Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts com a tag "Kids"

Dica de como anunciar a chegada do baby!

20 de janeiro de 2014 1

“Já dividi aqui com vocês as fotos do nosso chá-bar, do nosso Trash, do nosso casamento e agora com muita alegria compartilhamos com vocês uma forma linda e emocionante de dar a noticia do baby para o futuro papai e nosso caso para a mana também.

Espero que gostem e que sirva de inspiração para outras futuras mamys!!!!

Essa semana descobrimos que será uma menininha, que se chamará Melissa…

Depois enviaremos fotinhos do chá de bebe, que está ficando lindo!!!!

Beijos, Viviane”

Convite: Happy Baby Hour, um encontro para futuras mamães

28 de dezembro de 2013 1

2014 reserva muitos happy hours para o blog. Pre-para, porque teremos nos próximos meses uma série de encontrinhos regados a maquiagem, produtos de beleza, mimos para casamento e muito mais. A largada para os eventos acontece já no comecinho do ano, com o Happy Baby Hour, um momento especial para quem está esperando bebê. Muito justo, afinal duas das colunistas do bloguinho recebem seus pequenos nos próximos dias. O Théo chega para a Vanessa Martini no finalzinho de janeiro. Já o Bernardo, pinta na vida da Bárbara Anton em maio.

gravidasÉ claro que as meninas (Bárbara à esquerda e Vanessa à direita) serão as hostess da happy hour. Eu vou estar por lá no papel de ajudante das moças (e de madrinha orgulhosa do Bernardo, é claro).

Como é o evento, quanto custa, onde fica, o que é que tem? Todas as respostas estão abaixo. Se mesmo assim pintar alguma dúvida, é só postar um comentário que a gente responde.

O que é a Happy Baby Hour? É uma happy hour de futuras mamães. É um momento de conhecer outras meninas que também estão esperando bebê, conversar com elas, trocar ideias, dar risada, relaxar, ganhar presentes.

Como é o evento? Você chega e recebe uma etiquetinha para colocar na roupa. Ela traz seu nome, o nome do baby e quantas semanas você tem de gestação. Essa tag é ótima, porque ao entrar no espaço do encontro, você automaticamente vai se identificar com outras meninas. Talvez sejam mães de um bebê com o mesmo nome, talvez alguém na mesma fase de gravidez que a sua. Se quiser puxar conversa, fique à vontade. A Bárbara e a Vanessa vão estar circulando e conversando com todo mundo. Entre um papo e outro a gravidinha toma um suco, come um wrap. Antes de ir para casa, participa de sorteio de mimos fofos para seu pequeno ou pequena. Pense num momento de relax e de fazer novas amigas: é isso que a gente propõe.

Onde e quando vai ser? Vai ser no dia 8/1/2014, uma quarta-feira, das 19h às 21h. O local é um charme só. Conhece a Frutaria do Parque, bem do ladinho do Parcão, no Moinhos de Vento? Um espaço estará totalmente à nossa disposição.

frutaria

Ambiente aconchegante, cardápio cheio de coisas saudáveis, ambiente com a cara do verão. A gente ama muito a Frutaria do Parque!

Quanto custa um convite? Nadinha, nadinha. Você vai pagar apenas o que consumir enquanto estiver por lá. Fica a dica: os sucos são delícia e super saudáveis.

Quero ir, quero ir! Como faz? Clique na imagem abaixo e preencha seus dados. A happy baby hour será para 20 gravidinhas e um acompanhante (e você escolhe quem quer levar: a mãe, o marido, uma madrinha, a irmã).  No dia 5/1 disparamos para seu e-mail as confirmações. Caso mais de 20 meninas se inscrevam, fazemos um sorteio. Se você não for sorteada, também será avisada por e-mail (ninguém aqui quer deixar grávida ansiosa e nervosa).

encontro copy

Nos vemos no dia 8 de janeiro? Tomara que sim. Bárbara e Vanessa já estão cheias de presentes para sortear e estamos preparando algumas surpresinhas para as grávidas que estiverem no nosso petit comité. Encontro super íntimo, pequeninho, bom para bater papo e conhecer meninas que estão passando pela mesma fase deliciosa da vida que você.

O convite para os padrinhos do Bernardo

26 de dezembro de 2013 7

Bom dia, garotas e alguns rapazes (poucos, mas de fé, né guris?). Como foram de Natal? Eu ainda estou em food coma, já que comidas de festa de fim de ano são as minhas preferidas na vida. Aquele tipinho que acorda no dia 24 de dezembro pensando mais na ceia do que nos presentes: esse cara sou eu. Lá em casa a minha mãe se puxa na cozinha, minha mana na decoração e a família na animação. Natais são bem, mas bem especiais mesmo pra gente.

