chegar o dia logo, mas que no dia demore muito para acabar! Até o próximo post, que sera já bem pertinho do casamento.

PS: acompanhe meus posts em Diário da Tati

Diário da Tati: o dilema de contratar à distância

05 de agosto de 2011 5

Hello, brides!

Hoje vou falar da escolha do cerimonial e dos músicos da igreja.

Umas das coisas ruins do planejamento à distância é que você quer estar pessoalmente para ver cada detalhe, procurar cada decoracão ou até mesmo fazer você mesmo algumas das coisas do casamento. À distância isto é quase impossível. E é ai que entra a wedding planner, para te ajudar nestes momentos em que a bridezilla dentro de nós comeca a emergir porque o casamento está perto e muitas das coisas que precisamos ver nem e-mail, telefone, MSN e Skype servem para resolvê-las.

Nosso cerimonial também foi umas das primeiras contratações que fizemos, mas logo após nossa mudança para outra cidade, comecei a sentir que não tinha sido a escolha mais certa, e isto me preocupou, então resolvi mudar. Eu já tinha conhecido em feiras de noivas, encontros de noivas, blogs e  pela TV uma pessoa que sempre foi muito simpática comigo e com meu noivo, e cujo trabalho nós começamos a admirar. Por coincidência, fiquei sabendo que esta pessoa era amiga da minha cunhada e conhecida por toda família do meu noivo. Mas, como na época em que contratamos o cerimonial não sabíamos que ela era cerimonialista, acabamos contratando outra pessoa. No momento que eu achei que era preciso mudar de cerimonial, foi ela a primeira pessoa que veio na minha mente: Claudya Chanas Anton, do Vintage Atelier.

Toda contratação foi feita por e-mail e hoje em dia nossa comunicação é 99% assim. Neste meio tempo, fomos a Porto Alegre e marcamos uma reunião (que foi ótima) e conseguimos resolver e decidir bastante coisa. Confesso que tenho bombado a caixa de e-mails da Claudya, pois já estou ficando ansiosa, uma vez que o casamento está perto e tem muita coisa para decidir ainda. Como não estou pessoalmente para resolvê-las junto com ela, creio que fico mais nervosa! Noivinhas, não é facil fazer um casamento à distância! Tem que ter o dobro de paciência e calma para poder resolver tudo pelo telefone ou aguardar e-mails de fornecedores. O que me tranquiliza é que sei que posso confiar na Claudya e sua equipe e que com certeza, apesar de minha ansiedade, tudo sairá perfeito!

Imagem: Jorge Scherer

Outra contratação totalmente online foi de nossos músicos da igreja. Eu já tinha na minha pastinha de “músicos para o casamento” estes dois cantores maravilhosos, que desde a primeira vez que vi o trabalho deles me apaixonei. Quando estava levantando orçamentos de outros músicos nada me atraia muito. Há uns meses atrás marcamos uma reunião online, via Skype, com eles. Não achei que iria funcionar muito, pois era para a escolha dos músicos! Não precisávamos só conversar, mas escutar o trabalho deles. Para minha surpresa, foi a melhor e mais divertida reunião online que já tivemos. Conversamos, demos muitas risadas, escolhemos quase todas as músicas do casamento, e todas as músicas eles cantaram e tocaram ao vivo para nós. Nunca imaginei que iria dar tão certo! Foram algumas horas de reunião via webcam e não vimos em nenhum momento sequer menos disposição deles de tocar cada música que queríamos ouvir, tanto em violão quanto em piano. Até minha mãe apareceu na hora da reunião, participou junto e adorou eles! Claro que batemos o martelo na hora e já deixamos quase todas músicas acertadas com nossos músicos super simpáticos e divertidos. Eles são os Noivos Cantores, a Angie e o Daniel. Recomendamos muito! Aqui o link do vídeo em que vimos pela primeira vez Angie e Daniel cantando.

See ya! Kisses,


PS: acompanhe meus posts em Diário da Tati

Diário da Tati: cuidado com as provas de doces!

