Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Igreja"

Calendário de cursos de noivos para 2013

17 de janeiro de 2013 0

Chegou aquele momento do ano de falar sobre cursos de noivos. “Hein? O que? Como assim? Tem que fazer curso pra ficar noivo?”. Não, pra ficar noivo não tem, mas tem que fazer cursinho para casar na igreja católica.

Como o bloguinho já é veterano, falo no assunto há vários anos. No fim deste post, resgato textos onde eu explico melhor o que é o curso, quem p0de fazer e o que eu achei quando eu fiz. Por enquanto, segue a tabelinha com as datas de 2013 dos cursos organizados pelo Movimento Familiar Cristão aqui em Porto Alegre. Clicando na imagem ela abre em outra página. Clicando de novo, abre bem grandona.

Para quem é de fora de Porto Alegre a dica é ligar para a igreja onde pretende casar e tirar dúvidas sobre o assunto. Por experiência de outros anos, já descobri que as regras variam de cidade para cidade, por isso é bom ficar esperta.

:: O que é o curso de noivos?

:: Como foi e o que eu achei do meu curso de noivos

Dicas para cerimônias dentro e fora do salão de festas

20 de junho de 2012 1

Cerimônia de casamento fora da igreja é assunto que sempre rende papo aqui no blog. A gente já falou bastante se padre pode ou não pode celebrar o casamento longe da igreja e como é uma cerimônia alternativa, mas a decoração é ponto que sempre pede mais um papo. Já mostrei por aqui as fotos do último evento do blog, realizado na Casabranca, que teve duas propostas de decoração bem legais e bem diferentes, mas resgato algumas de novo para mostrar ideias ótimas para incorporar na cerimônia. As imagens são de Nattan Carvalho.

A organizadora de eventos Margarida Müller e sua equipe criaram a ambientação para uma cerimônia indoor, realizada dentro do salão de festas. Caí de amores por esta proposta que une o rústico da madeira com a leveza dos tecidos usados para criar uma cortina (boa dica para separar a área da cerimônia da área da festa, noivas!).

Os balancinhos de madeira com arranjos são ideia que merece ir voando para a pastinha de inspirações. São lindos não só na cerimônia. Já pensou que amor atrás da mesa de doces?

Minha maior paixão, no entanto, foram as banheiras antigas usadas como grandes vasos de flores. Uma foi posicionada logo na entrada e outra ao lado do altar. É muito legal pensar em objetos inusitados como arranjo de flor. As americanas amam banheiras, barris e regadores.

Outra boa dica: no altar improvisado e nos barris à volta, velas e fotos dos noivos. Também é lindo colocar fotos do casamento dos pais.

A passadeira criada com flores e cascalho entrou dentro do clima rústico da decoração. Não concordam comigo que numa produção assim, toda natural, ficaria bem estranho usar um tapete vermelho?

Poltronas assim são perfeitas para deixar a cerimônia bem elegante. Caso você tenha muitos convidados e fique impo$$ível locar poltronas para todos, use-as apenas nas fileiras da frente, reservando para avós ou convidados de mais idade.

Indo para fora da Casabranca, tivemos o espaço criado pela Ello Eventos, lá de Gramado. Amei, amei e amei as flores do campo presas no ladinho das cadeiras. Reparou que fez as vezes dos vasos que normalmente decoram o corredor da igreja?

Nota dez para o altar, com tecido branco (casando com a passadeira na mesma cor) propositalmente bem levinho para ficar balançando com o vento.

A voz de anjo da Raquel Carneiro

02 de abril de 2012 6

Sábado passado eu descobri que uma dica perfeita para casamentos estava há anos bem pertinho de mim e eu não sabia.

Como vocês sabem, eu sou apresentadora da Rádio Gaúcha, aqui em Porto Alegre.  No fim de semana passado eu o Fernando Zanuzo (outro apresentador) resolvemos sacanear alguns colegas e colocar no ar gravações deles cantando. Tem um monte de gente por aqui que toca e canta nas folgas. Alguns fazem de brincadeira, outros começam a trilhar os rumos profissionais. Eu sabia do talento de vários, mas no meio da brincadeirinha descobri que uma das produtoras do meu programa tem uma voz de anjo. Gente, eu surtei com a voz da Raquel Carneiro! Trabalho com ela há anos e até sabia que ela cantava, mas nem de longe sonhava que tinha este talento todo.

Eis que hoje procurei a Raquel na redação para dar os parabéns e contar que estou de boca aberta com a voz dela. Para minha surpresa descubro que ela canta em casamentos e eu também não sabia (casa de ferreiro, espeto de pau, hein?). Como ela ama bossa nova, disse que as noivas adoram contratá-la para cantar na festa, enquanto os convidados chegam. Deve ser mesmo uma delícia esse sonzinho de voz e violão no começo da recepção.