Nos últimos tempos, a gente criou meio que sem querer uma tradição na oração da ceia. Passamos a “dedicar” aquele Natal a um membro da família. Normalmente, alguém de mais idade, talvez um pouco doentinho e precisando de vibrações extras. Neste ano (e os olhos já vão enchendo de lágrimas) o homenageado foi o Bernardo, bebê da Bárbara, colunete do blog e, caso você tenha reparado na semelhança de sobrenomes, minha sobrinha.

Desde que a Bárbara e o Renan anunciaram que estavam “grávidos” (contei neste post aqui, lembram?) o clima mudou entre nós. Quem está tendo a experiência de ter uma gravidinha na family sabe do que eu estou falando: ficamos mais faceiros, ganhamos mais um motivo para celebrar, nos tornamos babões de carteirinha. Eu estava em férias, em Paris, quando a Bazinha me mandou a notícia por WhatsApp. Passeando faceira num barco no Sena, chegou um torpedinho com um “tenho uma coisa para te contar” seguido pelo emoticon de uma mamadeira. Resultado: chorei o passeio todo. A turistada me olhava apavorada achando que eu estava enjoada com o balanço do barco ou muito emocionada com o cenário. Eu estava era confusa e pensava: minha bebê iria ter um bebê. Não no sentido literal, pois a Bazinha tem 23 anos, carreira, casa, um namorado firme há anos (um cara que a gente a-do-ra), mas porque eu teria que ver a minha sobrinha com outros olhos. Até então, eu tinha que proteger a Bárbara. Foi minha primeira sobrinha, foi o primeiro bebê que eu troquei fraldas na vida, foi a primeira criança que teve o azar de me ter como babá (ao invés de brincar de bonecas com ela, eu colocava a pobrezinha a decorar I Got You Baby, do UB40, para fazermos um duo).

Pois já que a minha bebê não precisa mais de mim, ganhei outro para mimar. No meio da festinha de Natal, Bazinha e Renan chamaram eu e o Marcelo num cantinho e nos entregaram esta caixa.

foto5

Disseram que era um joguinho que estavam propondo para pessoas queridas e que amavam o Bernardo.

Quando abrimos, surpresa: num mar de pequenos cristais (para representar que o bebê é o tesouro deles), alguns objetos com significado especial.

foto 1

Um vidrinho de sal grosso com medalhinha de São Jorge, fitinhas de Nosso Senhor do Bonfim e outros elementos que representam o jogo entre atrair sorte e afastar o azar. Com esse vidrinho em mãos, deveríamos pensar em pessoas que sempre iriam querer o melhor para o Bernardo. Pessoas que sempre torceriam por ele e que fariam de tudo para que fosse sempre feliz.

foto 7

Um saquinho de placas espelhadas nos pedia para pensar em pessoas nas quais o Bernardo poderia se espelhar, gente que tivesse características tão boas que os pais adorariam que fossem passadas para ele também.

foto 2

Por fim, um tercinho. A Bárbara o Renan queriam que a gente pensasse em pessoas que sempre fossem ter o Bernardo nas suas orações, sempre iriam pensar nele e mandar boas vibrações.

Fomos abrindo a caixinha e vendo os mimos pensando que cada um da família estava ganhando uma igual. Enquanto pensava em pessoas especiais que pudessem rezar, ensinar algo bom ou torcer para o Bernardo, não podia deixar de pensar que eu e o Marcelo, de alguma forma, estávamos no grupo. Nem que seja para ensinar escalada ou a cantar UB40, sempre estaremos por perto. A Bárbara e o Renan parecem ter lido nossos pensamentos. Em seguida, nos entregaram o tesouro maior:

foto 4

Uma garrafinha com um convite que nunca aceitei tão rápido na vida!

Eis que tenho mais um motivo para comemorar a chegada de 2014: serei tia-avó e dinda! Foi uma bênção e tanto para fechar um ano que começou complicado para mim (com problemas bem chatos de saúde) e foi melhorando, melhorando e melhorando com o passar dos meses, até desembocar num dezembro cheio de tanta coisa boa que chego a ficar sem ar só de lembrar.

Estou super animada e já fazendo planos para ajudar no chá de fralda, a decorar o quartinho. Já disse para o Marcelo que temos que adaptar nosso apê para receber o Bernardo quando ele for dormir lá se tiver festas para ir em Porto Alegre, daqui a uns 15 anos. Coisa de tia babona…

O convite do Bê fica como inspiração para outras gravidinhas que estão em busca de uma forma bacana de convidar seus padrinhos. Como pessoa que foi submetida à invenção da Bazinha e do Renan, garanto: vai ter choro de alegria no recinto!

