Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Resultados da pesquisa por "paris"

Férias com Paris, Rouen e, se Walt Disney quiser, abraços no Donald

19 de agosto de 2013 16

Já contei que começaram as minhas férias? Ó, mas que felicidade! Eu divido as danadinhas em dois períodos, mas aqueles 10 dias do verão passam tão rápido que parece mais feriado prolongado do que férias. Para as de 20 dias, que iniciam hoje, eu passo o ano todo fazendo contagem regressiva. Quando chegam, sou só sorrisos.

Embarco no final da tarde naquele estilo de viagem que adoro (só que ao contrário): sai de Porto Alegre, para em São Paulo, para em Milão, chega em Paris. Gurias que moram em São Paulo e no Rio de Janeiro, vocês não sabem como são abençoadas por pular esse primeiro trecho de viagem. Aqui em Porto Alegre apenas uma companhia, a TAP, faz voo direto Rio Grande do Sul – Europa. Como a passagem deles estava caríssima quando eu e o marido fomos comprar, adotamos o para aqui e para ali. Fazer o que, né?

O plano de tentar apresentar Milão para o meu marido em cinco segundos segue. Eu conheço a cidade, mas ele não, e pelo menos a catedral eu preciso mostrar para o moço.

milao

É quase inaceitável estar em Milão e não ver isso tudo de perto. Marcelo, deixa comigo que eu dou um jeito!

Temos algumas horinhas na Itália até o voo partir para a França, e eu vou com as dicas da leitora Manoela debaixo do braço. Querida, querida, ela me deu um plano completinho para sair do aeroporto de Malpensa, chegar no centro de Milão e retornar em tempo de pegar a conexão. Manoela e gurias, me desejem sorte!

Quem acompanha o bloguinho sabe que estou indo para Paris de novo, repetindo a viagem do ano passado. O normal, diante da minha fortuna limitada (ainda não recebi a herança milionária da minha família, gente), seria variar destinos para conhecer o máximo de lugares antes do baby nascer (ainda não estou grávida, mas planejo estar lá por 2014, 2015, e sei que com criança no colo, pelo menos nos primeiros anos, as viagens rareiam). Mas o que fazer se nos apaixonamos perdidamente por Paris?

Neste ano, nossa viagem será mais descompromissada. No ano passado, corremos para ver tudo o que tinha para ser visto em Paris, mas não deu tempo de fazer algumas coisas fundamentais. Exemplo?

Notre-Dame-Paris

Sim, senhoritas! Não fomos na Notre Dame…

sacre

…mas fomos na Sacre Coeur…

vista

… de onde se tem esta vista da cidade. Amei tanto que vou voltar com certeza. E já prevejo mais choro. Sabe-se lá porque eu choro feito criança quando entro em igrejas, seja em Paris, seja em Porto Alegre.

barco

Também não fizemos o famoso jantar  + passeio de barco pelo Sena. Dessa viagem ele não escapa. 

De novidade, a viagem deste ano prevê uma passadinha em Rouen, cidade que fica a mais ou menos uma hora de Paris. Foi lá que Joana D’Arc foi queimada. A cidade parece de filme e algo me diz que eu vou amar de paixão. Recentemente o The New York Times fez um artigo sobre ela apontando como um dos lugares mais incríveis da Europa.

roune

Esse relógio é do século 16!

Também preciso desesperadamente ir a Giverny, região onde morou o pintor Claude Monet, meu preferido. Acho que terei um treco quando espiar de perto os cenários que inspiraram meus quadros favoritos. Marido já está levando um calmente na mochila por precaução.

giverny

Nem quero imaginar como deve ser ver isso de tão pertinho.

