Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Posts com a tag "vestido"

Kaley Cuoco, de The Big Bang Theory, tem vestido rosa e bolo pendurado no teto no casamento

02 de janeiro de 2014 4

Uma grande ideia para o marido nunca esquecer o aniversário de casamento, Kaley Cuoco! A atriz de The Big Bang Theory se casou na noite de Ano-Novo com o noivo Ryan Sweeting. Agora, a cada virada, desejarão happy new year e happy anniversary.

8

Casal fofo! Noivaram três meses depois de terem se conhecido. E sabiam que antes do Ryan ela namorou o Henry Cavill (o último “Super-Homem”) e o Leonard, que faz par com ela na série?

Está tudo mundo comentando sobre o vestido cor-de-rosa da noiva, que repetiu a ideia de Anne Hathaway e Jessica Biel e dispensou o branco. Mas a gente pode falar disso depois? Me permitam começar pelo bolo do casalzinho.

5

Está vendo aquele lustre divino ali atrás? Pois não é um lustre, é um bolo suspenso! Repara que no momento da foto o primeiro pedacinho já tinha sido cortado pelo casal. Oh my God! Eu confesso: adorei a ideia! 

O bolo foi criado por uma confeitaria californiana chamada The Butter End. Fui lá dar uma espiadinha para ver os outros bolos inventivos que fazem. E tinha bastante coisa legal.

bolo1

Como esse, todo coberto com flocos de arroz.

bolo3

E esse, bem imponente, uma coisa meio príncipe William e Kate Middleton.

Mas foi o bolinho abaixo que mais me encantou no portfólio da confeitaria eleita pela Kaley e pelo Ryan. Ando apaixonada pelos “bolos-joia”, que é como chamam os doces ornamentados com pérolas, cristais e pedras preciosas (ou cópias delas, é bom dizer).

bolo7

bolo4

bolo6

10

Os detalhes não são muito preciosos? Loving it!

Passada a animação com o bolo-lustre, vamos ao vestido da Kaley, com saia em tule cor-de-rosa e criado por Vera Wang. Um tom bem mais forte que o da Anne, que usou um Valentino com cor mais puxada para o chá (o rosa aparecia especialmente na barra), e semelhante ao da Jessica, que usou Giambattista Valli.

7

6

3

1

rosas

Kaley entrou para a listinha das noivas de cor-de-rosa.

Vestido rosa tá na moda? Sim e não. Na moda está usar o que você sempre sonhou. Mas certamente é uma tendência. Se você deve usar porque é tendência? Se achar bonito, sim. Se achar horroroso, não. Parece básico, mas como as noivas de hoje são bombardeadas por diferentes informações sobre o que é in ou out em casamentos, bate o dilema sobre aderir às modinhas para deixar o casamento mais atual.

Vera Wang, a mesma que fez o vestido de Kaley, leva os créditos por ter colocado na cabeça das noivas que é possível casar com outras cores além do branco. Foi ela que encheu passarelas com detalhes em pretos nos vestidos, lembram?

29702050_GABRIELI_E_MARCELO

Foi bem na época do meu casamento e eu fiquei maluca pela ideia. Achei um contraste bacana. Casei na igreja com uma faixa branca na cintura, mas troquei por uma preta na festa.

Abaixo, alguns modelos em tons diferentes de rosa desfilados em passarelas, especialmente por Vera Wang. Esses mais clarinhos me encantam, mas não sei se a ponto de casar usando um deles.

vw

vw5

vw4

vw2

vw3

Alguém aí toparia um vestidão rosa?

Antes de começar o casamento, Kaley recebeu os convidados usando um vestido míni em vermelho (como é estranha para a gente essa coisa dos convidados E DO NOIVO poderem ver a noiva antes do casamento, né?). E ainda antes, celebrou com as madrinhas usando camisetas personalizadas.

4

Tudo fofo, tudo a cara dela. Se alguém aí não ligou o nome da noiva à série que ela fez, não tem problema. Para entender o tamanho da fama da moça, basta contar que é segunda atriz mais bem paga da tevê americana. Ganha por episódio mais que as irmãs Kardashian, por exemplo. Só perde para a poderosa Sofia Vergara, de Modern Family.

2

Tudo de bom para os pombinhos. Que o Ryan não tome um trago pesado na virada para 2015 e esqueça que está fazendo um ano de casamento. 