Top bebês fofos: bem-vindo, Vittório Galisteu!

06 de agosto de 2013 12

Vittório Galisteu, seja bem-vindo à minha listinha de top bebês fofos. Ela é composta por menininhos que acho lindos, lindos, lindos e tenho vontade de apertar. Os nomes na lista variam, mas o teu eu acredito que vai ficar lá por muito tempo.

Vittório comemorou 3 aninhos nesta semana com festão promovido pela mamãe Adriane. Está uma graça de roupinha de explorador, Vittório!

Fiquei triste por não ter vindo nenhum convite para a festinha, Adriane. Pô, e eu falei tão bem do teu casamento e do batizado do batizado do Vittório…  #xatiada

Só mais um comentário para a mamãe: Adriane, não muda mais teu cabelo. Assim, loirona, ficas muito mais linda do que com aquele ombré invertido.

Mas a lista, a lista! Além do Vittório, ela tem também o Skyler, filho da stylist Rachel Zoe. Tendo uma mãe que escolhe vestidos para a Anne Hathaway ir para o Oscar, era de se esperar que o rapazinho fosse todo estiloso.

Atenção para a calça dobrada e as botinhas!

E o chapéu, minha gente?

Sortudo, vendo desfile da primeira fila com a mamãe, bem quietinho.

O terceiro da minha lista é o Mason, filho da Kourtney, a mais velha das Kardashians. A carinha dele é de muito sapeca.

De mantinha de grife: fino!

Todo de branco com a titia Kim (aquela que insiste em não mostrar para o mundo a pequena North West.)

De suspensórios coloridos, contrastando com o look sóbrio.

Acho que me perdi em algum momento: quando é que meninos ficaram assim tão estilosos? Nos tempos em que meus sobrinhos eram pequenos não existiam tantas opções grifadas para rapazes. As lojas mal e mal tinham um casaquinho bacana para eles, contrastando com o mundo de opções para meninas.

Aceito contribuições para engordar minha lista de top fofos, gurias!

:: Mais posts sobre kids

Vanessa Martini: aplicativos para monitorar a gravidez

25 de julho de 2013 4

Kit de presentes de inverno para belezinhos

24 de julho de 2013 2

Tem chá de fraldas para ir nesse fim de semana e não sabe o que comprar. Nasceu a filha da amiga e não sabe o que levar na visita ao hospital. Pois eu tenho uma ideia fofa para acabar com o dilema!

Olha isso, gente! É uma coroa ladeada por cupcakes feita com fraldas, mantinhas e um gorrinho! A cara do inverno, né?

Tem para menino também. A única coisa no kit que não dá para usar são os pelotines dos cupcakes.

O mimo prontinho é vendido por uma loja britânica. Se alguém tiver notícias de alguém que faça igual, me avisa. Tenho que visitar a minha amiga Giane, que ganhou sua amada Atena no mês passado e eu, desnaturada, ainda não fui conhecer. Mas eu bem que podia me puxar e tentar fazer em casa, né? Monto um rosa para a Atena e um azul para o Daniel, baby da Jeane, minha madrinha de casamento.

Produção em massa no fim de semana! Se ficar decente, posto fotos aqui. Se não ficar, me jogo para o shopping e compro presentes prontinhos. Caso fique muito, mas muito lindo (o que não deve acontecer, considerando minhas habilidades manuais, mando um para o George Alexander Louis.

Esses kits de presente de baby são uns amores. Me lembraram os buquês de mimos da Amora Baby, loja aqui de Porto Alegre. O kit vem com body, culote, duas fraldinhas de boca, uma toalha fralda, uma oração do Santo anjo e um cachepô de alumínio. No site diz que custa R$ 130 e tem que encomendar com antecedência.

:: Mais posts sobre kids

A barriguinha de Kate: obstetra explica o que causa o inchaço

24 de julho de 2013 52

Em meio à euforia pela chegada do bebezinho real, muita gente reparou na barriguinha da Kate Middleton. Encarando um mutirão de fotógrafos apenas um dia depois de dar à luz (pobrezinha da moça, deveria estar bem cansada), ela parecia ainda estar grávida.

Imagens: Ben Stall, AFP

Comentei o assunto ontem aqui no blog e várias queridas mamães (sério, vocês são umas fofas) me explicaram como foi quando tiveram seus bebês. A condição, pelo que me percebi dos depoimentos das gurias, rola com quem faz cesárea e com quem faz parto normal. A barriga incha mesmo, e só depois de alguns dias vai voltando ao normal.