Rouen, Giverny, Notre Dame e passeio no Sena feitos, vamos de novo fazer um lanchinho aos pés da Torre Eiffel, vamos de novo ao Louvre, vamos nos esbaldar em crepes de Nutella, vamos ao Jardim de Luxemburgo, que me encantou. Do roteiro do ano passado ficará de fora apenas rever Versailles, que é um passeio lindo, de um dia todo, bem cansativo. Mas também dura um dia e é igualmente cansativa a EuroDisney. Mas para essa eu arrumo fôlego extra, até porque em 2012 não consegui tirar foto com meu personagem preferido. Donald, eu te amo!

donald

PS: já contei para vocês a história do meu primeiro encontro com o Donald? Em 2000 e picos, na Disney de Los Angeles, eu passei metade do dia procurando por ele. Lá pelas 16h45 (às 17h os personagens param de circular pelo parque) eu avistei o pato. Saí gritando, berrando, furei a fila e me abracei nele chorando. Dizia soluçando: “I’m from Brazil and I love you. I love you more than I love Mickey”. 

img010

O fiasco foi tão grande que as pessoas que estavam comigo não tiraram fotos. Ficou essa aí, com o Mickey (sempre esse metido) de recordação. Ai, olha eu aí com meus 20 e poucos anos…

Eu saio em férias, mas a Bárbara chega hoje e retoma os Just Married e todas as casamentices do blog. Eu também vou postar lá de Paris alguma coisa que eu ache que vocês podem gostar. Me acompanhem no FB (tem que curtir a página para receber atualizações) e no Instagram (lá sou @gabichanas).

Torçam para o Donald me receber. Eu juro que dessa vez serei mais contida e não farei ninguém passar vergonha.

Vou andar com orelhas de gatinho por Paris, que nem a Taylor Swift

07 de agosto de 2013 69

Todos os dias de manhã eu faço maquiagem usando uma tiara de gatinho. Comprei para uma produção de moda de carnaval aqui do Donna e fiquei com uma peninha danada de jogar fora. Pensei que poderia ser útil para puxar o cabelo para trás na hora do make ou da limpeza de pele.

E desde o começo do ano, é assim que eu me maquio (acho que a tiara, na verdade, é de oncinha, mas eu chamo de gatinho mesmo assim). Cof cof: olha a minha câmera amada em primeiro plano. Ah, estou muito in love por ela e totalmente satisfeita!

Usar essa tiara de manhã cedo é bom porque dá um up no ânimo. Todos os dias eu me acho mais bonita com ela do que sem ela e fico pensando como é injusto viver num mundo onde as pessoas não podem sair de casa usando tiaras de gatinho. Mas peraí! A Taylor Swift pode!

Apenas morrendo de amores pela tiara da Taylor no vídeo da música “22″.  Assim que vi, mandei torpedo para minha mãe, mestra dos trabalhos manuais, pedindo um modelo igual. Ela já está providenciando.

Caso você se pergunte onde eu vou usar, respondo: em Paris, mon chéri! A cidade é o lugar onde sair de pijama é cool e usar tiara de gatinho não faz as pessoas ficarem te apontando com cara de apavoradas.

Apaixonada por esses modelos com pérolas. Farei fotinhos com a minha tiara na frente da torre Eiffel. E é bem capaz de, ao fundo, ter um monte de gurias iguais a mim.

Para as que querem já sua tiarinha, vai a boa notícia: a Chica Bolacha tem. Quer dizer, tinha. O estoque de tiaras de gatinho chegou e saiu num pulo, prova de que existem mais gurias como eu que querem vencer o tabu de sair de casa com elas em plena Porto Alegre. As moças da loja ficaram de me avisar assim que novos modelinhos chegassem, e eu estou contando os dias, afinal a minha viagem está batendo à porta e não dá mais tempo de encomendar na internet (tem aos montes para vender online). Se a que a minha mãe está fazendo não ficar bacana, a Chica é minha última esperança.

Falando em Chica, fica a fica (rimou!): a loja é pet friendly. Há duas semanas eu e a Bárbara fomos lá comprar umas camisetinhas novas e levamos o Dunga. O dogão ficou passeando pela loja bem faceiro, entrou em provador, cheirou tudo. Adorou!

Ele só não anda curtindo essa coisa de tiara de gato. Depois daquela da camiseta com outro cachorro, anda meio brabo comigo.