06 de julho de 2011 7

Hello, my dear brides!

Hoje eu vou falar da filmagem e sobre partes “gostosas”, mas “perigosas” da organização da recepção do casamento: comidas e doces!

Depois de fechar a igreja, salão e fotógrafo, fechamos também a filmagem do casamento com Filipe Severo Videojornalismo. Já tínhamos visto muitos trabalhos dele na internet e, quando o conhecemos pessoalmente foi empatia na mesma hora. Eu e meu noivo não conversamos com nenhum outro fornecedor de filmagem, somente com o Filipe, e mesmo assim já fechamos com ele (aqui um trabalho dele que achamos genial, pois adoramos o seriado Friends). Feito isso, como íamos nos mudar para o exterior, havia outros itens importantes que tínhamos que estar pessoalmente para escolhê-los: o cardápio de comida e os doces. Como citei no meu post do salão, queríamos um salão sem economato, pois nós já tínhamos, por indicação de amigos, um buffet muito bom de Lajeado. Mesmo assim, ainda fizemos alguns orçamentos e degustações com outros fornecedores e não gostamos de nenhum. Então fomos a Lajeado fazer a degustação com o Buffet Telmo. Além de termos sido muito bem atendidos pelo Daniel Both, um dos donos do buffet, ainda degustamos todo cardápio que havíamos montado e passado para ele. Depois da degustação só tínhamos uma palavra a dizer: delicioso! Adoramos e batemos o martelo na mesma hora.

Depois do buffet definido, fomos para a escolha dos doces. Optamos por não ter nem mesa de sobremesas e nem sobremesa empratada. Já que a mesa de doces é sempre umas das maiores atrações do casamento, decidimos por ter uma mesa de doces imensa e mais o bolo. Depois de termos definido o que queríamos, fomos atrás dos fornecedores de doces, e aí que vem o perigo. Começamos a fazer degustações de doces com vários fornecedores. Vou dizer para vocês que acho que foi durante um mês ou mais que quase todos os dias tínhamos algum fornecedor de doces para visitar, e os que não podíamos ir pessoalmente, eles entregavam em casa ou no trabalho caixinhas com doces para provarmos. Conclusão: estávamos assustados com os quilos a mais que estávamos agregando na balança! Por isso noivinhas, eu recomendo não deixar esta prova de doces para muito perto do casamento, pois pode ser desastroso! Como nós fizemos essas provas quase um ano e meio antes do casamento, tivemos tempo suficiente para recuperar o estrago, mas se for muito perto da data pode ser desastroso! E por mais forte que a gente seja, é impossível resistir aos docinhos lindos e muito gostosos. Como provamos doces de muitos fornecedores e gostamos de muitos doces diferentes, nós decidimos fazer uma mesa bem variada de fornecedores diferentes! Nossos escolhidos foram: Madame Antonieta, Belas Trufas, Nana Pereira Pátisserie, Andrea Doces e Da Encantada.

O nosso bolo, que ainda estamos definindo o sabor, será da Maria Helena Blumberg  (mhlblum@hotmail.com) que é doceira e mãe de uma de nossas madrinhas (eu já sou fã das tortas dela há muitos anos). Ela não faz bolo de pasta americana, então teremos um bolo maquete que será feito pela Andréa Bohlke, que fiquei conhecendo aqui pelo blog.

Algumas fotos de doces dos nossos “escolhidos”. Primeiro Nana Pereira, depois Madame Antonieta e, por fim, Belas Trufas.

Imagens: Jorge Scherer e Fábio Martins



PS: acompanhe meus posts em Diário da Tati

O save the date da Tati e do Nando

30 de junho de 2011 6

Vocês conhecem bem a Tati, uma das noivinhas que escrevem o Diário Noiva.com. Já leram os posts dela? Como vocês sabem, a Tati mora nos Estados Unidos, mas vem casar aqui no Rio Grande do Sul em outubro. Ela e o Nando fizeram dois save the date: um virtual, em vídeo, e um impresso e com fundo de ímã. Ela conta mais sobre os mimos.