No fim da terça-feira fiz uma entrevista com um ginecologista e obstetra sobre esse assunto para uma matéria aqui para o jornal. Além de confirmar que a barriguinha surge independente do tipo de parto, o doutor Valentino Magno me deu outras informações que nem de longe eu desconfiava. Sabia que a mulher pode sair da sala de parto com a barriga totalmente chapada e no dia seguinte acordar barrigudinha de novo?

A barriga pós-baby, segundo o doutor Valentino, é bem comum de começar a aparecer cerca de 24 horas depois do parto. É quando o corpo está começando a voltar ao normal depois de nove meses “esticado”. Mas afinal, porque é mesmo que a danada aparece?

“Durante a gravidez, os hormônios fazem com que o corpo perca tônus muscular. Cerca de 24 horas após o parto a mulher nota essa barriga mais protuberante. Depois de 30 dias a musculatura vai sendo retomada. Para ajudar no processo, as mães costumam a recorrer a exercícios de musculação, sempre indicados por um médico.”

O doutor Valentino comentou comigo que o surgimento da barriga espanta muitas mulheres, especialmente aquelas que saíram da sala de parto como se nem tivessem tido bebê. Ele também me contou que perder peso nem sempre acaba sendo a maior preocupação de quem teve seu filhote, pois a amamentação já garante uma boa queima de calorias.

Li numa revista que a Kim Kardashian quase morreu – de felicidade – ao saber que amamentar pode queimar até 500 calorias.

Sobre a barriguinha flácida, a boa notícia é que musculação ajuda e em três tempos tudo volta ao normal. Quer dizer, musculação e todo aquela correria de ter nenezinho em casa. Ô, isso deve ser uma delícia!

:: Mais posts sobre o bebê real

:: Mais posts sobre kids

20 boas ideias para chás de fraldas

22 de julho de 2013 5

Na onda de bebê real, que inspira pensar em crianças o tempo todo, fiz uma listinha com 20 boas ideias em chás de fraldas. Tem fofuras mil que não podem ser reproduzidas facinho, facinho.

1. Não é comum por aqui, mas existe festinha para revelar o sexo do bebê para os amigos e família. Curti aqui nessa mesa (do boy e girl escritos em caixas de madeira) as fotos de bebê da mãe da criança.

2. Caso o chá de fraldas seja de uma mãe que, ao estilo Kate, não quis saber o sexo do pequeno, é bacana brincar o tempo todo com a dúvida. E espia que graça a paleta de cores da festinha. Neutro não precisa ser só amarelo ou verde apagadinho.

3. Para o chá de um menininho, uma guirlanda feita com gravatas borboleta na entrada do salão. Uma gracinha, fácil de fazer e daqueles projetos que não custam quase nada, mas rendem muitos elogios.

4. Adesivos personalizados são outro mimo bem baratinho (eu fiz um set para mim numa gráfica expressa e foi uma bagatela). Dá para usar para fechar convites, para fechar lembrancinhas. Na foto acima, um saquinho de papel com cookies foi fechado com um adesivo personalizado com o nome da mãe, do bebê e um agradecimento.

5. Tem coisa mais gostosa que cheirinho de bebê? Então porque não oferecer como lembrança um aromatizador de ambientes com esse aroma? A minha prima Fernanda fez isso no mês passado, no primeiro aninho do Lipe. Olha aí embaixo que amor os frascos de “Cheirinho do Luis Felipe”. A Nanda tem empresa de festas infantis que é especializada nesses mimos, por isso para ela é fácil brotar essas coisas fofas. Eu jamais teria essa criatividade!

O aníver do Lipe foi a coisa mais queridinha do mundo! E tudo com dedo da mamãe talentosa!

6. Para celebrar uma pequena princesinha, pérolas e plumas colocados junto do centro de mesa.

7. Um cookie em formato de carrinho de bebê fazendo as vezes do topo de bolo.

7. Uma foto adorável para fazer no dia do chá: mãe, bebê e pai. Que amor!

8. Logo na entrada da festa, um calendário onde os convidados dão chutes sobre a data de nascimento do bebê.

9. Para guardar para sempre as mensagens carinhosas dos amigos, uma árvore de desejos. O convidado escreve um recadinho para o pequeno e pendura na árvore. Bacana guardar tudo numa caixa especial e dar de presente quando a criança estiver mais velha.