:: Mais posts sobre vestidos de noiva

:: Mais posts sobre bolos e doces

Pelo visto, só eu gostei do vestido floral da Jennifer Aniston

16 de agosto de 2013 11

A-do-rei o vestidinho floral que a Jennifer Aniston usou na estreia de We’re the Millers, mas parece que fui a única. Não achei uma revista elogiando o modelo. Fica meu elogio solitário, então.

000_ARP3617028

Acho que eu trocaria a sandália por uma nude ou mesmo uma azul no tom do fundo do vestido.

000_ARP3617027

Curti muito essa coisa das duas camadas florais serem diferentes. E parece que bateu um ventão na hora da foto, hein? Que cabelo, Jen!

000_ARP3617020

E olha o anelão de noivado!

000_ARP3618075
O pessoal que não curtiu o floral está se derretendo em elogios para esse pretinho usado em outro dos tapetes vermelhos do novo filme. Eu também curti. Finalmente uma unanimidade!

Se eu casasse hoje...

30 de julho de 2013 7

… o meu vestido seria assim. Ainda ajustado na cintura, ainda com tule, mas com decote V e uma leve manguinha. Esse aí é um Pronovias, coleção 2014, flagrado numa vitrine de Londres pela amiga Taís Andrade, que está por lá estudando maquiagem.

De vez em quando eu curto brincar de “se eu casasse hoje”. É bom para perceber que os gostos da gente estão sempre sujeitos a mudanças. Já fiz essa reflexão no ano passado e, na época, elegi um vestido bem diferente do que usei no meu casamento e diferente desse aí de cima também. Mas não vamos muito longe: em maio deste ano eu também brinquei de “se eu casasse hoje” e disse que usaria oooooutro modelo de vestido, de novo nada parecido com o da foto acima.

No começo do ano eu dei uma entrevista para uma revista de casamentos e a repórter me perguntou com quanto tempo de antecedência a noiva deveria começar a planejar seu casório. Respondi na lata: “um mês para não ter tempo de mudar de ideia”. Era uma brincadeira, claro, mas não faz sentido? Me conta aí, dona noiva: a senhora não mudou de ideia trocentas vezes sobre a decoração, as flores, o vestido, as lembrancinhas, a música da primeira dança? Mudou sim que eu sei!

Mas o vestido de noiva é da Nicole ou da Marina Ruy Barbosa?

25 de julho de 2013 3

É um daqueles momentos em que a personagem rouba um pouquinho da personalidade do ator. Eu estava louca para ver a Marina Ruy Barbosa de noiva em Amor à Vida. Quando espiei, achei que não estava a Nicole, mas uma foto roubada de uma prova de vestido da própria atriz.

Na novela, o vestido de Nicole tem saia de tule, corpo de renda e costas nuas.

Só que na vida real, a Marina também ama modelitos assim.

Quem fez o vestido da novela foi Lethicia Bronstein, estilista que a Marina ama. Ficou elas por elas. A única diferença é que a Marina segue bem vivinha da Silva, enquanto a Nicole vai morrer nos próximos capítulos e aparecer como fantasma para o noivo. Vocês sabiam disso, né? Não me digam que eu furei a novela!

Antes de me despedir, um momento para relembrar a Marina vestida de noiva em outra novela, a Morde e Assopra, de 2012. Eu achei um upgrade e tanto de lá pra cá, viu?

Imagens: Rede Globo

A salvadora do guarda-roupa feminino lança água personalizada

08 de julho de 2013 0

Legalzice do dia: a garrafa de água Evian criada pela estilista Diane Von Furstenberg!

Presentinho bacana para uma amiga fashionista ou mimo para decorar o bar, a garrafa lindinha é edição limitada. Eu ganhei uma e estou até com pena de abrir de tão lindinha que é. Aqui em Porto Alegre, a garrafa é importada pela Porto a Porto e Casa Flora.

A garrafa é item de colecionador! De tempos em tempos, a Evian lança águas com a assinatura de outros famosos. A garrafa by Christian Lacroix era divina!

Outro motivo que me fez amar a garrafinha foi minha paixão por Diane Von Furstenberg. Ela foi a criadora de um dos salvadores do guarda-roupa feminino, o wrap dress, chamado por essas bandas de vestido envelope.

O wrap dress é aquele vestido que a gente veste como se estivesse colocando um roupão. Ele é amarrado na cintura e ajustável conforme as medidas da dona.

O Tim Gunn, o queridão do reality “Project Runaway”, disse uma vez que ter um vestido envelope preto no armário era tão importante quanto ter um bom jeans.