Elie Saab em Paris: a coisa mais linda que você vai ver hoje

03 de julho de 2013 29

Como estou determinada a ser feliz hoje, decidi que vou vender o apartamento, o carro e comprar um dos vestidos Elie Saab desfilados nesta manhã da semana de moda de Paris. Terei que pedir arrego na casa dos meus pais, mas tenho certeza que eles vão me receber. Vocês bateriam a porta na cara de uma mulher vestida assim?

Não, né?

E não dariam casa, comida e roupa lavada para mim se eu aparecesse assim na casa de vocês? Claro que dariam. Nem que fosse só pra me pedir o vestido emprestado.

Brincadeiras a parte, prometi no título do post e cumpro com todo amor. Montei uma galeria com os modelos que me deixaram nervosa nesse começo de tarde. Quero todos. Esses milhões que a Mega Sena sorteia hoje precisam ser meus.

Pre-pa-ra para o show das poderosas de Elie Saab. De chorar no cantinho.


Imagens: Patrik Kovarik/ AFP

Dica para a lua de mel em Paris e para um happy hour em Porto Alegre

01 de fevereiro de 2013 3

Como a maioria dos grandes jornais do país, a Zero Hora tem um caderno de gastronomia. Aqui ele se chama Gastrô e é editado há uns 20 anos pela Bete Duarte, que é uma mega crítica gastronômica e uma cozinheira de mão cheia. Em janeiro ela saiu de férias e eu fiquei com a responsabilidade de cuidar do Gastrô. Imagina o pânico. Eu não sou lá essas coisas na cozinha. Sou boa mesmo é de provar e dar opinião na comida dos outros. Editar o caderno (por editar – vale uma explicação para quem não é do meio jornalístico – entenda escolher as pautas, as receitas, as fotos, dar a cara que aquele caderno terá) foi um desafio, mas no fim das contas eu amei de novo (no ano passado também tive meus dias de interina da Betinha).

Meu último caderno como editora está nas bancas (e nos apps da ZH) hoje (leia e prestigie a Gabi) e tem uma matéria com dica ótima sobre Paris. É bacaníssima para quem está planejando a lua de mel para lá ou simplesmente com viagem marcada para descansar. Taí a página.

Como não dá para ler nadinha aí em cima, eu sei, reproduzo abaixo o texto na íntegra. Fiquei triste por não ter conhecido antes. Quem sabe na próxima passagem por Paris eu passo lá!

Um dos destaques da gastronomia de Paris tem sotaque brasileiro. Há quatro anos, o casal de chefs Célia e Gustavo Mattos, de São Paulo, comanda o Chez Nous Chez Vous. O restaurante, que serve apenas jantares para pequenos grupos, não poderia ter clima mais acolhedor: funciona dentro do apartamento da dupla, localizado no charmoso 15ème arrondissement, com vista para a Torre Eiffel.

Formados pela prestigiada escola de cozinha Le Cordon Bleu, Célia e Gustavo já tinham larga experiência em restaurantes franceses quando decidiram abrir o espaço intimista. O imóvel eleito para receber casa + negócio foi todo reformado, dando um bom destaque para a cozinha, que teve uma das paredes derrubada, permitindo que os clientes do Chez Nous Chez Vous assistam da mesa de jantar toda a preparação dos pratos.

Apesar de atrair clientes de vários países, são os turistas brasileiros que mais procuram a casa, atraídos pela possibilidade de um jantar com o melhor da gastronomia francesa sem ter que decifrar o menu num estabelecimento tradicional. Célia e Gustavo atendem grupos de quatro a dez pessoas por vez e oferecem dois tipos de menu: o tradicional tem entrada, prato principal e sobremesa e custa 120 euros por pessoa. Já o menu degustação, que tem cinco pratos salgados e duas sobremesas, sai por 150 euros por pessoa (as bebidas alcoólicas não estão inclusas no preço). As reservas precisam ser feitas com pelo menos sete dias de antecedência pelo e-mail contato@cheznouschezvous. com.br. Abaixo, Célia Mattos compartilha a receita de uma das sobremesas que fazem sucesso no restaurante. Bon appétit!