O vídeo abaixo mostra um pouquinho do largo talento da Raquel. A gravação traz ela e um músico tocando em uma feira. Não tem a melhor das qualidades, mas vocês vão entender porque eu fiquei tão impressionada.

PS: o e-mail de contato da Raquel (que eu insisti para ela nos passar) é raquel.gomes.carneiro@gmail.com. Raquel, está intimada a cantar num encontro de noivas!

Votos de casamento customizados com futebol

02 de abril de 2012 4

No fim de semana eu fui madrinha de um casal de apaixonados por futebol. Desde que soube que a Fer e o Dudu (amigão de infância do meu marido) iriam casar, imaginei que eles levariam um pouco deste amor pelo Internacional para o grande dia. Eles levaram mesmo e de uma forma muito fofa.

Para começar, a igreja escolhida para o casamento fica dentro do estádio Beira-Rio. A capela Nossa Senhora das Vitórias é muito bonitinha e para quem ama futebol deve ser o máximo ter uma foto como esta abaixo, que fiz com meu celular.

Outro momento muito querido deste casamento foi o dos votos que os noivos fazem olhando um para o outro. O Dudu customizou os seus. Depois de “na alegria e na tristeza, na saúde e na doença” ele incluiu um “nas vitórias e nas derrotas, por todos os dias da minha vida”. Adorei, adorei, adorei! Arrancou sorrisos de quem estava por lá por fazer breve alusão ao amor por futebol, mas sem perder a essência do verdadeiro amor celebrado lá.

Casamento + futebol é uma equação complicada de dar um resultado bacana. A lembrança do time do coração, especialmente na cerimônia, pode ser desastrosa, grosseira e até passar por falta de educação. Cabe ao casal ser sutil. Na festa, fora de um ambiente sagrado como a igreja, vale tocar o hino, colocar camiseta, pendurar bandeira no teto, fazer os noivinhos do topo de bolo fardados (preferência nacional, né?).

PS: postei algumas fotos do meu famigerado vestido no meu Facebook. A nota hilária: um dia antes do casório que me dei conta que escolhi vestir a cor do maior adversário do time dos noivos. Mas que péssima madrinha essa, hein?

Workshop de músicas para a cerimônia de casamento

16 de março de 2012 1

Imagem: Genaro Joner / Arquivo ZH

Tem dica bacana para noivos de Porto Alegre e região que estão buscando as músicas para a cerimônia de casamento. Neste domingo a igreja São José, uma das mais tradicionais da cidade, promove seu 6º workshop de músicas. O evento é aberto, sem necessidade de inscrição, e começa às 16h.

No workshop serão apresentadas sugestões de músicas para todos os momentos da cerimônia, desde a entrada do noivo até as assinaturas. Será uma boa oportunidade de ouvir o tradicional e belíssimo órgão da igreja (imagem acima) e instrumentos clássicos como violino e violoncelo.

A São José é uma das mais procuradas de Porto Alegre para a realização de casamentos apesar de sua política bem restrita no que se refere às músicas tocadas na cerimônia e aos profissionais contratados pelos noivos. Não são permitidas músicas contemporâneas e é preciso escolher profissionais de foto, vídeo e decoração entre os que compõem uma lista fornecida pela igreja.

A igreja São José fica na avenida Alberto Bins, 476, em frente ao Plaza São Rafael, no Centro. A entrada para o workshop é franca.

Noiva.com responde: como recebo a noiva no altar?

29 de fevereiro de 2012 21

O Éder mandou e-mail para o blog (contato@clicnoiva.com) perguntando como é o momento de receber a noiva no altar. Existe um ritualzinho neste momento em que o pai entrega a filha ao futuro marido e o Éder, que casa agora em março, quer saber qual é.

A ordem certa, Éder, é a seguinte. Tu estarás em frente ao altar acompanhado da tua mãe, que entrou contigo. Quando a noiva e seu pai chegam perto do altar, pouco à frente dos primeiros bancos, eles param e te esperam. Tu desces os degraus e vai até eles. Primeiro cumprimentas o pai da noiva com um aperto de mão ou abraço. Lembra que tudo em um casamento tem um significado. Aqui tu estarás agradecendo o pai da noiva por ter cuidado dela e por estar entregando-a para ti. A noiva se despede do pai, também com um abraço ou um beijo. Logo depois tu irás receber tua noiva e conduzi-la ao altar. Fazes isso dando um beijo na testa ou na mão dela. O beijo na boca a gente reserva para o final.