“A ideia inicial era fazer só um save the date virtual,  pela praticidade para quem está planejando todo casamento à distância. Aí começamos a pensar nos muitos convidados, mais velhos principalmente, que não têm muita intimidade com o computador, por isso decidimos também fazer outro à moda antiga e enviar por correio.

O virtual ficou bem legal. Dá um pouco de trabalho, mas facilita para os noivos que planejam o casamento em outra cidade ou país. Também é uma maneira de economizar dinheiro. Eu mesma fiz o nosso, pois adoro estes tipos de softwares de vídeos  e fotos.

Já o outro save the date, que enviamos pelo correrio, é um ímã de geladeira, formato muito usado nos Estados Unidos. Para que tiver interesse eu mandei fazer no site Magnet Street. Alguns modelos já vêm com envelope e você pode customizar layout, fotos, letras e cores. Eu mandei fazer tambem as etiquetas adesivas com nosso endereço e um selinho para fechar o envelope.”

Diário da Tati: também já tenho igreja e salão

07 de junho de 2011 9

Hello, brides!

Hoje meu post será sobre a escolha da igreja e do salão de festas! Logo depois que fechamos o nosso fotógrafo fechamos a igreja e o salão, tudo isto antes de nos mudarmos para o exterior, afinal estes dois itens tinham que ser escolhidos pessoalmente.

A igreja que eu queria que fosse era a Santa Teresinha do Brique da Redenção, pois sempre achei-a linda. Quando eu era pequena morava bem perto dela e via muitos casamentos lá. Mas isto foi até eu conhecer a Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus, na Ramiro Barcelos. Foi amor à primeira vista! Linda, Linda! Logo fui com o meu noivo ver um casamento sendo realizado lá, para vermos a igreja decorada e os demais detalhes. Resultado: achei mais linda ainda! Sem falar no padre Leandro, do qual adoramos a cerimônia e as palavras aos noivos. Batemos o martelo na hora! Logo já liguei pra marcar a data, uma missão que não é muito fácil, quando se trata de uma igreja super concorrida como esta! Queriamos para o mês de abril, mas acabamos tendo que mudar para outubro, pois não tinha mais a data que queríamos. No fim foi muito melhor: data será 2 dias antes do meu aniversário! Que presente hein! Esta é a igreja escolhida.

Já o nosso salão…bom, é uma história engraçada toda vez que eu conto. Queríamos um salão espaçoso e que não tivesse economato próprio. Uma missão quase impossível em Porto Alegre! Creio que visitamos pessoalmente mais de 15 salões, até fora de Porto Alegre, e nada nos agradava totalmente. Até que um dia vi, aqui no blog, umas fotos de um salão que nunca tinha ouvido falar:  Centro de Eventos Arthur Dallegrave, ou  em outras palavras, salão de eventos do Sport Clube Internacional (Gabi, não vibra aí). Quando vi as fotos achei muito bonito e descobri também que eles não tinham economato próprio. Resolvi ir sozinha ao Beira-Rio conhecê-lo pessoalmente e ameiiiii! Um salão enorme, novo, lindo, estilo rústico, sem economato e com nossa data disponível. Tudo que nós estavamos procurando! Só tinha um problema: eu e o noivo somos GREMISTAS! Detalhe: toda a minha família e também a dele são gremistas, torcedores fervorosos!

Bom, mas resolvi encarar esta briga e fui falar com meu noivo sobre o salão. Não preciso dizer que ele quase surtou e me disse: “tu estás loucaaaa?” Mas, com muita calma, paciência e conversa convenci-o  a pelo menos ir olhar o salão pessoalmente. Vendo o salão ele admitiu que era muito bonito mesmo e era o que nós estavamos procurando. Depois de muita conversa e análise de prós e contras, o noivo topou enfrentar as famílias, a gozação dos amigos colorados e a indignação dos amigos gremistas! No final das contas, todo mundo acaba levando na esportiva, né! Tem que ser!! Afinal, esporte e a celebração de um casamento são sinônimo de festa, alegria e muita emoção!