O envelope seria o vestido mais justo com as mulheres. Justo não de apertado, mas de fazer justiça a qualquer tipo de corpo. A moça bonita aí de cima não é tamanho 36, estilo passarela, e está musérrima, não está?

Para as encucadas em usar estampas, o wrap dress é a saída, dizem os entendidos em moda. Como ele aperta onde a dona quer e fica soltinho onde ela determina, é mais fácil se gostar usando estampa. Quem tem implicância com estampa, normalmente acha que ela acrescenta uns quilinhos. Mas se o vestido tiver um corte bacana, a ilusão de ótica vai para as cucuias.

O wrap também pode ser longo.

E pode ser transformado num modelinho de festa!

Obrigada pela invenção, Diane! Palavra de quem tem um vestido envelope pretinho no armário há anos: é realmente impressionante o poder do querido. O meu está pedindo para se aposentar, mas enquanto não encontrar outro, não sai do closet de jeito nenhum! Ah! Fica a dica: a Zara e a Luigi Bertolli sempre colocam modelinhos wrap nas suas coleções.

Vestidos Zuhair Murad para encantar até a sua mãe

04 de julho de 2013 23

A minha mãe não sabe mexer no computador, mas ligaram para ela lá em Gravataí e contaram que eu estava querendo vender o apartamento para ter dinheiro para comprar um dos vestidos Elie Saab da última coleção. Quando ela ia começar a me xingar, prometi que com o dinheiro que sobrasse compraria um Zuhair Murad para ela.

Zuhair quem?

Zuhair Murad, mãe. A Taylor Swift usa, a Jennifer Lopez também. Ele também desfilou a última coleção de festa nessa semana em Paris. A senhora vai gostar, eu prometo. Fiz uma seleção e separei esses três para escolheres.

Imagino que a essa altura do campeonato a senhora já não veja mais nenhum problema em me receber na sua casa, sem um centavo furado no bolso, mas com um vestido lindo desses numa caixa enorme com um laçarote. Como sou uma boa filha, elenco abaixo mais algumas opções apresentadas no desfile. Por favor, vai despejando a sala de tevê do pai do meu antigo quarto que eu tô voltando!

Imagens: AFP PHOTO/MIGUEL MEDINA

PS: como senso de humor anda em falta no momento, alguns esclarecimentos: não, eu não pretendo vender o meu apartamento para comprar um vestido. Sim, a minha mãe quis saber se meus planos eram de verdade (pô, mãe!). E sim de novo: meu antigo quarto em Gravataí virou playground do Seu Plínio.

Illusion neckline: se eu fosse noiva, usaria

31 de maio de 2013 9

O illusion neckline é a tendência mais linda que surgiu em vestidos de noiva nos últimos três anos. Se eu casasse hoje, usaria com certeza um modelo assim.

De 2009 para 2010 apareceram as saias de tule, com camadas e mais camadas, estilo princesa, um doce. Foi a melhor tendência por anos. Depois disso, veio a manga de renda da Kate Middleton e o vestido cor-de-rosa da Jessica Biel e da Anne Hatahway, mas nenhuma dessas duas trends é tão linda quando o illusion neckline, que começou a aparecer há mais de um ano, mas que agora é assumido e amado em quase toda coleção bridal.

Eu já casei e não posso mais sonhar com o estilo, mas se alguém aí estiver me lendo entre uma procura por vestido de noiva e outra, peço com todo amor: pelo menos experimente um modelo assim. O illusion neckline é, como o nome sugere, uma ilusão de ótica. Olha aí o vestido abaixo: ele parece ser tomara que caia, mas na verdade tem um tecido fininho e delicado cortado em decote canoa. O motivo que me faz amar tanto? Dá mais segurança para quem veste, permite bordados diferenciados e fica muito elegante!

Quase não dá para ver que tem mais tecido acima do tomara que caia!

Meus dois amores juntinhos: saia de tule com illusion neckline. Repara que aqui o tecido não é tão fininho. A renda entra para dar romance à transparência. Mesmo assim, o vestido ainda tem aparência de tomara que caia numa primeira espiada.

Esse estilo aqui não é o meu preferido, pois a renda é grossa demais. O illusion fica mais bonito quando a transparência é maior. Ah, e fica a dica: as luvinhas aqui são só para editorial de moda. Na vida real, esquece. Eu iria dizer que vale o mesmo para o vestido abaixo, mas ele está muso demais. Só nunca vou entender essa coisa de modelo noiva com bolso. Mais inútil que o filtro Sierra do Instagram.

