Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Pais dos noivos"

Save the date + janta e convite para padrinhos da Ane e do Dani

06 de junho de 2013 6

“Oi, Bazinha e gurias!

É com muita alegria que venho dividir com vocês e com as leitoras do bloguinho o nosso save the date, e também algumas fotos do eventinho que fizemos para fazer o convite aos padrinhos.

Nosso casamento será em novembro desse ano, mas como vocês sabem bem, a preparação começou faz tempo! E desde que a ideia “casamento” se concretizou, eu tinha uma certeza: fazer com que todos os momentos fossem muitos especiais. Não somente a cerimônia e festa, mas também compartilhar a alegria dos preparativos e fazer com que os convidados se sintam muito especiais para nós -  porque realmente são, né!

Tudo começou com a definição do nosso conceito, onde buscamos nossas raízes e a paixão por viajar. Acabamos traduzindo isso tudo em uma das expressões mais lindas do mundo, o EU TE AMO, só que em um bom alemão. “ICH LIEBE DICH” é o que digo para o noivo diariamente, é o que dividimos com nossas famílias, e é o que queremos fazer transbordar com esse casamento.

A ideia do STD veio das cabines de fotos. Queria poder entregar algo físico para os convidados, então pensamos em um imã de geladeria. Além de ser um bom pretexto para encontrar os convidados, comemorar que o casório está chegando e claro, fazer com que lembrem diariamente de nós.

O queridão do Saimon Bernardes (Papetier), responsável pela nossa identidade, colocou a ideia em prática.

Bem, para o convite aos padrinhos, montamos um kit para cada casal contendo: a gravata do dindo (um pouquinho de TOC da noiva, pode ser, mas o altar com padrinhos bem alinhados fica registrado nas fotos, hein #ficaadica) e colherinhas medidoras em formato de coração para as dindas. E sabem o que é mais fofo? Todas as colherinhas tem uma mensagem gravada… mais ou menos assim: uma pitada de amor, um tantinho de compreensão, um montão de alegria. Uma graça! (esse mimo vocês encontram na wedding shop #ficaadica2).

Fizemos o convite aos padrinhos sem dizer exatamente para quê era. Claro que alguns desconfiaram, mas teve gente achando que eu iria anunciar uma gravidez (#oioioi), e outros jurando que na tradição alemã tem celebrações diferentes antes do casamento, e essa seria uma delas.

Chamamos o Churrasquinho do Moretti (#ficaadica3), um tipo diferente de churrasquinho que é servido no palito. Para ficar mais descontraído mesmo… e fez o maior sucesso! Criei um menu, e montei uns espetinhos de moranguinho de sobremesa. Achei phyno!

Já no dia, depois de umas engasgadas, fizemos o convite. Foi um chrororô de alegria e muita emoção. Todos ficaram muito felizes. As madrinhas, na mesma hora, já estavam preocupadas com as cores dos vestidos e os padrinhos (óbvio né!) já falando da despedida de solteiro “bombástica”.

E ah, não poderíamos deixar nossos pais amados de fora dessa. Para as mamis, encomendamos cabides MARA dizendo “mãe da noiva” e “mãe do noivo”. Além de lindos, é uma lembrança que elas poderão guardar para sempre. Para os papis, bons apreciadores de uma cervejinha, buscamos um kit cerveja + copo, e incluímos a gravata deles. Ficou uma graça.

Fizemos ainda umas plaquinhas com a data da festa, com a hashtag para o pessoal já começar a postar com “#aneedani”, e dizendo que temos os melhores dindos do mundo. Foi d-e-m-a-i-s!

Tudo graças a ajuda da nossa amiga-organizadora Claudya Chanas, do Vintage Atelier.

Para fechar com chave de ouro, uns cupcakes da noiva e do noivo. Deu pena de comer, então a maioria levou de lembrancinha para casa. Obra da talentosa Sabrina Laras.

Um beijo grande. Espero que tenham gostado!”

Projeto Pai da Noiva: adorei a ideia!

19 de abril de 2013 14

O senhor da foto não parece ser um querido? Aqui na redação nós estamos encantadas por ele. Trata-se de um pai de noiva (a linda moça da foto) que está fazendo sucesso no Instagram por relatar suas investidas rumo a uma vida mais saudável. A filha dele, quando marcou o casamento, disse que queria muito que o pai  entrasse na igreja com ela lindo e saudável. O pedido comoveu o paizão, que passou a se exercitar, comer direitinho e a contar como andavam as coisas através de fotos no Instagram @projetopaidanoiva. Ele já tem um monte de fãs (mais de 7 mil seguidores) que o motivam na luta pelo objetivo final.

Fofa a ideia! Pode servir de inspiração para outras gurias que também tenham pais meio fora de forma. Com um pedido carinhoso e muito incentivo o casamento vira motivo de alegria e desculpa para uma vida mais saudável.

Amamos! Força, paizão!