10. Para um chá com tema esportivo, fardamentos em tamanho míni pendurados num varal. Os pais fanáticos por futebol vão amar a ideia! E o convite pode imitar o ingresso para uma partida.

11. Vi neste fim de semana uma entrevista com a Mindy Weiss (organizadora de casamentos das celebridades) e ela contava que há alguns anos as mães deixaram de usar apenas o sexo do bebê como tema da festa. Na foto acima, feita num chá com tema “fundo do mar” pequenas baleias de papel foram presas nos canudinhos.

12. A guirlanda é bonita, mas a forma como foi feita é que dá o charme. Cada bandeirola usa uma padronagem diferente (facinho de imprimir em casa) e é unida por lacinhos de fita charmosos.

13. Outra forma de fazer aqueles cartõezinhos com mensagem queridas. Aqui, o cartões assinados pelos convidados vão para uma caixinha de correio.

14. Mama mia! Essa aqui vai para as que adoram brilho. Metros de paetês foram usados como toalha de mesa. Se é um exagero em todas as mesas, quem sabe apenas da de doces não fica interessante?

15. Dessa mesma festa brilhosa, uma ideia bacana de centro de mesa baratinho: balões de gás!

16. Canudinhos coloridos, vendidos em pacotões em lojas de festas, ganham outra cara com bandeirolas com o nome do bebê. Dica: imprima o nome em etiquetas fininhas. É fácil de destacar e de colar, envolvendo o canudo.

17. Carinha rústica para o bolo de fraldas que as mães tanto amam.

18.  Na festinha em casa (com surf como tema), a bancada da cozinha virou uma estação de tortas, com vários sabores diferentes. Curti muito!

19. Para o chá com tema arco-íris, algodão doce no centro de mesa. Parece uma nuvenzinha!

20. E para quem tem salão de festas em casa, a dica de misturar móveis rústicos em tons de madeira escuros com móveis brancos. Fica um amor!

Imagens: Reprodução, Hostess With the Mostess

:: Mais posts sobre kids

Kate terá um carrinho de bebê digno de príncipe

13 de julho de 2013 1

Dizem as más línguas dos tablóides britânicos que a Kate e o William já têm em casa dois carrinhos de bebê. Um deles é daqueles parecidos com os que a gente vê na rua (e que as mamis que me leem devem ter em casa). O outro é esse modelinho aí, da marca Silver Cross, que tem pinta vintage e é digno de um príncipe ou princesa.


Tem azul-marinho, bem chique, para menino.

Tem preto, para pais que, como William e Kate, não querem saber o sexo do bebê antes do nascimento.

E tem rosa, para as menininhas.

Como a coisa é chique, o carrinho vem com certificado de autenticidade.

O carrinho ainda é customizável. Dá para comprar em separado um guarda-sol para proteger a pele do baby.

E para sair de casa com tudo combinando, tem bolsinha de fraldas feita no mesmo material do carrinho.

O preço também tem cara de realeza. Só o carrinho, sem nenhum acessório extra, sai por mais de R$ 4 mil. Tunando o bichinho, o valor passa frouxo dos R$ 5 mil.

:: Mais notícias sobre o bebê real

:: A árvore genealógica e a linha de sucessão ao trono britânico

Bolsas de apostas: bebê real será menino, nascerá no sábado e se chamará James

12 de julho de 2013 6

Os britânicos fizeram bolsas de apostas sobre o nome, a cor do cabelo, o sexo e até a universidade onde o filho de William e Kate vai estudar. Se o volume de apostas se mostrar certinho, nascerá neste fim de semana um menino que irá se chamar James.  A criança terá cabelo escuro (puxando a mãe).

Se vier menina, se chamará Alexandra, segundo as bolsas de apostas. A listinha acima aponta os nomes mais votados pelos súditos da rainha. Entre grandes probabilidades, como os tão falados Diana (homenagem à avô do bebê) e Phillip (homenagem ao bisavô), aparecem apostas curiosas como Hashtag se for menino e Pocahontas para uma menina.

Assim como no casamento real, já tem gente fazendo plantão em frente ao hospital dias antes do nascimento. Esse tiozinho aí veio pronto para chamar atenção.

Se a Kate não aparece há dias, a irmã Pippa segue circulando pra lá e pra cá. Ontem ela apareceu de vestido floral em um show em homenagem aos 60 anos de reinado da rainha Elizabeth.

Sapato bonito, Pippa! Pegou emprestado da mana ou curtiu tanto o estilo dela que precisou comprar um bem parecido?


Quem nunca, gente?

Imagens: ANDREW COWIE / AFP

:: Mais notícias sobre o bebê real