Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

BITETTI COMBAT 7 - MURILO NINJA COMANDA A FESTA

31 de maio de 2010 3

divulgação

Aconteceu na última sexta-feira, na Fundição Progresso, na Lapa, Rio de Janeiro, Brasil, a 7ª edição do Bitetti Combat.

O brazuca Mario Yamasaki, conhecido árbitro do UFC atuou na maioria dos duelos da noite.

Mauricio Shogun, atual campeão dos meio-pesados do UFC esteve presente no evento, sendo aplaudido de pé pelo público ao subir com o seu Cinturão para receber homenagem da organização do show.

Na luta principal da noite, o brasileiro Murilo Ninja Rua (irmão de Mauricio Shogun) mediu forças com o paraguaio Arturo Arcemendes.

No incício da luta, Ninja levou um cruzado de direita que o fez desabar, mas o brazuca se recuperou rápido, raspou o seu oponente, foi para os 100 quilos e acabou finalizando o paraguaio com um katagatami ainda no 1º round.

Infelizmente, o combate feminino da noite, entre Carina Damm e Gisele Maciel foi cancelado na último hora, sendo que a organização do evento anunciou um problema técnico na pesagem das atletas.

A polêmica do evento ficou por conta da luta entre o brasileiro Cristiano Marcelo e o  representante da Costa Rica Alejandro Solano.

Os atletas estavam dando um verdadeiro show de trocação, sendo que os dois lutadores estavam quase nocauteados, quando o árbitro do combate interrompeu o duelo decretando nocaute de Solano.

Confira os resultados completos:

- Murilo Ninja Rua finalizou Arturo Arcemendes (Paraguai) com uma katagatami no 1º round;

- Glover Teixeira nocauteou Tiago Mônaco no 1º round;

- Fábio Maldonado nocauteou Jeffie Gibbs (Holanda) no 2º round;

- Milton Vieira finalizou David Cubas Ytanaque (Peru) com uma chave de braço (arm-lock) no 2º round;

-  Alejandro Solano (Costa Rica) nocauteou Cristiano Marcellono 2º round ;

- Vitor Miranda venceu Cássio Drumond por desistência após o 1º round;

- Cesar Mutante venceu Cassiano Tyschyo por interrupção médica no 2º round;

- Leandro Batata nocauteou Wagner Tiburcio no 1º round;

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Juliano diz: 31 de maio de 2010

    Evento com nível amador, infelizmente.

    Lutas sendo modificadas na última hora, sempre atrasando.

    O Amauri precisa aprender um pouco mais com o Jungle Fight.

  • Bwento diz: 31 de maio de 2010

    Caju,
    Confeso a você que fiquei decepcionado com as lutas do ufc 114. A animosidade prometida antes da luta principal foi por agua a baixo. O Rashad Evans em vez de ir pra dentro do Quinton Jackson, só usou sua velocidade para superá-lo nos pontos. Para mim visivelmente ele nem tentou finalizar o Jackson, que para mim até esteve mais perto de ganhar a luta, quando quase nocauteou o 3º round. Achei as lutas mal casadas todas por decisão a não ser a do Mike Russow que acertou um soco sabe-se lá como e nocauteou o Dufee. Mas é uma vergonha um evento como o UFC ter um atleta como esse Russow. Visivelmente muito acima do peso, não dá pra entende como alguem ainda perde para ele. Se esse cara lutasse contra o Carwin acho que o Carwin arrancava a cabeça dele fora. To viajando muito Caju ou faz algum sentido o que eu to falando? Abrção!

  • Rodrigo do Tatuapé diz: 1 de junho de 2010

    Bwento, com todo respeito a sua opinião, mas no caso de Todd vs Russow, foi uma luta casada não para propiciar um massacre, mas para testar um jovem que parece ter um futuro promissor. A 1a luta dele, vencendo com 7 segundos não dá nenhuma noção do que ele pode oferecer, além de força e explosão muscular.
    Imaginava-se que ele faria o mesmo, mas por inexperiência e também por nunca ter lutado uma luta de 3 rounds no UFC, foi surpreendido por um lutador veterano e resistente. Méritos pra Russow.
    Mas vc tem razão Bwento, o ufc 114 ficou sem graça, ainda mais pela apresentação de Minotouro, sem brilho nenhum. A luta principal também ficou devendo. Ma cá pra nós, Rampage no chão é inofensivo, não dá trabalho pra ninguém. Ele não merece ser campeão de novo, não com esse nível de luta.

Envie seu Comentário