Bacana, né? Outra descoberta ma-ra-vi-lho-sa do meu interinato foi o Rambla, ali no Moinhos de Vento. É o novo restaurante espanhol de Porto Alegre e meu novo preferido na cidade. Fica na esquina das ruas Marquês do Herval em Félix da Cunha (casamenteiras, é bem na frente da Associação Leopoldina Juvenil). Se passar por lá, obedeça essa crítica gastronômica de ocasião e prove o pintxo de creme de queijo com geleia de laranja. É divino! Descolamos a receita para o caderno e vocês podem pegar aqui.

:: Mais sobre lua de mel aqui

Inspiração de madrinha: Elie Saab na Semana de Moda de Paris

04 de outubro de 2012 9

Morro por Elie Saab! Adoro os vestidos soltinhos e estou amando a forma como ele usou transparências na coleção desfilada esta semana em Paris. Pontos para prestar atenção, madrinhas: vestidos com golinha fechada, fendas, sandálias na cor do vestido (e não prata ou dourado, como a brasileira ama), decote V profundo e dupla de preto + estampa.

Abaixo, os meus dois preferidos. Esse aqui de baixo, como faz para aparecer agora no meu armário? Deuso!

Imagens: FRANCOIS GUILLOT / AFP

Dica casamenteira para quem vem a Paris

06 de agosto de 2012 26

Curtindo minhas aguardadas férias, dou uma passadinha bem rápida por aqui nesta segunda lindíssima em Paris para deixar uma dica bem noivinha. Um dos lugares que eu mais queria conhecer era a Pont des Arts, a ponte dos apaixonados.

Vários lugares no mundo têm espaços onde os casais penduram cadeados simbolizando seu amor eterno, e aqui em Paris e Pont des Arts é o tal. A ponte fica bem pertinho do Museu do Louvre, ou seja: ninguém vai precisar convencer um namorado, noivo ou marido de cara feia a dar uma passada por lá. De longe, num dia de sol como hoje, dá para ver os cadeados reluzindo. Lindo de morrer e super emocionante.

Tá, mas a dica não é visitar a Pont des Arts, coisa que todo mundo lê em guias de turismo. A minha sugestão é que você leve de casa o seu cadeado customizado para prender na ponte. Ela tem um desfile de estilos e eu passei um bom tempo elegendo meus preferidos. Tem até cadeado com glitter e com paetê, gente!  Tem pequenininho, tem aqueles antigões, tem até cadeado de bicicleta. É muito bacana dar uma boa customizada com nomes e eu fiquei de mimimi por não poder ter caprichado mais no meu. Como eu não tinha lembrado de fazer um prévio, compramos um douradinho bem simpático num vendedor do local (5 euros, baratinho), que ainda nos emprestou canetinha para escrever nossos nomes. Taí!

Escrevemos “Gabi e Marcelo” de um lado e “Rachel e Ross”, nosso casal preferido ever (do seriado Friends) no outro. Foi a nossa customização. Comprei um extra e coloquei os nomes da minha mana e do meu cunhado, que adorariam estar aqui conosco e são um casal lindo.

Fica a dica, dona noiva! Ah! Madrinhas, essa é um presente tri para noivas que vão viajar para Paris. Imagina que fofo customizar um cadeado pra ela e dar antes da viagem?

PS: sorry pelas fotinhos feias. São do telefone!

Petit Comité na Casa Bonita: inspirações de Paris e NY

24 de julho de 2012 5

Que tal mais de duzentas fotos sobre o Petit Comité da última semana na Casa Bonita? A nossa querida Morgana Laux, repórter poderosa, conta tudo o que rolou no evento e mostra imagens de cada detalhe. Para olhar, se apaixonar e mandar rapidinho para a pasta de inspirações!


O primeiro andar da Casa Bonita estava tão charmoso quanto a cidade de Paris. O organizador Rugard Reinert foi o responsável por elaborar o primeiro ambiente visualizado pelas noivas. Uma mesa com flores e frutas tropicais, além dos acessórios em branco, fizeram parte do ambiente do organizador. As peças utilizadas eram da Casa Bonita e a montagem e doces ficaram por conta D’AZ.