Para que tiver interesse em saber mais sobre o salão pode contatar a Tânia, do Marketing do Inter (51 3230.4533). Também mostro alguns casamentos realizados lá no salão e publicados aqui no blog, como o da Raqueline e do Rodrigo e o da Denise e do Mateus.

Noivinhas, vejo vocês no próximo post!

Kisses,



PS: acompanhe meus posts em Diário da Tati

Diário da Tati: fotógrafo escolhido e fotos no Brasil

10 de maio de 2011 14


Hello, brides!

Nossa, demorou para passar estas semanas até chegar o dia do meu post. Já estava contando as horas! Não diferenciando muito das outras noivinhas, eu também irei falar dos meus fornecedores por ordem de contratações. Acreditem ou não, meu primeiro contrato não foi o do salão de festas, foi a fotografia!

As fotos de um casamento são as únicas lembranças, além da filmagem, que ficam para nós do casamento! Por isto, deve ser uma escolha bem pensada e pesquisada! Muitas vezes o barato pode custar caro no resultado final, e a gente não pode repetir o casamento para tirar novas fotos!

Desde que comecei a fazer os orçamentos de fotógrafos e ver o trabalhos deles eu já tinha meu fotógrafo preferido, mas mesmo assim eu e meu noivo fomos conhecer os portfólios de outros profissionais. E fomos também ao estúdio deste meu fotógrafo preferido! Lá fomos muito bem recebidos, conhecemos mais ele, sua equipe e seu trabalho. Sai de lá mais apaixonada e já queria fechar contrato na hora! Vocês sabem que normalmente nos mulheres ficamos deslumbradas com tudo e as vezes atropelamos os passos, mas, como os homens são mais pés no chão, meu noivo me deu uma travada e pediu que esperássemos um pouco já que tinha sido um primeiro contato.

Passadas umas semanas, ocorreu uma feira de noivas em Porto Alegre onde este meu fotógrafo preferido estava expondo seu trabalho. Eu e meu noivo fomos a feira, pois sabiamos que muitos dos fornecedores que queríamos conhecer e conversar iriam estar  expondo. Aproveitamos e assistimos uma palestra sobre fotografia de casamento com os melhores fotógrafos do RS (meu fotógrafo predileto no meio deles) e foi muito legal, pois tiramos muitas dúvidas. Depois fomos até o stand do fotógrafo, fomos novamente muito bem recebidos e conversamos mais um pouco com ele e sua equipe. Se nos restava alguma dúvida neste momento elas desapareceram. Ali mesmo batemos o martelo e fechamos o contrato com o Jorge Scherer. Não só fechamos o contrato para as fotos de casamento como acabamos contratando fotos de estúdio e o “The Day After” (trash the dress), pois eles estavam com um preço especial para quem fechasse contrato na feira. No fim foi bom ter esperado um pouco (palmas para meu noivo)!

Semana passada fizemos nossas fotos de estúdio para o casamento, pois estivemos no Brasil para uma visita relâmpago. Noivinhas, eu e meu noivo amamos e curtimos muito esta sessão de fotos! O fotógrafo das fotos de estúdio, o Daniel Scherer, irmão do Jorge, além de muito simpático, nos fez relaxarmos e as fotos fluiram muito bem! Recomendo muito! Deixo só uma espiadinha nas fotos para vocês, para não estragar a surpresa para nossos convidados!

Um beijão, meninas, e até o próximo post!


PS: acompanhe meus posts na seção Diário da Tati

Diário da Tati: hello, girls!

12 de abril de 2011 15

Há quase um mês, quando apresentei as novidades do blog para vocês, contei sobre o Diário Noiva.com, série de posts escritos por meninas que estão prestes a casar. Aos poucos fui apresentando uma a uma. Vocês já conheceram a Virginia e a Luana, de Porto Alegre, e a Denise, de Santa Catarina. Hoje é vez da Tatiana se apresentar. Ela mora só um pouquinho longe da gente: nos Estados Unidos. Consegue imaginar a loucura de morar em um país e casar em outro? Sim, a Tati está de casamento marcado para outubro aqui em Porto Alegre e eu acho que vai ser uma delícia saber como ela está se virando. Bom, a própria Tati vai se apresentar para vocês e contar mais sobre ela e o noivo Fernando.