Imagens: Reprodução, One Wed

Mais uma ideia: aqui o tecido fininho usado como illusion criou uma manguinha falsa.

Brilha muito! Eu não usaria um modelo com tanto brilho, mas curto muito a ideia de um cristal ou outro no decote falso. Quem sabe no decote e na faixa da cintura? Ai, Senhor. Alguém liga para o meu marido e convence ele a casar de novo? Digam para ele que dessa vez eu prometo não incomodar tanto.

Apesar de não curtir a renda grossa, fica aí um modelinho para quem até se interessa pela ideia, mas teme ficar exposta demais. É um corte ótimo para quem tem seios grandes, pois permite usar sutiã.

:: Mais posts sobre vestidos de noiva

:: Inspiração em vestidos de noivas de verdade

Notícias boas vindas da Serra: revista especial, novo atelier e fotógrafo premiado

24 de maio de 2013 9

O tempo passa, o tempo voa e eu não consigo deixar de amar saias de tule em vestidos de noiva. Também não consigo deixar de babar por modelos ajustados na cintura. O das fotos abaixo, que une essas duas coisas, é criação do Carlos Bacchi, estilista de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, que neste fim de semana inaugura seu atelier em Porto Alegre. O espaço será instalado na rua Dinarte Ribeiro, 26, no bairro Moinhos de Vento. A notícia não podia ser melhor para as casadoiras, pois o Bacchi é um dos maiores talentos da moda aqui no Rio Grande do Sul e muita gente subia a Serra para fazer vestidos com ele. Agora, o trabalho dele está mais pertinho.

Essas fotos lindas do vestido leve e soltinho do Carlos Bacchi estão publicadas na revista Noivas, que circula hoje no jornal Pioneiro, de Caxias do Sul. A revista está um encanto e tem luxo como tema. Tem fotos de babar de sapatos, joias e muitos outros vestidos de vários estilistas. Na contracapa, tem uma coluninha minha falando sobre pequenos luxos de casamento que não custam caro, mas que fazem sucesso como se tivessem custado uma nota preta (mais tarde eu reproduzo o conteúdo aqui no bloguinho). Olha aí a capa e a contra da revista.

Para atender as noivas que não moram na Serra, pedi às queridas meninas do Pioneiro que me mandassem as fotos que fazem parte do editorial de moda. Esse editorial foi fotografado pelo Gustavo Vanassi, outro talento da região (noivos de lá estão bem servidos de profissionais), que também passou essa semana brindando. Ele ganhou o primeiro lugar em uma das categorias do Photo Annual Awards, um dos maiores concursos de fotografia da Europa. Bacana, né? Sem mais tititi, então, algumas fotos do editorial lindo que rola no Pioneiro de hoje.

Batonzão vermelho poderoso! O vestido, com transparência é da Orus.

Mesmo sendo fã da cintura ajustada, me rendo a esse modelo mais sereia. Fica a dica: esse vestido não é uma boa pedida para quem tem quadris largos. Já para as magrinhas, fica deuso! O modelo também é da Orus Noivas.

Acho chiquérrimo quando o vestido tem essa pegada menos retinha e certinha. Como diria uma amiga minha, tem “cara de rica”. Esse aqui é criação do Atelier Lola Salles, um dos mais tradicionais da Serra.

Tule de novo (muito <3). By Bello Costume.


Esse aqui é tudo modernoso. O casaqueto tem gola e punhos bordados e a saia tem plumas mil. Também foi feito pelo atelier Lola Salles. O penteado, que eu adorei, foi feito por Iracema Tomasi. O sapato (curti muito o dourado no look da noiva é da Santa Lolla.

:: Mais posts sobre vestidos de noiva

Curtinhos de Oscar de la Renta

04 de dezembro de 2009 2

Destaque em cima ou embaixo?

13 de outubro de 2009 10

Cinco modelinhos da minha ídola, Monique Lhuillier, para você olhar e dar sua opinião: você gosta de vestidos mais trabalhados no corpo ou na saia? As três primeiras fotos trazem vestidos com destaque para a parte de cima. Rendas, bordados e decotes bem recortados chamam a atenção. Nas fotos de baixo você vai perceber que a parte de cima é mais discreta para permitir ousadias na saia.


Fotos: Divulgação, Bridal Market

E então? Que tipo agrada mais a noivinha leitora?