Além da mesa linda apresentada no Petit Comité, Rugart levou para o evento uma personagem típica do contexto parisiense: Maria Antonieta. “Essa mesa é perfeita para um chá da Maria Antonieta”, brincou. Para complementar, explicou que a mesa assinada por ele poderia ser adaptada para a mesa dos noivos no dia do casamento ou para a realização de um chá de panela.

No outro lado do espaço parisiense, as noivas também puderam se encantar com a mesa assinada por Xuxa Pires. A organizadora levou o glamour de Paris para a Casa Bonita com detalhes remetiam à cidade, como a vela da Torre Eiffel e letrinhas que formam o nome da cidade, criadas pela Arte & Chama Velas. “Escolhi Paris porque entre as duas cidades é a que mais me encanta. É romântica!”, disse. Xuxa optou pelo tom de vermelho para as peças (todas da Casa Bonita) em função dessa característica. Outro ponto alto da mesa da organizadora foram as flores do Atelier das Flores Angélica Martins. Sobre a utilização do ambiente no dia a dia, Xuxa destacou “uma mesa romântica assim pode ser usada em jantar de noivado. É uma boa pedida”.

Assim como Paris é conhecida por seus perfumes, as noivas que caminhavam pelo espaço parisiense do nosso Petit Comité também sentiram um agradável cheirinho. Lúcia e  Luciana Endler, da Lu Endler, levaram para a Casa Bonita várias lembrancinhas, incluindo aromatizadores de ambiente e sachezinhos para colocar no quarto de hotel dos convidados. Elas também mostraram outras lembranças para as noivas, como bolinhos de rolo e garrafas e copos, todos com rótulos personalizados. Um doce!

No segundo andar da Casa Bonita, as convidadas conferiram o ambiente criado por Beto Negrete e Gustavo Bonotto. Mesa, poltronas e diversos acessórios (taças, sousplats, pratos e talheres, todos da Casa Bonita) formaram uma combinação ousada para referenciar New York. “É uma cidade cosmopolita. Tudo é permitido. O clássico com o moderno”, justificaram. Maçãs foram escolhidas por causa da Big Apple, assim como as cores vermelho e azul deram um toque ao ambiente. O cinza foi selecionado em função da característica urbana, mas sofisticada, como New York tem.


Para complementar toda a concepção de ambiente, Beto e Gustavo foram atrás de um casal que representasse a cidade americana. Na busca por algo lúdico, mas não convencional, surpreenderam a todas com fotos de King Kong e Ann espalhadas pelo espaço. “Pensamos no lado romântico dos dois. Olhamos várias vezes o filme. As fotos escolhidas passam essa emoção de New York”, contaram.

Segundo a dupla, o ambiente criado para o Petit Comité pode ser adaptado para um casamento ou para uma formatura. Para Beto e Gustavo, apartamentos de pessoas de New York apresentam o estilo mostrado. “A arte é uma tendência de mercado. Por que não usar em festa a arte? Não existe regra. É preciso ousar!”, argumentaram.

As comidinhas da noite ficaram por conta da Cinco Marias.  “Nós produzimos um mix sofisticado com fast-food, mas de um modo bem delicado”, explicou Juliana Terra. Entre as delícias estavam os tradicionais hambúrgueres (combinando perfeitamente com o espaço NY), sanduíche de pastrami, panquequinha de salmão, folheado de peru com chutney, brioche de gorgonzola com damasco e trouxinha de pêra. A Cinco Marias é conhecida por adaptar os serviços gastronômicos ao tom da festa. Todas as comidinhas apresentadas levavam uma bandeirinha americana ou um detalhe que lembrava New York. Tudo super gostoso e lindinho!


A carta de bebidas ficou por conta da Aurora, que criou uma estação de degustação para as noivas. O moscatel da vinícola é um dos preferidos do time do Noiva.com! Delícia!

O segundo andar da Casa Bonita também recebeu uma pitada do estilo vintage (algo típico da cidade americana) com a cake designer Aline Selistre, da Cupcake & Cia. Para entrar no clima nova-iorquino, ela montou uma mesa de cupcakes nas cores azul-turquesa, vermelho e branco, utilizando louças provençais da Casa Bonita. Além, é claro, de uma roda gigante que as meninas adoraram, da Divino Design. As plaquinhas com as frases “I do” e “I Love NY”complementaram o visual.