Imagem: Carolinne Ghetes

Vale aproveitar a deixa para falar de uma movimentação dos pais que acontece neste momento da entrega da noiva. Tenta acompanhar comigo: a mãe da noiva entra de braços dados com o pai do noivo, certo? Os dois chegam ao altar e se posicionam do lado esquerdo, que é o lado da noiva, de seus pais e de seus padrinhos. Olha o significado aí: o pai do noivo ficará ali, “no lado que não é dele”, para ser um gentleman e fazer companhia à mãe da noiva, que estará sozinha (afinal de contas seu marido ainda está lá fora esperando para entrar de braços dados com a noiva). O noivo vai entrar com sua mãe e ficará com ela no altar no lado direito. Quando a noiva chega os lugares de alteram. O pai dela vai até sua esposa, do lado esquerdo. O pai do noivo, que estava ali fazendo companhia, caminha até o outro lado e vai dar o braço para sua esposa. Terminada esta “dancinha” os casais ficam certinhos e do lado certo do altar.

É complicadinho de entender, né? Lá em 2008, quando o blog começou, eu fiz o “Guia Gabi de Cerimonial”, que explicava de um jeito bem interessante o cortejo de um casamento. É uma forma divertida de explicar para os pais. Guarda aí, Éder!

“O noivo entra de braços com a mãe. Ela fica ao lado dele para evitar que o filho fuja ou para dar aquela força caso a noiva demore demais e ele fique nervoso. Já que o pai da noiva estará ocupado lá fora secando as lágrimas da filha, o pai do noivo faz aquela gentileza e fica no altar ao lado da mãe da noiva, que está sem par. Entram os padrinhos e vai cada um pro seu quadrado: os dela para a esquerda, os dele para a direita. Aí entra a noiva toda faceira de braços dados com o pai. Quando chegam no altar o pai entrega a encomenda ao noivo e corre pra matar a saudade da esposa. O pai do noivo, que não é bobo, se manda para a direita para ficar com a mulher (que já devia estar com ciúme).”

Noiva.com responde: como incluir meus cachorros na cerimônia?

14 de fevereiro de 2012 9

Fato: alguns cachorrinhos são mais família do que muito parente, né? A Bianca, de Curitiba, no Paraná, tem uma cadelinha de 8 anos que é o xodó da casa e pensa em usá-la como “daminha”, levando as alianças. Ela se inspirou no casamento da Inaiá e do Cristiano, que eu mostrei aqui no blog em janeiro de 2010. Lembram das labradoras do casal entrando na igreja conduzidas pela daminha e pelo pajem? Muito amor!

A Bianca quer muito ter sua cachorrinha no casamento e pede dicas de como fazer isso. A primeira coisa a fazer, Bianca, é checar se a igreja onde vais casar permite que os animais façam parte da celebração. Vale o alerta: muitas não veem com bons olhos isso, não.

Com a permissão garantida a gente pensa em como usar os cachorrinhos. O formato mais usual é eles entrarem com as daminhas e pajens, como fizeram a Inaiá e o Cristiano. A não ser que seu cachorro seja treinadíssimo, nem pense em deixá-lo sozinho no corredor. Nestes casos a coleira é fundamental. Se o dog for pequenininho pode entrar no colo das crianças, como no casamento da Danielle e do Diogo, que mostrei no blog em outubro de 2010.

As alianças podem ser presas na coleira dos cachorros ou em uma almofadinha nas costas, no caso dos grandões (foi assim com as labradoras da Inaiá). Monte um plano para levar os cachorros para fora da igreja depois deste momento, pois vários animais costumam latir sem parar ao ver os donos. Peça para um amigo ou parente conduzir os cachorros até sua casa ou para aguardar com eles na rua até a saída de vocês.

Eu pensei muito em usar a minha Bellinha Maria no casamento, mas como ela faz um fiasco gigante quando me vê, seria um desastre. Mas que ela seria uma daminha fofa, ah, seria mesmo!

Não se sente seguro de levar o dog para igreja, mas adoraria ter fotos vestida de noiva e com ele no colo? Entre a cerimônia e a festa você vai ter um tempinho de sobra. Enquanto os convidados se acomodam no salão os noivos costumam fazer fotos em algum ponto da cidade, matando tempo até fazer aquela entrada triunfal. Você pode combinar com alguém para levar o cachorro até esse local, fazer fotos com ele e depois seguir para a festa. Só não esqueça de limpar bem as patinhas dele antes de pegar no colo! Vestidão branco e patas sujas de cachorro não combinam!

Por onde anda o padre César Leandro?