PS: temos encontrinho na segunda. Já mandou seu e-mail pedindo um convite? Vai ter brindes, sorteio e muitas joias lindas para olhar e amar!

Noiva.com responde: quem paga o casamento?

18 de novembro de 2010 13

A Marcela e o Jonas, do Rio de Janeiro, ficaram noivos no mês passado. “Um segundo depois de trocar as alianças já estávamos fazendo planos para a festa, mas ficamos com uma dúvida enorme sobre quem paga a festa: nós ou nossos pais?”.

Todo mundo sabe como funcionavam as coisas antigamente, não é? Os pais da noiva eram os responsáveis por custear o casamento. Os noivos não tinham trabalhos expressivos (em termos de salário) e geralmente moravam com os pais. Hoje as coisas estão bem mudadas e não é difícil encontrar casais que ganhem mais dinheiro do que os pais. Quem paga a conta, então? Quem quiser ou quem tiver condições de arcar com as despesas. É bom, no entanto, que isso seja acertado previamente para ninguém ter surpresas na hora de desembolsar o dinheiro.

O primeiro passo, Marcela e Jonas, é saber quanto vocês, noivos, podem pagar. Com esse dado em mãos vocês já terão uma ideia do quanto será preciso levantar com a ajuda da família. O segundo passo é descobrir se os pais têm interesse em contribuir financeiramente com o casamento. A não ser que eles já tenham conversado com vocês sobre o assunto é praticamente impossível de prever o que passa pela cabeça deles. Conheço pais de noivos que fizeram questão de pagar tudo e pais que se negaram a dividir custos por não concordarem com o tamanho da festa.

É bem interesssante partir para esse papo já tendo uma ideia, mesmo que seja bem superficial, de quanto vai custar o casamento. Conversem com familiares ou amigos que casaram recentemente para ter uma ideia do quanto gastaram ou façam uma pesquisa do valor dos itens dos sonhos (dicas aqui) para ver a quantas vai o orçamento.

Mais três dicas para o momento da conversa com os pais:

:: Se os pais eles estiverem dispostos a pagar por tudo, conversem sobre o que esperam da festa. Há casos de pais que gostam de dar palpites a mais, já que estão arcando com todas as despesas (leia mais sobre isso aqui).

:: Se os pais não contribuírem, seja por situação financeira ou por interesse próprio, e isso surpreender vocês, não é preciso desistir de casar. Reorganizem os planos e considerem adiar um pouquinho o casamento para dar tempo de poupar um pouco mais.

:: Se os pais quiserem pagar uma parte do casamento, tentem delimitar essa ajuda para evitar conflitos futuros. De repente eles querem dar uma quantia específica, de repente eles querem pagar uma parte específica (o jantar, as bebidas, a decoração). Saber até onde vai a oferta de dinheiro é fundamental para adequar os planos de vocês e para não deixá-los aflitos.

As meninas que já casaram são super bem-vindas a deixarem comentários neste post para dar um help para quem está com a mesma dúvida da Marcela e do Jonas. Eu já adianto o meu e digo com toda convicção que essa conversinha com os pais é bem bacana e deixa todo mundo mais à vontade.

PS: a pergunta da Marcela e do Jonas chegou pelos Correios, em um cartão acompanhado de um mais um pinguim de pelúcia para a minha coleção (eu amo pinguins e nos encontros de noivas as meninas sempre me surpreendem com um). Foi uma delícia chegar na redação e encontrar essa surpresa fofa. Amei demais, queridos!

Noiva.com responde: o que os pais dos noivos devem usar?

28 de setembro de 2010 5

A pergunta é da Alessandra, que quer saber qual o melhor estilo de traje para o seu pai usar no casamento. Para quem está com a mesma dúvida, uma regrinha bem simples pode ajudar.

O traje dos pais segue o mesmo estilo do traje do noivo. Se o noivo usar terno escuro com camisa branca (estilo mais usado e mais adequado para casamentos à noite), os pais também devem seguir o mesmo caminho. Camisas coloridas não são indicadas e é interessante que as gravatas dos pais sejam iguais ou, pelo menos, parecidas. Isso dá equilíbrio, não deixa um mais destacado que o outro, faz com que não haja competição de estilos e dá um resultado mais bonito nas fotos.

Os pais não precisam ser uma cópia do noivo, mas também não podem estar muito diferentes. O meu pai e meu sogro, por exemplo, optaram por usar um colete cinza de lã fria, que era diferente do colete do meu marido, em preto. A gravata do Marcelo foi prata bem claro, enquanto que a dos pais foi em cinza mais escuro. Na foto abaixo dá para ver essa diferença no traje dos meninos.

Imagem: Jorge Scherer

O importante, pais, é manter uma mesma linha para que todos os personagens centrais do casamento estejam em sintonia. A regra também vale para os padrinhos. Se o noivo usar preto, nada de traje claro, certo? Se o casamento for na praia e o noivo for de bermuda e pés descalços, nada de aparecer de terno e gravata.