A Aline também levou para o nosso Petit Comité mini bolinhos com passarinhos no topo e nos explicou que “americano adora passarinho. Ao invés de utilizar noivos nos bolinhos, eles usam bichinhos”. Segundo a designer, o visual mostrado no evento pode ser adaptado para um chá de panela ou um casamento rústico.

Além da mesa, o espaço da Cupcake & Cia contou com uma oficina de ateliê para customização dos bolinhos na hora. As meninas escolheram o recheio, o tipo de cobertura (ganache com doce de leite, branquinho ou chocolate) e o acessório preferido para enfeitar. Foram mais de 20 tipos disponíveis. Foi o maior sucesso!

A surpresa da noite ficou por conta da dupla Daniel Germano e Angie Miron, que encantaram as noivinhas cantando músicas que são sucesso em casamento e canções tudo a ver com o Petit Comité.  Frank Sinatra e Carla Bruni  fizeram parte de um repertório fantástico. Incrível como o Daniel e Angie ficam melhores a cada dia!

Antes da Angie e do Daniel se apresentarem, quem cuidou do som foi o DJ Léo Kurylo.

Tanto no ambiente parisiense, quanto no nova-iorquino, as noivas e madrinhas puderam ver de pertinho vestidos assinados pela estilista Sylvana Meneghini. Para o espaço Paris, Sylvana procurou o romantismo para a criação das peças. Em um cantinho, a estilista mostrou um estilo new look dos anos 1950, com uma releitura do peplum style, característica marcante de feminilidade, que dá glamour e sofisticação aos modelos.

Para a imponência americana, Sylvana criou uma peça inusitada, um vestido de noiva elaborado com pele de lhama da Mongólia, com cintura marcada por cristais. No espaço New York, vestidos de madrinhas produzidos com couro dourado metalizado também foram expostos. “New York é mais ousada, contemporânea e luxuosa. New York é tudo mais. Eu quis passar essa ousadia, trazendo um modelo produzido com couro” explicou Sylvana.

Todas as imagens que você vê neste post (a galeria abaixo tem mais de 200) foram feitas pelo fotógrafo convidado do nosso encontrinho. O Franco Rossi é um talento só e uma pessoa daquelas que a gente ama parar para conversar. Se a conversa for sobre foto de casamento, então, passamos um dia todo no papo!


A gente manda mil beijos ainda para os queridos da Safe Park, que mais uma vez cuidou do impecável serviço de manobristas do evento. Como é bom chegar numa festa e não se preocupar em ter que estacionar, né? Fica a dica para o casamento, dona noiva!

Para quem foi ao encontro, nosso super obrigada pela presença! É super bacana conhecer gente nova e reencontrar meninas queridas. À Casa Bonita, um abração e mil obrigadas por receberem a gente com tanto carinho pela terceira vez. Tudo sobre este encontrinho está reunido aqui neste link para visitar sempre que quiser.

Petit Comité na Casa Bonita: dress code de Paris ou NY

16 de julho de 2012 22

Sempre digo e sempre repito: semana que tem encontrinho sempre começa mais gostosa! Nesta quinta, a partir das 19h, temos Petit Comité na Casa Bonita, que sempre nos recebe com todo capricho e gentileza. Hoje à tarde serão disparados convites por e-mail. Se você receber um na sua caixa postal, já tem a presença confirmada na nossa festinha que terá New York e Paris como pano de fundo.

Como todo encontro, este também tem dress code especial. As convidadas terão que escolher uma inspiração para a roupitcha da noite: parisiense ou nova-iorquina. O Noiva.com dá algumas dicas.

Para montar um look parisiense, tenha em mente muito romance e feminilidade. Valem blusas com babados, valem saias com bordados, valem transparências na medida (a parisiense não é muito ousada), valem sapatilhas com lacinhos, valem rosas, nudes e brancos.

Já um look New York é mais moderno, descontraído, com cara de moça agitada. Aposte em cores, em saltos poderosos, em calças de couro ou animal print, em alfaiataria.