10 de fevereiro de 2012 3

Imagem: Jorge Scherer

Acabei de receber mais um e-mail perguntando por onde anda o padre César Leandro. Como já respondi mais de 10 com a mesma dúvida, creio que é hora de trazer a resposta para o blog e saciar a curiosidade de todo mundo ao mesmo tempo. Antes, me deixem explicar rapidinho quem é o padre Leandro e porque todas as noivas estão procurando por ele.

Por muitos ano o padre Leandro foi o pároco da Santa Teresinha do Menino Jesus, uma igreja muito bonita aqui de Porto Alegre, daquelas onde para conseguir data para um casamento é preciso se agilizar com mais de um ano de antecedência. Foi onde eu casei, lembram? A igreja é realmente linda, com uma aura dourada e pinturas fabulosas de Aldo Locatelli. O fato do padre Leandro celebrar os casamentos lá tornava a igreja ainda mais concorrida. O motivo? O jeito descontraído dele e a forma carinhosa e próxima de falar com cada casal. Naquela hilária história de quando eu quase fui largada no altar ele desempenhou papel fundamental para evitar uma tragédia (pausa para umas risadas).

Pois no final do ano passado o padre Leandro trocou de paróquia e passou a celebrar missas em outro bairro, o que deixou várias noivas tristes. As noivas passaram então a escrever perguntando sobre o novo endereço dele. Trago a resposta: o padre César Leandro está agora na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, que fica na Praça Guia Lopes, bairro Teresópolis.

Ah, e fica a dica: o padre César Leandro tem Twitter! Vocês podem seguir as novidades dele clicando aqui. Para adicioná-lo no Facebook, clica aqui.

Inspiração do dia: emoção extra na igreja

08 de fevereiro de 2012 9

Não faz muito tempo que falei aqui no blog sobre bloquear o corredor central da igreja para que o noivo, noiva, pais e padrinhos entrem com o tapete e a decoração imaculados. Hoje vi essa plaquinha para colocar bem na pontinha do corredor (perto da porta de entrada da igreja) e morri de amores.

“É aqui que nossa história começa”.

Adorável!

Como é mesmo essa história de salão + economato?

06 de fevereiro de 2012 2

Algo me diz que o pessoal que ficou noivo nas festas de fim de ano tirou o mês de janeiro para já começar a procura por igreja e salão para o casamento. Por que eu acho isso? Nunca recebi tantos e-mails juntos sobre um mesmo assunto. Neste caso as dúvidas são sobre o famoso e tão falado “alugue o salão e leve o buffet junto”. Já que tem muita gente encucado com isso, que tal um ponto a ponto sobre o tema?

Para começar: como é essa história de ter que contratar os dois juntos?

Vários espaços para eventos (sejam clubes ou casas de festa) adotam a seguinte prática: você aluga o espaço, mas precisa, obrigatoriamente, contratar também o buffet com o qual trabalham. Nem todos os espaços atuam assim, por isso é preciso perguntar.

Qual a parte ruim deste combo?

A parte ruim é que se você perde possibilidades quando já tem um serviço atrelado a outro. Se você adora um economato específico (talvez aquele que contratou para sua formatura ou para o aniversário de casamento dos pais) e faz questão de tê-lo na sua festa, terá que procurar um salão que permita a contratação em separado. Para quem se preocupa muito com orçamento outro ponto ruim é não poder pesquisar vários e contratar o que oferecer o melhor preço.

E qual a parte boa?

Com certeza, ver suas preocupações bem reduzidas. Os clubes normalmente trabalham com bons economatos, empresas de renome. Por estarem bem acostumadas a trabalhar naquele local específico os buffets conhecem bem a cozinha, as entradas e saídas de serviço, os horários impostos pelo clube.

Então estou de mãos atadas? Não poderei escolher nada?

Sim e não. Caso seu clube imponha a contratação de um economato específico, isso não significa que você não poderá escolher nada. A montagem do cardápio será feita em conjunto com os noivos e você poderá, sim, barganhar um bom preço. Vale a ressalva: vários economatos trabalham com valor mínimo por pessoa.

E no que isso influencia em valores?

Atenção total aqui, srta. noiva. Quando pesquisar um clube para casar, pergunte se você precisa contratar o economato. Um local pode ter um valor de locação baixinho e muito atrativo, mas um economato que não cobra bem caro. No fim das contas o que pareceria bom se tornará bem caro.


Antes de pegar o telefone e começar a ligar para seus clubes preferidos para pedir um orçamento, anote o checklist abaixo. Faça todas as perguntas abaixo para ter informações mínimas para tomar uma boa decisão.