Desde setembro de 2009, quando fiquei noiva, que eu sou leitora assídua do Noiva.com. Quem me apresentou o blog foi meu noivo, que sempre que lia as notícias no ClicRBS me mandava algum link sobre noivas que ele achava que eu iria gostar. Após isso, eu comecei acessar diariamente, depois de 2 a 3 vezes ao dia, até que após um tempo eu já deixava o bloguinho aberto e só dava um atualizar para ver se tinha entrado um post novo.

Quando a Gabi me mandou o link com novo visual do blog eu achei o máximo! Junto com esta novidade, veio também o convite para ser umas das noivinhas colunista do Diário Noiva.com! Que honra! Claro que nem pensei duas vezes e aceitei!

Meu nome é Tatiana, sou noiva do Fernando há 1 ano e meio, e quando noivamos tínhamos somente 10 meses de namoro e já morávamos juntos. Vamos nos casar dia 22 de outubro, em Porto Alegre. Desde que noivamos estamos planejando o nosso casamento. Como já tínhamos a idéia de morar no exterior,  começamos a procurar aqueles itens que precisávamos ver pessoalmente. Logo após, quando confirmamos nossa mudança, começamos a visitar os fornecedores e acelerar em alguns pontos do planejamento.

O que eu tenho a dizer a vocês é que dá trabalho, mas tenho adorado cada noite perdida navegando na internet atrás de ideias, cada hora de almoço no trabalho pendurada no telefone com fornecedores, várias horas de sono perdidas pensando em qual tipo de vaso vou colocar na mesinha da entrada do lado esquerdo do salão. Para muitas pessoas “coisa de louco”, mas para nós, noivinhas, isso representa horas, dias e meses de prazer e diversão. Porém, não posso tirar o mérito do meu noivo que participa em 95% do planejamento do nosso casamento.

Quero compartilhar com vocês a minha história e do Fernando, assim vocês podem nos conhecer um pouquinho melhor. Nos conhecemos desde a adolescência, pois veraneávamos desde que nascemos na mesma praia. Nesta época maravilhosa da adolescência andávamos na mesma turma, porém éramos só amigos, eu namorava outro menino.  Como namorei muitos anos, continuamos sendo só amigos que se admiravam mutuamente (só na amizade mesmo!!). Depois disto eu me mudei para os EUA e fiquei um tempo sem aparecer mais na nossa prainha, assim perdemos totalmente o contato. Uns 5 ou 6 anos depois nos achamos numa rede social e começamos a nos falar novamente.

Conversávamos de tempos em tempos, porém sempre um dos dois estava namorando, e as conversas eram sempre sem maldade nenhuma. Até que num desses dias eu comentei com ele que eu estaria indo para o Brasil, de férias com minha irmã, e pela primeira vez nós dois estávamos solteiros. Combinamos de nos encontrar para sair e fazer festa com a turma. Assim que cheguei já nos encontramos e fomos para um barzinho, e para encurtar a história desde este dia não nos desgrudamos mais! Minhas férias viraram permanentes, pois resolvi não voltar mais para os EUA e fiquei em Porto Alegre. Em 1 mês estávamos morando juntos e em 10 meses estávamos noivos!!!

Acho que será uma experiência maravilhosa compartilhar com vocês, noivinhas, meus anseios, dúvidas e alegrias nesta trabalhosa, mas prazerosa jornada de planejar e organizar um casamento. Vejo vocês no próximo post!


Notinha da Gabi: estão feitas as apresentações das quatro queridas noivas que vão dividir suas histórias com a gente. Na semana que vem elas começam a contar como está a correria rumo ao casamento!