Combinado? Hoje, quando chegar seu convitinho na caixa postal (estou de dedos cruzados), já comece a pensar no modelito. Ah! Eu repito o “fica a dica”: essa brincadeira de dress code é super bacana para adotar no seu chá de panela. Pedir que todas as meninas venham vestidas de uma forma ou outra anima e agita a mulherada nos dias anteriores à festinha. Pensa nisso!

Petit Comité na Casa Bonita: encontro com Paris e NY como inspiração

07 de julho de 2012 25

Aqui no Noiva.com nós vibramos sempre que recebemos convite para um encontro na Casa Bonita. Já tivemos duas festas lindas na loja, que é uma das mais lindas de Porto Alegre (veja aqui e aqui como foram os eventos) e no dia 19 de julho teremos um terceiro encontrinho. É sempre tudo tão chique, caprichado e feito com tanto amor, né? Eu adoro!

O Petit Comité do dia 19 nos deixou ainda mais empolgadas porque terá dois temas fantásticos: Paris e New York. As cidades, que são queridíssimas dos noivos para a lua de mel, são justamente as escolhidas pela Casa Bonita para uma ação fan-tás-ti-ca. Funciona assim: noivas que casam neste ano deixam sua lista de presentes na loja e se as compras dos convidados atingirem um valor X, ganham passagens aéreas para uma das duas cidades. É assim, sem sorteio, sem responder pergunta, sem concurso nenhum: a lista chegou ao valor, os noivos ganham a passagem. Show! A parte mais bacana é que esse valor de gatilho para ganhar o mimo foi definido com base no número médio de convidados de uma festa que compram presente e na média de gasto deles. Vamos combinar: com isso, vai dar toda vontade de deixar a lista lá na Casa Bonita!

Com essa inspiração de Paris e de New York, nosso encontrinho será um luxo. Reuniremos 100 noivas com acompanhantes para passear por inspirações parisienses (o que vai agradar em cheio as meninas que sonham com casamentos românticos) e nova-iorquinas (um encanto para quem quer um casamento mais moderno). Entre drinks, comidinhas, decorações lindas, atrações surpresa e espiadas nos mimos da Casa Bonita que você pode querer colocar na sua lista mais tarde, é que vamos bater um papo daqueles que a gente mais adora. Nos próximos dias, como sempre, eu vou contando mais novidades, mas você já pode agora mesmo solicitar um convite para participar.

Para quem nunca participou dos nossos encontrinhos, algumas informações importantes: eles são totalmente gratuitos e cada um tem um número limitado de convites. Você se cadastra para pedir (o link está no final deste post) e caso tenhamos mais inscritos do que convites, sorteamos entre todos os cadastrados.

Nos vemos no dia 19?

Galeria de fotos: o magnífico desfile de Elie Saab em Paris

04 de julho de 2012 9

Estou tão, tão, mas tão encantada pelo desfile de Elie Saab (aconteceu agorinha pela manhã na semana de alta costura de Paris) que baixei mais de 50 fotos para postar aqui (de nada, de nada). Eu amei tudo, do make, passando pelo penteado (tranças maravilhosas), cortes comportadinhos, bordados e tecidos soltinhos. E a noiva com mix de branco e dourado? Gorgeous!

Por onde começar, meu Santo Antônio? Bom, vamos pelas trancinhas, uma graça de penteado para madrinhas, formandas e convidadas de festa. Caso você não curta este repuxado na frente pode deixar o cabelo mais fofinho e adotar as tranças apenas no coque. O efeito fica lindo!

Vamos para as cores? Muito amor por este nude que, com dourado (ele de novo) é um charme só. Também adorei demais estas mangas com transparência.

E a noiva? A noiva alta costura de Elie Saab é um escândalo. O que é o véu? Esse bordado com aspecto mais rígido não lembra de leve os dos vestidos de noiva dos anos 80/90?

Imagens: AFP PHOTO / MARTIN BUREAU

Mais muitas e muitas fotos lindas, na galeria abaixo. Sério, gurias. Se desse para escolher um só, não saberia com qual ficar. Perfeição pura!